Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

 

Alvo de muitos debates, o vídeo-árbitro acabou por ter influência na vitória de Portugal sobre o Irão (2-1), triunfo que garantiu a passagem da equipa lusa aos oitavos de final do Mundial de sub-20.

 

Aos 73 minutos, o árbitro assinalou grande penalidade contra a equipa de Emílio Peixe. Perante algumas dúvidas no lance, o juiz recorreu ao vídeo-árbitro para analisar melhor a jogada, acabando por anular a decisão.

 

Por aquilo que é possível compreender, a iniciativa de recorrer ao vídeo-árbitro foi do próprio juiz, perante as dúvidas que sentia sobre o lance. Na realidade, uma vez que tinha dúvidas não devia ter assinalado a falta, sem a necessidade do vídeo-árbitro. Ainda, pela sua posição no terreno, devia ter visto que o jogador português tinha o seu braço junto ao corpo e não fez movimento algum deliberado para a bola.

 

Isto é o que vai acontecer com frequência no futuro e com a inevitável consequência de afectar a fluidez do jogo. Os árbitros vão tomar determinadas decisões, mesmo quando não têm a certeza do lance, conscientes de que poderão de seguida recorrer às imagens televisas para rever o que ocorreu. Com o passar do tempo, veremos a frequência de situações deste género e o seu impacte global no jogo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:31

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


10 comentários

Sem imagem de perfil

De Aracaçu a 28.05.2017 às 17:07

O que importa neste caso é que Portugal não foi já ontem p/ casa.

Continuamos na prova, graças ao auxílio desta ferramenta. Isto falando claro no capítulo da arbitragem, porque naquilo que Portugal depende de si tem que jogar mais se quisermos vencer esta prova.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.05.2017 às 17:12

O post tem a ver com o vídeo-árbitro e não com a performance de Portugal.
Imagem de perfil

De PSousa a 28.05.2017 às 17:10

Rui, sei que não gosta do VAR ou que quer ter uma ideia mais real com o passar do tempo. Mas a verdade é que neste caso venceu a verdade desportiva, o arbitro pode ter pensado que o jogador tinha o braço "aberto" e por isso marcou, são lances rápidos que só com meios como o VAR é que se podem retirar as duvidas.
É disto que eu sou a favor...
Ainda hoje no Utrecht vs AZ, para ver quem ia à Europa, o arbitro também recorreu ao VAR para perceber se um jogador tinha ou não tocado no outro quando este se ia isolar, para decidir o "vermelho". Fez-se justiça, jogador expulso!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.05.2017 às 17:17

O árbitro teve dúvidas, daí que tenha recorrido ao monitor para rever o lance. As regras dizem que quando em dúvida, num lance destes, deve dar o benefício da dúvida ao defesa. Até porque ele estava bem posicionado e devia ter visto claramente o lance logo à primeira.

O meu ponto, que muitos de vocês recusam ver, é que com o passar do tempo o jogo vai ser interrompido para isto de forma irremediável. Quanto maior for a dependência no VAR, mais vezes será utilizado.
Imagem de perfil

De PSousa a 28.05.2017 às 17:19

Rui,
Compreendo que possa parar o tempo mais vezes do que estamos habituados, mas eu acho mais importante a verdade desportiva.
Sem imagem de perfil

De Aracaçu a 28.05.2017 às 17:23

Caro Rui Gomes,

As paragens realmente não são agradáveis, mas na minha opinião as paragens por "assistência a jogadores lesionados", essas são as que me enervam +, porque na maior parte das vezes essas lesões são fictícias... para não falar da demora de substituições, etc.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.05.2017 às 18:24

Essas paragens que refere são de facto irritantes, mas não é o vídeo-árbitro que vai resolver a questão.

O tempo útil de jogos já é tão reduzido que eu temo que venha a ser ainda mais.

Veremos...
Sem imagem de perfil

De joao d a 29.05.2017 às 03:05

Depois de ver o jogo da final da taça fiquei muito triste com o video arbitro. Já vi que nada vai resolver e apenas é rendimento extra para "arbitros".
Se numa final com um grande, o vídeo arbitro não intervêm quando há umas 2 mãos claras então no jogo dos pequenos muito menos vão ver.

Sem imagem de perfil

De Carlsberg a 29.05.2017 às 13:13

Boa tarde,

Pelo que eu entendi, o árbitro não teve duvidas nenhumas e marcou o penalti(não ei como)!!
Depois os árbitros do video árbitro disseram que não era penalti, e o árbitro não acatou a decisão dos video árbitros, pelo que estes insistiram e ele pediu para rever a imagem e finalmente decidir.

Pelo menos era o que os comentadores da RTP estavam a dizer na altura da transmissão!

Pergunta, isso cá também está previsto, a vizualização das imagens pelo árbitro principal??

"Na realidade, uma vez que tinha dúvidas não devia ter assinalado a falta, sem a necessidade do vídeo-árbitro."
Os árbitros agora podem ir para o lado que quiserem, marcar tudo dentro da área ou não marcar, serão sempre corrigidos pelo video árbitro.

Tal como os fora de jogo, um assistente, não vai agora marcar fora de jogo se não tiver 110% de certeza que está, pois caso dê golo, será revisto, caso não dê golo, também não haverá problemas!!


SL

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo