Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Campeão low-cost

Rui Gomes, em 19.05.21

0_JS205472012.jpg

Muito já se falou - e vai-se continuar a falar, merecidamente, diga-se - da brilhante equipa do Sporting, seu treinador e respectivo staff técnico. Chegou o momento de dar algum destaque a dois obreiros da campanha que levou à conquista do título nacional.

Para o efeito, transcrevo um excerto da crónica semanal de Bruno Prata, em Record, que se dá pelo título de "Campeão low-cost":

A Frederico Varandas e Hugo Viana têm de ser dados muitos dos créditos do título. Agora é fácil dizer que os 13 jogos (e as 10 vitórias) de Rúben Amorim em Braga já indiciavam um técnico especial. Mas não foi nada pacífico quando o Sporting CP aceitou pagar, com dinheiro que ainda não tinha, os 10 milhões de euros (mais os acrescentos). Aprenderam com os erros e a Viana terá de se penhorar o engenho da descoberta de Porro, da aposta no mercado nacional e na sapiência de Adán, Feddal e João Mário.

O plantel foi formado por forma a potenciar Nuno Mendes, Gonçalo Inácio, Tiago Tomás e outros da ‘fábrica’ de Alcochete, que voltou a ter estruturas dignas e qualificadas. Mais: a história desta liga seria bem diferente se Viana não tivesse desviado Nuno Santos e Pote da rota do Dragão. A chegada de Paulinho em Janeiro custou metade dos gastos em reforços, mas satisfez o treinador e deu outra dimensão ao jogo leonino.

Varandas teve de fazer um despedimento colectivo e, mesmo assim, é bem capaz de ser o presidente do Sporting com sucesso mais instantâneo: foi eleito em Setembro de 2018 (com apenas 42,32% dos votos) e, desde aí, arrecadou "apenas" um título nacional, uma Taça de Portugal e duas Taças da Liga (para além dos títulos europeus de futsal e hóquei, entre múltiplos sucessos nas amadoras).

As conquistas desta época premeiam, sobretudo, quem, na hora do champanhe, soube dar palco aos jogadores e aos treinadores. Frederico Varandas mostrou ter aprendido que o presidente serve para presidir e para delegar competências. Mas o seu êxito também serve para provar que se pode ganhar com uma dignidade e uma compostura que envergonha os incendiários e todos aqueles que nos tentam convencer, a todo o custo, de que o sucesso desportivo é sinónimo de baixeza e até de malfeitorias.

publicado às 04:04

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


4 comentários

Imagem de perfil

De Julius Coelho a 19.05.2021 às 16:55

Já conseguiu e com mério próprio um extraordinário apoio para as próximas eleições que são os excelentes resultados desportivos que já conseguiu alcançar e com obra bem feita não se mexe na equipa.
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 19.05.2021 às 17:15

Até eu, que não gosto das qualidades de liderança de Varandas, tenho que admitir que poderei votar nele se o SCP fizer uma boa próxima época.
Sem imagem de perfil

De JCR a 19.05.2021 às 18:53

A temporada passada, foi má demais para ser verdade, sendo eu 1 dos críticos desta direcção, dado ter passado do 80 para 8, mas esta época tudo foi virado do avesso e para melhor, e ainda bem!

Já foi dito acho que pelo Record, que FV vai-se candidatar novamente nas próximas eleições do Sporting, que são daqui a 1 ano (o tempo passa a correr...), e os resultados desportivos terão ajudado e muito nessa decisão!

Falando de outro assunto, os rivais desesperados com dor de corno, e peço desculpa pela expressão, segundo notícias recentes, ainda não terminaram com o caso Palhinha, tendo-se juntado para que, legalmente, segundo eles, mas está à vista de todos que é na secretaria, tirarem 8 pontos ao nosso clube e, assim, não ser campeão nacional, e isto anda a acontecer, dado ontem no seu programa, Rui Santos ter falado sobre isso, mas também tendo afirmado que será quase impossível tirar-se o título ao Sporting, mas se estiver certo, ele ainda não terá sido homolgado, e enquanto não for, a azia e dor de cotovelo dá para isto, vindo dos 2 clubes com mais mentira desportiva que Portugal já assistiu!
Sem imagem de perfil

De Rumo Certo - Ventos Favoráveis a 19.05.2021 às 18:55

Obviamente que os resultados muito ajudam a decidir e considerar, uma futura, desejável e eventual recandidatura.
É fundamental e determinante, prosseguir e ultrapassar os escolhos, as pedras, buracos e armadilhas (que ninguém o duvide) que nos serão ostensiva e propositadamente colocadas no percurso e, daí a imperativa linha de continuidade para consolidação de todo o grandioso projeto de elevação e mais-valia do Universo Sporting CP.
Desde que a equipa do Dr. Varandas apresentou o seu programa e legitimamente venceu as eleições, que estive atento a esse compromisso de honra, cumprimento e execução.
Por conseguinte, atendendo à confiança, à credibilidade e à estratégia, que prometeu e executou, mereceria sempre a minha preferência e voto(s).
Com muita perseverança, competência, coragem, humildade e sentido de responsabilidade, conseguiu unir a então fracionada massa associativa.
A pirâmide organizacional funciona com erespeito hierárquico, com eficiência, em harmonia e interação, com profundos laços de amizade e profissionalismo, extensivas a todas as modalidades, atletas e profissionais.
O balneário e os profissionais de futebol, que antes queriam abandonar o clube, por estarem em completa e insanável ruptura - esgotados física e psicologicamente, com os anteriores "dirigentes", foram objecto de uma obra notável de recuperação a todos os níveis e envolvidos num processo de reconstrução inolvidável e exemplar.
Só por isto, que é muitíssimo difícil e complexo, a minha gratidão a todos os intervenientes e aos actuais O.S., porque salvaram do caos e recuperaram, o enorme Sporting CP.
Mas como quem trabalha arduamente, com afinco, com denodo, com capacidade, com tenacidade e com competência, também merece ter sorte, porque cria as condições necessárias para a tangibilidade dos objectivos e proximidade do sucesso, acabamos por chegar mais além do que as melhores expectativas.
Com incomensurável mérito, justiça e afirmação dos valores morais, éticos e desportivos de que jamais abdicamos e nos diferencia, vertem-se lágrimas de comoção e Alegria, exaltando de Felicidade e Orgulho.
E andamos nisto há pelo menos 15 dias: foi o Futsal, o Basquetebol, o Futebol Profissional e o Hóquei em Patins, para já e, até agora, sem esquecer o atletismo, o judo, o goalball, o andebol, ...
Há mais em disputa, porque somos e nos assumimos ecléticos, devotos, dedicados e competitivos de forma sadia, em espírito, corpo e alma leonina.
A diáspora verde e branca espalhada pelo País inteiro e as suas múltiplas extensões efusivas (de multidões) por este Mundo fora, são factos e acontecimentos de uma Grandeza ímpar e inigualável.
Honroso, Orgulhoso, Histórico e Digno, Ser e Viver o ideal e os valores do Sportinguismo.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo