Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

ng5310148.jpg

 

Além dos milhões de salário e mais uns quantos na forma de prémios, camarote para familiares e amigos e diversas outras contrapartidas, aos poucos vamos ficando com a sensação de que o investimento do Sporting em Jorge Jesus vem associado a regalias e beneficências, até para terceiros, quase ilimitado.

 

Mais uma vez através do Football Leaks, somos informados que a Sporting SAD pagou 140 mil euros de comissão ao empresário Costa Aguiar no âmbito do processo de contratação do treinador Jorge Jesus no passado Verão, segundo os documentos revelados.

No contrato de prestação de serviços é referido que a "Costa Aguiar, Sports - Unipessoal, Lda" é chamada a intervir no diálogo e na negociação com Jesus, ficando estabelecido, a título de contrapartida pelo trabalho referido, o direito a receber 140 mil euros por honorários e despesas.

 

O empresário ficou ainda com direito a cinco "business seats", sem direito a catering, e um lugar de parqueamento, no estádio, enquanto vigorar o contrato assinado pelo treinador - o acordo é válido por três temporadas.

 

Isto chega a um ponto que nos sentimos incomodados por sermos "obrigados" a revisitar um tema que é, na realidade, um facto consumado. Tudo o que já veio a público e decerto algo mais que ainda está por ser revelado, faz parte de uma ideia, quase uma obcecação diriam alguns, e de uma aposta discutivelmente desmesurada na conquista do título. 

 

Para o bem do Clube e do estado de espírito dos seus milhões de adeptos, dentro e fora fronteiras, esperamos que o objectivo seja concretizado, caso contrário, nuvens sombrias ameaçam no horizonte.

 

 

Adenda: Eu já tinha esta informação, mas hesitei quanto à sua publicação. Já que um leitor a comentou, quase como se fosse "peaners", aqui vai:

 

Suposta lista de dívidas da Sporting SAD a empresários:

Gondry Financial Services – 1,087 milhões de euros
Andrea D´Amico - 650 mil euros
Buttonpath Limited - 400 mil euros
Credigold - 30 mil euros
Hency Trading - 300 mil euros
LMP Bomore - 350 mil euros
Interfootball - 350 mil euros
For Gool - 272 mil euros
Alberto Fochi Moreno - 138 mil euros
Creative Sports Agents - 100 mil euros
TeamSport Agenciamento Esportivo - 120 mil euros
Starmon Holding, SA - 2 mil euros
H2C Sport Consulting - 138 mil euros
MRD Investments - 265 mil euros
Proeleven - 381 mil euros
L & M Global Rigths - 121 mil euros
SBASS Ltd. - 140 mil euros
Zoran Stojadinovic - 120 mil euros
Sport Cover - 120 mil euros
Outros – 6,45 milhões de euros

 

publicado às 12:26

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


3 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 02.12.2015 às 15:29

Desconhecia essa dívida aos empresários tal como as comissões que de facto deixam-me chocado.

Eu acho que fico a pensar "até parece que não há fim às armadilhas" de Godinho , sendo que essa dívida não pode ser toda dele , nem quero acreditar nisso , mas é mais um facto muito grave.

O Clube se tem 11.7 de custos de pessoal , se multiplicarmos por 4 , temos 47M em custos de pessoas , isso são mais 20M que o ano anterior , sendo que certamente o Sporting vai abater alguma parte disto , visto que pagou prémios e comissões que estão aqui incluídos , mas será sempre algo a rondar os 40M.

Suponho que os bancos que teem um administrador na SAD tenham permitido isto , pois está no limite das capacidades da SAD. Apartir deste custos que é considerado um investimento por parte da Sporting SAD, é preciso sim conseguir expandir a receita que é o problema crónico do clube. Ser campeão e revitalizar o clube , sendo que pela ótica da massa crítica é difícil aumentar os proveitos visto que já somos os líderes nos bilhetes de época , e a quotização é 100% do clube , talvez o merchandising e nome aumente por aqui , mas ir à liga dos campeões como 1.º classificado e consequentemente pote1 da champions para o ano é essencial idem a nível financeiro , pois passando os grupos fazemos receitas na ordem dos 30M.

Tendo em conta que a maioria dos nossos ativos vendáveis nomeadamente os jogadores são da formação ou tiveram baixo custo de aquisição sobre o total das vendas a mais valia seria algo por volta dos 90% , mas como muitos teem os passes divididos poderá a vir ser algo como 80%.

Suponho que o clube tenha programado vendas no final da época para tentar atingir uns 70M.

Isto implica que o clube no fim da época tenha de vender jogadores visto que o exercício sem vendas de jogadores continua negativo e acho importante o Sporting conseguir amortizar passivo e pagar o resto das suas dívidas.

Os business seats de Alvalade estão muito abaixo do lucram o Benfica e o Porto nesta questão , imagino que haja muitas vagas , temos de trazer o mundo empresarial a Alvalade para se associar a nós , ultimamente os jogos teem vindo a ser patrocinados individualmente e acho que é uma boa medida para atrair as empresas , esta é uma rubrica que tem de ser exponenciada , ser campeão será também importante para a associação das empresas ao clube.

A nível financeiro ainda temos muito que penar pese embora estejamos melhores , entramos agora no mundo da aposta e do investimento , a SAD sentiu condições após a reorganização desportiva para avançar para o investimento e que assim acelera o processo de recuperação financeira , mas para isto temos de estar na Liga dos campeões 4 em 5 anos. A este nível de custos , não pode haver rombos como o deste ano.

Esta política tem o meu apoio , desde que a nível desportivo não descure da sua identidade de formação quando saírem os William , Adriens , João Mários , é importante que sejam substituídos pela formação por jogadores Gelson , Matheus , Chico Geraldes , Tobias , Iuri Medeiros , Mallmann , pois foi assim que saímos da crise , e está demonstrado que pagando bem conseguimos manter os talentos em casa num ciclo de 3 anos , sem que percam a cabeça e consigam dar títulos e só depois proveito financeiro ao clube. Isto mantinha uma dinâmica e espírito de balneário e mesmo de clube muito importantes na minha visão.
Imagem de perfil

De Profeta a 02.12.2015 às 16:07

A gestão do Godinho Lopes, foi uma gestão de risco. Já que investiram para ganhar o campeonato, e revitalizar o clube como referes.
Mas se formos ver, actualmente, também se está a fazer uma aposta de risco. Do nada aumentaram-se os ordenados para o dobro, temos a doyen entre outros processos, e criou-se muita espectativa com o despedimento do Marco Silva (a forma como o despacharam) para ir buscar o Jesus, a falta de patrocínios, a falta de colaboradores credíveis para comprar jogadores, o completo isolamento a nível institucional na Liga e na FPF, etc etc.
Não vamos acabar em 7º, mas temo que se não formos campeões esta época, que tão cedo não teremos hipóteses de o ser como esta época.
É preciso é que as pessoas sejam coerentes, e assumam que estiveram sempre com Bruno de Carvalho em todas as suas tristes figuras, se o Sporting cair novamente.

Mas acho que seremos campeões. A equipa só tem que começar a encontrar caminho para jogar contra os chamados "autocarros", e se as lotopeguices continuarem, até o Porto em si entrará em desnorte.
Sem imagem de perfil

De m1950 a 02.12.2015 às 16:42

É verdade mas note que eu escrevi que esta política tem o meu apoio , agora não existem comparações com a aposta de risco do Godinho.

A aposta do Sporting basicamente vence caso fique nos 2 primeiros e valorize os jogadores , ser campeão até à mudança de regras - campeão vai direto ao pote1 da champions - era a mesma coisa que ficar em 2.º.

Com Godinho tal como ele disse a aposta era meramente no âmbito desportivo , daí as vendas de passes a terceiros , ou seja com a pouca percentagem que tínhamos de jogadores nem vendendo os melhores conseguiríamos um lucro assinalável. Aqui sim houve a falta da colaboradores para ter os jogadores , acedeu-se aos fundos mas não havia sustentação da massa salarial e daí a vendas dos passes para pagar esses mesmos salários , nós ficámos em 7.º não pelo valor do plantel mas sim porque o plantel estava com salários em atraso. Era um ciclo minguante simplesmente , trazer jogadores e depois ter de vender os seus passes para lhes pagar , é a mesma coisa que os toxicodependentes fazem quando vivem na casa dos pais , vão vendendo tudo o que há para comprar droga , depois não não há mais vão para as ruas.

Peço desculpa pela agressividade do exemplo.

Bruno limpou a casa primeiro , desportivamente há uma base de 3 anos , financeiramente o clube estava pronto para dar o passo seguinte , dar um treinador de topo mundial a jogadores que precisam disso para atingir níveis de maturidade suficiente para fazerem do Sporting campeão. Segundo o mesmo footballeaks , António Mosquito ajudou a trazer Bruno Paulista , mas de qualquer forma o investimento nas aquisições nunca passou dos 15M. Este ano fora o treinador de topo mundial , deu-se a essa base o complemento de jogadores experientes e aumentou-se a massa salarial para que se mantivessem satisfeitos no clube , algo que nunca aconteceu no SCP , e nem tenho de voltar muito para trás para lhe mostrar que os da casa sempre ganharam menos que as importações.

Hoje estes jogadores são ativos valiosos do clube e estão prontos a competir com clubes como SLB e FCP , pois no SCP vendeu-se 1 titular por ano , Rojo e Cédric.

Ou seja o Sporting faz um aposta com base... Não pegou num cheque e numa vassoura e disse que ia ser campeão.

Em relação ao caso Doyen a perda total para o clube , são os juros de mora... pois se temos um dinheiro que é inadvertidamente nosso teremos simplesmente de o devolver e como disse acima hoje temos ativos. Se a direção achou que existiam ilegalidades no contrato fez bem em acionar a resolução do contrato.

Depois o resto , o despedimento de Marco Silva e etc , não me interessam muito sinceramente.

Aliás , ainda bem que referiu , se reparar os custos subiram 20M , ou seja sendo nós um clube FMIazado , a credibilidade de Jesus permitiram certamente que os bancos permitissem esta aposta , algo que seria impossível com Marco Silva pese embora seja um treinador talentoso , Jesus é um dos melhores do mundo e levou o Benfica a ser hexacampeão - 6 anos seguidos na champions que financeiramente é ser campeão , e alguém que segundo me lembro , até valorizou as ações na bolsa do Sporting.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds