Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




As Notas de Julius 2021/22 (25)

Julius Coelho, em 15.12.21

Nesta rubrica, o leitor tem a oportunidade de apreciar - e se entender, criticar as notas (0-6) que eu atribuí aos jogadores do Sporting CP e a outros intervenientes do jogo com o Penafiel da 3.ª e última jornada do Grupo B da 3.ª fase da Allianz Cup (Taça da Liga) que resultou numa vitória leonina por 1-0. Golo de Tiago Tomás (16')

Sporting apurado para a Final Four com uma vitória justa e sem história. Depois de uma entrada forte a equipa desligou após o golo madrugador do Tomás. Com uma arbitragem exageradamente severa para os leões que ficaram reduzidos a dez elementos (expulsão de Bruno Tabata aos 73'), a equipa controlou sempre um adversário muito quezilento longe da sua baliza até ao final da partida.

mw-1024.jpg

DESTAQUE - SEBASTIÁN COATES (CAP) - 4 - Manteve sempre o nível elevado habitual, nunca facilitou e passou uma boa parte do jogo a puxar as orelhas aos colegas da frente por baixarem a intensidade e a pressão. Foi obrigado a puxar pelos galões ao mau árbitro e por isso levou amarelo.

JOÃO VIRGÍNIA - 4 - Foi principalmente expectador durante todo o jogo, as poucas vezes que foi chamado a intervir fê-lo sempre bem e com segurança. Tem uma oportunidade de ouro na sua carreira em que certamente não vai querer desperdiçar.

GONÇALO ESTEVES - 3.5 - Boa primeira parte, principalmente quando a carregar a bola, surpreendeu com lances imprevisíveis que abriram crateras na defesa adversária, mas tem que crescer mais a defender as suas costas. Estoirou muito cedo, o treinador manteve-o até ao final porque precisa de ganhar pulmão rapidamente.

LUÍS NETO - 3 - Sereno e quase sempre eficaz na defesa. Na segunda parte hesitou a cobrir as costas do Gonçalo Esteves e o adversário escapou. Levou um amarelo cortando a bola sem tocar no adversário. 

MATHEUS REIS - 3.5 - Não facilita nada, sabe de onde veio e tem subido a corda a pulso. Sempre muito concentrado a defender e quando teve oportunidade subiu no terreno para ajudar os colegas da frente.

NUNO SANTOS - 2.5 - Até ao golo esticou ao máximo a intensidade e a pressão, depois foi um dos que deixou o jogo correr marcando o adversário com os olhos. Mal no passe e nas iniciativas de rematar à baliza do Penafiel. Vai ficar com as orelhas a arder.

MANUEL UGARTE - 4 - Muito profissional, sempre focado no essencial das suas funções no campo , leva a sério cada lance que disputa, quiçá o elemento que melhor cumpre com rigor a estratégia do seu treinador. Saiu aos 60' e com isso perdeu o destaque.

DANIEL BRAGANÇA - 2.5 - O Daniel deveria rever a história do Francisco Geraldes, far-lhe-ia muito bem. Não aproveita estas oportunidades e o tempo vai passando e muitíssimo mais rápido do que ele julga. Jogo muito intermitente, tinha a responsabilidade de pautar o ritmo, era ele o baterista do grupo e assobiou para o lado.

BRUNO TABATA - 1 - Revendo as imagens fica a ideia que é penálti, o defesa toca-lhe no pé de apoio; no segundo amarelo vai à bola em carrinho dentro das regras. Exageradíssima a sua expulsão. Mas já com um amarelo pôs-se a jeito naquela entrada sem necessidade nenhuma, por isso a nota bem negativa.

PABLO SARABIA - 3 - Participou bem no pressing até ao golo, depois foi desaparecendo do jogo. O treinador já tinha o plano de lhe dar apenas 45 minutos de jogo e já não voltou na segunda parte.

TIAGO TOMÁS - 3.5 - Dos mais activos e irrequietos da equipa, procurou várias vezes atirar à baliza mesmo quando tinha colegas melhor posicionados. Fez o único golo da partida aproveitando um ressalto de uma bola rematada pelo Bruno Tabata que bateu na cara do guarda-redes do Penafiel. Voltou a mostrar dificuldades técnicas.

PEDRO GONÇALVES - 2 - Apareceu na segunda parte a substituir o Sarabia, jogou em modus peladinha em ritmo moderado. Encontrou por uma vez espaço na área do Penafiel, fez pontaria, mas o Nuno Macedo defendeu.

MATHEUS NUNES - 2.5 - Entrou para os 20 minutos finais da partida. Brilhou num lance genial em que eludiu a pressão adversária junto à sua área passando por vários oponentes e arrastando-os atrás de si. É a sua imagem de marca.

GONÇALO INÁCIO - 2 - Entrou aos 90'.

RÚBEN AMORIM - 4 - Mais um objectivo cumprido e volta com mérito a apurar a sua equipa para a Final Four da Taça da Liga (Allianz Cup). Jogo em que fez alguma gestão do plantel num período complicado com muitas ausências de peso forçadas.Na primeira parte fieis à sua identidade, com muita intensidade e pressão no meio campo, na segunda parte foi traído pelos jogadores quando baixaram o ritmo e deixaram correr o jogo contra a sua vontade.

PEDRO RIBEIRO - 3 - Não está mal para uma equipa da Segunda Liga, mas abusaram da agressividade a dar pau, beneficiando da benevolência do juiz da partida que não castigou disciplinarmente faltas bem durinhas dos seus jogadores. Nunca incomodaram a sério a defesa do Sporting em toda a partida.

Screenshot (522).png

CLÁUDIO PEREIRA (Árbitro) - 1 - Tecnicamente até teria nota positiva mas afundou-se disciplinarmente; não tendo a ajuda do VAR reinou como quis. Falhou nos 5 amarelos aos jogadores do Sporting. Terá sido só uma noite má ou foi mais alguma coisa?

img_920x519$2021_12_14_23_02_14_1939443.jpg

(VAR) - Esta fase da competição não tem VAR.

publicado às 03:04

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


21 comentários

Sem imagem de perfil

De Rui a 15.12.2021 às 06:33

Caro Julius, mais uma vitória, este Sporting ganha mesmo quando não se esforça muito.
Destaque para Ugarte que tem aproveitado bem as oportunidades; M. Reis e G. Esteves a bom nível. Bragança sofreu com as faltas do adversário.
Venha o Gil Vicente, um jogo difícil.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 15.12.2021 às 12:06

Bom dia de quarta feira para todos caros amigos

Tivemos mais um jogo e mais um vitória.

De facto o Gil causa apreensão, na jornada seguinte à um Porto/ Benfica e seria de todo importante ganharmos em Barcelos. O Sporting tem que ir com tudo para esse jogo.
Imagem de perfil

De Greenlight a 15.12.2021 às 08:51

Caro Julius,
O destaque vai para o árbitro. Este é daqueles a quem o chip de prejudicar o Sporting se sobrepõe a qualquer outra coisa e isso acontece mesmo quando o jogo tem pouca importância.
Quanto aos nossos jogadores, de sublinhar uma prestação finalmente positiva de TT.
SL
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 15.12.2021 às 12:09

Sinceramente GreeLight

Não compreendi o árbitro, pareceu-me com pouco jeito para apitar, prejudicou bastante o Sporting com uma expulsão sem qualquer razão de existir, quis ser protagonista mas escolheu a pior forma, deveria ser penalizado.
Perfil Facebook

De Rui Vera-cruz a 15.12.2021 às 13:33

Seguiu as instruções. Enquanto o pessoal afecto ao Sporting não questionar a "onra" desta gente, escusamos de comentar os jogos. Vamos à frente quanto a cartões e ninguém põe isso em causa?
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 15.12.2021 às 13:38

Rui,

Colocar em causa colocam, mas que serve? É sempre um pau de dois bicos, os árbitros são muito solidários e será sempre um assunto a tratar com pinças porque não podemos cometer o erro de os atacar e com isso ganharmos uma guerra que estaríamos condenados a perder.

Estamos na frente da Liga e vivos para todas as competições e aí queremos nos manter, teremos que ser inteligentes a gerir estes assuntos.
Sem imagem de perfil

De Luís Barros a 15.12.2021 às 13:54

Caro Julius essa criatura do apito tem já uma longa história de grande aversão ao Sporting, basta ver o que tem sido as suas atuações com a nossa equipa B. Aquilo ontem não foi falta de jeito foi mesmo de propósito.
Viva os cursos do INATEL.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 15.12.2021 às 14:02

Os cursos têm muito que se lhe diga, quem os escolhe a dedo sabe o que faz. Foram lá colocados para isso.
Sem imagem de perfil

De Zé Manel a 15.12.2021 às 10:15

Globalmente não gostei do jogo de ontem. Pareceu-me que havia muitos jogadores em serviços mínimos. Gostei do Ugarte, do Coates, do Matheus Reis, o Esteves esteve bem em muitos momentos principalmente a atacar. Em defesa do Daniel Bragança, devo dizer que fartou-se de levar porrada, há uma entrada por trás de um jogador do Penafiel que nem amarelo leva! Elas não matam mas moem. De qualquer forma tenho que concordar que o Daniel não tem aproveitado as oportunidades como todos gostaríamos. O João Virgínia por vezes causa-me alguma desconfiança. Ontem deixou escapar uma bola a "pingar" na grande área que depois o Nuno Santos resolveu com um atraso de cabeça. O TT tem falhado muitos passes, assim fica tudo mais difícil. O Tabata não podia pôr-se a jeito daquela maneira já com um amarelo (ainda que injusto). Ainda por cima fica sem jogar no próximo jogo que vai ser difícil. Há que cerrar fileiras já contra o Gil Vicente que está a fazer um bom campeonato.
SL
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 15.12.2021 às 12:15

Zé Manel

O Rúben melhor que ninguém sabe da importancia de ganhar em Barcelos, ja jornada seguinte temos o Porto/ Benfica e nestes momentos que podemos ganhar-lhes vantagem.

O jogo de ontem até pela importancia que tinha foi jogado pelos nossos de forma muito moderada, foram poucos os que o levaram a sério ( Ugarte, Coates, Reis, Virginia, Tomás e Esteves) Não á muito a dizer, podiamos ter marcado mais golos na primeira parte mas houve muita precipitação no ultimo passe.
Sem imagem de perfil

De José Silva a 15.12.2021 às 11:23

Não vi o joga na integra mas, deu para ver que o "artista" do apito prejudicou propositadamente o Sporting. O penalty sobre Bruno Tabata é claro como a água, e a sua expulsão é injusta porque Tabata toca apenas na bola. O sporting tem que estar muito atento a estes "artistas" que só são incolores por ...fora. Foi por causa destas "jogadas" que andamos 19 anos sem ganhar, até me lembro de termos perdido um campeonato para o clube do "apito dourado", porque o Paços marcou um golo com a mão em Alvalade, que foi validado...! E no fim, perdemos a Liga por um...ponto...!
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 15.12.2021 às 12:18

José Silva
Todos os cartões mostrados aos jogadores do Sporting não tinham razão de ser por isso foi muito estranha a actuação do árbitro que, ou é um grande imbecil ou tem outra coisa por trás que desconhecemos.
Imagem de perfil

De Luísa de Sousa a 15.12.2021 às 11:59

Querido amigo Julius ... mais uma vitória do nosso Sporting, isso é o que importa

Concordo com as suas notas, principalmente a nota do árbitro, o protagonista negativo do jogo

Beijinhos
Feliz Dia
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 15.12.2021 às 12:22

Querida amiga leoa madeirense bom dia

O árbitro candidatou-se à nota ..zero, não havia necessidade para aquela enxurrada de cartões aos nossos jogadores quando era o adversário a dar pau.

Um feliz dia para a guapa da ilha

Beijinhos

Sem imagem de perfil

De Pedro Santos a 15.12.2021 às 12:13

Um jogo apenas para cumprir calendário sem nenhum interesse de especial numa competição que é mais um fardo do que uma benesse no actual quadro competitivo da equipa.

Serviria essencialmente para dar jogo a alguns enquanto permitiria aliviar a carga de esforço de outros.
No entanto, terá sido mal aproveitado por alguns elementos que pedem mais atenção e jogo nas pernas.

Daniel Bragança é um deles a quem se pede mais face àquilo que demonstra ser.
O Julius bem lembrou aí o caso do Xico Geraldes que julgo ser uma analogia bem pertinente. Para já, e naquele meio campo, Daniel não calça antes de qualquer outro e é a última opção.

Tabata, já aqui o referi, está para mim longe de ser um jogador nos parâmetros do Sporting e nem entendo muito bem um certo estatuto que detém nesta equipa.
Não é propriamente uma jovem promessa, vem de um clube mediano, teve uma passagem fugaz nas seleções de formação brasileira, como tantos outros mas que não terá qualquer continuidade no futuro da sua carreira.
Ainda assim, reveste-se de uma aura de estrela sem o ser…
É talvez o elemento deste plantel menos integrado nos processos desconto da equipa. Individualista e pouco rigoroso tacticamente, sem deslumbrar sob o ponto de vista técnico. A sua aparição num jogo importante mas apenas de cumprimento de calendário contra o Ajax em que assinou uma exibição positiva terá-o levado a convencer-se da sua importância.
O facto de ser preterido logo no jogo seguinte talvez o tenha afectado anímicamente não se vislumbrando ali o necessário empenho para constituir uma opção razoável para os inúmeros impedimentos a que o plantel se sujeita actualmente.

Nuno Santos é igualmente alguém que tarda em estabilizar o seu nível exibicional.
Neste caso, o esforço não compensa a falta de qualidade.

Por outro lado, ainda que sem deslumbrar mas talvez tenhamos um Tiago Tomás a esforçar-se por retomar o nível competitivo a que nos habituou e surpreendeu o ano passado, em que foi um dos principais protagonistas da equipa até ao surgimento de Paulinho no plantel. Sendo ele um jogador muito novo numa posição altamente exigente, acredito que a devida orientação técnica o fará voltar a um patamar que justifique maior participação nos restantes jogos da temporada.

Quem me enche as medidas, acima de qualquer outra promessa actual, é Gonçalo Esteves.
Miúdo de 17 anos com uma compleição física assinalável para aquela idade e tecnicamente muito evoluído.
É certo que tem muito ainda para crescer no plano táctico, sobretudo nos processos defensivos mas estou em crer que será uma aposta cada vez mais firme de Amorim, com a colaboração directa em campo dos seus colegas mais experientes como sejam Coates, Neto ou até Inácio.
Face às ausências das duas alternativas possíveis para a sua posição, acredito mesmo que Esteves terá ganho o lugar no “onze” inicial já na próxima jornada no importante jogo contra o Gil Vicente.

O Sporting chega a esta fase da temporada, carregado de ausências forçadas, pondo à prova a resiliência do plantel, tal como o julgamento das opções do treinador por um plantel mais curto e sujeito ao recurso a jogadores em fase de formação.
E com isso tem se dado bem conseguindo superar as dificuldades de forma firme.
No entanto, curiosamente ou não, tem sido nos elementos menos prováveis do conjunto que temos visto boas aparições enquanto aqueles, ainda que constituindo uma segunda linha de opções mas sempre sujeitos a estarem preparados para substituir os mais utilizados, temos assistido a exibições “acizentadas” e pouco convincentes como o Rui Gomes ai destacava no seu comentário.

O Sporting atravessa uma boa fase de vitórias na temporada e encontra-se estável mas não pode nunca descurar e aliviar o seu foco e a necessária concentração nos objectivos que coloca a si mesmo.
O próximo jogo, sendo o mais importante da temporada até ao momento, tem que ser encarado com muita seriedade e concentração.
E as inúmeras ausências não justificam em nada menor qualidade de jogo da equipa, tal como se provou na Luz. Simplesmente, para que isso se dê é preciso que a equipa se foque.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 15.12.2021 às 12:43

Caro amigo Pedro Santos

Fez uma leitura correcta dos pontos que focou,

Dani - Tem que fazer mais, ser mais consistente, não pode deixar-se eclipsar do jogo tantas vezes, verdade que foi muito massacrado mas não pode virar a cara à luta.

Tabata foi muito egoísta ontem no jogo e sinceramente cada vez mais vejo-o a perder argumentos que o têm mantido no grupo/plantel. Mostra muita inconsistência na leitura dos timings e nunca respeita o colega que está melhor posicionado para o remate, querendo ser sempre ele a definir. É duro dizê-lo mas é a verdade, comigo tería problemas.
Quem define o remate é a equipa e nunca o jogador.

Nuno Santos é o jogador mais irreverente da equipa, nunca se sabe o que vai sair, ontem teve falhas no passe e na decisão que não se entendem.

Tiago Tomás tem que treinar mais e melhor as suas caractristicas e focar-se nelas para que seja exímio a executá-las e não perder tempo com predicados técnicos que nunca irá alcançar.

Gonçalo Esteves, muito desconcertante com a bola, imprevísivel mas tem que crescer a defender e a ler os espaços a conceder aos opositores, confesso que estou apreensivo com a direita da equipa em Barcelos.

Eu creio que ja vamos ter o Paulinho no jogo em Barcelos se o PCR sair negativo e como ja cumpriu no dia o período de isolamento irá a jogo.

Esta competição caro amigo poderá ser mais importante do que julgamos, é uma aposta em ganhar a final porque catapulta a equipa para o resto da temporada.
Sem imagem de perfil

De Pedro Santos a 15.12.2021 às 13:24

Todas as competições em que o clube se insere são importantes. E tenho a certeza que o pergaminho histórico obriga-nos a batermo-nos sempre pela conquista de troféus, seja em que competição for.
Isso não invalida a realidade. E essa é que o Sporting encontra-se a disputar ainda todas as frentes da presente temporada. Algumas inalcançaveis mas que nos obrigam a um esforço extremo até sermos afastados. Outras de uma importância fundamental em que a conquista do título, nomeadamente na Liga, é determinante para o futuro próximo do clube.
Nessa perspectiva, a Taça da Liga torna-se uma competição apetecível mas pouco significativa para além da possibilidade de colecionar mais um troféu.
Na prática, o Sporting tem já mais dois jogos adicionais a disputar, os quais um dos seus adversários directos ao título se isenta e o outro adversário vamos lá ver esta noite!
E o Sporting não tem 5 avançados centro nem 6 defesas centrais para “rodar”,,,
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 15.12.2021 às 13:34

Esta competição é de facto a menos importante, o objectivo principal será sempre a tentativa de revalidação do título o que seria de todo fantástico diria que mágico.

Mas... refleti bastante, pela minha experiência como líder de grupo no futebol percebo a importância desta competição de outra forma, não se alonga por toda a época, faltam sómente 2 jogos e valerá a pena o esforço, a tentativa de ganharem a final funciona como vitamina reforçada para todos os jogadores que vão sentir-se mais fortes e com a moral em alta para o resto da temporada, é um risco também, porque se a perderem funcionará de forma inversa.
Sem imagem de perfil

De mike1906 a 15.12.2021 às 16:23

A propósito da avaliação à exibição de D Bragança, volto a dar a minha opinião.

Continua a não me convencer, faz-me lembrar outros jogadores que já tivemos no passado, no meio campo, com muita técnica, muito virtuosos, com grandes floreados, mas que depois, tudo espremido, não dão nada.

Um caso bem diferente que não engana e que se continua a afirmar é claramente Ugarte.

Não tem um futebol de encher o olho mas joga simples, é pratico e está sempre no sitio certo.

Muito bom jogador de equipa, que é o que precisamos.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 15.12.2021 às 21:08

Ugarte leva cada lance a sério e não facilita, está a crescer muito depressa e em pouco tempo estará em outros patamares.
Imagem de perfil

De Leão do Norte a 15.12.2021 às 22:01

Boa noite caro amigo Julius,

Uma exibição 'q.b.', mesmo com uma 'encomenda' das antigas.
Apesar das condicionantes fiquei desiludido com a exibição do Bragança e a pouca concentração competitiva do Tabata.
Agora é preparar o difícil jogo em Barcelos, com um panorama de jogadores indisponíveis preocupante.
Confio na qualidade, espírito competitivo e entreajuda dos disponíveis e só espero que até lá não surjam mais impedimentos.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2019
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2018
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2017
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2016
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2015
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2014
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2013
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2012
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D




Cristiano Ronaldo