Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

11987163_10153000988631555_2900371255220464587_n.p

 

Comunicado do Presidente do Conselho Directivo

do Sporting Clube de Portugal

 

 

No momento em que os mais variados responsáveis do Sporting Clube de Portugal vieram a público realçar a importância da unidade de todos os Sportinguistas em torno do projeto comum para se atingirem os principais objetivos definidos para esta época, e em vésperas de mais um jogo de enorme relevância, o associado Rui Barreiro volta a aparecer, em público, a procurar desestabilizar o nosso Clube com críticas, tornando clara a sobreposição dos seus interesses pessoais aos superiores interesses do Sporting Clube de Portugal.

É, de facto, um período de grande unidade aquele em que vivemos mas foi sempre claro que, por poucos que sejam, nunca deixarão de existir um conjunto de "sportinguistas" que recordam, aparentemente com saudade, um Sporting Clube de Portugal falido, conformado, apático, derrotado e abatido que, ainda assim, era o seu garante financeiro e social e de muitas outras famílias.

Nunca, com esta Direção, no Sporting Clube de Portugal se esconderá ou procurará calar o som de uma voz díspar, mesmo que muito isolada, pois prezamos o direito à opinião e a que a mesma seja ouvida.

E assim o será, novamente, apesar do lamento de que sejam sempre escolhidos, com rigor calculista, os momentos de suposta dificuldade do Clube que, aparentemente, dão alento a estes detractores.

O mesmo já havia acontecido em vésperas do ultimo Sporting Clube de Portugal-Benfica para a Taça de Portugal, em que aquele dirigente, assumindo a posição dos nossos rivais e um papel claro de "testa de ferro" de críticos que não se conformam com o rumo de credibilidade, confiança e espírito ganhador da nossa equipa, surgiu a dar voz a questões que nunca colocou nos órgãos próprios do nosso Clube, onde até hoje, assim como os que o acompanham na sombra, quase sempre estiveram ausentes.

Mas, nesta altura, em que se deveria celebrar uma das características mais marcantes do ADN Sportinguista que é a coesão para enfrentar as adversidades, o dito associado volta a não encontrar melhor programa para servir a sua agenda que não seja dar um passo para o lado e chamar sobre si as atenções sugerindo que o Clube deveria convocar uma Assembleia Geral.

Uma Assembleia Geral como a de 17 de Janeiro de 2015 a que o associado em causa não estando ou não expressando a sua posição, assim como quem o acompanha sem dar a cara, como são seus hábitos e costumes e na qual, por iniciativa da actual Direção, foram debatidos com os Sócios assuntos com a maior  relevância , relacionados com os fundos, o "caso" Doyen, as relações com os empresários, a empreitada do Pavilhão etc, numa reunião marcada pela enorme afluência de Sócios e pelo apoio esmagador às decisões da Direção em todos estes temas. Relembramos que na referida Assembleia Geral todos estes temas foram detalhadamente apresentados explicando a razão de cada decisão, as suas virtudes e eventuais consequências.

 

É tradição cultural do Sporting Clube de Portugal, retomada por esta Direção, promover a livre discussão e exposição das mais diversas opiniões: é delas, da honestidade com que são apresentadas e da deliberação que sobre as mesmas os Sócios tomem que se faz o caminho da Maior Potência Desportiva Nacional.

 

Foi nesse sentido, que todas as principais decisões que têm estado em destaque sobre a vida do Clube, desde as diferentes medidas que possibilitaram a reconhecida recuperação financeira e desportiva realizada ao longo destes últimos dois anos, todas estas matérias, foram amplamente discutidas, analisadas e aprovadas pelos órgãos próprios do Clube, sendo curioso que na altura e perante os Associados não fossem postas em causa essas decisões.

 

Só que nunca esta Direcção se furtou ao diálogo ou se esquivou ao confronto saudável de opiniões. Se o associado Rui Barreiro frequentasse as Assembleias Gerais do Clube ou se fizesse ouvir a sua voz no Conselho Leonino talvez muitas das questões que coloca com tão ousada galhardia na comunicação social já tivessem tido resposta no local certo. Mas apesar, e repete-se, de todas as questões levantadas já terem sido objeto de discussão e análise em anteriores reuniões, entende mesmo assim a Direção do Sporting Clube de Portugal, optando por não fugir dos assuntos, nem obrigar os associados a recolher assinaturas e dinheiro para se fazerem ouvir, decidir:

 

1 - Solicitar de imediato ao Presidente da Mesa da Assembleia Geral, que convoque para o próximo mês de Janeiro uma Assembleia Geral para abordar todos estes temas e outros de interesse para o Clube, convidando expressamente o associado Rui Barreiro a estar presente, para, de acordo com os estatutos, poder apresentar e discutir as questões que até ao momento só tem lamentavelmente levantado junto dos Órgãos de Comunicação Social;

 

2 - Solicitar ao Presidente da Mesa da Assembleia Geral que nessa Assembleia Geral seja devidamente acautelada a reserva de tempo tida como necessária pelo associado Rui Barreiro, para que apresente detalhadamente as suas críticas, análises, ideias e propostas concretas, libertando o mesmo associado do constrangimento inerente às habituais intervenções de apenas três minutos por Sócio, concedendo-lhe o tempo que este julgue conveniente.

 

Por último, e fazendo novamente um convite que tem sido habitual antes de todas as Assembleias Gerais mas infelizmente nunca acedido pelos seus destinatários, esperamos que seja esta Assembleia Geral aproveitada por aqueles que comunguem dos propósitos do associado Rui Barreiro para estarem presentes, darem a cara e fazerem ouvir a sua voz no local próprio. É altura de passar de reuniões em cafés/restaurantes, de comícios privados e de páginas de Facebook ou blogues, para darem a cara perante os Associados, deixando de utilizar meros "testas de ferro", podendo os mesmos finalmente conhecer as pessoas e as suas ideias.

 

Lisboa, 28 de Dezembro de 2015

Bruno de Carvalho, Presidente do Conselho Directivo do Sporting Clube de Portugal

 

 

Com tanto de tão enorme importância que Bruno de Carvalho tem entre mãos, a sua preocupação recai sobre a voz solitária de um conselheiro leonino que o critica ?

 

Muito além do há longo reconhecimento que o presidente do Sporting não lida bem com críticas à sua pessoa, um cínico diria - contrário ao que ele próprio afirmou há poucos dias - que já está preocupado com o próximo acto eleitoral. Daí, o já tradicional e estéril convite para uma Assembleia Geral, fórum inteiramente sob o controlo do PMAG e onde ele se sente perfeitamente à vontade para manipular e intimidar eventuais vozes de discórdia. 

 

O mesmo cínico também diria que este extenso Comunicado, além de visar silenciar o conselheiro leonino em questão, tem o duplo objectivo de desviar atenções do mais importante, especialmente se considerarmos os vários eventos de dias recentes.

 

Uma vez que ele faz referência específica a blogues, entre outros, e até já não é a primeira vez que o Camarote Leonino é citado por nome, que fique aqui claro, de uma vez por todas, que ninguém nos vai silenciar e que continuaremos a criticar sempre que entendermos que há justa causa para o efeito.

 

Até parece que Bruno de Carvalho pretende silenciar tudo e todos !!!

 

publicado às 18:26

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


43 comentários

Sem imagem de perfil

De Valdemar a 28.12.2015 às 22:09

Então não tem coragem?

O seu amor, o clube que diz defender não merece a presença na Assembleia do Clube?

Então onde é que pensa exercer as suas ideias? Na cobardia do anonimato? Aqui no blogue, onde está livre do contraditório e pode lançar as suas bujardas?

Cresça uma espinha dorsal.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.12.2015 às 22:20

Está a falar para quem ?

O anónimo aqui é o caro, não eu. E só pelo facto do caro parecer que nasceu ontem e ter ideias a esse nível, os outros são obrigados a segui-lo ?

E... não passe por imbecil a chamar cobarde a quem nem sequer conhece. Cobarde é o caro e outros da mesma laia que aproveitam o conforto da blogosfera para ofender terceiros.
Sem imagem de perfil

De Valdemar a 30.12.2015 às 13:09

Anonimato?

Valdemar Iglésias de Leiria.

Escrevo regularmente no Redes do Damas e esporadicamente no Cabelo do Aimar.

E se tivesse ideias tão obviamente contraditórias às da direcção que causam tão mal ao clube, não iria, por exemplo, colocar um outdoor na segunda circular a dias de um importantíssimo jogo que decide a liderança do campeonato.

Antes esgrimiria ideias no sítio próprio, na assembleia do clube perante outros sportinguistas.

Sejamos francos, uma derrota no dia 2 frente ao FC Porto, seria um dia feliz para si, não é verdade?
Sem imagem de perfil

De m1950 a 28.12.2015 às 22:22

O Rui está a partir de uma premissa errada , o Rui Barreiro é que pediu AG ... e pelo comunicado estavam-se a recolher assinaturas para haver uma AG , sendo assim BdC por si mesmo decidiu convocar a AG e dar a palavra ao conselheiro leonino...

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.12.2015 às 22:36

Não li que Rui Barreiro tivesse exigido uma AG, mas mesmo que tenha sido esse o caso, não vejo onde indica que estavam a ser recolhidas assinaturas para o efeito, salvo pela afirmação de BdC que pretende evitar essa tarefa.

Mas mesmo nestas circunstâncias, salvo a exigência através da recolha do número de assinaturas estipuladas pelos Estatutos, acho ridículo que uma AG seja realizada apenas por um sócio discordar do presidente. AG essa que será assistida por 200 ou 300 sócios, se tanto, e que por natureza limitará a divulgação de muita informação.

Seria a minha preferência um debate livre no canal do SCP, que seria assistido por milhares, potencialmente milhões de sportinguistas, e onde muito podia ser esclarecido e da melhor forma.
Sem imagem de perfil

De m1950 a 29.12.2015 às 01:13

Da outra vez que eu falei numa AG pensei que estivesse a par :

http://foradejogo08.blogspot.pt/2015/12/conselheiro-leonino-pede-ag-e-lembra.html

É um conselheiro leonino que acha importante clarificar o caso Doyen , eu também quero ser esclarecido , e já agora que ele aponte as suas posições e críticas e mostre se tem capacidade para ser alternativa a esta direção e que propostas tem ele para o Sporting. Eu dou o benefício da dúvida a quem tem coragem de dar a cara seja lá quem for , acho sim , que todos os que teem ideias sobre o rumo do Sporting , seja o que segue ou que deveria seguir , deveriam estar presentes e expor as suas ideias , criticando assim para construir não para destruir , com isso ganha o Sporting Clube de Portugal.

Não faz sentido um debate televisivo quando este senhor não é candidato a nada e nem sequer estamos em período de eleições , ele está a exercer um direito enquanto sócio do clube. Lógica oposicionista é simples , é preciso atacar nos momentos de fragilidade , pois bem é isso que fez , tem aqui a chance de se mostrar , ele e não só.

A AG ser passada na Sporting TV era o ideal , e isto começou na última , e espero que não seja apenas para o discurso do Presidente , para chegar a todos os sportinguistas.

Aqueles que discordam do rumo , na minha opinião , teem a obrigação enquanto sportinguistas de ir dar a cara pelas suas ideias que entendem que servem a defesa do SCP.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.12.2015 às 02:26

Eu também publiquei aqui essas declarações de Rui Barreio. Leia com atenção o post do outro blogue e verificará que ele não exigiu uma AG, isso é apenas a interpretação de quem escreveu o post. Eu não vi, na altura, qualquer exigência dele nesse sentido.

Ele acentua a gravidade do caso Doyen e aponta que os sócios deviam ser devidamente clarificados e que essa clarificação pode ser dada numa AG, numa reunião do Conselho Leonino ou da Direcção.

Por conseguinte, não há nem houve recolha de assinaturas nem qualquer exigência absoluta para uma AG.

Ainda, e mais importante, tudo aquilo que nos falta saber sobre a decisão do TAS está no segredo do Tribunal e as partes não podem divulgar salvo haver consentimento mútuo. O TAS deixou isso bem esclarecido pelo anúncio abreviado da sua decisão.

Pasma-me como pessoas inteligentes não sabem ou recusam fazer uma leitura correcta do que se está a passar, nomeadamente que o Bruno necessita desviar atenções dos outros recém-eventos. Esse é o seu único objectivo.
Sem imagem de perfil

De joao cardoso a 28.12.2015 às 22:57

Se há clube onde as oposições não dão um dia de descanso aos orgãos sociais, esse clube é o Sporting. Este blog é, aliás, a melhor prova disso. Estou em crer que o SCP deve ser o clube em Portugal mais atacado - imprensa, lideres/membros de outros clubes, antigos dirigentes do SCP, actuais oposicionistas pretendentes a futuros dirigentes e redes sociais, incluindo "fogo amigo" de blogs alegadamente sportinguistas.
Uma coisa é a crítica, outra coisa é o deita-abaixismo acompanhado do insulto - alguns opinadores do CL são um triste exemplo do TERRORISMO usado contra os orgãos sociais do clube. Ler as caixas de comentários dos desportivos e ler alguns comentários nas redes sociais, neste frenesim anti-Sporting, é uma tristeza.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.12.2015 às 23:08

Confunde "oposição" com liberdade de expressão, crítica que seja.

O único "terrorismo" que vê aqui - a maior parte não chega a ver porque é editado - é precisamente por parte dos apoiantes de Bruno de Carvalho. Os piores dos insultos e impropérios.

Mas até nem vejo a admiração, dado que foi assim - e muito mais - que conduziu este presidente ao poder.

Não comento a comunicação social. Já todos sabemos o que a "casa" gasta.
Sem imagem de perfil

De joao cardoso a 29.12.2015 às 00:49

Eterno Benfica @EternoBenfica 2h
Esta convocatória de assembleia-geral do Sporting é a maior caça às bruxas de sempre. Absolutamente surreal.
.
há partilhas de ideias que nem são tão surreais assim :-)
Sem imagem de perfil

De CarlinhaMR a 29.12.2015 às 05:20

Conclusão:
- O presidente do Sporting pode dizer o que bem lhe apetece, pode insultar e disparar em todas as direções, sendo que algumas 'balas perdidas' atingem os próprios sportinguistas, algo que não nunca vi nos outros presidentes, apesar de serem uns bons malabaristas para não dizer um palavrão.
O senhor Bruno de Carvalho pode tudo e quem lhe desafie ou exija explicações, é o mau da fita, o desestabilizador, o anti.

Tantos dizem à boca cheia: vão criticar cara a cara na AG. Será que não viram como se processa uma AG à maneira brunista?? Não é mais que um palco onde esse senhor é o actor principal, com aquela fome insaciável de se auto-elogiar, de derrubar tudo e todos os que lhe oponham, de mandar farpas aos rivais, com razão algumas, mas outras são mesmo fruto do seu temperamento conflituoso. Ele precisa dessa adrenalina para viver...e recebe-a através do seu belicismo incurável, que tanto consideram como actos heróicos.
Quem deveria ser privilegiado com o maior tempo de antena?? Os que queiram ver dúvidas esclarecidas ou o presidente?
Querem que se vá confrontar alguém à AG, que anula quem lhe faça frente?? Que concede uns parcos minutinhos para se exporem dúvidas ou ideias?
Acto de coragem? Mas que coragem é esta?

O Kim Jong-un também é um corajoso dos diabos, sem querer comparar a papel químico, isso também não, simplesmente o lado ditador.

Eu sou crítica, mas nunca iria serrar pedra a uma AG ...que não é mais que um festival BdC. As suas qualidades que também tem como todos, são ofuscadas pelas suas atitudes agressivas, malcriadas até.

No fundo, é um menino mimado que sonhou ser presidente do Sporting e conseguiu. Mas que não tem postura de um presidente e está deslumbrado pelo facto de ser capas de jornais, de ser um foco de atenções que ele mesmo alimenta, e quem lhe siga religiosamente, não ajuda a que o rapaz cresça como representante do clube que tanto amamos.

Sejam outros a ter estas atitudes, são logo rotulados do pior, mas ao Bruno perdoa-se tudo?? Mas é ele que salva o clube ou quem banca a massa, que ninguém sabe ao certo quem é?? Na realidade, a verdade virá à tona no fim.
Também trabalhei em grandes empresas, mas jamais passou pela minha cabeça que apesar de dar tantas horas da minha vida às mesmas, não fui eu a mantê-las de pé e sim, os donos das mesmas, os senhores do capital.

Mas também, não acho que o BdC seja um outro Vale e Azevedo; a meu ver, é apenas um sujeito super mimado, ditador e imaturo. A voz grossa engana lol e talvez o lugar certo para esse rapaz, seria na Juve Leo ou outra claque. Aí já podia berrar à vontade, ir a discotecas até de cuecas, que ninguém daria por nada!!

Continuação de Boas Festas....!
Imagem de perfil

De Ricardo Leão a 29.12.2015 às 07:18

Muito bem Rui!

Comentar post


Pág. 2/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo