Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

img_920x518$2018_10_09_21_18_26_1458405.jpg

 

Em entrevista à CMTV, na qual se declarou como oposição clara a Frederico Varandas, José Maria Ricciardi explicou por que assume essa posição, criticando veemente a gestão financeira que até ao momento tem sido feita pelo recém-eleito presidente:

 

"Sou oposição neste momento porque ao fim de um mês o Sporting não tem um tostão. Deve 54 milhões de euros a fornecedores e, ao contrário do que disse a Comissão de Gestão, que estava tudo controlado, o Sporting ainda não pagou a parcela do Acuña, do Raphinha e do Battaglia.

 

O Sporting não paga o que tem de pagar e há clubes que ameaçam ir para a FIFA. O Empréstimo Obrigacionista foi travado, segundo notícias que li, e até hoje não houve desmentido. O Sporting está em falência técnica. Preparamo-nos para vender Gelson e Patrício ao desbarato.

 

Sempre pensei que ao fim de um mês se estaria a resolver o problema financeiro do Sporting. Tinha avisado que a situação era gravíssima. Muitos entendem que o futebol é o fundamental e Frederico Varandas apresentou-se como 'expert' no futebol. As pessoas entenderam que o sucesso do futebol é que é o importante.

 

Não vislumbro o mínimo de capacidade nesta Direcção para resolver o problema. O Sporting encontra-se em situação de pré-falência. Não vejo capacidade nesta direção para resolver. Sem dinheiro não há futebol".

 

A actual realidade financeira do Sporting Clube de Portugal só os Órgãos Sociais vigentes poderão eventualmente explicar, mas não vejo como José Maria Ricciardi está a ajudar o Clube ao vir a público com estas declarações e a assumir-se como oposição.

 

A credibilidade dele é mínima, se alguma, porque projecta a ideia que ainda não aceitou a monumental derrota que sofreu no recém-acto eleitoral, situando-se muito distante de João Benedito e do eleito Frederico Varandas.

 

Tudo isto, e mais, após uma derrota no futebol. Incrível!!!

P.S.: Frederico Varandas viaja hoje para Coimbra para participar na IV Cimeira de Presidentes da Liga (principia às 14h30) e reagirá, nessa circunstância, às declarações de José Maria Ricciardi.

 

varandas_sporting-649x365.jpg

 

Frederico Varandas respondeu a José Maria Ricciardi:

 

"Sei que há muitas pessoas que se habituaram ao Sporting ser um circo, um produto televisivo de chacota e de risota para os nossos adversários. Esse tempo acabou.

 

Para a grande tristeza de alguns, o empréstimo obrigacionista é uma realidade e o seu refinanciamento é em Novembro. Também será uma tristeza para vários, mas o caso das rescisões será resolvido defendendo sempre os interesses do Sporting Clube de Portugal. E para tristeza de alguns, o Sporting nem está em pré-falência nem vai falir.

 

Esta Direcção tomou posse a 8 de Setembro, não a 8 de Junho. Tomámos posse com o mercado fechado, a época a decorrer, com os vários casos das rescisões a decorrer, com o dito empréstimo obrigacionista a precisar de ser refinanciado a dois meses, quando na realidade esse processo estava praticamente a zero. E todas essas dificuldades estão a ser ultrapassadas. Temos um equipa muito competente e com credibilidade.

 

 Agradeço  a todos os parceiros com quem o Sporting tem negociado estas longas quatro semanas. Quero agradecer o facto de confiarem em nós, porque acreditam que esta Direcção vai mudar o Sporting e o futebol português".

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:30

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


65 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 10.10.2018 às 05:52

Bom dia a todos os sportinguistas.
De facto, uma intervenção deste tipo, um mês após a eleição do novo presidente, parece desprovida de qualquer sentido de responsabilidade e propósito (eventualmente o de desestabilizar).
Se o Sporting, tem de facto problemas graves de tesouraria (como parece ter), o JMR, teria mais a ganhar, na minha opinião, participando ativamente na busca de soluções, em vez de ser um novo foco de instabilidade. Colocando-se ao lado, sendo parte da solução e não parte do problema, JMR poderia obter um capital de confiança (e popularidade), junto dos sócios e adeptos, que manifestamente não possui (como se pode aferir das ultimas eleições).
Todavia, sobre um ponto ele parece ter razão: sem dinheiro não há futebol. Assumir essa realidade, pode ser importante, para a gestão das expectativas futuras (pelo menos as de curto prazo).
Participei algumas vezes neste blogue, no período da anterior direção, por achar, que o Sporting merecia mais e melhor. Penso, portanto, que deveria haver mais apoio e credito a esta nova direção.
Como benfiquista, espero que o Sporting encontre a necessária estabilidade, depois de ter vivido um período verdadeiramente conturbado, para poder competir, sempre ao mais alto nível.
Sem imagem de perfil

De Fuzo a 10.10.2018 às 05:56

... de Fuzo (pensei que tinha preenchido correctamente os dados)
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 10.10.2018 às 13:06

É e sempre foi verdade que sem dinheiro não há futebol, pelo menos uma equipa ao nível que desejamos no Sporting.

Não é novidade nenhuma nisto,

O ponto que mais me afronta com tudo isto, é o oportunismo pela recém-derrota e a exigência de que os problemas do Sporting tivessem sido resolvidos no primeiro mês de mandato da nova Direcção.

Ele faria melhor?... Nunca saberemos e como ele não está em posição para sustentar as suas críticas, fala à vontade. Típica oposição!
Perfil Facebook

De Luis Vicente a 10.10.2018 às 08:10

Independentemente do "timing" das declarações,de ser ou não uma pessoa credivel,ser oposição ou não tudo censurável.
Alguém está em condições de dizer que mentiu?
Eu pessoalmente louvo a coragem que teve em meter a mão na ferida.
Como ontem aqui escrevi o problema não é desportivo mas financeiro.
Usando uma metáfora (sem palhaço não há circo)futebol
Cumprimentos
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 10.10.2018 às 10:33

Isto nada tem a ver com coragem, mas sim com o ego a falar mais alto.

Para já, não sabemos ainda o real estado das coisas e não é precisamente um mês depois das eleições que se espera ver resultados milagrosos.

Ricciardi prestou um mau serviço ao Sporting com estas declarações.
Perfil Facebook

De Luis Vicente a 10.10.2018 às 14:59

Boa tarde!!
Rui,o real estado das coisas,o meu caro sabe como estão.
Neste último exercicio foram mais 20 milhões.
Não me dá especial prazer ver o SCP nesta situação deveras complicada,mas que é grave,é!...E o Rui sabe.
Quanto ao Ricci,sinceramente não sei se faz bem ou mal falar ou ficar calado(em relação ás contas) uma coisa é certa,quanto mais se tapar pior.
Pessoalmente,penso que os Sportinguistas se devem preparar para um longo período de recuperação do clube e da SAD,e depois da casa arrumada almejar mais altos voos.
Mas é só a minha opinião,que vale o que vale.
Cumprimentos.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 10.10.2018 às 20:25

tambem queres festa , querias.
Perfil Facebook

De Luis Vicente a 10.10.2018 às 20:50

Em vez de mandares bocas foleiras,contribui para o debate,e diz alguma coisa de concreto,além os habituais ódios.
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 10.10.2018 às 08:24

Este já era assim antes das eleições. Sempre com o alarmismo de forma a criar o pânico. Pessoas destas quero longe do SCP. Bem longe.
Sem imagem de perfil

De Borges Coutinho. a 10.10.2018 às 09:44

Não diria que a credibilidade de Ricciardi é mínima, pelo menos no capítulo financeiro. Tem inside information quer no Sporting quer na banca, por isso reputo como fidedignas estas afirmações, a menos que alguém as desminta.

Poderia era ser mais preciso quando diz que o Sporting não pagou estes jogadores. Falhou uma prestação, ou a totalidade dos seus passes está por pagar.

Facto: o empréstimo obrigacionista está por pagar.
Suposição: as "vendas" de Gelson e Patrício poderão resolver esse problema imediato, pelo que urge que Varandas resolva os dossiês.

E a verdade é que neste particular o tempo joga contra o Sporting...

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 10.10.2018 às 10:35

Ele não está a ser mais preciso porque esse não é o seu objectivo, mas sim fazer barulho na praça para satisfazer o ego e dar umas "dentadas" no presidente eleito.

Em nada ajuda o Sporting!
Sem imagem de perfil

De L a 10.10.2018 às 09:52

O Sporting no seu melhor, estrategicamente depois de uma derrota. Um Clube que não ganha nada há quase duas décadas a última coisa em que devia pensar era em ser campeão nacional. Por mais impopular junto de uma massa adepta cada vez mais fanática. Sobretudo fora da Champions no que isso sempre representou de perda de competitividade em relação aos dois principais rivais nos últimos 16 anos. Porque os títulos no futebol não se compram, ao contrário do passado recente nas modalidades. Pelo menos no Sporting. Os títulos constroem-se com o tempo necessário. Em Portugal só para contornar o famoso sistema é preciso um mandato. Até porque não há eleições nas Associações – onde tudo começa – todos os anos. E o mesmo na LPFP e na FPP. Da mesma forma que eu até posso descobrir de um dia para o outro a melhor fórmula de cola do mundo mas não vou destronar a Coca-Cola de um dia para o outro de certeza.

Mas nada que admire. Um candidato, que se dizia com muita experiência como Ricciardi, começou a campanha a alertar para o perigo real da insolvência da SAD e a afirmar que: - “na próxima época não vamos ter qualquer veleidade em tentar disputar seja o que for, porque é a consequência da situação criada no Sporting. Há que ter coragem para dizer que vamos passar por um período que será transitório, senão poderíamos caminhar para um período que chamaria de belenização”. Passado uns dias acabou a campanha e também já falava em ser campeão já. À boca das urnas claro. Depois de ter liderado a golpada que correu com o último presidente campeão nacional e de ser o verdadeiro líder dos dois mandatos que se seguiram. Com todos os títulos de campeão nacional que se lhe conhecem. Aliás, ontem fugiu-lhe pela primeira vez a boca para a verdade quando admitiu que não queria continuar a ser um presidente sombra.

Devido à grande presidência anterior em que caiu pelo menos no dobro de tudo quanto mais criticou como, por exemplo, elevar os custos para mais do dobro. O que implicava que esta época o orçamento devia ter voltado a descer obrigatoriamente para níveis muito perto da época com Jardim. E era a partir desse patamar que se começavam a construir os próximos títulos. Como aliás devia ter acontecido com a continuidade de Leonardo Jardim em 2014. Já a preocupação de Ricciardi é a mesma de sempre. Abocanhar a SAD! E como ainda há pouco tempo o Sporting inaugurou uma fase em que passámos a fazer às Direcções o que sempre fizemos aos treinadores – interromper os mandatos - com os excelentes resultados que se conhecem, é esperar para ver.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 10.10.2018 às 10:02

Este tipo de entrevistas são o reflexo da nossa anarquia…. que beneficio traz ao Sporting este tipo de declarações?! Nada disto me surpreende tendo em conta a nossa natureza destrutiva...

Aproveito ainda para dar conta de um aspecto que para mim é muito importante, que se prende com o nosso presidente Varandas…. ontem estava a jantar e liguei a televisão, e não foi o meu espanto que quem fez a defesa do treinador e do plantel do Sporting pós derrota em Portimão foi o Sousa Cintra…. a minha pergunta vai no sentido, de o que é que o Varandas anda lá a fazer?! Não consigo perceber a gestão do Varandas até ao momento….
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 10.10.2018 às 10:39

Se o Schmeichel insiste em fazer campanha contra o presidente eleito, pode esperar ser atacado impiedosamente neste espaço.

O caro tem pouca ou nenhuma integridade. Andou anos a apoiar o lunático ex-presidente, contra tudo e todos, depois virou a casaca quando viu as coisas mal paradas. Agora, já começou a fazer campanha contra um presidente que está há precisamente um mês no cargo.

Tenha dignidade!!!
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 10.10.2018 às 17:48

Rui Gomes,

O que é campanha?! é fazer criticas?! Não me pode tirar o direito à critica só porque votei no BdC….

O Varandas não me inspira confiança…. e de certeza que não sou o único! O Camarote Leonino nunca deixou de fazer criticas a uma direcção que teve quase 90% dos votos…. e você diz que eu não tenho dignidade porque faço questões acerca de um presidente eleito com menos de 40% dos votantes?!? Atenção, eu apenas questionei porque razão o Sousa Cintra veio fazer a defesa do plantel e treinador, enquanto o Varandas ainda não ouvimos nada….
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 10.10.2018 às 17:54

Todos nós criticamos pontualmente, quando entendemos que há justa causa para isso. Até com o lunático ex-presidente assim fizemos.

O Schmeichel já anda há vários dias a fazer alvo do novo presidente e não considero que seja construtivo.

A exemplo, ele entendeu não falar da equipa depois da recém-derrota. Respeito essa decisão e acho que o fez para não tornar a questão ainda mais mediática.

Quem é que encomendou o sermão a Sousa Cintra?... Ele nunca foi moderado com as suas declarações e reage mediante o que lhe vem à cabeça.

Criticar em moderação e quando há real causa, é o que se pretende.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 10.10.2018 às 18:10

Você aceita a não comunicação do Varandas.... ok.... direito seu...mas e os restantes sócios do Sporting? Será que é esta linha de comunicação que pretendem? As últimas eleições demontraram que apenas 1 em cada 3 sócios votaram no Varandas... o Sporting precisava mais de um lider tipo Sousa Cintra do que o actual presidente.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 10.10.2018 às 21:33

Discordo completamente. Chega de circo. Quanto menos se falar do Sporting melhor, mais tranquilidade para trabalhar. O estilo belicista do presidente destituído acabou da forma que se viu.
Sem imagem de perfil

De Vieirinha a 10.10.2018 às 21:34

O browser apagou os dados, peço desculpa.
Sem imagem de perfil

De Vieirinha a 10.10.2018 às 11:02

Já deu para perceber desde o início da campanha que comunicação não é uma das valência de Varandas, o oposto de BC que adorava a atenção mediática. Não acredito que o iremos ver falar muitas vezes. Por mim está óptimo contando que se tomem medidas eficazes dentro de portas para resolver os problemas, não preciso de saber quais, até prefiro não saber. Seria sinal de que o clube está estanque e as coisas não saem para a CS.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 10.10.2018 às 11:31

Acho que haver menos barulho na praça só pode ser saudável. Na realidade, Ricciardi até devia ser ignorado, por difícil que seja.

Segundo notícias desta manhã, o presidente vai-lhe responder esta tarde.
Sem imagem de perfil

De Gabriel do Carmo a 10.10.2018 às 10:03

José Maria Ricciardi avisou ainda em campanha quais as prioridades neste campo, os sócios minimizaram a gravidade da situação e acreditaram que havia muito de catastrófico no seu discurso rejeitando nas urnas a sua acção.

Só seria aceitável criticar Ricciardi se ele não tivesse sido um candidato como foi, carregando permanentemente este assunto, na medida que não deixa de ser uma alternativa assumida caso a actual direcção falhe.

É imoral, tanto pedir a Varandas que retome a linha eleitoral de Ricciardi para salvar o clube assim como ao banqueiro perder a dignidade ajudando naquilo que reprovaram.

Pode ser a pior das criaturas mas não deixa de ter razão... Por esse prisma só faltaria exigir a BdC o mesmo se este tivesse capacidade para o fazer no momento só por ser sportinguista.

Os sócios escolheram o caminho, está escolhido com todas as consequencias que isso acarrete.

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 10.10.2018 às 10:42

Não é passado um mês de mandato que se avalia quaisquer consequências.

Antes de ele ser uma alternativa futura, temos o João Benedito.

Com estas iniciativas, degrada ainda mais a sua própria imagem.
Sem imagem de perfil

De Anibal Pinto a 10.10.2018 às 13:18

Completamente de acordo.
Sem imagem de perfil

De mike1906 a 10.10.2018 às 10:20

Como alguém que trabalhou muito proximo de JM Ricciardi me disse um dia e nunca esqueci, este individuo é um elefante numa loja de cristais.

E, realmente, a cada passo que dá, lá vai mais uma jarra para o chão...
Imagem de perfil

De Greenlight a 10.10.2018 às 10:22

O Dr.Ricciardi veio fazer exactamente o mesmo que fazem os jornalistas da CmTv. Quando não há incêndios ou desastres ou mortes, de preferência com assassinos a monte tem que se criar alarme. Pois vamos assumir que tudo aquilo que o Dr.Ricciardi disse é verdade (já voltarei à credibilidade do Sr.Dr.). Mas qual foi o propósito da intervenção de ontem? Resolver os problemas?Ele próprio disse que não queria ajudar o Dr.Varandas. Então ele não actuou como grande sportinguista que diz ser. Actuou apenas como um qualquer jornalista da CmTv, fez de actor nos celebérrimos Alarmes CmTV. Muito triste!
Quanto à crdiibilidade do Dr.Ricciardi, alguém que pertenceu no Directório ( sim à boa maneira soviética) do GES e do BES e participou (sim ter-se-à arrependido, mas já demasiado tarde) na queda do BES com prejuizos para milhares de depositantes e para todos os contribuintes, não tem,para mim, qualquer credibilidade.
Sem imagem de perfil

De Lusitanista a 10.10.2018 às 11:05

Eu acho que 1 mês é pouco tempo para se aferir seja o que for em relação à presidência do Varandas, sobretudo com dossiês muito sensíveis como os casos de Patrício e Gelson.

Agora, isso não belisca em nada o que foi dito pelo Ricciardi em relação às finanças do Sporting, nada. E acrescento que não avançou nada em primeira mão. Tudo já foi noticiado, inclusive a falta de pagamento do Sporting das tranches das transferências anteriormente efetuadas.

De notar ainda que, na parte final da sua intervenção, o Ricciardi teve o cuidado de dizer que a atual situação financeira do Sporting não tem culpa nenhuma do Varandas, mas que apenas insiste que ele não tem capacidade para resolver a situação.

Quem fala de ego, apenas digo que o Ricciardi disse duas ou três vezes que não era apenas ele que tinha uma "solução" para a situação do Sporting, que haviam mais pessoas, mas nenhuma delas era o Varandas ou alguém da sua equipa.


Isto do Timing é sempre uma hipocrisia gigante. Se alguém fala depois de se ganhar, é porque não devia falar porque a equipa está bem. Se alguém fala depois de não se ganhar, é porque não devia falar porque a equipa não está bem. Hipocrisia, pura e dura.


Acho que muitos se estão a esquecer que esta posição do Ricciardi, publicamente, apenas lhe "mancha" a sua imagem. Pelo que vir falar de egos é patético. O homem está a alertar para uma coisa que é dita pelo próprio relatório e contas da SAD e por várias peças "jornalisticas" da comunicação social.


Também importante, o Ricciardi teve o cuidado de dizer que o CLUBE não acaba, que tudo o que estava a dizer era em relação à SAD.


Tentem não ver a árvore, mas sim a floresta.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 10.10.2018 às 11:27

O que é realmente patético é vir um benfiquista dizer a nós qual tem sido a postura de José Maria Ricciardi no Sporting ao longo dos anos.

O candidato derrotado em nada ajuda o Sporting com este tipo de intervenções.

E, sim, o ego dele sempre marcou presença de destaque no Clube que ele diz que defende.

Mais, o timing é pertinente neste caso, considerando que temos apenas um mês no novo consulado e, acima de tudo, não por mera coincidência, Ricciardi esperou por um momento que ele considerou mais conveniente, face à derrota em Portimão. O inevitável aproveitamento.
Sem imagem de perfil

De Pedro Morais a 10.10.2018 às 12:28

Patético não é um benfiquista ou qualquer outro mortal não sportinguista a fazer uma avaliação de Ricciardi!

Patético é saber-se que é real e evidente o que ele diz e ainda assim alguns quererem varrer o assunto para debaixo do tapete.

Novembro está aí e com ele a malfadada data de acertar contas com a banca veremos o que fará Varandas para ultrapassar a situação usando as suas proprias medidas e ainda assim vir a ser campeão.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 10.10.2018 às 12:56

"Real e evidente"...

Ele não adiantou detalhes, mas é provável que o caro Pedro Morais nos possa esclarecer.

Varandas nunca falou no título para esta época.

Ninguém quer varrer seja o que for. Isso não passa de uma boca gratuita da sua parte. Esperamos pelo momento em que quem de direito nos possa informar da realidade da situação.
Sem imagem de perfil

De Lusitanista a 10.10.2018 às 12:53

O primeiro parágrafo vou simplesmente ignorar, sendo que é desprovido de sentido.

Adiante.

Isto não deixa de ser hipócrita.

É a velha mentalidade "tuga".

Vamos imaginar que a entrevista de ontem não teria ocorrido. Ninguém, o Ricciardi ou outro, tinha dado nenhuma, zero, entrevistas sobre a situação financeira muito complicada da SAD do Sporting. Pronto. Tudo muito feliz e contente.

Chegamos a dezembro e...... não se pagam ordenados. Os atletas das modalidades não recebem à 2 meses e os da equipa principal do Sporting não recebem à 1 mês, e continua a não ser aprovado o empréstimo obrigacionista.

Aí, sabe o Rui o que viria a acontecer ?? Faria posts a dizer que não se compreende como é que alguém não alertou ou não estava atento a esta situação. Por isso mesmo é... hipocrisia.


Repare, o Ricciardi não ganha NADA com este tipo de intervenção. Nada, apenas "destrói" a sua imagem, que já está bastante 'queimada'.

Já houve vários posts de colaboradores do CamaroteLeonino a fazerem uma chamada de atenção para a calamidade das contas da SAD do Sporting, isto NÃO É nenhuma novidade.


Falar de timings é patético precisamente por o que expus acima. Quando a equipa está bem não se deve falar para não destabilizar e quando a equipa está mal não se deve falar para não destabilizar mais. Pergunto eu: QUANDO É QUE SE DEVE FALAR ENTÃO ? No fundo, o "timing" é SEMPRE pertinente... não é ?


Atenção, isto é assim no futebol (todos os clubes) como é em todo o lado sobre todos os assuntos. O "bom português" só quer saber das coisas 'más' depois de elas acontecerem....

Está preocupado com o Ricciardi ter ou não falado, sobre o ego grande ou pequeno dele, mas ignora por completo o mais importante de toda a intervenção... que são as contas da Sporting SAD.


Reitero que tudo o que escrevi nada tem a ver com o Varandas, já que (repito) 1 mês não dá para aferir nada. E o facto de ele não perceber um boi de finanças não faz dele um presidente mau. Sendo verdade que não percebo um boi, só tem é de contratar quem perceba. E como o próprio Ricciardi referiu, há mais pessoas com capacidade de resolver a situação do Sporting, não era só ele. Agora, essas pessoas são é pagas a peso de ouro, mas neste caso, valem todos os cêntimos.

Sem imagem de perfil

De Lusitanista a 10.10.2018 às 15:00

Contra tão poderosa argumentação, não haverá mesmo mais nada a acrescentar. Como habitualmente.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 10.10.2018 às 13:59

O caro faz a festa sosinho , trás a musica , lança as canas dos foguetes e ainda as vai apanhar e volta a lançá-las de novo so que agora acabou-se a polvora.
Sem imagem de perfil

De Lusitanista a 10.10.2018 às 15:08

Confesso que cada vez que leio uma resposta do colega Indiana Julio, tenho sempre de reler o que escrevi para confirmar se escrevi mesmo em português legível.......


É o que o Indiana Julio, regra geral, responde sempre de coisas que pouco ou nada têm a ver. É confuso, pelo menos para mim.

Eu não 'atinjo' onde é que alguma coisa disto é uma "festa" seja para quem for. O colega Indiana Julio, já se percebeu, é daqueles que deseja ardentemente que o campeonato português se transforme numa qualquer liga da Escócia.... E para lá caminha.... Pois eu, repito (já o repeti diversas vezes), não tenho interesse nenhum em nada disso. O Campeonato português quer-se forte e competitivo e isso só é possível com o contínuo crescimento do Braga e com uma gestão desportivo-financeira equilibrada dos clube ditos "grandes".

Até basta lerem os posts aqui neste mesmo Blog de quem é de facto um entendido na matéria, refiro-me a colaboradores diretos do Blog.

Mas não... preferem debater sobre alguém fala do abate de um árvore em vez de falarem sobre o facto de que uma árvore foi abatida..... É isso.... como diz o outro, "o último que feche a porta".
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 10.10.2018 às 20:28

O nosso presidente ja lhe deu a resposta.

Comentar post


Pág. 1/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo