Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




As Notas de Julius 2023/24 (47)

Julius Coelho, em 22.04.24

Nesta rubrica, o leitor tem a oportunidade de apreciar - e se entender, criticar as notas (0-6) que eu atribuí aos jogadores do Sporting CP e a outros intervenientes do jogo com o Vitoria de Guimarães da 30ª jornada da Liga Portugal Betclic, que resultou numa vitória por 3 - 0Golo de Pedro Gonçalves aos 30', Viktor Gyokeres 45+3' e 49'.

"O MUNDO SABE QUE"  O TÍTULO FICOU AGORA MAIS PERTO

O Sporting secou um V. Guimarães muito murcho no vulcão de Alvalade (perto de 50 mil), mantendo o registo 100% vitorioso em casa (15 triunfos) com o domínio absoluto em toda a partida. Os leões estiveram sempre por cima, muito confiantes e sólidos a defender, sem consentir qualquer oportunidade ao adversário. Pote desbloqueou (30') um bloco vimaranense que começou o jogo muito temeroso e encolhido junto da sua área, com mais um golo "à Pote". Tudo ficou depois mais fácil, com os minhotos a serem obrigados a correr riscos, oferecendo mais espaços nas suas costas. As oportunidades foram naturalmente surgindo, com os leões a marcarem mais 2 golos e desperdiçando vários, que advinharam goleada. Pote marcou e assistiu, Trincão e Bragança também assistiram, e o suspeito do costume, Gyokeres, bisou, colocando a equipa numa posição invejável para chegar ao título a quatro jornadas do fim.

Screenshot (1687).png

DESTAQUE - VIKTOR GYOKERES - 5 - Marcou 2 golos decisivos e andou sempre perto do terceiro. Voltou a provocar muito sofrimento nos centrais adversários, obrigando-os a ficarem acampados, muito posicionados atrás. Um grande slalom, que fez explodir o estádio com emoção frenética (passando por vários adversários), merecia o golo.

FRANCO ISRAEL - 3 - Foi espectador de cadeirinha, só viu por uma vez a bola sobrevoar a sua baliza por um remate desferido à distancia. Mas... podia ter tido uma noite muito negra, uma saída mal calculada e atrasada, derrubou o adversário que apareceu isolado na sua área. Seria grande penalidade e expulsão, o fora de jogo salvou-o e também à equipa.

GENY CATAMO - 4 - Exibição muito positiva, carregou a bola várias vezes por fora e por dentro, criando vários desequilíbrios nas linhas recuadas do Vitória. Quase que faz o primeiro num lance com remate bem executado, mas Borevkovic negou-lhe o golo em cima da linha de baliza.

JEREMIAH ST. JUSTE - 4 - Agora com as lesões afastadas, sobe de forma e produção a olhos vistos a cada jogo, mais confiante na disputa dos duelos físicos e da velocidade, destacou-se pela positiva.

SEBASTIÁN COATES (Cap) - 4 - Conduziu a defesa com a segurança e concentração habitual, distribuindo algumas reprimendas à mistura por alguns erros dos colegas no posicionamento. Ofereceu a "cadeirinha" ao Franco Israel para que assistisse sentado tranquilamente à partida, enquanto o grande capitão resolvia tudo à sua frente.

GONÇALO INÁCIO - 3.5 - Está em nítida recuperação para as boas exibições, mas ainda não foi desta que chegou à nota 4, mas esteve quase, a pontaria do passe parece ter voltado, a antecipação aos lances também, mas falhou ainda em alguns posicionamentos, valeu-lhe o pronto socorro do seu 'capitão' a acudir.

NUNO SANTOS - 3.5 - Com a sua característica rebeldia galgou várias vezes o seu corredor oferecendo linhas de passe e "llegada"  aos espaços da profundidade, criando  em vários lances o pânico na defesa adversária.

MORTEN HJULMAND - 4.5 - Teve dificuldades em toda a primeira parte a lidar com o bloco adversário muito recuado e muito fechado, com poucos espaços entre linhas. A perder por 2-0 o adversário finalmente resolveu subir no terreno e aí o dinamarquês apanhou-os na sua já bem conhecida rede, fazendo grande pescaria na segunda parte na esmagadora maioria dos lances em que tentaram atacar.

DANIEL BRAGANÇA - 4.5 - Depois do grande clic há jornadas atrás, agora só sabe jogar bem, agarrou com todo o mérito o lugar do Morita e tomou-lhe o gosto. Foi enorme na criatividade e agilidade a pensar os lances. Teve participação directa em dois golos.

PEDRO GONÇALVES - 5 - O mérito de voltar a inventar o sempre difícil primeiro golo do jogo, o que desbloqueou o bloco "catenaccio" dos minhotos e ainda teve participação decisiva nos outros dois golos.

FRANCISCO TRINCÃO - 4 - Uma recepção do outro mundo na área adversaria com finalização para o passe do "toma-lá e faz-te famoso" para o Gyokeres que foi só encostar para o terceiro da noite. Voltou a carregar a equipa em vários lances que mostraram que continua a passar um bom momento.

MARCUS EDWARDS - 3 - Entrou com muito fogo no jogo, impulsionado pelas bancadas já em festa pela vitória garantida. O adversário com a toalha já atirada ao chão não teve alma para contrariar os 2 lances que executou quase na perfeição, um túnel dentro da área e isolado atirou ao lado, no outro fez golo, mas foi anulado por fora de jogo.

HIDEMASA MORITA - 3 - Entrou também bem no jogo, ganhando todos os duelos e acertando os passes, viu-se mais solto e rápido a executar e a ler os lances, mostrando que recuperou bem dos problemas físicos que o tolhiam.

PAULINHO - 2 - Bom lance com bola que deu em golo anulado, desmarcou bem o Gyo que estava em fora de jogo.

EDUARDO QUARESMA - 2 - Foi a jogo quase no final 82', a tempo de se evidenciar em dois acções importantes, roubando a bola ao adversário que tentava ganhar as suas costas.

IVÁN FRESNEDA  - ( SEM NOTA) Entrou aos 86'.

RÚBEN AMORIM - 6 - Mais uma etapa importante e decisiva ultrapassada, era dos jogos que provocaram alguma ansiedade e nervosismo, o Guimarães ganhou na 1ª volta e vinha de uma vitória recente no Dragão em que apresentou bom futebol. Estavam por isso todos avisados, preparou muito bem os seus jogadores mentalmente, para a importância do acerto no passe e do posicionamento entre linhas. Sabia que com paciência e concentração máxima o golo apareceria e depois eles acabariam por ceder, a abrir espaços e ficarem a jeito para as armas letais da equipa e foi o que aconteceu.

ÁLVARO PACHECO - 2 - A sua equipa apresentou-se muito murcha de ideias, investindo tudo num bloco fechado e muito baixo, à italiana, o golo do Pote rompeu-lhe a estratégia e quando tentou subir mais as linhas, caíram no engodo do líder do campeonato que os secou definitivamente. A nota mais positiva, foi terem escapado a uma goleada.

CLAUDIO PEREIRA (Árbitro) - 4.5 - Boa arbitragem deixando jogar, com erros de parte a parte, mas com decisões coerentes. Procurou andar fora dos holofotes do protagonismo.

RUI COSTA (VAR) - 4.5 - Decisões acertadas, os golos legais e o golo anulado por fora de jogo.

publicado às 06:45

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


92 comentários

Sem imagem de perfil

De LG a 22.04.2024 às 08:09

Já há pouca estrada há para andar, mas o título vai chegar.

Nada mais importa.

Pote: o nosso melhor jogador e, mais uma vez, vai ficar injustamente fora da seleção. Talvez na próxima época consiga marcar 30 golos e fazer 30 assistências para deixar de ter "azar".
Sem imagem de perfil

De Manuel a 22.04.2024 às 11:17

Pior. Além de "azar" não merece "apoio moral".
Saudações Leoninas
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 22.04.2024 às 12:15

Os doentes mentais, com problemas psicológicos têm mais chance com o distribuidor de camisolas da seleção.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 22.04.2024 às 11:21

Um bom dia de segunda feira para todos...

LG
a equipa ainda vai ter que continuar a correr e concentrada, a meta está quase à vista mas nada está garantido, estamos confiantes a equipa também como se viu ontem, vamos ter paciência.
Pote está a fazer outra vez uma grande época ao nível da época que fomos campeões. A Seleção é a equipa do Jorge Mendes, tem lugares cativos.
Sem imagem de perfil

De LG a 22.04.2024 às 19:43

uma coisa é a nossa conversa, de quem "sabe" que já não foge.
Outra é a conversa "pés na terra" que Ruben tem com os jogadores, para eles é quase como se estivéssemos empatados com o Benfica. E assim vão continuar enquanto a matemática ainda não nos der 100%

Dou como exemplo a conferência de imprensa antes de Guimaraes: ""Passei a época inteira a dizer que éramos capazes de ganhar o campeonato. Mudei o discurso e todos os dias lhes digo que podemos perder o campeonato"
Sem imagem de perfil

De De Perry a 22.04.2024 às 09:14

Não sei como as coisas vão ser quando a equipa perder 1 jogo, o que pode acontecer no Dragão. Será que vai tremer colocando tudo em causa ?
Gostava muito de ganhar o título em casa do Porto, mas para isso era necessário o Benfica facilitar muito hoje, o que penso que se não vai passar. Aguardo ansiosamente pelas próximas semanas, no futebol tudo é possível
Sem imagem de perfil

De RCL a 22.04.2024 às 09:58

Já não há muitos jogos para perder.
Quando você se der conta o Sporting já foi campeão
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 22.04.2024 às 11:30

RCL, mas ainda há os suficientes para se perder o campeonato, sabemos que a equipa está super preparada para não facilitar e vai com tudo em todos os jogos até acontecer, será um estrondo por todo o País.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 22.04.2024 às 11:26

Perry,

Eu teria com os jogadores a mesma conversa do Rúben, o título ainda se pode perder, jogos no Dragão e contra equipas em desespero para não descerem, vão obrigar os nossos jogadores ainda a terem que correr e suar muito, mas basta estarem concentrados e fazerem o seu trabalho com a paciência que ontem tiveram, contamos conosco e não se outros vão perder pontos, se perderem pois melhor ainda.

Todos os adeptos do Sporting vivem agora dias de grande ansiedade, esperam o momento mas não sabem quando chega.
Sem imagem de perfil

De RCL a 22.04.2024 às 09:33

Tínhamos contas a acertar com o Vitória de Guimarães, aquela derrota com a ajuda do Pinheiro e do Hugo ficou-nos atravessada. Ontem livraram-se de uma goleada das antigas.
Esta equipa do Sporting é uma orquestra com alguns executantes de eleição; destaco, como o Julius, Pote e Gyokeres mas os restantes também estiveram em excelente plano. Pote fez o primeiro golo e está nos outros; é o melhor jogador português do Sporting, quiçá da Liga. Todos, até adversários, jornalistas e comentadores concordam, exceto o distribuidor de camisolas da seleção.

Agora aceitam-se apostas: quando e onde vamos ser campeões?
Antas, Alvalade ou Estoril? Aposto em Alvalade no jogo com o Portimonense.
Sem imagem de perfil

De Manuel a 22.04.2024 às 11:19

Eu fui ao Antônio Coimbra da Mota ser campeão. Quatro horas à espera e depois a correr para arranjar lugar naquela colina. Valeu o tempo todo de seca.
Saudações Leoninas se
Sem imagem de perfil

De Rumo Certo - Ventos Favoráveis a 22.04.2024 às 12:57

Maravilhosa recordação e adequada evocação, pois há muitos anos, também lá estive presente, com dois outros amigos e, então apenas como meros companheiros (um, alentejano da Mina de São Domingos e, o outro, de origem em Cabo Verde, que infelizmente já partiu), curiosidade essa que mais tarde, até se concretizou e integraram, como membros na minha própria família.
Convictas e genuínas almas, de gentes simples, díspares na origem e cultura, mas que cresceram com a têmpera própria de quem sofreu inúmeras dificuldades, carências e amarguras, mas que estavam comungadas num ideal, paixão e fervor - o do Sporting CP.
Era eu, um frenético jovem, estudante dedicado, solteiro e bom rapaz.
Julgo que a alusão do comentário de Manuel, vem dedicada a um célebre jogo, que decorreu com incessante chuva miudinha. Se ganhássemos, éramos campeões e onde relembro que o nosso Jordão, marcou um golo a passe direto do guarda redes (?) que com um ligeiro toque de cabeça e aproveitando o vento forte que fustigava os espectadores, marcou um golo, salvo erro o terceiro.
Creio que o resultado foi 0-3 ou 1-3, se a memória não atraiçoa.
Mas valeu a pena, como sempre, quando se trata de apoiar e defender a nossa nobre e impar instituição, pese embora a «molha» e os sapatos enlameados pela então arenosa colina lateral que servia de bancada e dava lugar em pé, no António Coimbra da Mota.
Nessa altura, dadas as características do campo, não era possível invocar que aquela "bancada" ameaçava ruir e colocava em perigo, os espectadores do clube visitante.
Agora, menos hiberne, de pele enrugada, formatura concluída mas já em pleno uso de merecida reforma, casado, pai e avô, intento voltar a estar presente, com a alegre nostalgia do passado e a renovada esperança no futuro.
Força Sporting CP, nada está ganho, o trilho ainda tem escolhos, mas a perseverança, a dignidade, a luta pela verdade desportiva, o esforço, a competência e o brio profissional, certamente, farão cintilar ainda mais aquela constelação reluzente que nos acompanha em indefectível crença e paixão.
Estejam as nossas almas onde estiverem, por cá ou no firmamento, agitaremos as bandeiras, cachecóis e símbolos que transportávamos e nos unem, com um sorriso, enorme abraço de amizade e fraternidade.
Uma história verídica e real, do espólio de uma Família Leonina que continua a crescer.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 22.04.2024 às 13:38

Amigo Rumo Certo - Ventos Favoráveis

Sem imagem de perfil

De Rumo Certo - Ventos Favoráveis a 22.04.2024 às 15:34

Obrigado caro Julius Coelho, pela distinção, um Fraterno e enorme Abraço Leonino.
Muita Saúde.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 22.04.2024 às 11:37

RCL,

Admirei a concentração e paciência daqueles 30' antes do golo do Pote, trouxeram ansiedade, depois aconteceu o lance que podia ter sido pênalti e expulsão do Israel, fiquei fulo nesse lance, por o St. Juste ter-se deixado comer com aquela facilidade e o Israel ter saído "à parva" da baliza daquela forma, respirei fundo quando afinal o avançado do Vitória estava fora de jogo, senti aí que também funcionou como um clic, fez a equipa abrir a pestana e perceber que tinha que jogar mais rápido para não se colocar a jeito e foi o que fez.

Temos que saber controlar a ansiedade, é tramada e só prejudica mas está quase a acontecer.
Sem imagem de perfil

De Leão da Pontinha a 22.04.2024 às 12:09

Nunca seria penalty e expulsão. Desde que Rui Patrício foi, injustamente, expulso, na Albânia essa regra foi alterada. Seria penalty e cartão amarelo para evitar a dupla penalização.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 22.04.2024 às 12:18

Leão da Pontinha, nunca saberemos o que iriam decidir, para mais como um Rui Costa como VAR, na verdade também têm praticado o vermelho quando o avançado não tem mais ninguêm pela frente para fazer golo.
Sem imagem de perfil

De Leão da Pontinha a 22.04.2024 às 12:29

Sim, mas não dentro da área Livre directo e expulsão.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 22.04.2024 às 13:40

Verdade, mas como ele não tocou na bola, podiam ter analisado como só procurou impedir o adversário. Não é de todo certo que não seria expulso.
Perfil Facebook

De Fúlvio Amaral a 22.04.2024 às 11:55

No dragão
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 22.04.2024 às 12:19

Estava um Dragão no VAR ontem e...
Sem imagem de perfil

De Luis Carvalho a 22.04.2024 às 09:54

Como ontem escrevi, foi a vitória da inteligência, da paciência e da qualidade dos jogadores que fabricaram jogadas de golo de enorme qualidade.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 22.04.2024 às 11:42

Luis Carvalho

até o treinador e jogadores adversários ficaram rendidos a supremacia do Sporting, sentiram que não tiveram hipóteses de contrariar todo aquele vendaval de bom futebol. Hoje sente-se um ambiente fantástico nos jogos do Sporting, sabemos que vai marcar em qualquer daqueles lances que fabricam.

Vários lances também mereciam golo, recordo a jogada do Geny, o slalom do Gyo, é de facto uma equipa fantástica.
Sem imagem de perfil

De RCL a 22.04.2024 às 10:08

Julius, o segundo golo do Sporting é um Hino ao Futebol. Merecia destaque aqui no Camarote, o blog que os Sportinguistas escolheram.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 22.04.2024 às 11:44

RCL

foi a melhor jogada da noite, até parecia que não havia adversários, um lance que não lhes deu hipótese, tinha preparado uma abordagem desse lance no post mas depois acabei por por a deixar passar, foi falha minha.
Sem imagem de perfil

De matos monteiro a 22.04.2024 às 10:24

A propósito de St. Juste... espero que, agora, depois de o termos recuperado e começado a jogar, não se venda.... SL
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 22.04.2024 às 11:49

Matos Monteiro

o St Juste por tudo o que tem passado e sofrido merece ser feliz, aos poucos está a ganhar de novo a confiança na disputa dos lances e já o vemos de novo a sprintar sem receio, ja recuperou a intensidade da competição e 100% apto é titularíssimo.
Hoje quem for vendido desta equipa do Sporting, será em troca de muitos sacos de dinheiro incluindo o treinador.

Quanto ao treinador se ganhar o campeonato fica, é minha convicção.
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 22.04.2024 às 10:32

Concordo com o RCL, a jogada toda do 2º golo é fantástica.
Nem vou falar individualmente dos jogadores, pois aqui a nota 6 vai para o coletivo. A equipa está muito confiante, sabe o que fazer e mesmo quando alguns jogam abaixo dos outros, não tem grande impacto. Muito bom trabalho da equipa técnica.

O Daniel Bragança está a começar a fazer-me mudar de opinião sobre ele. Eu que dizia que ele não iría passar dum jogador bom tecnicamente e com visão, mas incapaz de jogar num meio campo a 2....afinal....Mike Portugal....cala-te !!


PS: Uma última nota para o comentário do De Perry. Com tanto negativismo já estou a ver que este será o comentário dele no dia em que matematicamente formos campeões:
"Sim, somos campeões, mas não estou a ver que isto dure muito, porque vamos perder o Amorim e o Gyo. Depois o Pote vai querer ir para outros campeonato melhor, o Coates já não tem joelhos para aguentar uma época inteira e só com o Paulinho não vamos a lado nenhum. Prevejo um futuro muito mau para o SCP"
Sem imagem de perfil

De Manuel a 22.04.2024 às 11:22

Mas isso dito com a voz do personagem adequado do Winnie the Pooh. Era brilhante
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 22.04.2024 às 12:02

Mike Portugal,

confesso essa minha falha, tinha pensado em escrever algo desse lance e acabou por passar sem o ter feito. É de facto um lance genial que faz explodir qualquer estádio.

O Daniel está a surpreender-nos a todos, eu esperava algo bom dele mas nunca tanto como está a mostrar, ele agarra o jogo da equipa, para mim era impensável, não tinha capacidade física para isso, mas está a fazê-lo e temos que lhe tirar o chapéu. Felizmente apareceu no melhor momento da época, recordo que nos anos anteriores tivemos esse problema vindo do banco, que quando chegou a hora, nada trouxeram de útil à equipa quando os necessitava.
O Daniel foi o clic da equipa para esta ponta final, nunca esquecerei o que fez contra o Benfica quando entrou na segunda parte, ele empurrou e arrumou o Benfica lá atrás, fiquei incrédulo.

Mike, tem gente sempre mais pessimista por natureza, o Perry não está sozinho tem mais gente assim, mas também têm uma parte de razão, por pequena que seja, são 4 jogos duros que se advinham e nada já está garantido, basta recordarmos aquele lance de ontem que nos fez gelar o sangue, um lance que quase deu pênalti e expulsão do nosso guarda redes, ufff nem conseguia respirar.
Sem imagem de perfil

De Fernando Pais a 22.04.2024 às 10:45

Matematicamente falando, se o Benfica perder um e empatar ou perder o outro, porque jogamos depois deles, podemos entrar em campo com o Porto, já campeões. Como dizia o outro "é um suponhamos".
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 22.04.2024 às 12:22

Fernando Pais

acredito que a moral deles não seja a melhor e são jogos complicados, Faro e com o Braga que joga a sua cartada para ultrapassar o Porto no 3º lugar sabendo que os recebe na ultima jornada em Braga. Veremos ja hoje há noite como respondem em Faro.
Sem imagem de perfil

De José Silva a 22.04.2024 às 11:11

Ainda não dou de maneira alguma o título como adquirido. Se o Sporting perder o próximo jogo, e o " clube do regime" ganhar os 2 próximos jogos, ficamos "apenas" com 4 pontos para gerir nos últimos 3 jogos que não serão nada fáceis com equipas a tentarem fugir à despromoção. Portanto, todos os cuidados são poucos. É que o " clube do regime", ainda está com o olho no título..!
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 22.04.2024 às 12:29

José Silva

mas obviamente, eu também diria aos jogadores o que o Rúben lhes diz neste momento, que ainda podemos perder o título e é exatamente como descreve, perdendo no Dragão os prováveis 4 pontos de vantagem que trarão margem importante mas também um aumento da ansiedade a todos, incluindo jogadores, isso só demonstra a importância de termos ganho ontem, contrariando aqueles que diziam antes do jogo que o título já estava garantido. Nada disso a equipa ainda vai ter que continuar a correr e suar muito até lá chegar, e é desta forma que têm que estar mentalizados, têm que manter a concentração no máximo, o inimigo espera silencioso, escondido em cada esquina á espera da escorregadela.
Sem imagem de perfil

De Rui Câmara Pina a 22.04.2024 às 11:50

O jogo do Dragão é a 1ª volta das 'presidenciais', será que Amorim vai esconder lá alguma coisa para guardar para a Final? Por outro lado, talvez seja a altura para começar a lançar Fresneda, acho que irá ser uma mais-valia importante na próxima época.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 22.04.2024 às 12:39

Rui,

na minha opinião é cedo para pensar na final, imagino que nem passa pela cabeça de ninguém esse jogo, agora o objetivo prioritário, diria de prioridade máxima é conseguir o título o mais depressa possível, todos estão empenhadíssimos nessa tarefa, vamos com tudo para o Dragão, se quisermos pensar na final é então a oportunidade extra para lhes mostrar quem é esta equipa do Sporting, que nada teme seja onde for e contra qualquer adversário. Os do outro lado da circular é que foram para lá mijados, nós não vamos de certeza, fomos a Braga e merecemos ganhar, fomos á Luz e merecemos ganhar, que raio que medo pode fazer esse Dragão? Escaparam a uma goleada em Alvalade.

O Amorim que cole no balneário a folha com as palavras do Nico González para todos lerem.

Comentar post


Pág. 1/3





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D




Cristiano Ronaldo