Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Cédric Soares é recuperável ?

Rui Gomes, em 11.05.19

 

cedric-soares.jpg

 

Uma das manchetes do dia - com ou sem fundamento - indica que Frederico Varandas pretende fazer regressar a Alvalade Cédric Soares.

 

Enquanto que o ex-leão - e ainda sportinguista - resolveria o problema do Sporting no lado direito da defesa, na minha opinião, aparenta ser um objectivo algo problemático nesta altura.

 

Cédric continua sob contrato com o Southampton até Junho 2020, para onde se transferiu do Sporting, em Junho 2015, por 6.5 milhões de euros. O seu passe está presentemente avaliado em 15 milhões de euros. Por razões que não são claras, depois de 104 jogos ao serviço do emblema inglês, a vasta maioria dos quais como titular, o defesa foi emprestado ao Inter de Milão nos últimos dias de Janeiro 2019, até ao final da época, com opção de compra por 10 milhões de euros.

 

Nesta época que terminará muito em breve, regista participação em 30 jogos, 24 dos quais como titular, acumulando 2320 minutos de jogo (média de 77 minutos por jogo), com um golo marcado e três assistências.

 

Southampton: 22 jogos - 19 como titular - 1883 minutos de jogo.

 

Inter de Milão: 8 jogos - 5 como titular - 437 minutos de jogo.

 

Desconhece-se nesta altura se o Inter pretende exercer a acima referida opção de compra. A julgar pela sua utilização em apenas 8 jogos desde que chegou a Itália (três meses), é muito provável que não seja essa a intenção dos italianos.

 

Considerando que em Janeiro 2020 Cédric poderá assinar por qualquer clube a custo zero, um cenário de regresso ao Sporting talvez não seja uma mera fantasia.

 

publicado às 11:30

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


18 comentários

Sem imagem de perfil

De João Gil a 11.05.2019 às 18:05

Com dinheiro, coisa que não abunda no Sporting, todos os jogadores são recuperáveis.
Se Bruno Fernandes, Acuña e Bas Dost ficarem, o que desejo vivamente aconteça, talvez faltasse pouco para termos uma equipa para lutar a sério pelo campeonato. Para além do lateral (laterais..) um grande GR, um grande defesa central e um clone do Bruno Fernandes e talvez se conseguisse lutar até ao fim com armas equivalentes.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.05.2019 às 18:30

Por outras palavras, quer tudo e mais alguma coisa!
Sem imagem de perfil

De João Gil a 11.05.2019 às 18:46

Se é mesmo para disputar o título..
Ou se tem a melhor equipa ou então para o ano vamos continuar com a conversa do “para o ano é que é...”

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo