Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




As Notas de Julius 2023/24 (34)

Julius Coelho, em 23.02.24

Nesta rubrica, o leitor tem a oportunidade de apreciar - e se entender, criticar as notas (0-6) que eu atribuí aos jogadores do Sporting CP e a outros intervenientes do jogo com o Young Boys para a Liga Europa PlayOffs, 2ª mao, que resultou num empate 1-1. Golo de Viktor Gyokeres 13'.

QUANDO NUM FESTIVAL DE FALHANÇOS CARICATOS A VITÓRIA FOGE

O Sporting voltou a ser muito superior ao Young Boys, mas deixou fugir a vitória no meio de tanto desperdício. Uma boa primeira parte a dar seguimento ao excelente momento que a equipa atravessa, pecando só na escassa vantagem do golo solitário marcado cedo (13'), pelo bombardeiro sueco e que praticamente sentenciou a eliminatória. Com a vantagem clara(4-1) nas duas mãos, os leões passaram a gerir o resultado em toda a segunda parte, baixando consideravelmente o seu rendimento, com as várias substituições a descaracterizarem o jogo da equipa e que acabou por sofrer o golo do empate quase no final (84'). Gyokeres desperdiçou uma grande penalidade, Edwards e Daniel Bragança falharam golos cantados muito perto da linha de golo.

1024.jpg

DESTAQUE - OUSMANE DIOMANDE - 4 - Deu espectáculo, um grande regresso com muita sede de bola e alegria pelo jogo, demonstrando que já é de facto o melhor central do Sporting. Imponente, arrasou em todas as suas intervenções.

ANTONIO ADÁN - 3 -  Até adivinhou o lado na grande penalidade muito bem marcada. Aqueles pés é que continuam a ser uns bons aliados dos adversários, mas há que continuar a tentar...melhorar.

RICARDO ESGAIO - 3 - Sendo dos elementos mais frescos deu boa resposta em toda a primeira parte, no melhor período da equipa, rápido e intenso na disputa dos lances e a dar-se sempre ao jogo, às linhas de passe.

EDUARDO QUARESMA - 3.5 - Mas que grande dor de cabeça para o treinador, enquanto no centro da defesa o recém chegado da CAN, Diomande, dava espectáculo, o Eduardo não lhe ficava atrás e respondia que aquele lugar agora é dele e que está preparado para dar muita luta a todos.

GONÇALO INÁCIO - 3 - Foi notado o seu grande desgaste físico nos lances que teve que intervir, valeu-lhe muito ter ao lado um super Diomande que resolveu (quase) tudo. Não regressou para a segunda parte.

MATHEUS REIS - 3 - Que pena ser tão ineficaz na segunda fase da construção, quando se aproxima da zona de finalização. Voltou a tomar más decisões no último passe, um tremendo contraste com a primeira fase, em que se mostra sempre muito competente.

MORTEN HJULMAND - 3.5 - Ganhou com mérito o lugar de indiscutível no centro do terreno onde é rei. Liderou muito bem o ritmo e a intensidade que quis impor e quando foi substituído notou-se bem a diferença.

DANIEL BRAGANÇA - 2.5 - Falhou um belo golo cantado em cima da linha da baliza após grande lance do Edwards, atirou contra o pé do guarda-redes. A seguir, nova grande oportunidade para fuzilar mas atirou para a bancada, a juntar algumas perdidas de bola no meio campo que provocaram contra ataques do adversário. Continua longe do que se lhe exige para jogar nesta grande equipa do Sporting.

FRANCISCO TRINCÃO - 3.5 - Assistiu para o golo do Gyökeres, inventou o lance que resultou na grande penalidade e ainda somou mais alguns lances geniais que romperam as linhas defensivas da equipa suíça.

MARCUS EDWARDS - 2.5 - Que falhanço no "toma lá e faz-te famoso" do Gyokeres, foi tão caricato que deve ter aliviado a consciência do Bryan Ruiz pelo histórico falhanço no derby de Alvalade em 2017. Ficou ainda ligado ao golo sofrido, ao cometer a grande penalidade.

VIKTOR GYOKERES - 4 - Não foi poupado, jogou os 90' e voltou a ser o elemento mais produtivo da linha atacante da equipa verde e branco. Marcou grande golo, ofereceu um golo cantado ao Edwards, apesar de ter falhado a grande penalidade e outra oportunidade flagrante.

NUNO SANTOS - 3 - Jogou a segunda parte, competente a defender o corredor, mas quase nada trouxe na ajuda do ataque e ainda falhou soberana oportunidade quando solto dentro da área adversária atirou contra as pernas de um defesa.

KOBA KOINDREDI - 3 - Voltou a deixar na escassa meia hora que jogou boas indicações, além da condução com bola agora mostrou-se nos passes longos bem medidos. Tem todavia os vícios naturais de equipa pequena, não acompanha até ao final os bons lances que cria, o instinto fá-lo parar, com receio de ser apanhado no contra ataque adversário.

PEDRO GONÇALVES - 3 - A equipa estava a cair a pique, a começar a faltar ideias no ataque e a sua entrada (65') devolveu a criatividade, como ficou demonstrado em meia dúzia de lances geniais. Quase que faz um grande golo num remate em arco.

LUÍS NETO - 1 - Sem ritmo de competição, o que se lhe pode exigir? Entrou mal no jogo, desacerto no passe, faltas desnecessárias por chegar atrasado, falhanços na leitura do espaço e onde estava no lance (do seu lado) que resultou no penálti e golo do empate dos suíços? Foram coisas a mais para os apenas 10' que jogou.

IVÁN FRESNEDA  - 2 - Um grande viva para o jovem espanhol neste seu regresso, após longa paragem. Entrou bem na partida, "lleno de ganas" e com bom acerto no pouco tempo que jogou.

RÚBEN AMORIM - 3.5 - 'Que noche' mister! Como pode uma goleada anunciada pela enxurrada de desperdícios acabar num empate? Decidiu não facilitar excessivamente na rodagem de jogadores, a equipa da primeira parte voltou a ser muito competente, jogou o futebol do grande nível das últimas partidas, criando várias oportunidades de golo feito mas a bola só entrou na baliza uma só vez. Na segunda parte era o momento de fazer a gestão, com o risco da consequente quebra de ritmo e acerto no passe, um penálti falhado e os suíços a fazerem o golo do empate castigando injustamente a equipa.

RAPHAEL WICKY - 3 - Tentou aproveitar todas as migalhas que o Sporting lhe foi deixando, as várias oportunidades desperdiçadas, um penálti falhado e a quebra de acerto nos lances... migalhas que o ajudaram a manter-se vivo, até que a oportunidade surgiu, um penálti caídinho das estrelas a oferecer-lhe o empate.

IVAN KRUZLIAK (Árbitro - Eslováquia) - 4 - Arbitragem sem casos, gerindo as suas decisões com bom índice de acerto, passou quase sempre despercebido no jogo e isso é o melhor elogio a um árbitro.

CHRISTIAN DINGERT (VAR - Alemanha) - 4 - Também com decisões acertadas, nas grande penalidades.

publicado às 03:04

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


29 comentários

Imagem de perfil

De Julius Coelho a 23.02.2024 às 12:38

Amigo leão do Norte,

Vamos repetir em Vila do Conde o Nacional na Madeira, até devíamos fazer a viagem de avião e sobrevoar o campo do Rio Ave debaixo do temporal com a tipa da Liga ao telefone aos gritos que têm que aterrar de qualquer forma, onde estava ela quando Famalicão, de férias ou quiça seja casada com um policia

Vai ser um dos jogos "prova" do caráter da equipa, ali é que vão provar se querem na verdade ser campeões, nem que tenham que comer lama e relva, o Rúben tem vai prepará-los, fazer esquecer tudo o resto e vencer aquele jogo dê por onde der, ali vão mostrar que tipo de homens são, até eu ja estou em pulgas...!!!

Gyokeres só demonstrou que afinal é...humano! Eu já desconfiava que não.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D




Cristiano Ronaldo