Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




mw-1280.jpg

A informação disponível ainda não permite verdadeiramente compreender as razões da "revolução" em curso na equipa feminina de futebol, mas é por de mais evidente que algo muito significativo está a decorrer.

Este processo teve o seu início anteontem com a demissão da treinadora Susana Cova. Ontem, nada menos do que nove jogadoras foram apontadas à porta de saída.

Amanda Pérez, Ana Capeta, Carlyn Baldwin, Carolina Mendes, Inês Pereira, Mónica Mendes, Nevena Damjanovic, Patrícia Morais e Raquel Fernandes terminaram a ligação com o Clube.

Alguns nomes muito surpreendentes: Nevena Damjanovic, capitã e uma das melhores jogadoras da equipa, Ana Capeta e até Raquel Fernandes, melhor marcadora do Sporting e segunda melhor da Liga BPI, com 18 golos.

Reconhecemos que o Sporting tem vindo a apostar mais na formação e que a perda do título no último jogo da época abanou a estrutura leonina, mas nada fazia prever medidas tão radicais.

É de admitir que com o passar de mais algum tempo a situação seja esclarecida.

publicado às 08:02

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


22 comentários

Sem imagem de perfil

De Orlando Santos a 03.06.2021 às 08:38

É caso para ficar preocupado, sai muita gente e de qualidade.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 03.06.2021 às 20:36

Haverá uma explicação e espero que seja lógica.
Sem imagem de perfil

De matos monteiro a 03.06.2021 às 09:46

Não sei como os clubes suportam tanta despesa e modalidades. Mais tarde ou mais cedo, terão que reduzir custos. Apostar no futebol e formação, futsal e formação, andebol e formação, basquetebol e hóquei. Vólei?!... Futebol feminino ?!.... (há desportos mais interessantes que as mulheres podem praticar); Equipas A,B,C, sub-19 ou sub-15.....
Sem imagem de perfil

De J.Oliveira a 03.06.2021 às 15:23

matos fernandes

As mulheres praticam o a modalidade que elas quiserem, e não é você que lhes vai dizer o que é mais próprio para elas praticarem. Era o que faltava ter agora um Diácono Remédios. Vergonha alheia!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 03.06.2021 às 20:39

Sim, essa do outro leitor não faz o mínimo de sentido.
Sem imagem de perfil

De LG a 03.06.2021 às 10:25

Incompreensível, numa equipa que está integrada na SAD menos se percebe, porque pode vir o argumento "Um (inserir coxo qualquer) pagava 1 ano da equipa

Da equipa titular, ao que parece, ficam Ana Borges e Joana Marchão, regressa Diana Silva. Vai ser uma equipa baseada na formação?

O pior de tudo, o Sporting está mais um clube do Bolinha, menina não entra: nada que não tenha acontecido nas outras principais modalidades femininas
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 03.06.2021 às 20:40

"O pior de tudo, o Sporting está mais um clube do Bolinha"...

Traduza isso em linguagem que se compreenda!
Sem imagem de perfil

De LG a 04.06.2021 às 07:53

estava a seguir, "menina não entra": desinvestimento geral no desporto feminino: futsal, hoquei, futebol, voleibol, dispensa de várias atletas em modalidades (mais ou menos) individuais.

Contra a corrente do que é a tendência mundial, de fomentar o desporto feminino
Imagem de perfil

De Leão do Norte a 03.06.2021 às 11:36

Surpreendente é o mínimo que se pode dizer neste momento.
Será uma maior aposta na formação? Será uma revolução total com novas contratações? Ou será um desinvestimento na equipa?
Espero por desenvolvimentos futuros para melhor opinião.
Imagem de perfil

De Greenlight a 03.06.2021 às 14:46

Como estava não poderia continuar. Ao que parece, equipa muito cara mas sem alcançar títulos. Fazer como o SLB, isto é, forte investimento na contratação de jogadoras, nomeadamente estrangeiras não será uma política sustentável.
Imagem de perfil

De Greenlight a 03.06.2021 às 14:47

Faltou dizer que se espera uma aposta na formação, o caminho mais sustentável.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 03.06.2021 às 20:32

Mas, na realidade, não conhecemos o investimento na equipa. Pelo menos, nunca vi ou ouvi coisa alguma nesse sentido.
Sem imagem de perfil

De Pedro Piedade a 03.06.2021 às 16:58

Curiosamente o "forte investimento na contratação de jogadoras nomeadamente estrangeiras"... levou o SLB a apresentar no jogo contra o SCP, 7 jogadoras portuguesas a titulares e apenas 4 estrangeiras...
Imagem de perfil

De Greenlight a 03.06.2021 às 17:10

Daí ter usado o advérbio “nomeadamente”
Sem imagem de perfil

De Pedro Piedade a 03.06.2021 às 18:45

Eu diria que o forte investimento na contratação foi em jogadoras portuguesas, nomeadamente da equipa B, dos juniores e no regresso de emprestadas.
Mas sendo o futebol feminino a este nível tão recente em Portugal é natural que quase todos os clubes tenham contratado algumas jogadores estrangeiras, à semelhança do futebol masculino.
De qualquer modo a tendência no SLB é de apostar na formação, como fez com sucessos em várias jovens nesta época.
Sem imagem de perfil

De J.Oliveira a 03.06.2021 às 15:31

Falta uma explicação para tal razia, os sócios merecem uma explicação. Falar pouco é um dom, não falar nada é uma burrice. Já vi grandes presidentes fazerem grandes obras, um excelente trabalho, mas por serem péssimos a comunicar ou por pura e simplesmente não comunicarem (presidentes de clubes, autarcas, ceo de empresas) acabam por perder eleições, esperemos que não seja o caminho que Frederico Varandas siga.

SL
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 03.06.2021 às 17:09

E terá que ser o Varandas a dar uma satisfação, como se fosse um "faz tudo"?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 03.06.2021 às 19:15

Aqui exige-se identificação para comentar. Fica o alerta!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 03.06.2021 às 20:34

Mas o leitor anónimo até tem razão; não é obrigatório ser o Varandas a explicar tudo. Há outros dirigentes mais próximos da equipa.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 03.06.2021 às 18:57

Antes da época terminar algumas algumas destas jogadoras já tinham o futuro definido. Só a saída da Inês me surpreendeu. Mas não acredito que tenha sido dispensada. De qualquer forma uma explicação em vez de um comunicado lacónico teria sido bem melhor
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 03.06.2021 às 19:14

Aqui exige-se identificação para comentar. Fica o alerta!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 03.06.2021 às 20:36

Caro anónimo,

Não compreendo essa de algumas jogadoras já terem o futuro decidido antes da época terminar.

E... por decisão delas ou do Clube?

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo