Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

942798_1159420167416670_709960683964452588_n-578x4

 

Apesar da sua superioridade e do maior controlo de jogo, o Sporting realizou uma exibição algo cinzenta, muito pela falta de eficácia no último passe e finalização, além da escassa criatividade pelo corredor central ofensivo.

 

Não me vou dar ao trabalho de comentar a chamada ao onze de Gutiérrez - um autêntico desperdício - mas é justo questionar a decisão de Jorge Jesus ao deixar Gelson Martins no banco durante 73', quando o jogo leonino há muito que exigia mais criatividade e velocidade.

 

3RYVJQI1.jpg

Apesar de uma primeira parte menos inspirada, em termos ofensivos, o Sporting ainda criou duas ou três muito boas oportunidades para golo, a melhor das quais através de João Mário, aos 36', obrigando o guarda-redes Cássio a uma grande defesa.

 

Rui Patrício mais uma vez se fez valer em preservar o nulo, com uma excelente defesa aos 24', com o avançado Kayembe mesmo na sua cara. Acabaria por fazer nova defesa decisiva, aos 51', na sequência de um pontapé de canto. 

 

Aos 60' houve um golo invalidado ao Sporting, por aparente falta, muito embora o lance não seja muito esclarecido.

 

ng5891787.jpg

O avançado argentino Barcos entrou no jogo aos 61', em substituição de Gutiérrez, e apesar de não inaugurar o marcador, deixou marca evidente de ser um jogador muito experiente e potencialmente perigoso na área. Com meia dúzia de treinos, não era de esperar muito mais.

 

Paulo Oliveira saiu do jogo aos 50' com uma aparente lesão muscular e foi o jovem Rúben Semedo que o substituiu e acabou por fazer uma muito boa exibição, deixando fortes argumentos para a titularidade.

 

Em conclusão, um jogo que o Sporting devia ter vencido sem tanto sofrimento e que apenas serve para abrir a porta ao Benfica, agora em igualdade pontual na liderança do campeonato.

 

publicado às 21:01

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


59 comentários

Sem imagem de perfil

De SMCM a 08.02.2016 às 21:49

Ao contrário de Rui Vitória, que estabilizou um onze, JJ vai experimentando. Depois de vários jogos a jogar em 4-5-1 volta a um 4-1-3-2. com Teo a passear em campo, bryan na ala sem velocidade e sem ninguém na ala. A verdade é que desde que william voltou ao 11 a equipa berrou. É um medio muito pouco dinâmico, o que obriga adrien e João Mário a trabalhar no meio sem ninguém na ala... tanta confusão, tanta adaptação de jogadores a fazer posições para evitar o óbvio: teo e william deviam estar fora da equipa. Com isto vejo o benfica super motivado e o Scp cada vez mais pressionados. Os tempos em que achava que esta ano íamos ser campeões, já se esfumaram.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 08.02.2016 às 21:50

Gutierrez e o queridinho.
Que joga por decreto!!!!
LOOOOLL!!

Desculpem mas, o Ruiz é mau demais !!!
Categoria.. cepo LOOOLL !!!

JJ, jogar com nove, não vamos lá.
Sem imagem de perfil

De Alexandre F a 08.02.2016 às 21:59

Supostamente, segundo JJ, não veio o Mitroglou porque a preferência foi para o Teo... Enfim...
Sem imagem de perfil

De Luis Magalhães a 08.02.2016 às 23:48

Teo é um flop agora dizer qe Ruiz não presta é pq não percebe nada de futebol.
Ruiz já deu muito por este SCP, é uma delicia ve-lo jogar. Os golos que Slimani marcou no campeonato, metade são construidos ou por João Mário ou por Bryan Ruiz.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 09.02.2016 às 19:57

Sim, sou eu que não percebe nada de bola..LOOOOOLL !!

Eu, o Genk, o Fulham da segunda divisão e por aí fora...

Metade dos golos do Slimani, são 8, dividindo com o J. Mário, são 4.
Aceitando essa frase como correta.. digo eu que 4 assistencias a 13 jornadas do fim do campeonato, é poucochinho :)))
O rapaz (B.Ruiz) é um cepo... Cepo e cepo de cepo..

Quero o C. Mané de volta...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 09.02.2016 às 20:05

Que o Carlos não gosta dele, é o segredo mais conhecido. Tem pleno direito a essa sua opinião, o que não significa, necessariamente, que corresponda aos factos.

Ruiz é um jogador e terá um melhor desempenho se Jorge Jesus deixar de inventar a coloca-lo na ala.

Não estamos a falar de um fora-de-série, mas sim de um bom jogador para o Sporting. De resto, ele já era bem conhecido antes de chegar a Alvalade.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 09.02.2016 às 20:30

Não ê deixar de gostar, ou não !!!
É o rendimento do jogador..

Não é veloz de nenhuma maneira.. não desiquilibra no 1x1.. não ganha ressaltos, entao de cabeça, nossa mãe!!!!!

Voces não querem ver as estatísticas... supostamente não servem...
Vocês nã querem ver o percurso dele.. foi sempre a cair.
Quem não serve para uma segunda divisão inglesa...também não serve para um clube de topo em Portugal..

Se a desculpa é o JJ, então que dizer do J. Mário???

E zangue-se o Rui..:-))))
O Teo seria mais útil se um Bruno César ou C. Mané jogassem no lugar do Ruiz..Este rapaz também não tem dinámica alguma..


Sem imagem de perfil

De Zé Vitor a 08.02.2016 às 21:58

Belo presente para o trinca bolotas.....



vejo-os muito desanimados.

Zé Vitor
Sem imagem de perfil

De animal feroz a 08.02.2016 às 22:00

O sporting deu hoje 45' de avanço ao rio ave.
O rio ave na primeira parte teve 3 oportunidades de golo, tarantini , kaeymbe, tarantini. Na segunda parte só defendeu. Fez o que lhe competia, para quem tinha jogado na ultima 5ºfeira.

Do sporting salta a vista uma coisa, ou há adrien e slimani ou então nada feito.

William Carvalho em menos de 6 meses passou de ,
Jesus: "Comigo o William Carvalho vai render mais" 05-07-2015 , a 1º jogador a aquecer o banco. Ta a valorizar para baixo.

Ouvi agora a conferência de impressa e parece que o JJ padece do mesmo síndromo do senhor Carvalho. Antes não havia Scp , antes não havia Scp a lutar pelo titulo? O Leonardo Jardim ficou a quantos pontos? Andou em 1º lugar na tabela não andou?




Sem imagem de perfil

De MG a 08.02.2016 às 22:03

Jogo que, espero, sirva para abrir os olhos!

William está a precisar de banco, valeu S. Patrício. Teo... enfim, que desperdício. Porque não meter Gelson de início? Mané podia ter entrado. Entrar Barcos que ainda não está entrosado com a equipa?! Podíamos estar a 7 pontos, ao invés partilhamos o 1º lugar. Fomos superiores, tivemos bola... faltam soluções na frente... golos.

Acredito nesta equipa. Quero o Sporting campeão! Mas temos que fazer mais, são empatezinhos destes (ainda por cima caseiros!) que complicam tudo.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 08.02.2016 às 22:09

O Sporting dominou o jogo, mas não foi suficientemente inspirado nos últimos 30 metros. A equipa foi lenta e previsível, faltou intensidade nos duelos individuais e Cássio defendeu muito bem.
Tive saudades de Montero, mais ainda quando observava a fraca movimentação de Teo. Não entendi a entrada de Barcos, quando no banco estavam Mané, Gelson e Bruno César.

Considero mau sinal que tenham jogado quatro jogadores que há pouco tempo ainda não estavam no Sporting (Coates, Marvin, Semedo e Barcos) no que pode significar de falta de conhecimento e de consolidação de processos de jogo. Para além do efeito psicológico que terá nos que já cá estavam.
Sem imagem de perfil

De MG a 08.02.2016 às 22:20

Marvin entrou porque Jefferson está condicionado, e a meu ver, fez um belíssimo jogo. O mesmo se aplica a Coates (Naldo) e Semedo (P. Oliveira) que entraram igualmente bem.

Apenas entraram devido a problemas físicos dos habituais titulares e felizmente temos opções.
Sem imagem de perfil

De PSousa a 08.02.2016 às 22:13

Para mim foi um jogo fraquinho para quem quer ser campeão!
Teo Gordierrez, não dá uma para a caixa!
Não percebo porque é que Gelson fica no banco tanto tempo, pois o jogo precisava de um saca-rolhas!
Perdemos mesmo dois pontos...

De Alvalade até casa já ouvi muita "desilusão", vamos ver se podemos cantar novamente "Nós acreditamos em vocês!!!"

Sem imagem de perfil

De Sofia a 08.02.2016 às 22:43

O meu saca rolhas preferido, que deve ter feito algo de mal ao JJ: Mané
Imagem de perfil

De Profeta a 08.02.2016 às 22:21

Pode ter sido impressão minha, mas fisicamente e psicologicamente, a equipa foi mais lenta que o Rio Ave. Era o Sporting quem tinha que correr, mas repararam na quantidade de vezes que os jogadores do Sporting se deixaram antecipar perdendo bolas para o Rio Ave?

O Sporting tem o melhor meio-campo do campeonato, tem o 2º melhor avançado da Liga, por exemplo; mas há muito que digo que a equipa está carenciada nas alas. Jogar com Bryan e João Mário nas alas???!! Não são jogadores interiores a mais naquele meio-campo?? O Slimani na frente é esforçado, mas não é nenhum Jonas nem nenhum Lima ao nível técnico. E metendo Gutierrez ao lado dele, até o Slimani joga mal. Aliás, até o Bryan não dá o melhor de si, porque ele não é extremo, é jogador para jogar nas costas do ponta de lança.

Parece-me que afinal, a equipa do Sporting ainda tem carências graves, e tem que evoluir ainda muito mais para ganhar o titulo. Mesmo que não seja ainda este ano, pode ser para o outro... Duvido é que tão cedo tenhamos outra oportunidade como esta época, devido ao rumo que o clube está a levar...

Sem imagem de perfil

De General Store a 08.02.2016 às 22:42

Caro Profeta, não considero que de momento o Sporting tenha o melhor meio-campo da Liga. É discutível mas, quem tem um Gaitán, Gonçalo Guedes e Carcela disponíveis para as alas (com Pizzi a poder também fazer essa posição embora flectindo para o centro), e, Pizzi ou Rúben Semedo e Fejsa ou Samaris para o miolo, no actual momento de forma destes elementos, arrisca-se a ter o melhor meio campo da Liga. Tanto o é que se vê como tem funcionado esse meio-campo em comparação com o do Sporting. Já para não falar dos dois atacantes que além de funcionarem bem entre eles complementam e entre-ajudam bastante as basculações do referido meio-campo.
Sem imagem de perfil

De General Store a 08.02.2016 às 22:57

Rúben Semedo ahah. Não sei onde estava com a cabeça... :) Renato Sanchez.
Imagem de perfil

De Profeta a 08.02.2016 às 23:12

Mas você inclui alas. Eu apenas falo de médios. Adrien, João Mário, William Carvalho, ou Aquilani, para mim, fazem o melhor meio-campo.
Sem imagem de perfil

De General Store a 09.02.2016 às 00:14

Tem razão Profeta, eu considero estes "alas" como estão a jogar agora como sendo médios avançados. Da forma como entram actualmente Ruiz e João Mário neste posicionamento comparei todo o teórico meio-campo com o do Benfica.
Sem imagem de perfil

De Pedro51 a 08.02.2016 às 22:23

Devemos todos ter visto outro jogo. Na conferência de imprensa JJ disse "O TEO ESTAVA A JOGAR BEM"
Sem imagem de perfil

De Marcos Cruz a 08.02.2016 às 22:42

Podíamos até ter perdido, não é isso o que me enfurece. A mim deixa-me doido é a falta de atitude, e quando digo atitude não me refiro apenas a luta, que a houve, mas a presença de espírito, discernimento, maturidade e ambição. De início, com as condições todas a nosso favor, nomeadamente uma moldura humana (mais uma) transbordante e fervorosa, parecíamos jogar sobre brasas, falhando recepções e passes, não ligando o jogo e, pior que isso, permitindo veleidades ao Rio Ave, que criou flagrantes ocasiões de golo. Dei por mim a gritar, como se os jogadores me ouvissem: "Estamos em Alvalade, porra!". Aí senti vontade de estar lá dentro, de comer a relva, de lutar até à exaustão pelo nosso símbolo. E porquê? Porque muitos deles, dos que lá estavam, não o fizeram. Não há como escamotear a realidade: o William tem défice de compromisso, dá pouco do que vale, e isso é inadmissível, enoja. Banco com ele. O João Mário, que tem brilhado, hoje parecia um azelha, surgindo bem apenas em pequenos lampejos, como aquele que precedeu o remate na cara do Cássio. Do Adrien não me ouvirão a dizer mal, embora tenha ficado muito aquém do que pode e sabe, mas no caso dele por nítida quebra física, hipercompreensível face à utilização recorrente e abusiva de que tem sido vítima, quantas vezes a levar a equipa ao colo. O Ruiz pode queixar-se do mesmo, para mais recolocado numa posição em que se exige a velocidade que ele já não tem. O Teo, honra seja feita ao Rui Gomes, que sempre o criticou, não mostra vontade sequer de justificar o ter permanecido connosco. Quanto ao Slimani, e a minha mágoa também reside nele, fez o segundo jogo seguido sem mostrar frieza, codícia, objectividade, parecendo afectado pelo caso que se montou à sua volta. Na defesa, muita tremideira. O Paulo Oliveira está estourado, tem de descansar. Não mostra velocidade, capacidade de antecipação, leitura correcta dos lances. Faz tudo em esforço. Ao Coates, para primeiro jogo, não se lhe podia exigir o mundo, mas também mostrou por que não vingou ao mais alto nível em Inglaterra. Na melhor das hipóteses, será um pinheiro defensivo com imponência para assustar os avançados, porém destituído de classe. O João Pereira, como é costume, esteve bem, ofensivo, disponível, sem descurar por aí além a defesa. Já o Marvin ainda se apresenta um pouco preso, não explode e tem dificuldade em ganhar a linha. A única boa surpresa da noite foi o Rúben Semedo, rápido, abnegado e assertivo. Promete. O Gelson agitou a partida, mas entrou tarde e com a pressão de ser decisivo em pouco tempo, o que não ajuda, sobretudo se o primeiro lance, como aconteceu, corre mal. Relativamente ao Barcos, tenho de ser sincero: não me entusiasmou. Dou-lhe o benefício da dúvida pela falta de treino e entrosamento, mas não me transmitiu grandes sensações. Parece um sucedâneo do Slimani, dá ideia de que o foram buscar só pelas semelhanças com o argelino. E sobra o Rui Patrício, que nos garantiu o nulo. Em termos gerais, uma exibição a mostrar que ainda não há estaleca em Alvalade para se almejar o título, e a dar a Jesus, em vão, claro, mais uma prova de que devia ter estado calado quando se pôs a arrotar postas de pescada. Que ninguém duvide do meu sportinguismo, mas ao ver o Benfica em franco e sustentado crescimento e o Sporting em nítida perda de fulgor e criatividade, tenho de tirar o chapéu a Rui Vitória.
Sem imagem de perfil

De Sofia a 08.02.2016 às 22:49

Não sei se tire o chapéu a Vitória, porque não vejo um fio de jogo e estabilidade além do mega ataque de superior qualidade individual. Acho que se deve tirar mais o chapéu a nós. Ninguém me tira da cabeça que tanto picanço e bazófia (o gajo nem treinador era) da nossa estrutura mexeu com a cabeça dos jogadores e espicaçou-os emocionalmente como nenhuma série de vitórias conseguiria.
Sem imagem de perfil

De Marcos Cruz a 08.02.2016 às 23:06

Esse foi, sem dúvida, um factor importante. Gostava de que me explicassem o que ganhamos nós com a presunção, a arrogância e a sobranceria. É estupidez pura, característica de quem não tem estabilidade emocional, porque se a tivesse não precisava de gastar já créditos, guardava-os para o fim do campeonato, que é o que está a fazer o Rui Vitória. Aproveito para acrescentar uma ideia ao meu comentário sobre o jogo: já alguém percebeu porque é que não criamos perigo num dos muitos cantos que sistematicamente temos a nosso favor? Ui, o que isso me irrita! É sempre a mesma bola para o defesa colocado ao primeiro poste ou a sobrevoar a área até se perder para lá do segundo poste. Nesse aspecto, hoje o João Mário caprichou no desacerto, para não usar outra expressão. Como é possível ter continuado e continuado a marcar as bolas paradas, depois de tanta inépcia? Mas o Jesus é burro ou anda a dormir?!
Sem imagem de perfil

De PSousa a 08.02.2016 às 23:46

Sobre os cantos...
Nem uma jogada estudada...
JMário marcou quase todos mal... e mais que isso sempre com a bola fora do quarto circulo o que um fiscal de linha após um golo, possa sempre mandar repetir... ele há com cada jogador menos esperto que só visto... como se aqueles 5 a 10 cm fossem influenciar qualquer coisa!
Porque não marca os cantos Bryan Ruiz? Ou Adrien!!!
Para marcação de livres, nem um... não entendo...
Acho que passamos o Natal, mas ficamos no Carnaval, para o ano é na Páscoa! Que irritação tenho hoje de ver uma equipa sem garra!
Sem imagem de perfil

De TOZÉ a 09.02.2016 às 01:20

Bem analisado
mas há outra frase que não ajudou nada:

""os adversários têm que começar a dar mais luta""

quem foi que a disse???

Comentar post


Pág. 1/3





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Cristiano Ronaldo