Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Balanço do mês de Setembro

Julius Coelho, em 17.10.21

Depois dos jogos das selecções, a nossa equipa voltou às competições e logo para enfrentar uma série bastante dura de 5 jogos em 2 semanas para compensar o período de 2 semanas em que esteve parada, só a treinar com os jogadores disponíveis que não foram a jogos de selecção e com um alargado número de jovens da formação, efectuando, apenas, um jogo-treino com o Torreense (3-0).

image.jpg

Voltamos também agora à análise mensal do que fizeram nos jogos do mês de Setembro.

5 jogos - 2 para a Liga dos Campeões e 3 para o campeonato; 2 derrotas na Liga milionária (Ajax e Borussia), 2 vitórias (Marítimo e Estoril) e um empate (FC Porto) na Liga Portugal.

O balanço do mês deixou um sabor agridoce; verdade que a equipa perdeu os dois jogos da Champions League com o descalabro num jogo bastante atípico contra o Ajax, mas depois deu muito boa resposta e até com alguma surpresa na difícil deslocação à Alemanha. A equipa ocupa a última posição do grupo mas tem a oportunidade de redimir-se já nos dois próximos jogos contra o Besiktas e tentar fazer seis pontos, o que daria esperança de se poder ainda vir a classificar-se para a fase seguinte.

No campeonato a equipa conseguiu resistir às ausências do seu melhor marcador Pedro Gonçalves e da revelação nacional, o jovem central Gonçalo Inácio, fazendo um excelente jogo contra o FC Porto, em que merecia ter ganho os três pontos e cumpriu com menor ou maior dificuldade ganhando os outros dois jogos contra o Marítimo e Estoril.

Ocupa o 3.º posto da classificação com 1 só ponto de desvantagem atrás do Benfica e com os mesmos pontos que o FC Porto. É para já a defesa menos batida da Liga e está a fazer um percurso algo semelhante ao da época passada. Com as mesmas 8 jornadas efectuadas tinha na época 2020/21, 22 pontos contra os 20 de agora mas na 9.ª jornada empatou em Famalicão que em caso de agora conseguir a vitória no próximo jogo contra o Moreirense em Alvalade fará precisamente a mesma pontuação dos 23 pontos.

No registo de golos marcados e sofridos a diferença mais notável é que na época passada já tinha marcado 21 golos contra 5 sofridos, mas que se explica pela ausência forçada por lesão do seu melhor marcador que não pôde jogar durante todo o mês de Setembro. Com as mesmas 8 jornadas efectuadas marcou esta época na Liga 13 golos, menos 8, mas tem somente 4 sofridos, menos 1 que na anterior época.

Com as lesões prolongadas de Pote e de Gonçalo Inácio e ainda com a difícil adaptação de Rúben Vinagre à equipa, em que ainda não conseguiu fazer esquecer o Nuno Mendes, a equipa tem tido algumas oscilações, mas no geral resistiu aos jogos do mês de Setembro.

Agora vem aí uma série complicada com vários jogos num curto espaço de tempo, em duas semanas vai fazer 5 jogos: 1 da Liga dos campeões (Besiktas) 2 para o campeonato em Alvalade ( Moreirense e Guimarães) 1 para a Taça de Portugal ( Belenenses) em Belém e por último 1 para a Taça da Liga em Alvalade ( Famalicão)

publicado às 03:34

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


2 comentários

Imagem de perfil

De Leão Zargo a 17.10.2021 às 09:41

Caro amigo Julius

A prestação na Champions constitui uma desilusão, mas como muito bem refere ainda vamos a tempo de corrigir. Oxalá. A nossa equipa sofreu com as lesões de Pedro Gonçalves e de Gonçalo Inácio, no entanto, neste caso, com consequências menores, excepto no empate com o Porto.

Foco alguns aspectos que considero importantes: a união inquebrável no plantel, a versatilidade táctica de Rúben Amorim, novos protagonistas (Sarabia, Gonçalo Esteves, Bragança...), a afirmação de Matheus Nunes, a "recuperação" de Matheus Reis, o processo de renovações a decorrer com alguns jogadores.

A construção de um projecto desportivo é uma obra permanente, que implica conhecimento, competência e resiliência. Os nossos rivais têm qualidades, estão fortes, mas nós continuamos no bom caminho e não lhes ficamos atrás.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 17.10.2021 às 12:08

Bom dia amigo Leão Zargo,

Muito se fala, muito se tem criticado a falta de golos mas os factos estão à vista, a equipa resistiu a uma fase menos boa, marcando menos é certo mas ganhando o essencial, os pontos e mantem-se lá em cima na classificação. Os 4 pontos que perdeu curiosamente são os mesmos que tinha perdido na época passada em Famalicão e em Alvalade com o Porto, mas já tem a vantagem de ter jogado também em Braga e na casa da equipa sensação o Estoril.
A Champeon League veremos onde podemos ir, ainda não acertamos o passo mas na Alemanha já demos um cheirinho do que podemos valer na Europa.

A verdade é que continuam uma equipa difícil de bater e a sua principal virtude é de facto a forte união de todos como uma verdadeira família "cigana" do onde vai um vão todos..até à morte.

Agora regressaram o Pedro e o Gonçalo e com eles mais e melhores soluções, em Belém adoramos ver a resposta dos "novos" jovens emergentes e o futuro está assegurado. Hoje vive-se um ambiente muito saudável no clube, à uma estratégia em marcha e todos acreditam nela.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo