Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

Poiares-Maduro.jpg

 

Miguel Poiares Maduro, antigo governante no executivo de Passos Coelho, segue, a partir de Florença onde lecciona, o momento do seu clube de sempre. Está preocupado com a temporada desportiva mas muito mais apreensivo com a sobrevivência do Sporting. Mesmo à distância vai dando assistência jurídica aos sócios que estão a tentar "repor a legalidade" e garante que dia 23 estará na Altice Arena na Assembleia Geral Extraordinária (AGE) de destituição do Conselho Directivo (CD):

O Sporting vive momentos complicados e parece bastante fraccionado. Até por ser jurista, considera que só os tribunais podem devolver a estabilidade ao Clube?

 

Não vejo isto como uma questão de fraccionamento do Sporting. Eu acredito, e é a minha percepção, que a grande maioria dos sócios tem consciência de que neste momento já não se trata de avaliar a gestão de Bruno de Carvalho. Trata-se de garantir que o Sporting continua ser um clube cuja soberania pertence à vontade dos sócios. A melhor forma de sabermos se há uma divisão ou se há a procura de tomar poder dentro do clube por um presidente contra os estatutos, contra aquilo que são os princípios democráticos da separação de poderes, é precisamente dando voz aos sócios.

 

E fazendo isso só com eleições. Mas os sócios têm direito a estar confusos pois parece existir duas Mesas da Assembleia Geral (MAG) e duas comissões de fiscalização. Como é que um sócio anónimo se pode posicionar perante esta realidade?

 

Repare, não existem duas MAG nem existem duas comissões de fiscalização. Legalmente apenas existe uma MAG e uma comissão de fiscalização, que são aquelas que resultam dos estatutos. Agora o Conselho Directivo [CD] tomou determinadas decisões e é natural que crie ruído perante os sócios. A única forma de trazer clareza e segurança a esta matéria é com a intervenção dos tribunais. Enquanto o CD entendesse que as decisões da MAG, que é um órgão eleito e legitimado pelos sócios, são ilegais ou violavam os estatutos, devia ter recorrido para os tribunais, impugnado essas decisões, e não o fez. A forma como esta MAG está a lidar com isto demonstra bem a diferença de comportamento. A MAG entende que perante actos gravíssimos de violação dos estatutos a forma de lidar com isto é recorrendo aos tribunais, pois são estes que têm o poder de repor a legalidade num Estado de direito.

 

Será verdadeiro dizer que neste momento a próxima temporada desportiva é a menor das preocupações?

 

É natural que os sócios estejam preocupados com a próxima temporada desportiva, mas agora há um valor muito mais importante que está em causa e que é a sobrevivência do clube, cuja soberania pertence aos sócios. Quem manda são os sócios, não é o Dr. Bruno de Carvalho. Isso é superior a qualquer preparação de uma época desportiva, claro que todos nós nos preocupamos com isso, claro que, além disso, todos temos uma preocupação enorme com a sustentabilidade financeira do clube perante o que está a acontecer...

 

Está a falar das rescisões...

 

Exactamente, a complexa questão do empréstimo obrigacionista, tudo isso. Todos nós nos preocupamos imenso com as consequências do comportamento do CD, a incerteza, a insegurança, a óbvia instabilidade que afectou não só a época desportiva como a própria sustentabilidade financeira do Clube.

 

Estamos neste momento perante uma escolha absolutamente dramática que tem que ver com a manutenção do nosso Clube como um clube que funciona com princípios do Estado de direito, da democracia, e é isso que o CD está a tentar subverter e não podemos aceitar.

 

Na sua opinião, este é o pior momento de memória da história do Sporting?

 

Daquilo que me recordo desde que sou miúdo, adepto e sócio, a minha resposta é sim.

 

Nem com Godinho Lopes foi pior?

 

Mesmo nessa altura não houve uma tentativa de subverter as regras estatutárias e o poder dos sócios. Se calhar a gestão desportiva e financeira podia ser mais criticável, mas não se tentou fazer um golpe de Estado. É a mesma coisa que um governo descontente com um Parlamento substituir os deputados eleitos por deputados da sua confiança. Impensável!

 

De que forma o sócio Miguel Poiares Maduro tem intervindo neste momento do Sporting?

 

Eu, tal como outros juristas, temos vindo a apoiar e a aconselhar sócios que preparam algumas das providências cautelares que visam repor a legalidade no clube. Basicamente tenho oferecido a minha competência como jurista a vários sócios, e também à MAG, que estão, por vias judiciais diferentes, a tentar repor a legalidade no Sporting. E continuarei a fazer isso. Este é um momento existencial para o meu clube, que vê estar em causa o princípio da separação de poderes.

 

Vai estar no dia 23 na Altice Arena, na Assembleia Geral Extraordinária de destituição do CD?

 

Sim, claramente. Excepto se entretanto o CD cessar funções por alguma razão.

 

Acredita nisso?

 

Eu gostaria que Bruno de Carvalho ou algum dos elementos do CD tivessem, finalmente, um rebate de consciência e percebessem a gravidade do comportamento que têm tido. Atendendo ao que se tem passado, não acho isso credível, infelizmente. Mas pode ser que algum deles ainda tenha ou que então alguma das iniciativas judiciais conduza à suspensão do mandato.

 

Como jurista vê Rui Patrício e Daniel Podence a voltar atrás?

 

Como jurista, as justificações de justa causa estão sempre ligadas a uma impossibilidade prática da manutenção do vínculo laboral. A partir do momento em que as condições invocadas para a justa causa estão directamente relacionadas com o presidente do clube, se essa pessoa deixar de ser o presidente do clube, naturalmente que não se pode dizer do ponto de vista jurídico que continuará a ser impossível a manutenção do vínculo laboral.

 

Dito isto, não acho que os sócios do Sporting devam decidir sobre a permanência, ou não, do Dr. Bruno de Carvalho por este factor. O que se passa é muito mais grave e tem que ver um comportamento gravíssimo ao nível da legalidade. Acredito que, por um lado, os próprios jogadores possam repensar, até porque a posição jurídica deles é totalmente diferente se o actual CD deixar de estar em funções. A fundamentação é mais frágil se este CD não estiver no poder.

 

Mas quero enfatizar isto: não acho que os sócios devam decidir por isto. O que está em causa é uma violação dos princípios democráticos. É urgente a saída deste Conselho Directivo.

 

Tenciona envolver-se no próximo acto eleitoral do Clube, seja quando for e de que forma for?

 

Não prevejo isso. Não quero estar agora sequer a discutir esta questão por duas razões: em primeiro lugar, não antecipo cenários nem desminto qualquer coisa que seja, porque a partir do momento em que abra esse precedente, quando um dia não desmentir vão dizer que estarei a confirmar; em segundo, porque neste momento estamos numa luta pela sobrevivência do Clube e é nisso que nos devemos concentrar.

 

Entrevista de Bruno Pires, Diário de Notícias

 

publicado às 17:00

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


8 comentários

Sem imagem de perfil

De Francis a 07.06.2018 às 19:01

Este e outros rapazes da tertulia caviar tem uma piada extrema. Primeiro alimentaram e apoiaram o Bruno a consolidar o poder e agora querem ajudar mas não sabem ao certo como mostrando preocupação com o "seu" clube que está pelas ruas da amargura.
Como dizia o personagem deficiente vitima poliomielite que satirizava num programa de humor - " Tu queres é aparecer! "
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 07.06.2018 às 19:47

O Miguel Poiares Maduro apoiou Bruno de Carvalho?
Sem imagem de perfil

De Francis a 07.06.2018 às 22:59

Ele disse que sim num painel televisivo onde estava há uma semana que tal como outros notáveis depois da Madeira tudo o revoltou.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 08.06.2018 às 00:23

Bem... sendo de facto verdade, pelo menos reconheceu o erro e está a atentar corrigir o actual estado de coisas.
Sem imagem de perfil

De Pedro a 08.06.2018 às 00:43

Só para fazer um reparo. Poiares Maduro nunca apoiou bdc. Inclusivo disse que não o conhecia porque só tinha estado com ele por duas vezes. Neste momento na minha opinião seria a pessoal ideal para mudar o rumo do Sporting.
Sem imagem de perfil

De Francis a 08.06.2018 às 01:49

Tem razão, as minhas desculpas.
Fui rever a peça e fiquei com essa ideia da primeira vez que vi e ouvi dele, que admirava aspectos da actuação de BdC.
Acabou por dizer que tambem o assustava...
Está aqui a peça:
http://sicnoticias.sapo.pt/programas/expressodameianoite/2018-05-19-Expresso-da-Meia-Noite-crise-no-Sporting

As minhas desculpas a todos por ter defendido uma ilusão.
Sem imagem de perfil

De Sr. Comentador a 07.06.2018 às 22:14

Aquela ordinária - não-sei-quê Judas - também interpôs uma providência cautelar. Está visto que a estratégia de Bruno Vale e Azevedo, e seu gang, será a de jogar com os prazos da justiça para se manter no poder por mais umas semanas.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 08.06.2018 às 00:24

Estes trafulhas não olham a meios para atingir fins.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo