Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




img_192x192$2015_10_12_15_23_37_1005745_im_6366770Ao cair do pano, a pressão era muita e o remate de difícil execução, sem hipótese de preparação e de ângulo reduzido – na sequência de um portentoso passe longo do jovem Nuno Mendes. Mas Cristiano Ronaldo esteve ao seu usual nível, enviou a bola para a baliza e fê-la ultrapassar claramente a linha final, logrando aquilo que daria a vitória a Portugal. Com régua e esquadro não se faria melhor! Só que o jogo era da FIFA e de qualificação para o Mundial, pormenor de somenos, pelo que nem tinha um árbitro assistente capaz – o homem correu até à bandeirola de canto e fechou os olhos… – nem VAR, nem sequer a já vetusta tecnologia da linha de golo. Como é possível? E o juiz da partida, que não era português – ai se fosse! – fez igualmente vista grossa e evitou o meio apuramento que a derradeira proeza de CR7 nos daria. Se a palavra "roubo" se pode aplicar no futebol, e não se devia, é numa situação tão escandalosa como esta.

Pois apesar de tão enorme evidência, os "gremlins" das redes sociais, apoiados nalguns comentadores frustrados por não viverem em Turim, condenaram sem a berraria que os distingue a asneira do apitador, criticaram mansamente as opções de Fernando Santos – a entrada de Renato Sanches brada aos céus, é certo, mas depois de vencer o Europeu 2016 o engenheiro silenciou para a eternidade os ignorantes – e centraram-se em quê? Isso mesmo: na irritada saída de campo do capitão da Selecção! Como se ele não tivesse razão ao ver-se esportulado decaradamente de mais um golo histórico, obtido fora de casa e num momento decisivo da contenda. Ou como se lhe corresse nas veias sangue de barata e não interpretasse o grande sentimento de revolta que se apoderara da imensa maioria dos seus compatriotas.

mw-1280.jpg

Temendo que a gritaria não fosse suficiente, os invejosos da rede não se ficaram por aí, ampliando a sua indignação pelo facto de Cristiano, com o jogo terminado e à entrada dos balneários, ter atirado ao chão a braçadeira de capitão, esse glorioso e acrisolado símbolo da Pátria, que faz do Hino e da Bandeira simples apêndices da nacionalidade... Que falta de noção!

Perseguir Cristiano Ronaldo por atravessar uma fase menos feliz de forma, em boa parte devido aos deprimentes insucessos da Juventus, sublinhando que não marca pela Selecção há quatro jogos – que são realmente três porque no sábado ele fez o que lhe competia – é o passatempo preferido dos idiotas que sempre anunciam a morte sabendo muito bem que algum dia ela virá. Com a vacinação a correr bem, os novos casos de covid em queda e o desconfinamento progressivo a avançar, este pequeno tropeção da Selecção vem mesmo a calhar à cambada. E se amanhã não ganharmos ao Luxemburgo?... Por esta altura, deve haver por aí muitos grunhos em oração.

A terminar, um aceno para Rui Jorge e para o trabalho modelar que desenvolve nos Sub-21. Sim, não é só a selecção principal que tem aquele que é, porventura, o melhor plantel de equipas nacionais do Mundo. Também nos mais novos essa qualidade está presente, como se confirmou ontem com o belíssimo triunfo sobre os ingleses, que nos últimos anos vêm somando êxitos nos escalões jovens. Chapeau!

Artigo da autoria de Alexandre Pais, em Record

NOTA: Já tinha um post preparado para comentar o episódio com Cristiano Ronaldo, quando li a crónica semanal de Alexandre Pais, a qual subscrevo na íntegra. Confesso, no entanto, que preferia que CR7 não tivesse feito o que fez, mas depois do tanto que ele tem contribuído para elevar o futebol português ao longo dos anos, não lhe vou exigir perfeição em tudo.

publicado às 04:03

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


73 comentários

Sem imagem de perfil

De Leão Campeão a 29.03.2021 às 08:51

Ronaldo esteve mal naquele gesto e até se sujeita a uma penalização que o prejudica é à seleção.
Mais que isso não passa de uma simples tempestade num copo de água...
Ronaldo têm sido, quanto a mim, um dos melhores capitães da história das seleções.
Tempos houve em que outros “capitães” tiveram comportamentos absolutamente condenáveis e aqui relevo um episódio que não mais me esqueci e que se tornou uma das páginas mais vergonhosas da seleção portuguesa.
Estava eu a assistir na CMTV ao dissecar do comportamento “reprovável” de Ronaldo quando vi insiurgir-se de indignação pel atitude dele uma figura parda da nossa constelação futebolística: o senhor Diamantino Miranda.
Eis quando senão, ao ouvir os comentários críticos do senhor me veio à memória o episódio Saltillo do qual este senhor foi um dos protagonistas e que resultou num grupo de revoltosos achando-se uns sacrificados e injustiçados, pagos com o dinheiro dos contribuintes à altura para acabar por irem passar umas “férias” a assistirem a um campeonato do mundo de futebol ao vivo e a cores.
Estes clássicos moralistas que morrem sempre pela boca e que deveriam era saber estar bem calados...!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.03.2021 às 09:40

Tive ocasião de privar uns dias com a equipa do Benfica, então liderada por Toni e era Gaspar Ramos o chefe do departamento de futebol, na década de 80 - creio que foi em 1987 ou 1988 - e esse "senhor" sempre com uma atitude nojenta. Até nas refeições reclamava por tudo e mais alguma coisa.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 29.03.2021 às 09:34

SALTILLO
Grupo do Barreiro, Benfica, A maior vergonha do futebol português.
José Torres não merecia.
SL
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.03.2021 às 09:41

Se não se identificar, não volta a ser publicado.
Imagem de perfil

De Fernando Albuquerque a 29.03.2021 às 09:54

Rio Gomes

Este post é um resumo do que se passou ontem no CMTV e que apenas faltou pedirem o enforcamento do Ronaldo. Os "artistas" são sempre os mesmos Rodolfo Reis e o homem que sabe tudo mas não diz nada. A discussão era sobre o facto do Ronaldo ter deitado fora o trapo , que o indica como capitão da equipa. Não faço ideia o que os roupeiros fazem a esse farrapo se o lavam ou vai para o lixo.
Esses "artistas" esqueceram-se , que estavam a falar do capitão da selecção nacional , que marcou um golo limpo e que o mesmo não contou. Esqueceram-se que estavam a falar de um Português , que vai ficar na história do futebol mundial como um dos melhores de sempre. Esses tristes esqueceram-se que o Ronaldo tem na Net 500 milhões de seguidores, ou seja duas vezes e meia a população da USA. O problema deles foi o trapo ser tirado e arremessado ao chão. Pessoalmente ficaria chocado se ele fosse mau capitão da selecção, mas a realidade é diferente, pois todos os colegas o admiram e o respeitam.
Os citados artistas dizem terem sido jogadores e treinadores. A história do futebol diz-nos que foram profissionais medianos e que tirando o facto de terem
jogado num grande clube no futuro ninguém se lembrará dos seus nomes , pois a lista de colegas do mesmo nível é enorme e quando abalarem deste mundo a notícia da comunicação social será igual a outras da mesma dimensão. Já o Ronaldo será neste século e seguintes sempre lembrado como um dos melhores jogadores de futebol de sempre. A inveja é uma doença terrível que
atormenta algumas pessoas. Fernando Albuquerque (SCP)
Sem imagem de perfil

De RCL a 29.03.2021 às 12:51

Fernando Albuquerque
Grande comentário!
Parabéns.
Sarrafada neles, também não os poupo.
Otávio, Rudolfo e Diamantino nunca foram exemplos para ninguém.
SL

Imagem de perfil

De Mike Portugal a 29.03.2021 às 10:03

E fez ele muito bem em atirar a braçadeira para o chão. E se fosse ele, não voltaria a ir a mais nenhum evento da FIFA, essa instituição corrupta que albergou Joseph Blatter durante anos. Penso que não é preciso dizer mais nada.
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 29.03.2021 às 10:07

Esqueci-me de acrescentar, para além da FIFA, UEFA, também.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.03.2021 às 10:18

A semana passada foi suspenso por mais 6 anos!
Sem imagem de perfil

De Orlando Santos a 29.03.2021 às 11:30

Não foi um gesto bonito o de Ronaldo, mas apenas resumiu o sentir de uns milhões de portugueses revoltados.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.03.2021 às 12:13

Todos nós sentimo-nos revoltados naquele momento.

Aliás, todos excepto um amigo meu que tem uma enorme pancada e com quem eu discuti naquela noite quando ele disse que teria sido uma grande injustiça se o golo tivesse sido validado.

Este meu amigo, que gosta de dizer mal de tudo e de todos, e que se considera sportiguista (apoiante do destituído) detesta Cristiano Ronaldo. Nunca me soube explicar porquê.
Sem imagem de perfil

De Fernando Dias a 29.03.2021 às 11:59

Aliás, o Cristiano faz sempre tudo bem.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.03.2021 às 12:08

Ele não faz "sempre tudo bem", mas tem feito mais e melhor do que qualquer jogador na história do futebol português e da vasta maioria do futebol mundial.
Sem imagem de perfil

De MAV a 29.03.2021 às 12:20

Cristiano não esteve bem e ele sabe mas o ego aquele ego que têm não o deixa ser diferente. Era a vitória em causa sim mas ainda mais era um golo dele era o "record" mais próximo.
Confundir o valor futebolístico de Cristiano com o homem é exercício que não é preciso fazer ... mas na minha opinião pessoal ele e o indivíduo de Setúbal são iguais.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.03.2021 às 12:29

Para dizer disparates destes, mais valia ficar calado!!!
Sem imagem de perfil

De MAV a 29.03.2021 às 12:38

Já calculava a sua resposta.... enfim
Sem imagem de perfil

De RCL a 29.03.2021 às 12:54

mav
Já a esta hora? Ainda é cêdo.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.03.2021 às 16:21

Se já "calculava" a minha resposta, tinha evitado de dizer o que disse.

Cristiano Ronaldo é um "artista" extraordinário, neste caso atleta, e é perfeitamente natural que tenha ego, factor que o terá ajudado a ter a extraordinária carreira de registo.

Tanto em Portugal como no Mundo, dificilmente aparecerá outro goleador tão fenomenal como ele.
Sem imagem de perfil

De RASR a 29.03.2021 às 13:37

Mas estamos a gozar com isto ou quê??? O Cristiano Ronaldo é o capitão da seleção portuguesa com ou sem braçadeira! É um ponto assente! Mesmo no Euro'16, quando já estava no banco por lesão, depois de 2 entradas assassinas que apenas foram admoestadas com 1 amarelo, este continuou a puxar pela equipa, a gritar por eles! Ele é o capitão com ou sem braçadeira (aquele pedaço de pano que nada mais diz do que informar o árbitro de quem tem a verdadeira legitimidade de argumentar consigo em campo). Não se esqueçam que a braçadeira rapidamente está no braço dele como a seguir pode estar no braço de outro dos colegas de equipa, assim que seja substituído.

Estão a fazer um escândalo tremendo por ter atirado o pedaço de pano para o chão, em revolta por mais um roubo num dos maiores e mais necessários palcos das seleções, quando deviam estar a olhar para a fraca decisão tomada pelos árbitros, a falta de tecnologia num momento em que é tão importante como decidir quem fica já sem acesso à competição quando até nos campeonatos domésticos é uma tecnologia necessária, com as escolhas dúbias deste selecionador... Enfim, focam-se em tudo mas em nada. Siga o circo!
SL
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.03.2021 às 16:22

Só de má fé!!!
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 29.03.2021 às 14:10

Este lance só vem demonstrar a necessidade do VAR.... ainda há pouco tempo havia pessoas a duvidar do VAR, porque retirava velocidade ao jogo, etc..... pois hoje parece absolutamente ridículo um jogo FIFA sem VAR e portanto voltámos a relembrar o que era a roubalheira do futebol de antigamente.

Quanto ao Ronaldo, entende-se a revolta, mas um jogador do calibre do Ronaldo deveria controlar melhor as suas emoções, porque fica na retina a braçadeira no chão, e a braçadeira é sagrada. Faz-me lembrar a expulsão do Pedro Silva naquele famosa final da Taça da Liga, fomos roubados, ele passou-se e foi expulso, e depois acabámos por perder..... percebe-se, mas acho que um jogador profissional tem de saber lidar com estes momentos de outra forma.
Sem imagem de perfil

De RCL a 29.03.2021 às 14:23

Schmeichel
Você controlava?
CR7 faz um golo de antologia , dando seguimento a um passe de Nuno Mendes, com régua e esquadro. Golo que nos dava a vitória. CR7 onde esta, no enfiamento, vê a bola muuuuito lá dentro, o bandeirolas, ao lado não vê!
Controlar o que? Por muito meno João Pinto deu um murro no estômago a um árbitro num jogo do Mundial contra a Coreia do Sul.
SL
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 29.03.2021 às 18:07

Eu não me controlava.... mas eu não ganho Milhões nem represento a Selecção Nacional....
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 29.03.2021 às 19:08

RCL,

E o que eu tive pena do murro não ter sido forte que tivesse deixado o árbitro no chão. lol
Imagem de perfil

De Fernando Albuquerque a 29.03.2021 às 15:22

Schmeichel

A braçadeira é sagrada ? Por isso é que todos os jogadores se ajoelham e rezam antes de começar uma partida. Desculpe lá , aquele pano ou plástico serve apenas para identificar, quem é o capitão da equipa. e que pode dialogar com os árbitros. O que é horrível é um capitão que deverá ser um exemplo dentro e fora de campo ser um péssimo exemplo para os colegas. Condenar o Reinaldo porque deitou fora o trapo , certamente os roupeiros fazem o mesmo, pois ou vai para a lavandaria ou para o caixote do lixo. Temos de reprovar é atitudes , que mostrem que o individuo não seja a pessoa indicada para chefiar o grupo e infelizmente temos alguns maus exemplos. Fernando Albuquerque (SCP)
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.03.2021 às 16:25

A braçadeira é tão "sagrada" que Simão Sabrosa, no Benfica, em vez de ter o emblema do clube na braçadeira tinha uma fotografia dos filhos!
Imagem de perfil

De Fernando Albuquerque a 29.03.2021 às 17:27

Rui Gomes

Essa novidade não sabia. É pena o Fernando Mendes não saber estas coisas, pois aqueles "artistas" ao serviço do FCP engoliam em seco o que disseram. Gente sem nada que se aproveite. Fernando Albuquerque (SCP)
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.03.2021 às 17:48

Até já publiquei um post sobre este caso, aqui ou quando comecei no outro blogue.

É um evento/imagem que perdura na minha memória.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 29.03.2021 às 18:10

A transmissão televisiva do jogo é mundial.... e houve um grande plano da braçadeira no chão quando o jogo não tinha acabado..... deixou uma má imagem.
Na minha opinião a braçadeira é um.símbolo muito importante.... lembro o castigo ao Jorge Costa exatamente por causa da braçadeira.....
Sem imagem de perfil

De RASR a 29.03.2021 às 15:50

Fala da braçadeira como se fosse a bandeira nacional, ou o hino... O Cristiano até o "pa pa papa" do hino canta!!! Repare que a braçadeira nem a bandeira, nem o escudo, nem a esfera armilar tem. Nem os castelões, nem as cores, nada de específico ou personalizado à nação que a veste. Apenas e um simples "C". Passou a ser sagrada agora, devido a este evento modificador da vida na Terra
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.03.2021 às 16:25

É mesmo!
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 29.03.2021 às 18:15

Que raio.... com que então a braçadeira não tem valor simbólico?! Eu recordo que ainda há poucos anos ser o capitão de um dos 3Grandes não era para todos e era um lugar de respeito.... já hoje em dia qualquer gajo pode ser capitão....
Não é por causa disto que braçadeira vale mais ou menos.... mas quando eu jogava à bola, o capitão era quase sempre um jogador mais velho a quem tinhamos de respeitar e ouvir, portanto para mim ser capitão é um cargo de responsabilidade.
Sem imagem de perfil

De Jorge Alves a 30.03.2021 às 05:38

Não, não tem. A bandeira e a camisola sim. A braçadeira é simplesmente um adereço que designa o representante perante o arbitro da equipa, e por isso é o único que se pode dirigir ao mesmo a pedir explicações. Em algumas modalidades não existe, porque competem individualmente. E se é o representante da equipa, e o único que pode demonstrar desagrado por uma decisão mal tomada ele fez o que lhe competia, porque se o fizesse por palavras acabaria expulso, O Sr jogava à bola, não jogava futebol, braçadeiras no futebol há muitas, Treinador, Capitão, Médico, Delegado, Massagista, Dirigente, mas só há uma que em caso de expulsão tem que passar para outro elemento da equipa. Houve alguém que já fez pior e ninguém disse nada. Aprovo totalmente o seu gesto.
Sem imagem de perfil

De RASR a 30.03.2021 às 09:10

O caro distorce ou confunde responsabilidade com santidade. O capitão são aqueles escolhidos pelos treinadores, independentemente da idade, cor ou histórico clubístico. E, igualmente, independentemente de ter a braçadeira no braço.

Bruno Fernandes, com 3 anos de clube e tornou-se um capitão incontestável. O que importa é a postura e a forma como o atleta assume as responsabilidades do clube. O pedaço de tecido não interessa para mais do que isso, referir ao árbitro quem tem legitimidade de argumentar consigo.

Comentar post


Pág. 1/3





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo