Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




download (1).jpg

A Procuradoria-Geral da República abriu um inquérito ao Conselho de Arbitragem (CA) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), por alegados crimes de corrupção e falsificação de documentos. Segundo avançou o Jornal de Notícias e confirmou a RTP, a queixa anónima foi confirmada pelo antigo árbitro Jorge Ferreira à Polícia Judiciária.

É tudo sobre as ilegalidades que este CA tem feito, de corrupção e de falsificação de documentos, e está tudo entregue às autoridades”, referiu Jorge Ferreira em declarações à RTP. Alega ainda o ex-árbitro que quando exercia funções e fiscalizava os principais jogos, sofria “pressões de responsáveis pelo CA”.

O Departamento Central de Investigação e Ação Penal vai investigar a queixa de forma a averiguar se existe algum tipo de favorecimento, por parte dos árbitros nacionais, ao Sport Lisboa e Benfica, Sporting Clube de Portugal e Futebol Clube do Porto.

Caso se confirmem as suspeitas de corrupção e falsificação de documentos, poderão estar em causa as classificações da época 2016/17 que levaram à despromoção de Jorge Ferreira.

Reportagem de Frederico Pedreira, O Eco

Bem... a haver investigações para determinar a hipótese de "favorecimentos" por parte dos árbitros ao Sporting, deve ser, decerto, com o intuito de justificar os títulos conquistados nas últimas décadas. Isto, evidentemente, pela óptica de um cínico!

De qualquer modo, vamos esperar bem sentados por qualquer conclusão que faça sentido, como aliás sempre acontece em Portugal.

publicado às 16:15

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


2 comentários

Imagem de perfil

De Mike Portugal a 14.03.2020 às 08:18

Corrupção na arbitragem ?!?!!? Não pode ser. Só podem estar enganados. looool
Sem imagem de perfil

De ChakraIndigo a 14.03.2020 às 20:10

O Presidente do Conselho de Arbitragem, Fontelas Gomes, é casado com a observadora Eliana Pinelo. Logo aqui existe uma clara incompatibilidade de funções. Um dos dois deveria ter de se demitir, pois não podem ambos exercer, uma vez que os dois cargos são inconciliáveis.

Fontelas Gomes esteve também envolvido numa transferência do filho ainda menor para o SCP e, embora receba cerca de 10 mil euros por mês, os gastos que realiza são incompatíveis com o nível de vida que faz, assim como as despesas que suporta e que realiza.

Depois, o Vice-Presidente da Secção não profissional, Dr. Paulo Costa, tem como irmão o árbitro (C1) Rui Costa, que sendo irmão de quem é, acaba por sair favorecido. Logo por aqui se vê que existe outro claro conflito de interesses.

De acordo com o regulamento de arbitragem, um árbitro não pode pertencer aos quadros federativos se tiver um observador na família ou se tiver relações com familiares directos. Como é possível (não) conviverem diariamente com a família?

Continuamos com o Dr. Bertino Miranda, Vogal de secção profissional. Este decide as classificações dos assistentes. Sabemos que no passado falou pessoalmente a José Braga e a Tiago Rocha - árbitros que tinham todo o interesse em recorrer das suas notas - para saber da disponibilidade de ambos actuarem como colaboradores na academia da arbitragem. Após o decurso do prazo de recurso, não mais foram contactados, evitando assim reclamações e alaridos públicos por uma eventual decisão contrária a sair do recurso que aqueles pretendiam interpor.
.
Álvaro Mesquita, árbitro auxiliar, chegou a ter 8/9 notas negativas em épocas passadas, contudo, acabou nas últimas jornadas com notas de "Muito Bom". Este fazia parte da equipa de Jorge Sousa. E quem era colega de equipa de Jorge Sousa? Bertino Miranda, que avalia os árbitros assistentes.

Ricardo Duarte, membro do Conselho de Arbitragem, está ligado a um grupo que actua próximo dos árbitros e árbitros assistentes, condicionando jogos e pressionando-os a comportamentos que implicam decisões contrárias ao regulamento de jogo.

Lucílio Baptista, Pedro Portugal e Albano Fialho, membros da Secção de Classificações, são os responsáveis pela alteração das notas introduzidas na plataforma informática. São eles quem têm o poder de alterar as notas a seu belo prazer (podendo penalizar quem age correctamente) e protegem os interesses de quem actua, alterando no computador as notas que lhes são transmitidas conforme as directrizes de Ricardo Duarte.

Estes não dão acesso dos documentos aos árbitros. Porque será? É que assim podem modificar as notas na plataforma informática. Volvidos meses, nenhum observador vai ver a nota que aparece na plataforma informática, até porque o que aparece no critério de descida é apenas a não classificação.

A arbitragem precisa de uma barrela de cima a baixo, mas com tantos interesses a manter, não vai ser fácil. Os favorecimentos começam na carreira de arbitragem, e os favorecidos vão favorecer aqueles que indirectamente os favoreceram.

O Benfica é um dos elos desta cadeia, posso reconhecer, mas todos os grandes o são, cada um à sua medida.
A pergunta que eu faço é - qual o clube que é comum à maioria destes responsáveis da arbitragem?

Há 40 anos a corromper, sem olhar a quem, sem olhar a meios.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo