Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




As Notas de Julius 2021/22 (30)

Julius Coelho, em 12.01.22

Nesta rubrica, o leitor tem a oportunidade de apreciar - e se entender, criticar as notas (0-6) que eu atribuí aos jogadores do Sporting CP e a outros intervenientes do jogo com o Leça para os quartos de final da Taça de Portugal, que resultou numa vitória do Sporting por 4-0. Golos de Tabata (12' e 80'), Matheus Nunes (31') e Nuno Santos (90'+3).

E quem pagou as favas foi o Leça, jogo sem história em que a intensidade e a dinâmica marcaram a diferença do mais forte. A partida foi disputada a maior parte do tempo junto à área do Leça, que nunca apresentou argumentos para discutir a eliminatória. De registar o retorno à equipa do marroquino Feddal e de Rúben Vinagre depois de longa ausência, ambos em bom plano na goleada que carimbou a passagem do Sporting às meias- finais da Taça de Portugal.

spor2.jpg

DESTAQUE - BRUNO TABATA - 4 - Sempre muito activo a querer mostrar que pode ser útil à equipa. Marcou dois golos, assistiu no golo de Matheus Nunes e ainda obrigou o guarda-redes do Leça à defesa da noite depois de um excelente remate em arco. Ajudou a defesa nas raras vezes que o Leça chegou à área do Sporting. O jovem brasileiro mereceu o destaque, pena que as suas exibições sejam sempre muito irregulares.

JOÃO VIRGÍNIA - 3 - Tem à sua frente todavia uma montanha para escalar, a bola no pé e os cruzamentos não são a sua praia, complicou e andou aos papeis. Hoje chumbou no teste contra um adversário que nem o testou verdadeiramente. Não transmite confiança à defesa.

ZOUHAIR FEDDAL - 3.5 - Saúda-se a sua recuperação da lesão, apesar das gritantes fragilidades do adversário não facilitou e brilhou com cortes de qualidade mostrando agilidade e concentração. Ganhou todos os duelos pelo ar e viu uma bola a ser salva em cima da linha de golo depois de a cabecear para a baliza do Gustavo Galil que já estava fora do lance.

LUÍS NETO (CAP) - 2.5 - Não está bem, clara falta de confiança, voltou a ser muito pobre com a bola no pé, vários cortes de carrinho falhados aos pés do adversário que lhe custaram um amarelo. Perante um opositor fraco e sem grande velocidade nunca conseguiu marcar a diferença e impor-se como devia.

GONÇALO INÁCIO - 3 - Regresso à equipa sem grande brilho, exibição modesta a ritmo moderado, alguns passes falhados junto à área que podiam ter comprometido. Foi melhorando a sua produção com o decorrer do jogo e na segunda parte mais confiante acertou melhor o posicionamento com o Feddal e executou com êxito alguns dos seus conhecidos lançamentos.

RICARDO ESGAIO - 3.5 - Não podia falhar de novo e não falhou. Fez uma partida positiva e foi dos que mais tentou romper as linhas sempre muito juntas do Leça com passes a rasgar e com constantes cruzamentos, acabou por executar uma primorosa assistência para o segundo golo de Tabata e terceiro da equipa. Pouco depois foi substituído e recebeu o carinho dos adeptos.

MANUEL UGARTE - 3.5 - O jovem uruguaio não sabe jogar mal, falta-lhe o clique para explodir para outro patamar, é muito forte fisicamente, tem técnica, lê bem o jogo, assertivo no passe e nas decisões, vai explodir. Foi brilhante no lance do segundo golo, depois de ganhar o duelo com garra no meio de 3 adversários lança o Tabata que desmarca o Matheus Nunes que depois fuzilou o Galil.

MATHEUS NUNES - 3.5 - Já não se consegue imaginar esta equipa do Sporting sem o brasileiro, é a arte pura em directo, inventa espaços e carrega a equipa, é um diamante que cresce semana após semana. Fez uma exibição irregular mas as vezes que pegou na bola fez a diferença. Marcou o segundo da equipa depois de fuzilar o guarda-redes do Leça.

RÚBEN VINAGRE - 3 - Também voltou após de lesão prolongada, mostrou vontade de fazer um bom jogo mas nem sempre as coisas lhe saíram bem, teve pela frente um adversário que metia toda a equipa junto da sua área diminuindo muito os espaços, a defender resolveu sempre os problemas. Fez uma assistência inesperada para o 4º golo, cruzou e a bola teve um desvio caindo depois redondinha na cabeça do Nuno Santos.

NUNO SANTOS - 3 - Exibição irregular mas mostrou raça e muito querer em dar uma imagem diferente da que deu nos Açores, foi mais assertivo nas decisões. Com um cruzamento de letra quase que oferece o golo ao Tabata e acaba a fechar a contagem do marcador com um golo de cabeça à boca da baliza aproveitando o cruzamento imprevisto após um ressalto.

TIAGO TOMÁS - 2.5 - O Muchacho continua longe das exibições da época passada, entrou a todo o gaz mas voltou a atrapalhar-se com a bola no pé, muito lutador e agressivo mas raramente levou a melhor nos duelos, não tem conseguido ser uma alternativa ao ponta de lança.

GONÇALO ESTEVES - 2 - Entrou já ao cair do pano com os jogadores do Leça já a pedirem pelo fim do jogo, mostrou mobilidade e a sua característica conhecida de ir para cima dos defesas adversários sem medo e com personalidade. É o terceiro na hierarquia, vai ter que esperar sempre pela sua vez.

PAULINHO - 2 - Poucos minutos no relvado não foi tempo suficiente para brilhar. Só mesmo para o banho.

RÚBEN AMORIM- 4 - Com ele a comandar a equipa é outra coisa, os próprios jogadores sentem a diferença e não ousam facilitar, com ele ali a olhar para eles andam sempre a 200. Voltam a intensidade e a dinâmica, os elementos base que fazem a grande diferença nesta equipa. Está sempre atento a tudo e reage naturalmente a corrigir imediatamente. Está nas meias finais da taça de Portugal e bem vivo em todas as restantes competições.

LUÍS PINTO - 2.5 - Equipa sem argumentos para esgrimir a eliminatória com uma equipa muito desfalcada do Sporting, foram quase sempre empurrados para a sua área e raramente de  lá saíram, tornou-se por vezes um jogo monótono sem grande interesse, como um treino de cruzamentos. Viveram o seu dia que tanto ansiaram, verdade que são uma equipa com jogadores que trabalham e estudam e isso viu-se no relvado.

MANUEL MOTA (Árbitro) - 3.5 - Jogo fácil de dirigir, sem grande história e sem lances de difícil decisão. Não foi protagonista e é o melhor elogio que se lhe pode dar.

HUGO MIGUEL (VAR) - 3.5 - Um único lance para analisar, o cruzamento do Ricardo Esgaio que deu o 3º golo do Sporting. As linhas decidiram.

publicado às 03:19

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


38 comentários

Sem imagem de perfil

De Manuel Cunha a 12.01.2022 às 04:10

Caro Julius. Fico sempre dividido nestas circunstâncias. Se é certo que golear era imperativo, até pelo efeito mensageiro para dentro e para fora, por outro lado, confirma que não foi por incapacidade q se perdeu o outro jogo, mas por outra razão. Quando um jogador se desconcentra, dá asneira mas a equipa pode absorver e ganhar. Qd são vários, dá derrota como nos Açores. Ainda por cima com Amorim de baixa. Q raiva. É a primeira vez q sinto q a mensagem de Amorim não foi assimilada pelo grupo.
Saudações Leoninas
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 12.01.2022 às 10:58

Bom dia de quarta feira para todos caros amigos.

A ausência do treinador quando se trata de Rúben Amorim fez toda a diferença nos Açores, vindos de férias ainda não tinham o chip completamente cambiado e custou-nos 3 preciosos pontos no campeonato.

Ontem voltaram à normalidade.
Sem imagem de perfil

De Rui a 12.01.2022 às 08:14

Caro Julius, uma vitória importante, sem esquecer que foi contra uma equipa do 4º escalão. Os "reforços" aproveitaram para se mostrar, à exceção talvez de T. Tomás. Ugarte tem tudo para ser titular, só precisa mesmo de ser titular. Agora vem um desafio mais a sério, o Vizela. Esperar que os jogadores se mantenham fora do covid.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 12.01.2022 às 11:09

O jovem Tomás é lutador como um leão mas falta-lhe ali mais qualquer coisa, a seu favor o facto de ainda ser muito jovem e a tempo de ganhar tarimba.

Ugarte é um craque, leva muito a sério cada jogo o que é muito característico dos uruguaios. A equipa voltou ao foco e às responsabilidades e irá dar de novo uma boa resposta em Vizela, vários dos consagrados não jogaram, pena o Porro ter se ressentido e pelos vistos vai voltar ao programa de recuperação.
Sem imagem de perfil

De Zé Manel a 12.01.2022 às 09:38

Para além dos óbvios Tabata e Matheus Nunes, tenho que destacar o Ugarte, é um jogador "brigão", não dá as bolas por perdidas e além disso sabe tratar bem a bola. Já comentei uma vez que ele estará algures entre o Matheus Nunes e o Palhinha em termos de características. Poderá não ser tão bom como o Palhinha a defender mas é melhor a construir. Poderá não ser tão bom como o Matheus a atacar, mas é melhor a defender. É sem dúvida um jogador para acompanhar, espero que possa melhorar ainda mais.
SL
Perfil Facebook

De Fúlvio Amaral a 12.01.2022 às 10:34

Ugarte foi uma contratação fantástica, enche o campo, um médio dos tempos modernos
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 12.01.2022 às 11:12

Também o vejo dessa forma caro Zé Manel, tem muito dos 2, diria que é um conjunto das qualidades do Matheus Nunes e do Palhinha, é um jogador com extraordinário potencial e já dá mostras disso mesmo. O curioso é que não tem tido competição mas responde sempre muito bem quando é chamado.
Imagem de perfil

De Greenlight a 12.01.2022 às 09:47

Caro Julius,
Foi um jogo contra uma equipa fraquinha mas registe-se que os jogadores do Sporting entraram com vontade de cedo resolver o jogo. Destaque positivo para Tabata, Esgaio e Ugarte e destaque negativo para TT, que continua a não jogar nada e Virgínia que, como o Julius diz, se atrapalha com os pés e nos cruzamentos. Espero que, oportunamente, lhe seja dada guia de marcha.
SL
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 12.01.2022 às 11:16

Nunca iremos saber se a equipa é mesmo fraquinha como pareceu demonstrar ou se foi a equipa do Sporting que não lhes deu abébias, porque a equipa entrou forte e muito pressionante nos espaços encurralando o adversário em toda as zonas do campo.

Vírginia mostrou lacunas graves díficeis de melhorar em pouco tempo. Um guarda-redes do Sporting tem que dominar o jogo de pés e as bolas pelo ar, fez-me recordar o Rui Correia.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 12.01.2022 às 11:25

O TT está a cair na corda bamba e de certeza que o Rúbem esperava mais amigo Greenlight.
Imagem de perfil

De Greenlight a 12.01.2022 às 11:30

Fala-se muito na contratação de Marcus Edwards, mas, para este treinador de bancada, faria mais sentido a contratação de um avançado que pudesse ser alternativa a Paulinho. TT não parece ser e quando um jogador não tem alternativa e por mais profissional que seja, é meio caminho andado para se acomodar.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 12.01.2022 às 11:42

Um avançado e um central são as necessidades mais visiveis na equipa de facto.
Perfil Facebook

De Fúlvio Amaral a 12.01.2022 às 10:27

Bom dia Julius, hoje foi de certeza uma noite muito mais bem dormida, em relação às notas já adivinhava num comentário anterior que o destaque fosse dado ao Tabata, de qualquer das formas discordo, para mim o jogador que encheu o campo foi o Ugarte, o que mais me estranha a sua não utilização cá.
De resto só vou falar dos emprestados, para mim claramente não são para continuar na próxima temporada, no caso de Vinagre não porque não acho que o jogador tenha qualidade, mas acho que uma avaliação de 20 milhões pelo jogador é demasiado. No caso do João Virgínia e como penso que foi o último jogo que fez, daqui para a frente em todas as competições será decerto o Adan, não me convenceu, ontem desastrado com os pés e nas saídas aos cruzamentos, de certeza que o Diego Calai poderá ser aproveitado na próxima temporada.
Abraço.
Sem imagem de perfil

De Everton Costa a 12.01.2022 às 11:03

Concordo plenamente em relação ao Ugarte caro Fúlvio, hoje para mim é ele e mais 10, ontem com calma assisti o resumo do jogo frente ao Santa Clara novamente, a culpa caiu toda em Esgaio, mas o Palhinha foi facilmente dominado pelo Lincon, no segundo golo por exemplo ele dá um carrinho ao vento para tentar tirar a bola dele e no momento que o camisa 10 do Sta Clara recebe a bola para o remate ele está uns 3 metros longe, ele nitidamente precisa recuperar sua melhor forma após a lesão, com o Ugarte em campo eu vejo menos espaços entre os médios e a linha defensiva, além de melhor qualidade em distribuir jogo e aparecer ao ataque.

Talvez um trio ao meio formado por Ugarte , Palhinha e Matheus Nunes em jogos com situações similares ao da última sexta-feira onde a equipa adversária tinha um grande espaço para trabalhar entre os médios e a linha defensiva possa ser uma formação interessante.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 12.01.2022 às 11:30

Caro Everton,

Nas notas registei isso mesmo, o Palhinha fez um carrinho a destempo e ficou fora da jogada o que permitiu abrir-lhes a autoestrada para o golo. Com o Rúben no banco não tinha acontecido ele antecipava o movimento quando se dava conta.

Mas não vamos agora criticar um jogador extraordinário que é o João Palhinha, em forma é um monstro e é ele e mais dez. O Ugarte foi uma excelente contratação e aos poucos irá ganhar o seu espaço sem qualquer dúvida.
Sem imagem de perfil

De Everton Costa a 12.01.2022 às 11:41

Caro Julius, isto mesmo, o Palhinha em forma não há o que discutir, é top 3 trinco no mundo, por isso mencionei que ele nitidamente precisa melhorar a forma física que não está em sua plenitude pós lesão.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 12.01.2022 às 11:46

Sim de facto ainda não vimos o "João Palhinha" após a lesão, mas pronto irá estar no ponto, é leão a treinar e vai recuperar a sua melhor forma rápidamente.

Os vermelhos que os árbitros agora têm dado de seguida a jogadores do Sporting é uma forma de intimidar a agressividade do nosso meio campo.
Perfil Facebook

De Fúlvio Amaral a 12.01.2022 às 11:34

Bom dia Ewerton, e pode discordar e justificar porque discorda do restante comentário amigo, discutir os assuntos com civismo faz parte de uma sociedade democrática.
Em relação ao jogo cá, houve uma grande distância entre sectores o total de faltas cometidas além de revelar falta de agressividade, pode também ter sido devido ao facto de os jogadores estarem tão longe uns dos outros que nem chegavam a tempo para cometer faltas.
Esta distância, no entanto, é habitual na nossa forma de defender, geralmente em 5x2x3, com grande distância entre os três da frente e o resto da equipa, mantendo-os sempre projetados para potenciar situações de transição ofensiva.
Um campo de futebol tem 105 por 70 metros, mas o que conta é o espaço que se escolhe para travar os duelos. E nos últimos dois jogos para o campeonato o Matheus e o Palhinha fizeram piores escolhas onde deveriam disputar e da forma que disputaram os lances. E neste aspeto fazendo uma comparação que até pode ser injusta, o Ugarte tem feito melhores escolhas que o Palhinha.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 12.01.2022 às 11:50

Porque o Palhinha não está ainda na sua forma física, não se sente ainda leve como se sentia, mas vai lá chegar de novo rápidamente. A lesão provocou passos atrás na forma.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 12.01.2022 às 11:24

No debate que se seguiu às minhas anteriores notas escrevi que tinha a certeza que a equipa não iría facilitar, foi o frágil Leça mas fosse qual fosse o adversário o Sporting iría responder bem, nesse aspecto estava convicto e tranquilo.

Não fosse o Tabata marcar dois golos, uma assistência e estar perto de um hat trick e teria dado o destaque ao Manuel Ugarte sem dúvida.
Sejamos realistas para o que Vinagre dá à equipa o seu valor está excessivo, terão que reanalisar esse assunto. O Virginia mostrou problemas dos que realmente preocupam, não lhe vai ser fácil convencer.
Abraço amigo Fúlvio
Sem imagem de perfil

De GreenHill a 12.01.2022 às 11:23

Concordo com quase todas as notas tirando a do Gonçalo Inácio e do Ugarte. O Feddal não esteve mal, mas na ausência de Matheus Reis, Coates e Palhinha, o ónus de fazer os passes longos a virar o jogo para as alas sobrou para o Inácio, que esteve bem. Lançou muitas vezes o Esgaio e o Nuno Santos com qualidade. Dava-lhe mais 0,5.
Quanto a Ugarte também dava mais 0,5. É um jogador que sabe defender e que sabe atacar. Não tem o físico do Palhinha, mas é raçudo. Em tempos tivemos um jogador Fito Rinaudo, que tinha intensidade, tinha qualidade, mas nunca estava à frente da defesa quando era necessário. Ora Ugarte tem isso tudo e sabe estar à frente da defesa.
Quando a equipa tem de jogar com equipas mais fechadas eu diria que a opção Ugarte dá mais soluções ofensivas que Palhinha. Por isso estranhei que nos açores, com o jogo 2-2, Ugarte não entrasse, isto considerando que RA não abdicou de um trinco. Era uma forma de empurrar a equipa para a frente sem perder um trinco.

Por último, não fiquei muito convencido. Contra uma equipa de 4º escalão a defesa tremeu muito (Neto completamente fora - voltou aos tempos antigos), muita precipitação no passe, no corte...
Sem imagem de perfil

De João a 12.01.2022 às 11:33

Não ficou muito convencido, mas a única coisa que não convence é o seu sportinguismo. Tem sempre críticas e reticências na ponta da língua.

Dispensa-se!!!
Sem imagem de perfil

De GreenHill a 12.01.2022 às 23:24

Ai joãozinho.. que comentário tão pobrezinho. E pela intolerância à opinião dos outros deve ser um tiranito em potência... Se calhar a minha critica é porque vejo os jogos, já outros se calhar elogiam sem os verem.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 12.01.2022 às 11:38

GreenHill,

Esta equipa do Leça não serviu para nada, a oposição que fez foi quase nula, por isso não se compreende a atrapalhação do Neto e do Virginia, falharam e foram os elementos em menor destaque se juntarmos o jovem Tomás que esteve uns furitos acima deles.

Concordo que o Ugarte até merecia nota igual ao Tabata, quanto ao Gonçalo não gostei da sua primeira parte do jogo, precipitou-se algumas vezes sem necessidade.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 12.01.2022 às 11:41

Mas sim na segunda parte esteve bem. Teve creio algumas dificuldades de adaptação na leitura dos espaços com o Feddal, mas depois resolveram bem o problema. Vi o Rúben falar com ele duas vezes no primeiro tempo.
Perfil Facebook

De Fúlvio Amaral a 12.01.2022 às 11:46

Acho que o Julius diminuiu a nota ao Gonçalo devido ao autogolo que ele ia cometendo.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 12.01.2022 às 11:53


falhou algumas intercepções, e caiu muitas vezes em cima do espaço do Feddal, depois o Rúben ajudou-o a corrigir, pareceu também mais lento que é o seu normal.
Sem imagem de perfil

De GreenHill a 12.01.2022 às 23:21

Pois mas temos de dar o desconto que neste jogo ele "fez" de Coates. Tinha a missão de ser o patrão da defesa. Para primeira vez a jogar no meio acho que não esteve assim tão mal tendo em conta os seus parceiros na defesa.
Sem imagem de perfil

De MAV a 12.01.2022 às 12:00

Jogamos bem mas temos de pensar que o Leça está no 4 escalão e a jogar em campo neutro.
As notas estão bem equilibradas na minha opinião.
JV esteve muito nervoso não se compreende será melhor que Max.
Nao concordo com o Julius na observação ao valor do Vinagre não têm tido continuidade temos de ser pacientes quero relembrar o Julius o que se escreveu sobre Mateus Reis ( eu incluido) e parece outro jogador agora.
TT não sei o que se passa está trapalhão não luta o mesmo o jogo de cabeça não evolui não tabela aquilo que todos sonhavam em ser um novo Jordão neste momento é uma miragem.
Tabata ontem esteve muito bem talvez tenha lido as "boas" observações do RG e de raiva dois golos um deles muito bom e mais uma assistência. Maravilha.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 12.01.2022 às 12:23

O importante foi logo de início a atitude de meter ritmo no jogo, sabiam, o Rúben sabia que a diferença estaria sempre no ritmo de execução e movimentações, o Leça não tem vida para essas loucuras.

Mas o valor do vinagre é exorbitante, tem mesmo que sair craque para se pagar o que pedem por ele.

Tabata parece que rende mais quando é titular. "Parece"!!
Perfil Facebook

De Fúlvio Amaral a 12.01.2022 às 12:27

Bom dia desalinhado Mav (hora dos Açores)

João Virgínia não é nem de perto sequer tão bom quanto o MAX.

E eu acho que o valor do Vinagre que se discute é o valor a pagar para continuar com o jogador, uma avaliação de 20 milhões é um exagero.

Mas em relação aos dois como a política desportiva do visionário Rui Pedro Braz (não me batem estou a ser irónico) é contratar jogadores emprestados ao Sporting, provavelmente os veremos de vermelho na próxima época.

Cumprimentos.
Imagem de perfil

De Luísa de Sousa a 12.01.2022 às 14:16

Com o nosso comandante a equipa joga muito melhor!!!
O meu Amigo Julius está um pouco contido nas suas notas
Eu daria um pouco mais a Esgaio, Ugarte, Nuno Santos, Feddal e a Tabata (mais 0,5 a cada).
Vi o jogo e gostei da forma como jogaram.
Estou de acordo com as restantes notas.

Beijinhos
Feliz Dia
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 12.01.2022 às 15:39

a contenção teve mais que ver com o nível de dificuldades impostas pelo Leça que não foram muitas, o jogo só teve um sentido por isso...

Com o Amorim em cima deles é outra coisa, ninguém quer meter o pé na poça.
Beijinhos para si e também o desejo de um feliz dia
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 12.01.2022 às 17:36

Boa tarde amigo Julius,

Mais do que a vitória ou o resultado, quase imperativo contra uma equipa notoriamente inferior a nível competitivo, o que me agradou foi a atitude competitiva da equipa. Nada que não estivesse à espera depois dos alertas após a "folga" nos Açores.

Finalmente tivemos uma prestação convincente do Tabata, mas o Ugarte "enche-me as medidas". Este jovem é um "diamante" que quando estiver devidamente "polido" vai ter um valor extraordinário. Neste momento já "brilha" com a intensidade necessária para fazer a diferença neste Sporting.

O TT é o Virgina foram os aspectos menos positivos.
Que se passa com o TT? Este não é o mesmo jogador que foi preponderante na primeira metade da época passada. A continuar assim vai no caminho de ser afastado da rotação de jogadores da equipa.
O Virgina continua com lacunas preocupantes para um guarda-redes de uma equipa como o Sporting.
O rendimento destes dois jogadores deixa-me apreensivo uma vez que são as primeiras opções na eventual substituição dos titulares.
Imagem de perfil

De Leão do Norte a 12.01.2022 às 17:39

Peço desculpa mas por lapso não me identifiquei.
Mudar o local de comunicação tem estes contratempos.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 12.01.2022 às 18:13

É complicado perceber-se o motivo do apagão do jovem Tiago, é possível que seja uma fase do seu crescimento físico, é muito jovem e trabalha muito a explosão que desenvolve massas musculares, vê-se que ele está em crescimento como acelerado e pode ser esse o problema que será sempre temporário.

O Virginia ontem preocupou-me mais, parecia uma guarda redes amador.

A equipa necessitava muito que alguém do banco mostrasse a sua face de garantia, depois do Daniel e Ugarte foi a vez do Tabata. Dá a ideia que rende mais quando é titular, fica mais tranquilo. Quando entra como suplente quer fazer tudo muito depressa dominado pela ansiedade.
Perfil Facebook

De Tiago Martins a 12.01.2022 às 18:29

O André Paulo o ano passado aqueceu para o Adan e para o Max...ambos bons GR, Max no final da época tinha evoluido bastante, quiçá com ajuda do Adan...Agora este ano aquece para o Virginia, que é horrivel, cada remate que vejo à nossa baliza até me benzo. Será que o André Paulo ja nao merecia uma oportunidade nestas competições periféricas?!
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 12.01.2022 às 19:56

Tiago boa noite,

O problema é que decidiram por esta tentativa de experiência e vão ter que tomar uma decisão, quando existem oportunidades para ele jogar tem que ir a jogo para a análise. Ele veio à experiência com opção de compra não obrigatória.

Infelizmente para ele os ensaios não têm sido famosos e em vez de se ver progresso ontem viu-se o contrário, não vai ser fácil convencer o treinador.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D




Cristiano Ronaldo