Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Assembleia Geral inútil

Rui Gomes, em 09.01.15

 

assembleia-geral.jpg

 

Desde o primeiro dia que entendi - e já aqui escrevi - a convocatória da Assembleia Geral que se realizará no dia 17 do corrente, como um meio vislumbrado por Bruno de Carvalho para que uma minoria de sócios lhe prestasse a vassalagem  por que ele tanto desespera.

 

Nada mudou desde esse dia, salvo o acréscimo polémico do diferendo com Marco Silva, entretanto resolvido, a única consideração que poderia dar alguma razão de ser à realização da reunião magna. Perante a circunstância do momento, este propósito deveria ser reconsiderado e anulado.

 

Em linha com este meu pensamento, Sérgio Abrantes Mendes, na sua coluna semanal no díário "A Bola", escreve o seguinte:

 

«Ao pôr fim a um diferendo que, desde meados de Dezembro passado, começou a minar a paz e coesão do universo leonino, o presidente Bruno de Carvalho sentiu o perigo e, certamente, não deixou de compreender a verdadeira génese deste Clube tão especial e diferente, reconhecendo que era tempo de retomar o caminho anteriormente sufragrado pela maioria dos associados.

Parece-me, assim, desprovida de interesse, fundamento ou utilidade, a meio do mandato, de uma Assembleia Geral onde, entre outras matérias, se pretende uma espécie de voto de confiança à acção governativa quando um tal procedimento só teria justificação caso persistisse a intenção de destituir o treinador Marco Silva.»

 

publicado às 13:16

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


69 comentários

Sem imagem de perfil

De PedroC a 09.01.2015 às 13:27

Inutil? Penso que não. Eu pergunto, porque nao utilizar esta AG para, cara a cara com a direccao e frente aos socios, por todas as questoes e criticas que voce, e outros noutros espaços, têm posto desde o primeiro de mandato desta direcçao?

Se isto não for feito, entao aí sim é que a AG é inutil.

A aclamaçao ao "querido lider' só ira existir se nao houver lugar ao contraditorio. Se há coisas mal feitas, o sitio ideal para as criticar é na AG, que é tambem o sitio onde os socios irao levar realmente essas criticas a serio.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 09.01.2015 às 15:48

E acha mesmo que uma reunião com a provável participação de umas centenas de sócios é representativa do universo leonino ?

Acredito que vai ser possível contar nos dedos das duas mãos o número de sócios de fora de Lisboa que irão estar presentes.

Depreendo, portanto, que pela sua óptica não tem havido nada mal feito e merecedor de crítica, e que havendo critica, esta só pode ser manifestada numa AG ?
Sem imagem de perfil

De Alex Bórgia a 09.01.2015 às 16:54

Essa conversa da representatividade... é do mais anti-democrático que o Rui possa dizer. Então, por exemplo, naquela AG onde se votou (e aprovou) a venda de grande parte do Património, onde estiveram cerca de 4000 associados, era representativa? Em quê, 80 mil sócios (à altura)?

Em democracia ou se assume que há sempre legitimidade, por menos pessoas que votem ou que nunca há legitimidade por mais gente que vote. O voto é um dever, mais que um direito pessoal, mas a opção por não empregar esse direito também é válida. Não se atire é depois as culpas para a representatividade.

Já o disse várias vezes, e volto a dizer: descentralize-se o direito ao voto com, por exemplo, voto online (mediante autenticação) no site oficial ou através de núcleos e/ou delegações designadas, com comunicação directa com o Clube. Tenho a certeza que seria o primeiro passo para a tal "representatividade" de que fala...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 09.01.2015 às 17:05

A representatividade é sempre importante, mas pelas realidades do nosso universo, nunca se aproximará da totalidade de sócios e adeptos do Clube.

Fiz referência a este factor, neste caso concreto, porque me parece que a importância menor desta reunião magna não motivará uma grande participação.

Quanto à última parte, até estou de acordo, mas salvo em assembleias eleitorais não vejo a viabilidade desse projecto, pelos respectivos custos. Nesta AG , por exemplo, muito mais importante do que qualquer voto - até nem sei se alguma matéria irá a votação - é a participação no eventual debate. Como é fácil de compreender, essa participação longa distância é uma questão muito complicada e dispendiosa, creio eu.
Sem imagem de perfil

De Alex Bórgia a 09.01.2015 às 17:15

Rui, esta AG é desnecessária, nisso concordo. Não a caracterizaria de inútil porque, para mim, e em democracia, nunca é inútil dar a voz aos sócios/votantes. Pelo contrário...

Não é preciso nem gastar muito nem ter muita criatividade. A 1.ª opção de que falei (o voto online) é extramente simples, e basta um bom web developer para inserir essa possibilidade no site oficial. O SL Benfica (já) tem essa funcionalidade no site oficial deles (com sucesso, sublinhe-se).

Visto que se está a desenvolver um novo site (que em boa verdade, bem precisamos - o actual está muito aquém das necessidades), espero que tenham tido isso em conta.

Quanto às AGs, o que vou dizer é um pouco (muito) xunga mas não seria difícil fazer videoconferência pelo skype para determinados e designados núcleos e/ou delegações para que as pudessem seguir e até participar activamente se assim o desejassem. Daqui a uma solução mais (...) profissional, não deveria custar muito. É preciso é empreendedorismo!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 09.01.2015 às 17:21

Recorri ao termo "inútil" como poderia ter dito "desnecessária" ou outro. Mas não deixo de insistir no seu real propósito, à raiz.
Sem imagem de perfil

De Alex Bórgia a 09.01.2015 às 17:24

O Rui sabe que inútil e desnecessário não são necessariamente sinónimos. Chame-lhe semântica, se quiser, mas não subscrevo o termo inútil. Só isso. Também não vem mal nenhum ao Mundo...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 09.01.2015 às 17:35

Escrevo estas coisas às altas hora da noite ou de madrugada. Foi o termo que me veio à ideia, mas a ideia era de dizer que não vejo aproveitamento concreto desta reunião.
Sem imagem de perfil

De Balajic a 09.01.2015 às 21:27

"Não a caracterizaria de inútil porque, para mim, e em democracia, nunca é inútil dar a voz aos sócios/votantes. Pelo contrário..."

Concordo com esta frase.

Se tomarmos em linha de conta que nas eleições em Portugal (umas mais que outras, mas todas na sua generalidade) costumam ter uma abstenção sempre acima dos 50%, então poderemos dizer que o actual governo, deputados da AR e o presidente foram eleitos pela minoria dos portugueses. Terão menos legitimidade por causa disto?

Já é tempo de as pessoas começarem a perceber que, se querem mudar algo que acham que não está bem, têm de sair da sua "zona de conforto" e ir a uma AG. Falar, votar, ver, escutar. Seja o que for. Mas participar. Porque mandar "postas de pescada" aqui, noutros blogs, no Facebook, no trabalho com os colegas ou no café não faz mudar muita coisa...

E não sou apologista dessas participações "à distância". Lamento. O Sporting é Clube de Portugal, mas está sedeado em Lisboa. E todos já sabiam disso quando resolveram ser adeptos, sócios, simpatizantes do clube.

Estas coisas (AG) são para ser resolvidas pessoalmente, pois de outra forma (por videoconferência, à distância) não é a mesma coisa.

Acho bem que se dê oportunidade para quem tem ideias diferentes daquelas da direcção ou para quem acha que tem algo para dizer, para sugerir ou para criticar o possa fazer no sítio certo. Senão, quem o quer fazer só poderá recorrer à Comunicação Social e, depois, lá vêm as críticas...

Eu conto estar presente, como tenho estado nas últimas AG.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 09.01.2015 às 21:49

E acho que faz muito bem e espero que tenha a oportunidade de questionar o presidente sobre as questões mais pertinentes à vida do Clube. Algumas delas, que temos vindo a debater aqui neste espaço.
Sem imagem de perfil

De HanuchKmet a 09.01.2015 às 13:31

Parece-me que a AG seria inútil se fosse para decidir a permanência de um técnico (bom ou mau, Marco, João ou Vitor).

Fazer um balanço e apresentar, de forma clara, as contas consolidadas após a reestruturação financeira parece-me não só pertinente (a meio do mandato) como democrático. Os sócios vão, pela primeira vez, conhecer a fundo a realidade financeira pós-reestruturação e perceber os compromissos que a Direcção entende necessários para assegurar a estabilidade financeira e o futuro do Clube.

Por outro lado, também me parece essencial que quem entende que esta direcção foi a pior coisa que aconteceu ao Clube que cumpra o seu dever enquanto associado e o denuncie perante os seus consócios para que, juntos, discutam.


Imagem de perfil

De Rui Gomes a 09.01.2015 às 15:42

Uma AG nunca seria para decidir a continuidade ou não de um treinador. No pior dos cenários, nesse sentido, seria de exigir explicações a Bruno de Carvalho, caso essa decisão tivesse sido tomada.

De resto, a bem conhecida retórica do seu comentário passa apenas por ser mais do insignificante mesmo.
Sem imagem de perfil

De HanuchKmet a 09.01.2015 às 18:58

É por este tipo de comentários que me sinto sempre bem vindo nesta casa caro Rui Gomes. Para a próxima tento utilizar uma linha de raciocínio que não destrua o intuito do seu post.

SL

Sem imagem de perfil

De Paulo De Carvalho a 09.01.2015 às 13:48

"Não faz sentido fazer uma votação a meio da mandato. Votação de quê? Os órgãos sociais foram eleitos e estão legitimamente mandatados. Não há razões para votar o que quer que seja. Nem isso foi solicitado no requerimento que a direcção me enviou a solicitar a marcação da Assembleia Geral."
"Os órgãos sociais vão apresentar o trabalho feito durante estes dois anos e depois haverá um período aberto aos sócios, durante o qual podem fazer perguntas e declarações. Acho que isto é inédito no Sporting: não me lembro de uma direcção ter esta abertura com os associados para lhes explicar o que tem feito e o que vai fazer."
Bruno de Carvalho tinha dito, há tempos: "Consideramos imperativo que os associados reforcem a confiança no rumo traçado. Aceitaremos qualquer resultado, e retiraremos as devidas ilações".
No entanto, esse voto de confiança não acontecerá e não faria sentido nenhum.
Jaime Marta Soares, um senhor ao serviço do Sporting!!
Sem imagem de perfil

De Leão da Covilhã a 09.01.2015 às 13:59

A AG pode ser de extrema utilidade caso o senhor e outros sócios do Sporting que tanto criticam BdC e esta direção, nos blogues e nas redes sociais, lá aparecerem.
Façam as críticas nos locais próprios, e esses locais são efetivamente as AG's.
Mas não se esqueçam de um pormenor: não basta criticar por criticar, é necessário também apresentar propostas, soluções e acima de tudo uma alternativa credível.

SL
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 09.01.2015 às 15:38

Alternativa a quê ? O mandato desta Direcção não está em disputa, por conseguinte, a única coisa que se poderá questionar são algumas das decisões que foram tomadas.

Depreendo, portanto, pelo seu comentário, que não há nada a criticar da sua parte.
Sem imagem de perfil

De Leão da Covilhã a 09.01.2015 às 17:17

"Depreendo, portanto, pelo seu comentário, que não há nada a criticar da sua parte."

Errado.
Há sempre algo a criticar, porque ninguém é perfeito.
Nestes quase dois anos de mandato de BdC, existiram questões que não tiveram a melhor abordagem por parte deste. Existem aspetos no universo Sporting que têm de ser melhorados.
Agora se me perguntar, qual o balanço que faço do trabalho desenvolvido por BdC e restantes elementos da direção e órgãos sociais até ao momento, respondo-lhe, sem qualquer margem para dúvidas, que faço um balanço extremamente positivo.
Veremos o que o futuro nos reservará.
Se eu estiver enganado, não terei qualquer tipo de problema em admiti-lo. E o senhor?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 09.01.2015 às 17:23

Tudo bem, assim a tese torna-se mais razoável e aceitável.
Sem imagem de perfil

De m1950 a 09.01.2015 às 14:29

Meu caro Rui Gomes , eu se me permite vou fazer-lhe uma pergunta indiscreta.

Qual é a razão para não ter colocado também em destaque a entrevista de Ricciardi ?

Compreendo que passe mais aquelas que estejam mais perto das suas ideias , mas o contraditório é a maior força de um argumento , assim que seja batido.

Ele diz coisas relevantes na entrevista como o facto de ter sido BdC a melhorar de forma substancial a reestruturação financeira , e que ele mesmo testemunhou sendo que foi contra BdC assumidamente. Ponto positivo que não pode desprezado e ignorado como alguns blogues como o VM fizeram , e que se anda a querer passar essa ideia de forma falsa.

Em relação à AG

Se o tema for o esclarecimento em relação às contas do Sporting após reestruturação , parece-me que pesa , pelo menos para mim que você sabe que tenho muito interesse.

Depois os problemas do Sporting não acabam em Marco Silva.

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 09.01.2015 às 14:36

Comentário apagado.
Sem imagem de perfil

De OCR a 09.01.2015 às 15:33



Ditador ideológico!!!

Então o que é que se há-de dizer de o presidente do meu Clube, que impediu um dos elementos da sua direcção de ter acesso às contas da SAD e que para melhor atacar o treinador impôs o blackout, podendo ele como se sabe, utilizar os meios do Clube (jornal e TV) como muito bem entender!

Se não se tratasse do Sporting, seria caso para se rir às gargalhadas.

Estes brunecos estão tão desvairados com os tiros nos pés que tem dado o seu Deus e com os mamutes que ele lhes tem feito engolir, que já nem sabem o que escrevem.
Se antes de abrir as goelas, tivessem pelo menos o cuidado de medir bem o que dizem ou escrevem e comparar com o que ainda escreviam há umas semanas atrás, quando parecia que tudo eram rosas, transmitiriam certamente uma melhor ideia deles. Assim, a ideia com que se fica é que formam um bando de ressabiados.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 09.01.2015 às 15:30

Nem sequer li a entrevista de Ricciardi e queira acreditar ou não, não me é possível abordar tudo quanto se relaciona com o Sporting.
Sem imagem de perfil

De HanuchKmet a 09.01.2015 às 19:01

Uma entrevista de quem liderou a reestruturação financeira em representação do BES e não leu? Facto a relembrar a próxima vez que escreva sobre o processo de reestruturação e a sua negociação.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 09.01.2015 às 21:15

Meu caro, podia dizer muito mais mas será suficiente, por agora, adiantar que salvo transcrever esse género de notícias, nunca as comento, por uma área do meu menor conhecimento.

Na sua ideia, isto de operar um blogue deve ser um emprego a tempo inteiro, e não um entretenimento para as horas vagas. Duvido que hajam muitos blogues, se alguns, que dão a dimensão da cobertura que nós damos aqui no Camarote Leonino.
Sem imagem de perfil

De Balajic a 09.01.2015 às 21:52

Acho que, no momento, o que há a relembrar é que o Ricciardi era o "bicho papão" que todos diziam, na altura das últimas eleições, que ia tomar o clube de assalto, pôr lá o Figo a fazer de "rainha de Inglaterra" e dominar aquilo tudo com a ajuda do Álvaro Sobrinho, outro grandessíssimo crápula.

Todos estes, claro está, passaram depois a apoiar o José Couceiro contra "o Bruno", que era o "fedelho" e que eles não queriam que ganhasse as eleições.

Afinal, hoje o que vemos é o Sobrinho já lá instalado e o Ricciardi a elogiar e a defender "o Bruno" e o que me espanta a mim é que nenhum dos seus aguerridos apaniguados venha aqui dizer agora cobras e lagartos dessa gente que tão vil e pérfida era antes das eleições...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 09.01.2015 às 22:28

E esperava mesmo que viessem ?... Por norma, as reacções resumem-se à conveniência do momento, seja qual for.
Sem imagem de perfil

De Alex Bórgia a 10.01.2015 às 04:02

Olha quem fala!
Sem imagem de perfil

De Sali a 09.01.2015 às 15:13

Antes do 25 se Abril, Portugal vivia sobre o jugo de um regime que ganhava sempre as eleições, pois só os convidados iam votar. Para eles, o voto era inútil. Para mim, nenhum acto democrático é inútil, seja a nível legislativo ou desportivo, seja uma eleição ou uma assembleia geral.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 09.01.2015 às 15:34

De acordo com o essencial, mas até parece que o debate em assembleias gerais não é controlado e, por vezes, manipulado à conveniência.

Além do mais, uma reunião em que uma boa parte vai ser dedicada a questões financeiras, quantos sócios pensa o caro irão levantar quaisquer questões ?
Sem imagem de perfil

De a 09.01.2015 às 15:42

Acredito que uma AG desta natureza cause estupefação a quem se habituou (e foram tantos...) aos vícios de um passado recente em Alvalade.

Durante muitos anos, os sócios não foram tidos nem achados na vida do clube. Houve presidentes que foram designados por cooptação. Houve presidentes que tudo fizeram (até ações em Tribunal) para evitar/adiar assembleias gerais. Tudo isto nos últimos 12 anos.

Claro que para essas pessoas uma assembleia geral agendada a meio de um mandato para prestar contas e pedir um voto de confiança deve causar muita estupefação.

Engraçado como o único presidente que coloca o lugar à disposição dos sócios (porque é disso que se trata) é o único que é apelidado de "querido líder"...

Sinceramente, não há paciência para tanta perseguição.

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 09.01.2015 às 15:50

A intenção de Bruno de Carvalho é de colocar o seu lugar à disposição ?

Está a brincar ou acredita mesmo nisso ?

Essa da "perseguição" é irrisória !
Sem imagem de perfil

De a 09.01.2015 às 17:20

BdC: "Consideramos imperativo que os associados reforcem a confiança no rumo traçado. Aceitaremos qualquer resultado, e retiraremos as devidas ilações".

Eu acredito que a AG é tida pela direção como um voto de confiança ao seu trabalho, do qual se retirarão "as devidas ilações".

Mas, como disse no meu anterior comentário, este género de atuação é algo a que os sócios não estão habituados, pelo que, muito sinceramente, não estou à espera que todos acreditem nisso.

Quanto à perseguição, assumindo que o queria dizer era "risória", basta visitar alguns blogs do Sporting, sobretudo aqueles que têm estado calados e que acordaram recentemente com a "crise". Tem sido um fartote. E sempre a bater na mesma tecla.

Curioso é também que aqueles que mais criticam a direção, ou seja aqueles que mais benefícios poderiam retirar desta AG, sejam precisamente aqueles que mais a atacam.

Se não gosta da palavra preseguição, podemos chamar-lhe outra coisa, mas é muito evidente que ânsia de dizer mal (da crítica pela crítica) é enorme.

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 09.01.2015 às 17:26

Meu caro, só posso falar por mim. Por crítico que seja de BdC, não existe aqui perseguição alguma e creio que tenho sido constante com os meus escritos, desde o primeiro dia. O recém-episódio, por controverso que seja, não teve, para mim, um significado excepcional.
Sem imagem de perfil

De Balajic a 09.01.2015 às 21:57

Meu caro,

Eu, que me posso considerar um dos que "batem" no actual presidente do Sporting, a última coisa que eu quero é que ele coloque o seu lugar à disposição em virtude desta AG ou de outra do mesmo género.

Uma coisa é fazer-se um balanço a meio do mandato, é convocar esta AG para se discutir a situação do clube e fazer uma "avaliação" do que foi até agora a gestãodesta direcção.

Outra, bem diferente, é esta a colher ilações do que foi dito para colocar o lugar à disposição, a menos, claro está, que exista algo suficientemente grave que o justifique.

Estes órgãos sociais foram eleitos para um mandato de 4 anos e deverão cumpri-lo, a menos que algo de muito grave aconteça entretanto, o que eu espero, muito sinceramente, que não aconteça
Sem imagem de perfil

De PedroC a 09.01.2015 às 17:21

Sr Rui Gomes, ninguem diz que nao ha criticas a fazer ou coisas mal feitas. Agora quem le como eu, e segue este blog, entre outros, e le aqui a quase 2 anos, criticas atras de criticas, acusacoes pessoais atras de acusacoes pessoais, so pode pedir que isso seja feito frente a frente com quem de direito.

E se isso nao for possivel, pq nao deixam, pq nao dao tempo, ou porque alguem ameaça etc. entao ai temos a tenda armada, e eu sou o primeiro a achar mal e a repudiar. Alias a direccao ate devia dar a palavra mais depressa a quem tivesse criticas a fazer, se quiser realmente mostrar boa fé.

Agora isto digo directamente. Nao se escondam atras de filosofias, ou teorias mirabulantes para esconderem o facto de nao terem coragem/força/hipoteses de o fazer.

Esta é a altura ideal para criticar cara a cara, tal como têm vindo a fazer ate agora no anonimato.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 09.01.2015 às 17:30

Meu caro, quem me conhece sabe que não está no meu carácter esconder-me atrás seja do que ou de quem for.

Prefiro sempre o debate directo e quando não o faço, é apenas por ser fisicamente impossível.

Não o conheço, mas eu já lido com estas questões do Sporting há muitos anos. Nada disto é novidade alguma.
Sem imagem de perfil

De Marcos Cruz a 09.01.2015 às 17:51

Então por que não responde o Rui à exortação que aqui lhe foi repetidamente feita? Por que não vai o Rui à AG criticar "cara a cara" (e tem piada o termo, dado que foi o móbil das críticas a BdC no desaguisado com o Marco Silva) o desempenho do presidente e/ou do seu elenco directivo?
Eu sei que me pode responder "eu vou aonde quiser e não tenho de lhe dar satisfações sobre isso", e é verdade. Mas não acha estranho ter passado dois anos a criticar o presidente por, entre outras coisas, não aceitar a crítica e agora criticá-lo por se abrir oficialmente a ela?
A pergunta é: por que não responde o Rui à pergunta que várias vezes já lhe foi feita sobre o porquê de não ir à AG criticar cara a cara o desempenho de BdC?
Imagem de perfil

De Ricardo Leão a 09.01.2015 às 19:17

Marcos Cruz,
O Rui não reside habitualmente em Portugal e está muito longe daqui.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 09.01.2015 às 21:17

Obrigado Ricardo Leão.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 09.01.2015 às 21:30

Caro Marcos Cruz,

Complementando a explicação do meu colega de blogue, é verdade que passo muito mais tempo fora fronteiras do que em Portugal.

Por uma questão de timing, não me é possível estar na AG do dia 17, mas queira acreditar que teria imenso prazer em confrontar o presidente com algumas questões pessoal e directamente, caso a oportunidade não me fosse negada. Isto, porque em reuniões deste carácter, nem sempre é possível ouvir tudo e todos.

Além do mais, e sei que não vai concordar, a ideia do presidente em convocar a AG era tudo menos "abrir-se" à crítica. Foi uma cartada calculada da sua parte que não saiu como ele desejava, pelos factores conhecidos. Já não há a possibilidade do confronto que BdC vislumbrava, nomeadamente "ou ele ou eu", confiante de que teria apoio incondicional perante esse desafio.

Repito que uma questão que não me intimida, minimamente, é confrontação directa com Bruno de Carvalho. Sou um excelente argumentador "in loco", pelos anos de experiência, e mais do que suficiente conhecedor do Sporting.
Sem imagem de perfil

De PedroC a 09.01.2015 às 21:16

Caro Rui Gomes

Não ouso questionar o seu carácter, nem medir o meu sportinguismo contra o seu. Acredito perfeitamente que você, e outros noutros espaços, me dêem 10 a 0 no que diz respeito a muitos assuntos do Sporting. É por isso que leio os blogs, para tentar manter-me informado. Se soubesse tudo, não perdi-a o meu tempo a vir aqui.

Tendo isto dito, não esperem que eu e muitos outros mudemos as nossas opiniões só pelo que escrevem aqui. Uma coisa é eu ver um debate cara a cara, outra coisa é eu ver posts na internet, sem direito a contraditório. Não brinquemos com coisas serias.

Andamos anos e anos a dizer que o Sporting estava mal, que era uma cambada de ladrões, mas verdadeiramente nunca ninguém fez nada. E porquê? Porque não havia alternativa. Porque ninguém dava a cara. Até que apareceu Bruno de Carvalho, que deu a cara, e não foi a primeira(todos sabemos porquê) mas foi a segunda que chegou a Presidente do Sporting Clube de Portugal.

Acham que ele não presta? Acham que ele não vale uma merda? Acham que ele é arrogante? Acham que ele é burro? Acham que ele é mal educado? Acham que ta a fazer um pessimo trabalho? Eu não acho(à excepção do arrogante). Digam-lhe cara a cara. Apareçam e digam-lhe isso directamente. Critiquem-no a frente de todos, e aí sim eu e muitos outros poderemos mudar de opiniões.

Até isso acontecer caro Rui, e não me leve a mal se o disser, muito do que leio neste blog, e noutros, só me soa a ressabiamento. Não pelas criticas(muitas validas) que fazem à gestão de Bruno de Carvalho, mas sim pelos timings das criticas, pela ausência de elogios ao que é bem feito(e há muita coisa que já foi bem feita), e principalmente pelos constantes ataques ao carácter da pessoa Bruno de Carvalho, sem direito a contraditório. Não que eu tenha pena dele, pessoalmente não me interesso dele para nada. Só quero que ponha o Sporting a ganhar.

Provem-me que ele não serve, e ele não terá mais o meu voto.

Querem continuar na internet a divagar, ou alguém se chega finalmente à frente?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 09.01.2015 às 21:45

Meu caro,

Será perder tempo, porventura, dar-lhe esta explicação, e até questiono quantas vezes é necessário eu repetir neste espaço a minha opinião de Bruno de Carvalho.

Não há nada de pessoal nisto e muito menos "ressabiamento" . Bruno de Carvalho não ocupa lugar algum na minha vida, salvo por ser o presidente do meu clube. Além do mais, nunca me fez mal algum, directo ou indirecto, e nunca tive contacto com ele, seja no que for, sem ser ao que concerne o Sporting.

Mesmo reconhecendo alguns positivos da sua liderança, não respeito e não confio na pessoa. Acho que ele é um oportunista que surgiu no Sporting à procura de vida e é, por natureza, além do que o leitor já descreveu no seu comentário, um usador.

Podemos concordar em discordar, e desde que não hajam ofensas pessoais, não tenho problema algum com opiniões contrárias. Sou, por natureza e formação profissional, um bom argumentador, e enquanto acreditar na minha versão das coisas, insistirei na tese.

Resumindo e concluindo, pelas razões citadas e mais algumas que deixei omissas, deliberadamente, a margem para benefício da dúvida que dou a Bruno de Carvalho é mínima. Tento sempre criticar com fundamento, mas não deixarei de o fazer.

Cumprimentos
Sem imagem de perfil

De PedroC a 09.01.2015 às 23:13

"Acho que ele é um oportunista que surgiu no Sporting à procura de vida e é, por natureza, além do que o leitor já descreveu no seu comentário, um usador."

Muito bem. Não sendo você, há alguém que tenha coragem de lhe dizer isto cara a cara? Frente aos sócios? Provando por A+B, o que está a dizer? Sustentando as suas afirmações com mais provas do que o "acho"?

Uma pessoa como você descreve, não pode estar a frente do Sporting Clube de Portugal. Não deve de estar a frente do Sporting Clube de Portugal. No entanto, ele está, e com bons resultados dado o estado e a conjuntura que herdou na sua chegada ao clube.

Portanto eu pergunto, há alguém que se oponha frontalmente a ele, provando aquilo que você diz dele, ou não?

Não há motivos para se ter medo. A não ser que me digam que ele tem Russos prontos a atacar alguém que o critique.

Estamos a discutir a utilidade da AG. É esta a utilidade da AG. Aparecer alguém que o confronte cara a cara, e que lhe diga essas coisas que você aqui disse. Os sócios lá estarão para avaliar a reacção.

Ou então não, e continuar a criticar o homem cada vez que respira, cair em cima do homem cada vez que ele tropeça, chamá-lo de Vale Azevedo ou de oportunista na primeira oportunidade que tenham, mas tudo na internet!

Refugiando-se nos ideais "da legitimidade do mandato" ou criticando os momentos em que lhes é permitido fazer essa critica cara a cara, de forma a não se chegarem a frente e encararem o raio do homem ao vivo e a cores.

Eu não o vou insultar por ter opiniões diferentes das minhas. Nem a si nem a ninguém. Mas acho que se mantiverem o registo, é isso que cada vez mais vão ouvir de muita gente.

Esta é a grande oportunidade que tem, toda a gente que não concorda com a direcção, para lhe dizer isso cara a cara como é seu direito. Querem mais utilidade para a AG do que esta?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 09.01.2015 às 23:43

Meu caro Pedro,

Há conversas para assembleias gerais e esta, sobre a pessoa do presidente, não é, salvo uma situação excepcional. Agora, cara a cara, em particular, sem dúvida alguma.

Eu encontrei-me com o Bruno, inadvertidamente, diga-se, uma única vez, em um almoço na região do Oeste, pouco tempo depois das eleições de 2011, andava ele já em nova campanha. A minha má impressão da pessoa nasceu aí, embora na ocasião não soubesse dele a décima parte do que sei hoje. Não o confrontei nesse convívio, porque ainda não havia nada para confrontar e ele era praticamente um desconhecido.

A ser confrontado em uma Assembleia Geral, terá de ser sobre os assuntos sobre a mesa e que fazem parte da Ordem de Trabalhos. Eu nunca iria para uma AG discutir com ele, ou outro presidente, mas adoraria poder confrontá-lo com duas ou três questões de maior interesse. Além do mais, em AGs não há debate livre, tudo obedece a uma certa ordenação.

Eu sempre comentei, e assim continuarei, de acordo com a minha consciência. Os poucos energúmenos que por aqui aparecem não me intimidam minimamente, mas se chegasse a um ponto muito baixo, a solução é simples: encerraria o blogue. Ao fim e ao cabo isto é uma brincadeira que nós levamos a sério, e poucos imaginam as horas e o trabalho envolvido, diariamente. Não é para qualquer um.

Ao terminar, reitero que esta AG não tem razão alguma de ser e duvido muito que possam surgir factos a convencer-me do contrário.
Sem imagem de perfil

De OCR a 10.01.2015 às 10:06




"Muito bem. Não sendo você, há alguém que tenha coragem de lhe dizer isto cara a cara? Frente aos sócios? Provando por A+B, o que está a dizer? Sustentando as suas afirmações com mais provas do que o "acho"?"


Ah! Como se alguma vez os malcriadões que durante meses insultaram o GL na Net de ladrão, filho da puta , cabrão, etc. tivessem alguma vez tido a coragem de lhe dizer isso tudo na cara, perante uma AG !!!

A memória curta de certa gente faz pena!...

Comentar post


Pág. 1/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo