Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Comunicado de Luiz Godinho Lopes

Rui Gomes, em 15.01.17

 

godinhobruno1.jpg

O antigo presidente do Sporting Clube de Portugal, Luiz Godinho Lopes, emitiu um comunicado este sábado, intitulado Contra o branqueamento da História, através do qual visa a actual Direcção de forma crítica, considerando que «a “mão salvadora”, uma vez mais, da actual Direcção, agora no início de 2017, cerca de 4 anos depois de eu ter saído (Março de 2013), não engana ninguém a não ser evidenciar a desorganização interna do Clube, pelo que, assim, não tem outro propósito senão o de confundir os mais incautos ou distraídos».

 

Eis o comunicado na integra:

Contra o branqueamento da História

Como desde a primeira hora, e sempre que sobre mim ou a equipa que liderei no Sporting Clube de Portugal saem referências falsas e ou deturpadas, venho esclarecer:

i). desde o primeiro momento fui sensível aos superiores interesses do Sporting Clube de Portugal e, por isso, apesar de desafiado a descer à praça pública para esclarecer, considero o Clube e a sua estabilidade o bem mais precioso pelo que tantas vezes me tenho inibido de responder a quem sobre mim lança tantas e infundadas acusações e suspeitas;

ii) nos últimos meses de 2016, a pedido do PMAG, desloquei-me ao Clube, onde, durante mais de sete horas, respondi de forma voluntária e colaborante a uma Comissão de Inquérito unilateralmente constituída pelo Conselho Directivo, tendo-me, no final, limitado a produzir considerações positivas. Isto mesmo sabendo antecipadamente qual seria o desfecho sobre os processos em curso;

iii). na manhã de ontem foi publicada no Correio da Manhã uma notícia que reincide em informações falsas (pois aludem a contas escondidas) enganadoras mas que, ainda assim, terão da minha parte resposta só em comunicado dado o momento importante da vida do Clube: a decorrer a época desportiva e: com eleições a 4 de Março;

iv). se, todavia, esta campanha contra mim se mantiver, reservar-me-ei o direito de alterar o silêncio que devo por respeito aos atletas e equipas técnicas, que nas mais diversas frentes trabalham diariamente para o sucesso do Sporting Clube de Portugal. Não serei eu, pois, quem continuará a desestabilizar!

v). faço este comunicado pois o Correio da Manhã de ontem faz duas referências ao meu mandato: contas da SGPS e pagamento a Pedro Baltazar.

Ora, como é do conhecimento de todos, saí em Março de 2013; as contas da SGPS naturalmente são todos os anos aprovadas e fechadas como o foram na época de 2011/2012. Havia, como para todas as empresas do Grupo Sporting, um auditor, BDO e foram entregues nas Finanças. Só não foram registadas na Conservatória, como acabo de apurar, pela instabilidade que se vivia no Clube; o que pelos vistos também ocorreu no final das épocas, 12/13, 13/14, 14/15 e 15/16 por responsabilidade exclusiva da actual direcção. Falar em eventual dissolução da SGPS e “mão salvadora”, uma vez mais, da actual Direcção, agora no início de 2017, cerca de 4 anos depois de eu ter saído (Março de 2013), não engana ninguém a não ser evidenciar a desorganização interna do Clube, pelo que, assim, não tem outro propósito senão o de confundir os mais incautos ou distraídos. Não merece mais comentários.

.vi) Sobre o “pagamento a Pedro Baltazar” e exclusivamente também para esclarecer:

o valor mencionado, na medida em que o seu pagamento não está em causa, resulta este de um acordo feito entre a anterior Direcção de José Eduardo Bettencourt e o representante do accionista de então e membro do CA da SAD, Pedro Baltasar; li que o pagamento tem vindo, pelos vistos, a ser feito através de acordo com a actual Direcção - congratulo-me com esse facto, pois a minha direcção estava a negociar pagar cinco não seis milhões de euros quando o mandato foi, como se sabe, interrompido;

vii) afinal virá um sucedâneo a esta Direcção a pagar os acordos que esta fizer em nome do Sporting e por termino do seu mandato, e que ainda sejam vindouros. Sempre sucedeu e sucederá em qualquer sociedade.

viii) Esperei e desejei que a nossa equipa vencesse, em Chaves, de modo a assumir um lugar na classificação de acordo com o seu valor e que afinal os sócios e adeptos do Sporting merecem e desejo também e que nos concentremos no acto eleitoral que se avizinha, deixando para os Tribunais aquilo que a Direcção actual entendeu ser lá discutido;

ix) basta de “bodes expiatórios” e atitudes de auto-flagelação para, destruindo o Clube por dentro e dividindo o mesmo, e desviando as atenções do essencial: unir os Sportinguistas e engrandecer o nosso Clube.

Viva o Sporting

 

publicado às 04:48

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


7 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 15.01.2017 às 17:43

Boa tarde Rui,

Acabo de ler uma noticia associada a este tema no link abaixo. Alarmante.

http://www.cmjornal.pt/desporto/detalhe/contas-escondidas-tramam-sporting
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 15.01.2017 às 17:46

Isso é de sexta-feira, salvo erro, e é precisamente o que provocou o comunicado de Godinho Lopes. Aliás, ele refere esse artigo do CM na sua missiva.
Sem imagem de perfil

De José Santos a 15.01.2017 às 18:04

Rui,

Penso que a notícia em causa é de hoje. Mas vou confirmar.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 15.01.2017 às 18:08

Fui verificar e é o artigo de Sónia Trigueirão de sexta-feira, o tal, como já referi, que precipitou a missiva de Godinho Lopes.
Sem imagem de perfil

De José Santos a 15.01.2017 às 18:46

Obrigado Rui.

Um assunto melindroso que não está a ter o tratamento que merece.
Sem imagem de perfil

De José Santos a 15.01.2017 às 17:44

O anónimo sou eu
Sem imagem de perfil

De Jorge a 16.01.2017 às 10:43

A noticia parece-me para lá de exagerada.
Salvo erro a questão é meramente administrativa e não merece o tom alarmista que o CM lhe dá. É obrigatório o registo das contas das empresas nas conservatórias. Não sendo feito durante uns anos, dá-se inicio a um processo de dissolução que se resolve pagando os registos em atraso e umas multas de valores pouco significativos.

Agora, para isso ter acontecido é porque nos ultimos anos não se tem feito registo. Deve andar tudo no facebook....não tiveram tempo.
Dizer que a culpa é do Godinho, só pode ser piada.



Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo