Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




As opiniões são muitas...

Rui Gomes, em 11.01.21

3132350-Jose-Peseiro.jpg

Em recém-entrevista a Record, José Peseiro comentou a época do Sporting. Uma das suas considerações, que aliás não é exclusiva do antigo treinador leonino, talvez mereça debate:

"Com o estádio cheio, era mais difícil o Sporting estar em primeiro lugar"

A questão que se apresenta, na realidade, é se com público a assistir in loco aos jogos, estaria ou não o Sporting em 1.º lugar neste momento, com quatro pontos de vantagem sobre os seus mais directos rivais?

Nunca saberemos ao certo, mas é de acreditar que as opiniões são muitas.

publicado às 03:20

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


39 comentários

Imagem de perfil

De Greenlight a 11.01.2021 às 08:16

Há opiniões desinteressadas e há outras interesseiras ou tolas. É o caso da de Peseiro. É uma opinião para diminuir o mérito de Ruben Amorim. Afinal ele, Peseiro, um grande treinador, na sua própria opinião e que quase ganhou tudo, foi, há bem pouco tempo,de novo, treinador do Sporting e segundo ele, foi perturbado e despedido por causa do público e não pelos resultados e exibições medíocres da equipa que liderava. Peseiro é sem dúvida um “case study” do futebol português. Falhou em todo o lado, nomeadamente no Sporting e no FCP mas continua a falar como se tivesse tido sucesso. Só lhe falta treinar o SLB, clube da sua paixão e deve ser esse o seu sonho.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.01.2021 às 10:25

Independentemente de Peseiro, a questão aqui é o público e a possível influência no jogo do Sporting.
Imagem de perfil

De Greenlight a 11.01.2021 às 10:45

Bem, a minha opinião é que o público e nomeadamente os tontos das claques não teriam condicionado negativamente a prestação da equipa e do treinador actual. E acho que é uma especulação que é alimentada por quem quer apoucar o trabalho de Ruben Amorim.
Já no Slb, o Mestre JJ vai se multiplicando em desculpas para explicar o mau futebol praticado pela sua equipa, é a Covid que afecta o plantel, até parece que só afecta os da Luz, é a ausência de público, etc, ou seja tudo menos o trabalho dele.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.01.2021 às 11:00

Na realidade, publiquei o post sem me incomodar com a pessoa do Peseiro.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 11.01.2021 às 15:12

Sem tirar nem pôr.

Há quem prefira utilizar esta posta do Peseiro para bater nas claques porque até é mesmo de desunião que o Sporting precisa.

Obviamente que Peseiro quer mais uma vez desculpar-se de qualquer coisa, um treinador que nunca vingou em lado nenhum, sempre a escorrer azeite.

Vamos Sporting!

João
Imagem de perfil

De Fernando Albuquerque a 11.01.2021 às 08:58

Rui Gomes
"
Não foi este "sensacional " treinador, que na primeira vez que esteve no SCP perdeu um campeonato a 7 minutos do fim ? Nunca o ouvi dizer que o SCP foi roubado, pois nessa altura os guarda-redes dentro da pequena área não podiam ser estorvados . Também não foi ele que perdeu em ALVALADE a final da Liga Europa. contra uma equipa acessível ? Claro que ele não teve culpa nenhuma. pois os espectadores é que o tramaram!!!!!. Trata-se de um treinador sem sucesso, que já deveria estar reformado e dar o lugar a jovens com canudo ou sem canudo que o envergonham. Quer publicidade, pois ser treinador da Venezuela convenhamos é mudar de cavalo para burro., sem ofensa a estes animais. Fernando Albuquerque (SCP)
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.01.2021 às 10:22

Não é o José Peseiro que está aqui em discussão.
Imagem de perfil

De Fernando Albuquerque a 11.01.2021 às 11:20

Rui Gomes

A frase que o Rui Gomes indica do treinador em questão é conversa já gasta. Que eu saiba no SCP as pessoas criticam os treinadores e jogadores que não prestam. Eu sei o que ele quer , chuchas, mas eu não vendo nem tenho para a troca. É mais um tipo que quer desestabilizar a equipa, pois a cor que ele gosta não é verde. Na entrevista , que li apenas excertos, concretamente está-se a queixar de ser dispensado do SCP, porque os adeptos criticavam a equipa e por tabela o treinador. Se a mesma jogava um futebol de má qualidade, era natural que essa contestação existisse e por isso foi dar uma volta para outros locais.
Também quer lembrar às pessoas os adeptos que contestam a equipa e o Presidente, que é uma minoria, que os outros presentes em Alvalade, "abafam" sem qualquer problema. Porque será que ele não comenta o que se passa no seu clube, de paixão, que nunca lá teve entrada e que tem tantos problemas para resolver.?
Não perco mais tempo com semelhante pessoa. Fernando Albuquerque (SCP)
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.01.2021 às 11:26

A intenção de Peseiro é uma coisa, outra, muito diferente, é se o nosso público apoiaria a equipa como compete logo a partir do primeiro dia.

Recorde-se que ainda há muitos brunistas e antis a desejar o mal do Sporting.

Ao publicar este post, aproveitei o comentário dele, mas é-me indiferente se ele ainda anda com dores de cotovelo ou não. Até admito que pretenda menosprezar o trabalho de Rúben Amorim, mas o que me intriga não é isso.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 11.01.2021 às 15:16

Deixem-se disso dos brunistas e dos croquetes, o Sporting vai ultrapassar isso com vitórias. Se é o que está a acontecer para quê desviar do bom rumo? Porque somos mais e melhores Sportinguistas que os Brunistas?

Por favor nao vamos ser o outro blogue do Sporting que me dá vontade de vomitar.

O Sporting é que todos

João
Sem imagem de perfil

De João F. a 11.01.2021 às 18:14

E quem é que provocou a divisão, não foi o BdC? Quem é que insultou aqueles que o contestavam chamando-lhes lampiões e outros nomes feios? Não foi assim que ele "reinou" durante mais de 5 anos, a dividir os sócios e adeptos?
Ainda hoje os seus seguidores reproduzem os mesmos insultos nas redes sociais. Também será por culpa daqueles que se exprimem neste blogue?

Sem imagem de perfil

De Profeta a 11.01.2021 às 11:28

O Sporting tem duas finais de competições europeias na sua história, e uma delas foi com José Peseiro. E recentemente ele referiu numa entrevista ao canal 11 que com o VAR o golo do Luisão seria anulado. Pode não ser um grande treinador, mas tem uma história que merece mais consideração.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.01.2021 às 13:16

Não sei se o golo seria anulado pelo VAR, depende muito de quem estaria na função.

Como se viu em Famalicão com Artur Soares Dias, não há garantias.
Sem imagem de perfil

De Paulo SCP a 11.01.2021 às 10:39

Considerando que todos os resultados em Alvalade foram até agora positivos, com exceção do empate com FC Porto, diria que a frase do Peseiro é totalmente descabida. Tivessem já existido algumas derrotas, talvez "o barulho" do público pudesse ter impacto na estabilidade mental de uma equipa tão jovem.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.01.2021 às 10:58

E seria o mesmo se houvesse público desde o primeiro dia?
Sem imagem de perfil

De Paulo SCP a 11.01.2021 às 12:41

Nessa hipótese, a pressão na bancada das claques e dos anti-tudo acredito que poderia abalar o psicológico da nossa equipa, pois são humanos e a maioria muito jovens e "virgens" nestas andanças da I Liga portuguesa. Acredito que alguns jogos que esta época vencemos nos últimos minutos teriam sido empates devido à "más vibrações" da bancada.

Resumindo, sou da opinião que a ausência de público nos estádios tem sido benéfica para o bom percurso da equipa do Sporting.
Sem imagem de perfil

De Orlando Santos a 11.01.2021 às 10:53

Todos têm direito à sua opinião e a minha é que o publico estaria a apoiar a equipa agora. As vitórias trazem a união.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.01.2021 às 10:57

Que o público estaria a apoiar a equipa AGORA, não duvidamos. A questão é se com público desde o primeiro dia estaríamos na mesma posição.
Sem imagem de perfil

De Profeta a 11.01.2021 às 11:21

Admito que Peseiro possa estar certo. Pelo menos a falta dos adeptos não tem atrapalhado, como noutros tempos. Pelo menos uma pequena facção dos adeptos, que não interessa nem ao carnide!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.01.2021 às 11:28

Indiferente da intenção dele ao afirmar o que afirmou, a dúvida é válida, tendo presente o ambiente em Alvalade num passado não muito distante.
Perfil Facebook

De Fúlvio Amaral a 11.01.2021 às 11:51

Melhor ato de gestão do Presidente Frederico Varandas foi o despedimento de José Peseiro, se formos campeões este ano passa a ser a contratação de Rubén Amorim! Quanto à questão do público e depois do jogo com o Nacional não me parece que seria fator adverso, tal a união que se nota na equipa!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.01.2021 às 13:17

Mas isso é agora. Teria sido o mesmo logo no primeiro jogo da época'
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 11.01.2021 às 12:00

Na minha opinião a equipa mais prejudicada pela ausência de público é o Benfica, que por norma enche os estádios quase todos e tem adeptos muito fervorosos que muitas vezes empolga a equipa, é exatamente por causa disso que alguns jogadores do Benfica parecem craques em Portugal e depois lá fora são jogadores banais.

No caso do Sporting, poder-se-ia alegar que os adeptos poderiam ser prejudiciais no inicio do campeonato porque ficámos em 4º lugar e fomos eliminados da Liga Europa, mas hoje vendo a classificação da equipa e sabendo nós que os sportinguistas desejam muito o titulo nacional, eu acho que não haver adeptos nesta 2ª volta vai ser prejudicial para o Sporting, porque iria ser criada uma mancha verde em todos os jogos do Sporting e essa mancha verde pressiona os árbitros, pressiona os adversários e empolgaria a nossa equipa.

Tem de também ser dito que um jogador de futebol profissional que se preze não pode ser considerado de topo se não consegue jogar com público e com os eventuais assobios.
Sem imagem de perfil

De Perry a 11.01.2021 às 14:41

Grande comentário Schmeichel, concordo plenamente com ele, é essa pressão que eles têm, fora e dentro de campo que lhes dá vantagem para ganharem campeonatos, muitas vezes dizemos que é tráfico de influências, sabendo Vieira disso e os seus acessores, trabalham essa situação que passa a margem das leis até ao tutano. Quando o futebol com a liga dos campeões,faz a diferença toda que havemos nós de fazer para equilibrarmos as coisas, perante este poder que eles têm em Portugal ? Penso que é na guerrilha que temos possibilidades, se vamos de peito e feito, como já fizeram alguns presidentes, somos desfeitos por tudo o que gira á volta do futebol e a comunicação social.
Sem imagem de perfil

De De Vigia a 11.01.2021 às 15:07

O meu completo acordo!
Apenas em raríssimas excepções (com a contribuição activa de alguns jogadores) os adeptos se voltaram contra os atletas (e muito poucos considerando o Universo Leonino), na maior parte das vezes os protestos identificavam claramente a quem eram dirigidos que como sabemos não era a equipa.
Com os rapazes a jogar como estão, com o treinador (apesar do custo) a ser cada vez mais assertivo e apreciado, os Orgãos Sociais mais comedidos e com mais acertos, é minha convicção que se se pudesse assistir aos jogos nós, Os Sportinguistas, encheríamos o nosso Estádio e compúnhamos muitíssimo bem os restantes estádios do pais!!
SL
Sem imagem de perfil

De João a 11.01.2021 às 15:18

Claro que sim.

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.01.2021 às 16:49

Tem dois outros comentários seus sem identificação. Não os apago desta vez, mas fica o alerta.
Sem imagem de perfil

De RASR a 11.01.2021 às 12:23

Acredito, com toda a sinceridade, que o público estaria a apoiar a equipa desde o jogo 1!!! Isto, por duas razões de maioria. Primeiro, porque o Sporting não perde desde que iniciou o campeonato. Já defrontou o Porto que mostrou claras desvantagens perante um Sporting extremamente inspirado logo no início da temporada e tem praticado bom futebol, apostando nas camadas jovens (ADN sportinguista). Sofreu dos erros mais grosseiros e injustos ao longo dos jogos, expondo os movimentos de bastidores, em quase todas as jornadas, culminando no movimento #Aondevaiumvaotodos, cunhado pelo nosso Mister Amorim. Qualquer adepto ou claque que criticasse ou assobiasse a equipa que pratica este futebol, de onde se retiram apenas 2/3 exibições menos conseguidas mas sem derrotas, estaria imediatamente a meter-se contra um movimento de vida própria que Alvalade criou, a União e o Esforço coletivo em torno da equipa e staff.

Por outro lado, assim como o Sporting teria adeptos nos estádios, também os rivais e todos os outros clubes teriam os seus adeptos nos estádios, com as mesmas problemáticas pelo qual passa o Sporting. Acham mesmo que o Benfica ainda estaria a 4 pontos com a pressão dos adeptos sobre uma equipa que joga mal e deploravelmente, depois de 100M de investimento e com o mestre da tática no banco a mascar pastilhas e a pedir novos jogadores a cada semana que passa??? Ou que o do norte teria o mesmo descanso de um grupo de claques das mais violentas que o futebol português consegue aceitar perante um rendimento inconsistente como se tem mostrado???? Acreditem que não!!

Assim como o Sporting beneficia da ausência de público desde o dia 1 desta temporada, todos os clubes estão beneficiar (alguns talvez até mais do que querem dar a entender, mas só aceitam aqueles argumentos estapafúrdios quem come gelados com a testa!). O Sporting está a ter resultados positivos neste arranque de campeonato, mas se estivesse em maus lençóis, qual seria então a desculpa???

Para mim, o Sporting estaria no mesmo lugar em que está. Há menos pressão sobre os nossos putos, mas também assim é verdade sobre todos os restantes clubes. Os nossos profissionais estão a dar tudo o que têm, com Garra e Devoção ao jogo, liderados por um técnico que antecipa, vê bem os momentos de jogo e tem a humildade de reconhecer os próprios erros e aprender com os mesmos (um claro traço de crescimento para se ser melhor), assim como de um discurso extremamente evoluído e discreto. É isto que me dá a certeza de que estaríamos como estamos.

SL
Sem imagem de perfil

De João F. a 11.01.2021 às 12:54

Duvido muito que com as claques dentro do estádio, a equipa de futebol estivesse no 1º. lugar. Essa gente nunca teria desarmado e os jogadores mais jovens não teriam o ambiente necessário para se integrarem como tem acontecido. E com a eliminação da Liga Europa, nunca mais se calariam com os insultos e os assobios teriam continuado.
Não me esqueço do que aconteceu durante toda a época 2012/13 em Alvalade, em que a equipa foi assobiada os 90 minutos de cada jogo. Um vergonha! Se tivessem tido a oportunidade de fazer o mesmo esta época, utilizariam o mesmo processo, porque nessa época levaram à destabilização da equipa, que resultou na demissão do GL e do assalto ao poder pelo seu pastor. Desde o inicio da época 2018/19 na presidência do Varandas, que tinham essa esperança, daí afirmarem na altura que a sua direcção não passaria do mês de Março de 2019.
Quanto ao Peseiro, acho que não se deve atirar mais na ambulância.O homem sente uma falta enorme de reconhecimento e serve-se do Sporting para se defender, mas evita de falar nos outros clubes por onde passou e falhou. E com a condescendência dos jornalixos, que lhe fazem as perguntas à sua conveniência.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 11.01.2021 às 12:56

Bom eu tenho uma opiniâo algo diferente do que vejo na maioria dos comentários, tem algo de razâo o que Peseiro comenta só que ele nao soube ou nao quis explicar .

A nossa equipa é principalmente composta por jovens jogadores em que alguns deles jogam pela primeira vez e de forma mais assidua o campeonato nacional a principal prova interna. O publico apoiaría sempre desde o 1º jogo porque sempre foi assim mas temo que os resultados muito provavelmente nao seriam os mesmos que temos agora, os miudos nesta sua primeira experiência iriam sentir em cima muito mais o peso da responsabilidade com tantos olhos em cima deles de forma directa, o ruído do estadio iria tambem inicialmente transmitir-lhes alguma dose de inibiçâo.

Na verdade e se quisermos olhar pela parte positiva das consequências que trouxeram a terrivel Pandemia ao futebol como a ausência do publico nos estadios foi o cenário ideal para o laçamento a titulares de jovens na equipa principal ainda para mais num Sporting que corria de tras para a frente sentindo menos pressâo que os rivais mais directos.

Essa fase que poderia ter sido de facto complicada ja foi já ultrapassada com sucesso e hoje com publico ou sem ele ja tudo marcha e irá marchar naturalmente sem problemas de maior.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 11.01.2021 às 12:58

Os miudos entretanto cresceram e muito, como vimos por exemplo na Choupana.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.01.2021 às 13:20

O presente é uma coisa, o princípio é outra.

Nunca saberemos ao certo, mas a dúvida é válida, Peseiro ou não Peseiro.

Comentar post


Pág. 1/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo