Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Carrillo - p’ra pior já basta assim !

Leão Zargo, em 15.09.15

 

AndreCarrilloSCP.jpg

Carrillo ainda não renovou o vínculo contratual com o Sporting ao contrário do que foi anunciado por Augusto Inácio num programa televisivo na SIC. Pelo que este afirmou nos dois últimos programas é lícito concluir que a Direcção do Sporting foi imprevidente e, agora, o vice-presidente procura controlar os danos.

 

Inácio afirmou que "se o Carrillo, que deu o sim, que apertou a mão do presidente do Sporting, mantiver a palavra, ele assina amanhã [segunda-feira] com o Sporting. Não há negociações, nem propostas. É um facto adquirido".

 

Estranha-se, no entanto, que um jogador se tenha comprometido a renovar um contrato quando, segundo o próprio Inácio, não houve ainda negociações, nem foram apresentadas propostas. E parece uma má estratégia transferir para questões de carácter o que decorre do foro negocial.

 

Soube-se pelos jornais que Jorge Jesus e Carrillo almoçaram juntos na segunda-feira e o assunto foi a renovação do contrato com o Sporting. A imprensa juntou à informação fotografias com ambos à mesa do almoço. Como é natural, para além disso o que transpirou cá para fora foram as habituais “notícias” plantadas nos jornais.

 

À primeira vista tudo isto surpreende pelo ambiente de recado cirúrgico para o exterior e preocupa porque a Direcção parece recear a sua incapacidade de conseguir a renovação de um jogador com “estatuto”. Confunde, igualmente, pelo mensageiro, a mesma pessoa que, tendo terminado o contrato com o Sporting em 1982, mudou-se de armas e bagagens para o Porto por razões financeiras.

 

Agora, a Direcção parece confrontada com o dilema que City Lion sintetizou: consegue um empate através do pagamento de elevadas contrapartidas financeiras ou é derrotada perante a saída a custo zero do jogador. No fim de contas, quem ficará a perder será sempre o Sporting !

 

publicado às 12:55

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


8 comentários

Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 15.09.2015 às 16:34

Aqui temos dois entraves ao negócio:

- o fundo de Zahavi, que não pretende a renovação do atleta, tendo em conta a forte possibilidade de resolução de contrato como no casoDoyen.

- o empresário, que com toda a certeza pretende um belo prémio de assinatura, já que comcerteza isso está-lhe a ser prometido pelos nossos rivais.

Na minha opinião, caso não seja possivel a renovação com Carrilho, ou o jogador não joga mais no Sporting ou então sai em Janeiro.
Não aceito que um jogador jogue no Sporting (à imagem de Maxi) para promoção pessoal e do seu agente. Apostamos em Mané e/ou Gelson, sendo que poderiamos contratar um novo extremo em Janeiro.
Esta indefinição terá de ser resolvida o quanto antes, caso assim não o seja, vou começar a assobiar o jogador nas suas próximas aparições em Alvalade, independentemente da culpa ser ou não alheia ao jogador, com o objectivo de pressionar o atleta, e dar o apoio a uma possivel exclusão do mesmo das convocatórias, caso se venha a confirmar a não renovação de Carrilho. Não quero fazer o papel dos lampiões que sempre apoiaram e acreditaram em Maxi, e agora vê-no com a camisola do Porto...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 15.09.2015 às 17:07

Schmeichel,

Por vezes fala-se muito do diz-se muito pouco. Gostava que me explicasse porque é que o Fundo a que Zahavi, entre outros, pertence, não pretende a renovação de Carrillo.

Espero uma explicação assente em factos e não conjecturas obscuras.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 15.09.2015 às 17:38

Sobre esta telenovela, desculpe, mas ainda não existem factos... apenas conjecturas! Não vou ser eu a apresentar os factos...

Quanto investiu Zahavi no Carrilho? creio que um valor a rondar o 1M€, que de acordo com o caso Doyen, é o que o Sporting encara como o valor a indemnizar ao fundo (posso estar equivocado com os valores, se o tiver corrija-me).
Portanto, que interesse existe do fundo em que o Sporting renove com um jogador que vale 15/20M, para continuar a receber 1M? mais vale vender já, independentemente do valor.... já que em nada beneficiam com a valorização do mesmo.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 15.09.2015 às 18:29

A questão é que não se deve adiantar determinadas disposições em termos absolutos sem conhecimento factual.

Fala do Zahavi como se o Fundo fosse só dele. A empresa chama-se Leiston Holdings e tem investidores/accionistas.

Além do mais, e esta é a parte mais importante, perante os novos regulamentos da FIFA os contratos com os Fundos não são prorrogáveis, por conseguinte, este Fundo, e outros na mesma situação, têm todo o interesse em que o clube adquira a sua percentagem do passe para então renovarem com o jogador.

O que a Leiston Holdings investiu não tem nada a ver com o caso, directamente. Tem 50% e o respectivo valor terá de ser negociado. Na minha opinião, e creio que está à vista de todos, há longo que isto devia ter sido feito. O jogador valorizou-se com o passar do tempo e o que podia ter custado X há um ano hoje custará XXX.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 15.09.2015 às 19:42

Partindo do pressuposto de que esses 50% seriam pagos (no caso rojo não foi assim...) e partindo da ideia de que o jogador vale pelo menos 10M, são 5M para o fundo. Acha que o Sporting vai pagar 5M ao fundo, mais uma comissão ao empresário, mais um aumento ao jogador, só para renovar? Não me parece...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 15.09.2015 às 22:00

E isso parece-lhe um argumento racional ? O que significa é que o Sporting perderá tudo, o jogador a custo zero e o seu investimento nele.

Essa do pagamento ao empresário é tese sua, sem comprovativo absoluto.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 16.09.2015 às 13:25

"E isso parece-lhe um argumento racional ?"

O quê? vendê-lo em Dezembro? muito racional...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.09.2015 às 13:30

A mainha referência não era a isso, Mas já que menciona a venda, deve afastar-se da ilusão que uma venda na próxima abertura do mercado vai ser missão fácil.

Além de o Sporting não estar em posição forte para negociar, primeiro é necessário que apareçam clubes necessários e, mais importante ainda, é preciso que o jogador concorde. Se ele estiver disposto a arriscar não jogar até Junho, o Sporting não o vai poder vender.

Mas também existem outras considerações importantes.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds