Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

11987163_10153000988631555_2900371255220464587_n.p

 

Comunicado do Presidente do Conselho Directivo

do Sporting Clube de Portugal

 

 

No momento em que os mais variados responsáveis do Sporting Clube de Portugal vieram a público realçar a importância da unidade de todos os Sportinguistas em torno do projeto comum para se atingirem os principais objetivos definidos para esta época, e em vésperas de mais um jogo de enorme relevância, o associado Rui Barreiro volta a aparecer, em público, a procurar desestabilizar o nosso Clube com críticas, tornando clara a sobreposição dos seus interesses pessoais aos superiores interesses do Sporting Clube de Portugal.

É, de facto, um período de grande unidade aquele em que vivemos mas foi sempre claro que, por poucos que sejam, nunca deixarão de existir um conjunto de "sportinguistas" que recordam, aparentemente com saudade, um Sporting Clube de Portugal falido, conformado, apático, derrotado e abatido que, ainda assim, era o seu garante financeiro e social e de muitas outras famílias.

Nunca, com esta Direção, no Sporting Clube de Portugal se esconderá ou procurará calar o som de uma voz díspar, mesmo que muito isolada, pois prezamos o direito à opinião e a que a mesma seja ouvida.

E assim o será, novamente, apesar do lamento de que sejam sempre escolhidos, com rigor calculista, os momentos de suposta dificuldade do Clube que, aparentemente, dão alento a estes detractores.

O mesmo já havia acontecido em vésperas do ultimo Sporting Clube de Portugal-Benfica para a Taça de Portugal, em que aquele dirigente, assumindo a posição dos nossos rivais e um papel claro de "testa de ferro" de críticos que não se conformam com o rumo de credibilidade, confiança e espírito ganhador da nossa equipa, surgiu a dar voz a questões que nunca colocou nos órgãos próprios do nosso Clube, onde até hoje, assim como os que o acompanham na sombra, quase sempre estiveram ausentes.

Mas, nesta altura, em que se deveria celebrar uma das características mais marcantes do ADN Sportinguista que é a coesão para enfrentar as adversidades, o dito associado volta a não encontrar melhor programa para servir a sua agenda que não seja dar um passo para o lado e chamar sobre si as atenções sugerindo que o Clube deveria convocar uma Assembleia Geral.

Uma Assembleia Geral como a de 17 de Janeiro de 2015 a que o associado em causa não estando ou não expressando a sua posição, assim como quem o acompanha sem dar a cara, como são seus hábitos e costumes e na qual, por iniciativa da actual Direção, foram debatidos com os Sócios assuntos com a maior  relevância , relacionados com os fundos, o "caso" Doyen, as relações com os empresários, a empreitada do Pavilhão etc, numa reunião marcada pela enorme afluência de Sócios e pelo apoio esmagador às decisões da Direção em todos estes temas. Relembramos que na referida Assembleia Geral todos estes temas foram detalhadamente apresentados explicando a razão de cada decisão, as suas virtudes e eventuais consequências.

 

É tradição cultural do Sporting Clube de Portugal, retomada por esta Direção, promover a livre discussão e exposição das mais diversas opiniões: é delas, da honestidade com que são apresentadas e da deliberação que sobre as mesmas os Sócios tomem que se faz o caminho da Maior Potência Desportiva Nacional.

 

Foi nesse sentido, que todas as principais decisões que têm estado em destaque sobre a vida do Clube, desde as diferentes medidas que possibilitaram a reconhecida recuperação financeira e desportiva realizada ao longo destes últimos dois anos, todas estas matérias, foram amplamente discutidas, analisadas e aprovadas pelos órgãos próprios do Clube, sendo curioso que na altura e perante os Associados não fossem postas em causa essas decisões.

 

Só que nunca esta Direcção se furtou ao diálogo ou se esquivou ao confronto saudável de opiniões. Se o associado Rui Barreiro frequentasse as Assembleias Gerais do Clube ou se fizesse ouvir a sua voz no Conselho Leonino talvez muitas das questões que coloca com tão ousada galhardia na comunicação social já tivessem tido resposta no local certo. Mas apesar, e repete-se, de todas as questões levantadas já terem sido objeto de discussão e análise em anteriores reuniões, entende mesmo assim a Direção do Sporting Clube de Portugal, optando por não fugir dos assuntos, nem obrigar os associados a recolher assinaturas e dinheiro para se fazerem ouvir, decidir:

 

1 - Solicitar de imediato ao Presidente da Mesa da Assembleia Geral, que convoque para o próximo mês de Janeiro uma Assembleia Geral para abordar todos estes temas e outros de interesse para o Clube, convidando expressamente o associado Rui Barreiro a estar presente, para, de acordo com os estatutos, poder apresentar e discutir as questões que até ao momento só tem lamentavelmente levantado junto dos Órgãos de Comunicação Social;

 

2 - Solicitar ao Presidente da Mesa da Assembleia Geral que nessa Assembleia Geral seja devidamente acautelada a reserva de tempo tida como necessária pelo associado Rui Barreiro, para que apresente detalhadamente as suas críticas, análises, ideias e propostas concretas, libertando o mesmo associado do constrangimento inerente às habituais intervenções de apenas três minutos por Sócio, concedendo-lhe o tempo que este julgue conveniente.

 

Por último, e fazendo novamente um convite que tem sido habitual antes de todas as Assembleias Gerais mas infelizmente nunca acedido pelos seus destinatários, esperamos que seja esta Assembleia Geral aproveitada por aqueles que comunguem dos propósitos do associado Rui Barreiro para estarem presentes, darem a cara e fazerem ouvir a sua voz no local próprio. É altura de passar de reuniões em cafés/restaurantes, de comícios privados e de páginas de Facebook ou blogues, para darem a cara perante os Associados, deixando de utilizar meros "testas de ferro", podendo os mesmos finalmente conhecer as pessoas e as suas ideias.

 

Lisboa, 28 de Dezembro de 2015

Bruno de Carvalho, Presidente do Conselho Directivo do Sporting Clube de Portugal

 

 

Com tanto de tão enorme importância que Bruno de Carvalho tem entre mãos, a sua preocupação recai sobre a voz solitária de um conselheiro leonino que o critica ?

 

Muito além do há longo reconhecimento que o presidente do Sporting não lida bem com críticas à sua pessoa, um cínico diria - contrário ao que ele próprio afirmou há poucos dias - que já está preocupado com o próximo acto eleitoral. Daí, o já tradicional e estéril convite para uma Assembleia Geral, fórum inteiramente sob o controlo do PMAG e onde ele se sente perfeitamente à vontade para manipular e intimidar eventuais vozes de discórdia. 

 

O mesmo cínico também diria que este extenso Comunicado, além de visar silenciar o conselheiro leonino em questão, tem o duplo objectivo de desviar atenções do mais importante, especialmente se considerarmos os vários eventos de dias recentes.

 

Uma vez que ele faz referência específica a blogues, entre outros, e até já não é a primeira vez que o Camarote Leonino é citado por nome, que fique aqui claro, de uma vez por todas, que ninguém nos vai silenciar e que continuaremos a criticar sempre que entendermos que há justa causa para o efeito.

 

Até parece que Bruno de Carvalho pretende silenciar tudo e todos !!!

 

publicado às 18:26

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


43 comentários

Imagem de perfil

De Profeta a 28.12.2015 às 18:54

O Bruninho deve julgar que são todos da laia dele, e que tudo gira à volta de tachos e tachinhas, quando é para criticar a sua gestão. Qualquer associado tem o direito de criticar e elogiar quando lhe apetecer, e isso não faz com que esteja à procura de tacho. Á procura de tacho andou esse miserável que apela aos sócios para não o deixarem cair, porque aqui em Portugal ninguém lhe dá emprego!
Apelar à união vindo da personagem que mais dividiu adeptos e a história do clube, é de rir!
Lá teremos nós mais uma Assembleia-Geral para malhar no Governo Sombra de 6 pessoas, para chamar ratos, cobardes, labregos, estúpidos e otários a Sportinguistas. Sem dúvida, que dás o exemplo no que toca à tradição democrática do clube. Se esta gente se olhasse ao espelho, fariam melhor figura.
E quem compactua com isto, ou é burro, ou é da mesma laia dele. E desses não terei pena nenhuma!
Sem imagem de perfil

De Mike Portugal a 28.12.2015 às 18:58

Não concordo que isto seja para silenciar seja quem for. Diz especificamente no comunicado que ele terá tanto tempo quanto quiser para poder falar.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.12.2015 às 19:03

Mike, não te tenho como um ingénuo. Já alguma vez assististe a uma AG ?

Até admito que esteja disponível para fazer uma excepção especial no caso de Rui Barreiro, mas não é a regra geral.
Sem imagem de perfil

De Jorge Miguel a 28.12.2015 às 19:01

Parece-me um contra-senso, ora vejamos:

1-"Bruno de Carvalho quer marcar AG para dar hipóteses as sócios de intervirem e discutirem as políticas do clube"

2- "Até parece que Bruno de Carvalho pretende silenciar tudo e todos"

Percebo onde o Rui quer chegar, mas se os críticos que tiverem a possibilidade de ir tiverem um pingo de coragem, então devem sem dúvida comparecer! Se há coisa que não podem apontar a Bruno de Carvalho é falta de coragem. Nunca deixou de ir às AG's no tempo da anterior direcção e expôr o seu ponto de vista nas intervenções, mesmo sujeitando-se ao escrutínio global das AG's.

Eu não critico o Rui Barreiro por querer uma AG de esclarecimento aos sócios. O que acho ser completamente deselegante e desncessário é vir para a CS chamar de ditador reles ao presidente do SCP. Ainda para mais nunca dizendo nada nos locais próprios!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.12.2015 às 19:07

Meu caro,

Bruno de Carvalho só começou a ter parte activa em Assembleias Gerais quando formou a oposição para destronar Godinho Lopes.

Pode não ser de bom gosto, mas não duvide, minimamente, que Bruno de Carvalho é mesmo um ditador. Pelo menos, faz o possível nesse sentido.
Sem imagem de perfil

De CarlinhaMR a 29.12.2015 às 04:06


Jorge Miguel,

É bom que se aponte com precisão e não dando ao lado.

Cito-o:

Eu não critico o Rui Barreiro por querer uma AG de esclarecimento aos sócios. O que acho ser completamente deselegante e desncessário é vir para a CS chamar de ditador reles ao presidente do SCP . Ainda para mais nunca dizendo nada nos locais próprios!

Foi o Rui Barreiro que fez essa afirmação?
Peço o favor de aceder o link abaixo.
Obrigada
SL

http:/ www.ojogo.pt /Futebol 1a_liga /Sporting/interior.aspx?content_id=4951565
Sem imagem de perfil

De wise guys a 28.12.2015 às 19:11

Parece-me óbvio que se está a tentar inverter os papéis! Goste-se ou não parece-me que falta de coragem é algo que não pode ser assacado a BdC!! Já a alguns ilustres sportinguistas que aproveitam a comunicação social para criticar o clube ou quem o dirige quando o poderiam e deveriam fazê-lo nos locais próprios...o que dizer?!! Embora também perceba que para alguns...para criticar BdC qualquer argumento serve!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.12.2015 às 19:21

O Bruno é mesmo muito corajoso de facto... com as costas bem protegidas e a arriscar aquilo que não é dele.
Sem imagem de perfil

De wise guys a 28.12.2015 às 19:25

Rui eu sei que não gosta do homem é bastante óbvio porque verdade seja dita você também não o esconde!! Mas nos últimos 30 anos qual foi o presidente que esteve no clube a arriscar o que era dele???? E alguns com os resultados que nós tão bem conhecemos...!!!! Desculpe mas esse argumento não!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.12.2015 às 19:49

Se não sabe que já houve presidentes que arriscaram o que era deles em prol do Clube, não está bem informado.

De qualquer modo, a questão central que focou é a suposta coragem de Bruno de Carvalho. Apenas acho que confunde coragem com arrogância, um enorme ego e exagerado sentido de auto-importância, Já para não sublinhar, que é uma pessoa extremamente rude.

Já provou e continua a provar que não olha a meios para atingir fins, e sempre a apregoar "não façam como eu faço, façam como eu digo".
Sem imagem de perfil

De wise guys a 28.12.2015 às 20:08

Rui nos últimos 30 anos diga-me qual...?! Quanto ao cerne da questão...coragem para afrontar os poderes instituídos e que nós tão bem conhecemos e que tantas vezes já sentimos na "pele"!!! Que por vezes roça a arrogância e a má educação...é certo...! Mas como se "combate" gente como PdC e LFV??? Andámos 30 anos a dizer que éramos diferentes (e somos!!), tratando as decisões que sempre nos foram desfavoráveis/nefastas de forma diplomática e de luva branca, as quais são decididas nos bastidores nauseabundos do futebol (não vale a pena sequer ir por ai...todos sabemos) e quais foram os resultados??? Quase que nos conseguiram fazer passar para um clube de segundas linhas...essa é a grande verdade!!! O Rui desculpe mas parece-me que o seu foco incide mais sobe a nossa actual direcção do que propriamente aquilo que deveria ser a nossa preocupação como verdadeiros sportinguistas!! A "limpeza" do futebol português, um pouco à imagem daquilo que se está a passar na FIFA e na UEFA, pois parece-me ser consensual que nos últimos anos muitos campeonatos nos foram sonegados/roubados, tal como taça da liga e taça de portugal!!! Ainda recentemente fomos retirados desta ultima competição de forma ESCANDALOSA!!! Entretanto...venham mais uns Vauchers.
Imagem de perfil

De Ricardo Leão a 29.12.2015 às 07:25

Quer acredite, quer não, verificará, mais cedo ou mais tarde, que o Sporting deve dinheiro, e não é pouco, a Luiz Godinho Lopes.
Imagem de perfil

De Profeta a 28.12.2015 às 20:25

O que deu o Bruno de Carvalho ao Sporting?
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 28.12.2015 às 19:35

Que as obsessões nos retiram o discernimento é certo e sabido. Mas, mesmo sabendo isso, Bruno de Carvalho procura antecipar os acontecimentos e focar os sportinguistas naquilo que ele considera serem os “inimigos internos”.
Como o conselheiro Rui Barreiro subiu o tom de voz, logo BdC aproveitou-o como um maná caído do céu: citou o seu nome num comunicado e solicitou ao PMAG a convocação de uma Reunião Magna.

Assim, enquanto deita mais alguma gasolina para a fogueira e agita falsos problemas, procura evitar que se fale daquilo que interessa verdadeiramente aos sportinguistas: jogo com o FC Porto, entrevista de Jesus à TVi, estratégia de comunicação do Clube, direitos de transmissão televisiva, Doyen, patrocínio das camisolas, naming da Academia e de bancadas do Estádio, Carrillo, VMOCs…
Sem imagem de perfil

De wise guys a 28.12.2015 às 19:44

não me parece que criticar o clube na praça pública seja um falso problema...é que já bastam os nossos adversários que tanto nos criticam e muitas vezes de forma desleal e desonesta!!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.12.2015 às 20:06

Meu caro,

Ele devia preocupar-se com os verdadeiros problemas do clube que tem entre mãos e com a sua própria conduta, enquanto presidente.

Foram-me enviadas uma fotos tiradas durante a sua recém-visita à discoteca Vespas, no Funchal, que bastante o comprometeriam . Não o faço por uma questão de ética, mas não o dignifica como presidente do Sporting.

Permita a liberdade de expressão a quem a pretende exercer, mesmo em crítica. Ele usou e abusou dessa liberdade enquanto na oposição e até conseguiu chegar ao trono que tanto ambicionava.
Sem imagem de perfil

De PedroC a 28.12.2015 às 20:13

Um socio, e conselheiro, tem a coragem de assumir o que pensa, e dize lo para toda a gente ouvir na comunicaçao social portuguesa.

Nem discuto o que disse do presidente nem nada disso, esta no seu direito.

Depois de uma situacao muito complicada, muito mediatica, chamada doyen, ter tido o seu capitulo seguinte, esse mesmo socio e conselheiro voltou a carga, pedindo ate um Ag para se discutir esse assunto. Acho muito bem, e concordo com ele.

Bem, ao que parece aqui a tem.

E agora? Voltam as teorias? Voltam as criticas porque nao se fala, as criticas porque afinal se fala?

Que medo, que receio afinal é este, de frente a frente a quem de direito, a direccao, aos socios, se falarem as coisas preto no branco?

Se sao assim tantas as vozes descontentes com o rumo tomado, se estao assim tanto revoltados com este Sporting, e esta direccao, tenho a certeza que apoio nao faltara a quem tenha a coragem de por a boca no trombone.

Eu certamente vou la estar. Atento. Isento. A ouvir tudo o que se disser de ambas as partes.

Agora nao se ponham com mais teorias como se tem feito ate agora. Quem criticar? O espaco para isso é a AG. Tudo o resto cheira a cobarde.
Sem imagem de perfil

De m1950 a 28.12.2015 às 20:17

Parece-me uma atitude de louvar , ainda há pouco tempo falamos aqui sobre isso , mas quero notar que foi o conselheiro leonino Rui Barreiro que pediu a AG , portanto vai ter o que quer , e os demais críticos também estão convidados , sendo que Rui Barreiro terá tempo para expor o seu ponto de vista sobre a situação do Sporting e fazer as críticas que entende que tem de fazer.

Vai quem tiver coragem de ir confrontar o líder do Sporting face a face perante os sócios do Sporting Clube de Portugal.

De facto , desconfio do discurso deste Rui Barreiro , mas fico contente que pelo menos tenha coragem para dar a cara , e quero ver se tem capacidade para ser alternativa à atual direção , quem ganha com isto é o Sporting.

Excelente atitude por parte do Presidente a não fugir com o rabo à seringa e a aceitar confrontar os adversários na face. Gostei.

Chegou a hora.

Vamos ver quem pretende criticar para construir ou apenas pretende desestabilizar o clube para servir feudo a interesses que não os do próprio clube.
Sem imagem de perfil

De Sotto Mayor de Belas a 28.12.2015 às 20:33

Espero seguramente que Rui Barreiro tenha a mesma coragem com que rapidamente foi aos orgãos de comunicação social, no fundo, dizer muito daquilo que se "diz" e pensa também neste blog, vá à AG "rapidamente e em força" ser coerente com a sua consciência. O Sporting beneficiará com isso.

Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 28.12.2015 às 21:26

Não era uma AG que o Rui Barreiro queria ter para poder debater as questões atuais que tanto preocupam os sportinguistas !? Aqui tem a oportunidade ainda para mais com carta branca para falar e expor as suas propostas ... assim sendo duvido que lá ponha os pés.

Profeta não querias uma AG aqui tens força nisso rapaz.

Rui estou "farto" de ler neste blog que deveria ser convocada uma AG para debater todas estas questões Doyen, patrocínios, direitos TV a novela da equipa de ciclismo o processo com a Somague ... etc etc, BdC está a dar essa oportunidade e o Rui insiste no discurso do ditador, o Rui sabe tão bem como eu que nós sportinguistas na sua maioria somos pessoas de bem que queremos o melhor para o SCP, se algo de inadmissível acontece-se a alguém apenas e só por discordar de BdC este perderia um grande número de apoiantes, além de que tudo o que se passa nas AG é tornado publico em pouco tempo.

SL,
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.12.2015 às 21:44

Sérgio,

Nunca me leu a exigir uma AG seja para o que for. É ingénuo pensar que só nas AGs é que tudo se resolve, salvo quando há Eduardo Barrosos ou do género a manipular eventos.

Não precisa de acreditar em mim Sérgio, mas tem uma ideia muito inocente deste presidente.

Aos poucos, o passar do tempo vai esclarecendo muita coisa.
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 28.12.2015 às 21:52

Sei que o Rui nunca exigiu AG e sempre defendeu que as mesmas eram facilmente "manipuladas/controladas".

Sei bem que BdC não é uma pessoa "fácil", mas vejo nele outras características e virtudes essenciais no meu entender para ultrapassar aos dificuldades atuais do clube, e isso para mim é o que mais me interessa haver alguém que permita ao clube crescer e reerguer-se ... como tem acontecido saliento.

SL,
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.12.2015 às 21:59

Bem... não vou voltar ao mesmo debate de sempre, mas pasma-me que mentes inteligentes não fiquem preocupadas com o facto do Bruno convocar uma AG apenas e tão só porque UM sócio discorda publicamente dele, pese esse sócio ser um conselheiro leonino.

Eu até aceitaria um debate livre, mas uma AG ?

Claro, quem vai na onda só aplaude, de certo modo como alguns disseram que a decisão do TAS no caso da Doyen foi bom para o Sporting, como o próprio Sérgio garantiu aqui que o Clube ficou numa posição privilegiada por ficar atrás dos rivais quanto aos contratos televisivos. Enfim...
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 28.12.2015 às 22:20

Rui esclarecendo a minha posição.

Eu sou a favor desta luta contra a Doyen, mas tenho plena consciência que a derrota no TAS traz dificuldades adicionais a esta direção no que toca à sua regra de ouro de equilíbrio financeiro.
Relativamente aos direitos de TV o que disse foi chegados a este momento em que o FCP (MEO) e o SLB (NOS) têm os seus contratos assinados com os valores conhecidos, a guerra entre a NOS e a MEO aquece mais do que nunca e o SCP será o elo chave para determinar ou baralhar ainda mais esta luta entre operadoras, actualmente senão me engano o SCP recebe mais que o FCP. Faço apenas uma ressalva não gostaria de ver um acordo de longa duração 4/5 a 35M€ sem a Sporting TV ou incluindo a Sporting TV num valor anual de 2,5M€ sendo parte dessa verba investida na melhoria das condições de transmissão da Academia e das modalidades seria um excelente negócio.

Relativamente ao patrocínio da camisola a aposta seria num dos principais players de apostas online com a legalização da publicidade a sites de apostas num valor 3/4M€.
Imagem de perfil

De Profeta a 28.12.2015 às 21:58

" se algo de inadmissível acontece-se a alguém apenas e só por discordar de BdC este perderia um grande número de apoiantes"

Há 1 ano atrás, quando o Bruno de Carvalho e o José Eduardo julgaram que nos podiam enganar naquela difamação ao Marco Silva, a juntar, e acima de tudo isto, aos processos aos sócios, tirei-lhe logo a pinta, e nunca mais gostei dele.

Eu, e muitos mais. Alguns não se manifestam, mas estão na sombra, para no momento certo darem o cartão vermelho.
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 28.12.2015 às 22:09

O Profeta não se manifesta ... LOL!


Sem imagem de perfil

De Anónimo a 28.12.2015 às 21:49

Provavelmente o Rui já foi a mais AG's que eu mas ao contrario do que diz, quem as comanda não é o PMAG, mas sim os socios que reagem consoante o momento do clube

Neste caso especifico, as palavras de Rui Barreiro terão melhor ou pior aceitação por parte dos sócios, consoante a avaliação que estes fazem ao trabalho de quem lá está agora.

vamos ser se aceita o desafio
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.12.2015 às 22:07

Meu caro,

Se não se identificar (nome/pseudónimo), o seu comentário será editado. Fica o alerta para a próxima ocasião.

Há alguma verdade no que diz, mas apenas por ser um caso excepcional, nada mais. Eu até acho nada menos de ridículo e um abuso de poder convocar-se uma AG porque UM sócio discordou publicamente do presidente.

O que muitos recusam compreender é que pode-se justa e construtivamente levantar dúvidas sobre determinadas questões, mas tem todos os trunfos na mão é quem está lá dentro, sabe do que se passa e pede então aos do exterior para apresentarem provas. É tudo um jogo, muito semelhante à política.

Por fim, já foi comprovado em mais do que uma ocasião que BdC mentiu. Aconteceu alguma coisa ? A vergonha daquele processo contra Marco Silva, só para depois acabar por o indemnizar, aconteceu-lhe alguma coisa ? Etc., etc.
Sem imagem de perfil

De J.Pinto a 28.12.2015 às 22:36

O comentario é meu - escapou-me

BC como qualquer outro presidente do Sporting tem feito coisas boas e más - não é Deus nem o Diabo

Agora o que a maioria dos socios faz é pegar no positivo e no negativo - colocar nos pratos da balança e apurar o resultado

E para mim (e creio que para a maior parte dos adeptos) - o resultado é positivo e será por isso que, pelo menos por agora, a maior parte dos socios está com BC e reagirá provavelmente mal contra quem o criticar

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.12.2015 às 22:40

Muito subjectivo meu caro. Ninguém sabe, concretamente, quantos apoiam neste momento BdC. Sabemos sim que há reacções pelos resultados desportivos. Mais alguns como estes mais recentes e veremos então essa onda de apoio.
Sem imagem de perfil

De J.Pinto a 28.12.2015 às 23:13

Claro que sem estudos (e mesmo assim) não se sabe a real popularidade de BC, mas nem sequer é esse o meu ponto

O que quis realçar é que o clima (bom ou mau) da AG reflitirá essa popularidade

Comentar post


Pág. 1/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo