Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

4389907e12a1026e50661f1de074ee04.jpg

 

7O clubes portugueses declararam 62,6 milhões de euros (ME) em comissões pagas a intermediários, com o Benfica a ser responsável por mais de um terço, segundo o relatório divulgado hoje pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

 

O actual líder da I Liga pagou 21.628.572,50 euros durante o período compreendido entre 01 de Abril de 2017 e 31 de março de 2018, ainda assim um valor muito inferior ao do ano anterior, em que pagou mais de 30 ME, quase metade do total declarado.

 

O Sporting, terceiro classificado do campeonato, foi o segundo clube que mais dinheiro gastou em comissões relativas a transferências e renovações contratuais, no total de 14.708.520,74 euros, mais do triplo do que tinha declarado entre 2016 e 2017.

 

O Sporting de Braga, que no ano anterior tinha despendido pouco mais de um milhão de euros, viu este tipo de despesa disparar para 8.861.949,99 euros, tornando-se o terceiro clube com maior valor declarado, ligeiramente à frente do FC Porto, segundo colocado na I Liga, com 8.636.395,89.

 

Longe dos valores pagos pelos quatro primeiros posicionados do campeonato, o Vitória de Guimarães ultrapassou, ainda assim, a barreira dos quatro ME (4.130.000 euros), seguindo-se o Estoril Praia (2.460.387,42 euros) e o Belenenses (1.382.380 euros).

 

publicado às 13:46

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


13 comentários

Sem imagem de perfil

De Sérgio a 03.04.2018 às 13:58

Deve haver aí um erro qualquer. o BdC sempre falou muito mal das comissões e portanto, perante o seu discurso, é completamente impossível estar em segundo lugar no campeoneto das comissões quando ocupa o terceiro lugar no campeonato de futebol. Mas alguém acredita que ele gastasse esse total de comissões? Só se ele fosse muito, muito mentiroso. Não!!!!!!!!!!!!!!!!
Sem imagem de perfil

De António a 03.04.2018 às 14:41

É isso e os adeptos que comeram (mais) esse gelado com a testa.
Sem imagem de perfil

De Lusitanista a 03.04.2018 às 15:29

Isso informações interessantes, porque é o que realmente dá mesmo para compreender a "importância" dos empresários.

No entanto, acho que esses números só assim "soltos" não serão suficientes para se tirar conclusões. Penso que seria interessante alguém fazer um 'apanhado' resumo de quanto as 4 primeiras equipas gastaram e venderam e se fizesse um rácio percentual entre isso.
Sem imagem de perfil

De Lusitanista a 03.04.2018 às 15:51

(Desculpem o 'off-topic')

Rui, é possível arranjar o artigo do Miguel Sousa Tavares no jornal ABola ?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 03.04.2018 às 15:54

Desculpe.mas não sou assinante desse jornal.

Talvez que um outro leitor que seja, possa ajudar nesse sentido.
Sem imagem de perfil

De Lusitanista a 03.04.2018 às 16:27

Percebo, também não o sou, senão disponibilizava o artigo. Um amigo meu disse-me que na crónica de hoje do Miguel Sousa Tavares, ele tinha feito uma critica muito realista ao Bruno de Carvalho. Mas ainda não consegui encontrar nada com isso. Tentarei passar num café mais logo.

Obrigado na mesma, e, novamente, desculpem o 'off-topic'.
Sem imagem de perfil

De Luis Filipe a 03.04.2018 às 17:32

Se o Rui Gomes permitir posso mandar um pdf
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 03.04.2018 às 17:37

Caro Luis Filipe,

Até agradeço essa sua gentileza. Se considerar o texto interessante, publicarei mais logo ou amanhã.

Envie para o email do blogue:

camaroteleonino@outlook.com

Obrigado
Sem imagem de perfil

De Bento de Jesus Carvalho a 03.04.2018 às 16:27

Nos moldes que o negócio do futebol está actualmente formatado é virtualmente impossível comprar e vender jogadores sem pagar comissões ...
Aliás, desconfio que muitos outros valores serão pagos sem serem declarados ou declarados por outras vias.
Sem imagem de perfil

De R. Ribeiro a 03.04.2018 às 17:21

Peço desculpa pelo off-topic, mas poderei reiterar em altura apropriada, em lugar apropriado, se vier a existir.

Bruno, Bruninho... Sinceramente! Ora então, entraste nesta corrida para melhor o ambiente em volta do desporto que mais amas, o futebol, para desintoxicar e limpar este desporto de toda a corrupção que vem crescendo e se estabelecendo em prol de poucos, em detrimento de muitos outros. Ora, entras nesta luta contra verdadeiros Adamastores, invencíveis, por já essa manchar estar tão bem estabelecida para benefício dos mesmos 2 de sempre e, até certo ponto, tens levado a luta a bom porto. Muito tem sido feitos e a muito tem sido dado conhecimento ao público em geral, que desconhecia o quê ou quem estaria a destruir este tão belo desporto. No entanto, até ao momento, apenas a luta tem sido feita a partir de casa, através da janela do nosso templo de esforço e sacrifício, que tem sempre a debilidade de se considerar enviesada e clubisticamente sem isenção. O palco nunca foi o apropriado para a mensagem que levavas bem junto do peito.

Hoje, no dia 03-04-2018, foi-te dado o palco principal para a denuncia de situações e de deturpações da realidade do desporto, na generalidade, e no futebol, em particular. Finalmente, podias ter dado voz ao que tens vindo a combater, de armas em riste e com astúcia, com o trabalho bem preparado e com eloquência, com a paciência e ligação ao próximo, características de um grande líder, podias ter levado as trevas à casa da liberdade e da justiça, a Assembleia da República.

Quando te foi dada a palavra para questionares e expores situações de real deturpação da conduta própria das instituições, autoridades e fiscais, após várias exposições por parte das entidades e autoridades, perdes-te com narrativas auto-explicativas de processos próprios sem qualquer ligação ou necessidade ao assunto em questão, como se de uma verdadeira medalha se tratasse. Depois, sabendo de antecedência que todo o tempo ali, naquela casa, é contado e limitado para a exposição de mensagens, independentemente de outros terem tido mais, discursas lentamente, perdido em ideias e com um tempo de exposição que acabaram por não serem transmitirem, perdendo-se a oportunidade primacial de levar este combate a outros patamares.

Por último, entras em guerra verbal com o Sr. Moderador que, ao cumprir a sua função de moderação do debate, adverte-te para esse limite. Tu amuaste, silenciaste-te e... perdeu-se a oportunidade de transmitir a principal mensagem que era a exigência de isenção dos agentes desportivos e restantes entidades que com os clubes têm contacto, directa ou indirectamente, e para a limpeza de décadas do estabelecimento de agentes infiltrados nessas mesmas entidades para o constante favorecimento de 1/2 em detrimento dos restantes 17/16.

Hoje, era necessário que fosse um Homem representar o Sporting Clube de Portugal, nesta casa da Lei. Hoje, era necessário que fosse um Líder transmitir a mensagem de grande importância que já é mais do que necessária neste meio. Hoje, mais do que noutras ocasiões, e porque afectará o futuro de muitos, era necessário um verdadeiro Campeão que defendesse os interesses de toda uma industria... mas aconteceu e, hoje, foi um menino, mimado, amuado, egocêntrico, de mensagem trocada que apareceu neste templo do Direito e da Justiça e que acabou por fazer um favor ao adversário, que se regozijou na incapacidade para seres superior a ti próprio. A oportunidade não costuma aparecer duas vezes e, provavelmente, foi desta que se perdeu a oportunidade de trazer a luz a um meio corrompido.

Oh Bruno, Bruninho... Sinceramente!
Sem imagem de perfil

De AntonioP a 03.04.2018 às 18:46

Toda a gente fala destes valores como se referissem apenas a comissões com transferências, mas na verdade referem-se a "comissões relativas a transferências e renovações contratuais", como está esclarecido no 3º parágrafo.
Alguém imagina que o Mathieu não recebeu uma bela comissão? ou qualquer das contratações a custo zero? ou qualquer das renovações dos "consagrados"?
Sem imagem de perfil

De Tecaneles a 03.04.2018 às 19:55

O que o Mathieu recebeu nada tem a ver com este assunto.
Isto é sobre comissões a intermediarios e que eu saiba ele não é intermediario de nada.
Sem imagem de perfil

De Bento de Jesus Carvalho a 03.04.2018 às 21:20

Aparentemente essa afirmação faria sentido! Mas só aparentemente!

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Cristiano Ronaldo