Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Consideração do Dia

Rui Gomes, em 18.03.16

 

2.jpg323386_galeria_sporting_b_x_famalicao_segunda_liga

 

Uma questão muito simples, ou talvez não. A chegada de Bruno César ao Sporting teve um impacte muito negativo nestas duas grandes promessas da formação leonina. A utilização de Gelson Martins sofreu uma redução radical, enquanto que a de Matheus Pereira praticamente eclipsou. Entretanto, Bruno César impressionou nos seus dois primeiros jogos e, desde esse ponto, tem tido influência mínima na performance da equipa.

 

Facto ou ficção ?

 

Jorge Jesus é o único responsável por esta situação ?

 

Há razões para acreditar que este estado das coisas venha a sofrer alterações num futuro não distante ?

 

publicado às 04:02

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


42 comentários

Sem imagem de perfil

De js1974 a 18.03.2016 às 08:44

Segundo amigos que tenho burmelhos, acontecia exactamente a mesma coisa quando JJ estava lá, ele pura e simplesmente não aposta nos jovens e sabendo eles isso de antemão tenho a certeza que a confiança com que entram nos treinos também não é a mesma. É muita conhecida a célebre frase do JJ acerca das camadas jovens desse clube e julgo eu acerca do Matic. "Teriam de nascer 10 vezes"
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 18.03.2016 às 08:48

Todos são culpados:

1. Gelson porque tem vindo a registar exibições pouco produtivas e muito pálidas;
2. O Bruno César porque na maioria das vezes tb não tem aproveitado para justificar a titularidade que lhe é concedida;
3. Jorge Jesus porque não tem conseguido retirar o melhor destes 2 jogadores nem tem apostado em Matheus quando estes 2 não correspondem.


Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.03.2016 às 09:46

Sérgio,

Está a ver a "foto" ao contrário. Desde quando é que Jorge Jesus utilizou jogadores esta época assente na performance deles ? Ele tem ideias fixas e insiste com elas. Ponto.

Não me vou alargar, mas seria possível descrever-lhe o cenário completo.
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 18.03.2016 às 10:03

Rui não vale a pena falarmos do Teo já todos percebemos a embirração nossa e dele JJ.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.03.2016 às 10:14

Sérgio,

Não me estou a referir ao "Teo" nem eu nunca "embirrei" com ele, coisa que nunca faço com jogadores do Sporting. Há uns que aprecio mais do que outros, mas observei bem Gutiérrez logo a partir dos primeiros jogos. Reagi mais agressivamente com o colombiano, pela propaganda demagógica de alguns leitores.

Há vários outros exemplos da casmurrice de Jorge Jesus e estarmos ainda na "luta" pelo primeiro lugar, não explica nem justifica tudo. Podemos até perguntar one poderíamos estar, nesta altura, considerando o todo das circunstâncias.
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 18.03.2016 às 10:42

Rui não utilizei o termo embirrar nesse sentido.

No futebol é todo muito relativo exemplo:

Todos nós constatamos durante muito tempo que o Ruiz devia jogar nas costa do SLimani e não Teo, o que aconteceu quando finalmente o JJ "fez-nos" a vontade ... falhamos na finalização e Slimani deixou de ser melhor servido, coincidencia!?

O que é certo é que contra o Estoril Ruiz regressou à ala e Slimani voltou aos golos :).

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.03.2016 às 10:49

Análise incorrecta Sérgio. Deve analisar os golos que Slimani marcou precisamente com Ruiz a aparecer em zonas mais frontais à baliza e nas costas dele.

Além de algum possível cansaço, a redução de produtividade de Slimani deve-se, quase exclusivamente, às opções de Jorge Jesus. À ridícula opção de o sentar nos jogos da Liga Europa, à opção de não fazer a gestão dos amarelos que o condicionou bastante e também não podemos esquecer a ameaça do processo disciplinar.
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 18.03.2016 às 10:56

Rui o 2º golo do Slimani nasce de um cruzamento do Ruiz.
Sobre o seu 2ª paragrafo não a como não concordar.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.03.2016 às 11:05

E outros até... mas isso não impede Ruiz de jogar nas costas de Slimani, se até este também vai às alas recuperar a bola.

Uma coisa é o posicionamento táctico, outra é a movimentação do jogador.
Sem imagem de perfil

De Sotto Mayor de Belas a 18.03.2016 às 09:29

Sendo "verdade" ou não...o que é certo é que a notícia do jornal o Jogo vem na linha daquilo que tem sido o ataque, diria normal, ao Sporting.

É possível , sim, que JJ tenha teimosamente as suas ideias, desde a confiança no Teo até à utilização até à exaustão de um Bruno César bem diferente do que iniciou a "época".

No entanto, fazer a relação causa-efeito parece-me excessiva. Estarão efectivamente Gelson e Matheus em níveis bons para serem "opção"? Dou o benefício da dúvida a JJ...de treinar sabe ele!

Sendo a notícia do Jogo, menos interesse tem. Um jornal que publica que o Sporting pode colocar "coisas" nas comidas e bebidas do Carrillo merece-me ZERO, ou menos que isso, credibilidade!

SL
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.03.2016 às 09:43

Não me interessa o que o jornal O Jogo diz ou deixa de dizer. Não fundamentei o post nessa notícia que terá saído esta manhã.

Claro que dá o benefício da dúvida a Jorge Jesus. Nem outra coisa podia ser, mesmo com a evidência à vista.
Sem imagem de perfil

De Mike Portugal a 18.03.2016 às 09:54

O Gelson mostrou em vários jogos que ainda não está ao nível que o SCP precisa. É extremamente irregular nas suas exibições. JJ gosta de jogadores mais regulares. Mattheus mostrou ainda menos que Gelson.

Sinceramente, acho que Gelson nunca será jogador para a dimensão do SCP. Mattheus poderá vir a ser, mas ainda é cedo. Ambos precisariam de jogar com regularidade numa equipa de 1ª liga. Quem eu acho que já poderia fazer uma perninha na equipa principal seria o Podence (e não digo isto por causa do grande golo que marcou).
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.03.2016 às 10:05

Mike,

Digo-te isto construtivamente: és muito tendencioso nas tuas análises de jogadores.

Jorge Jesus gosta, acima de tudo, de jogadores experientes, e não perde muito tempo com jovens. Assim fez durante a sua estada no SLB e assim está a fazer no Sporting.

Podence podia fazer "uma perninha", e até não digo que não, mas Gelson e Matheus, depois do que já mostraram, não te impressionam. Muito bem...
Sem imagem de perfil

De Mike Portugal a 18.03.2016 às 10:58

São jogadores pouco regulares e ainda não têm o perfil de decisão bem afinado. Queremos que evoluam o seu perfil de decisão no SCP podendo custar-nos pontos ou noutro clube de 1ª liga? Essa é a pergunta que temos todos que responder.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.03.2016 às 11:08

Compreendemos isso Mike, mas ambos, já para não falar de Carlos Mané, já evidenciaram o suficiente para justificar a sua utilização com regularidade, que não implica, necessariamente, a titularidade.
Sem imagem de perfil

De SMCM a 18.03.2016 às 21:23

Qualquer jogador que não jogue regularmente tem grandes dificuldades em ser constante. Quem tem 90min para brilhar tem maiores probabilidades de cair no goto do treinador/adeptos do que quem joga 10min finais, a espaços, por vezes com a equipa em stress.. Será que o Renato Sanches seria chamado à selecção se jogasse 10min por jogo a espaços?
Sem imagem de perfil

De Riskos a 18.03.2016 às 11:03

Não concordo com o Mike, Gelson é um jovem que mantém um enorme potencial, o problema é que antes de agitar com o jogo primeiro comete erros de principiante. Dito de outra forma, precisa de entrar com tempo para fazer umas asneiras para depois explodir. Infelizmente JJ não lhe tem dado tempo de jogo suficiente para isso, daí que por vezes passe uma imagem diferente daquilo que pode valer.

Também não concordo inteiramente com o Rui, como qualquer treinador JJ quer ganhar os jogos e tenta colocar os jogadores que mais se adequam à estratégia que idealiza, sejam eles jovens ou menos jovens.
O grande problema é o aproveitamento que as digamos segundas linhas fazem das oportunidades que vão surgindo, lembro que quando JJ aposta numas segundas linhas, chovem as criticas ao treinador porque ele apenas aposta no campeonato. Será que, se Gelson, Mane, Matheus e outros tivessem um melhor rendimento na Liga Europa e na Taça da Liga, não estariam ainda a competir com mais regularidade.
No Benfica, nas épocas que o chegaram à final da Liga Europa praticamente tinham duas equipas de titulares e isso incluía vários jovens.
A titulo de exemplo, lembram-se das primeiras épocas de Gaitan, quantas jogos fez a titular? E quando era titular era dos primeiros a ser substituído. E como Gaitan ha diversos outros que poderiam servir de exemplo.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.03.2016 às 11:13

No contexto da realidade do Sporting, que não é comparável ao que Jorge Jesus chegou a ter à sua disposição no SLB , a utilização da chamada "segunda linha" raramente resulta, tanto colectivamente como no que diz respeito à evolução dos jovens. Estes devem ser sempre integrados gradualmente na primeira linha e não fazer parte de uma equipa com 7/8/9 jogadores que raramente jogam juntos.

Esta realidade do Sporting, é semelhante à de muitas outras equipas, salvo as galácticas, claro.
Sem imagem de perfil

De Gonçalo a 18.03.2016 às 10:17

Todo o projecto Sporting 2015/2016 foi pensado para o sucesso imediato. Não digo isto como crítica positiva ou negativa. Foi uma escolha legítima. Não seria a minha, até porque o nosso ADN sempre foi o de clube aproveitador da formação, mas tendo em conta as circunstâncias até posso compreender a abordagem. Todos sabíamos o perfil de JJ, todos sabemos a necessidade de vencer um campeonato rapidamente. A minha curiosidade é perceber o pós 2015/2016. Com vitória ou derrota no final, este parece um modelo de curto prazo, ou seja, vão ser necessárias remodelações e preocupa-me não perceber como fazê-las de forma sustentada ou sem voltar "à estaca zero".
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.03.2016 às 10:53

Concordo genericamente. Na realidade, não há projecto nem estratégia, mas sim a ambição da conquista do título no imediato. Depois... logo se vê, pensaram eles.

Não significa que seja uma opção cem por cento errada, compreende-se o objectivo e as necessidades, mas também os riscos, caso não venha a resultar.
Sem imagem de perfil

De Riskos a 18.03.2016 às 11:12

Rui, apenas não concordo com o "Depois...logo se vê."
Nitidamente existe uma ideia de valorizar e proteger activos e isso tem sido feito. Obviamente com a conquista do titulo mais se valorizam, mas por si só, o facto de já estarem a lutar por esse objectivo até ao final aliado ao facto de estarem a ser trabalhados por um treinador de reconhecida capacidade em melhorar desempenhos é um garante da valorização esperada.

Criando uma base com inegável qualidade e com experiência em vencer, será muito mais fácil integrar jovens e ir substituindo um ou outro titular que possa sair com grande retorno financeiro. No fundo foi isso que aconteceu no Benfica.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.03.2016 às 11:16

Tudo bem, mas ainda não se viu esse "garante da valorização esperada", pelo menos no contexto desta época.

Sem imagem de perfil

De Riskos a 18.03.2016 às 11:43

Então não se viu, Adrien vale muito mais, Slimani vale muito mais, então João Mário vale imensamente mais, atrevo-me até a dizer que Bryan vale mais. Um terço da equipa.

Acredito que se alguém se disponibilizar a adquirir, Gelson, Semedo, Mane, Matheus entre outros, mesmo não sendo titulares indiscutíveis, terão de abrir os cordões à bolsa, com toda a certeza valem bem mais do que valiam no inicio da época, concedo que em relação ao Mane possa não ser bem assim.
O meu receio é o que foi sendo falado em post anteriores, uma eventual falta de liquidez, obrigue a vender algum destes jogadores a preço de saldo. Embora neste aspecto aparentemente a situação está controlada.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.03.2016 às 11:50

Quanto ao melhoramento, está a pecar por extremar pela generalização. Cada caso é um caso e tem a sua própria explicação, e o leque de explicações não tem Jorge Jesus como factor comum exclusivo, necessariamente.
Sem imagem de perfil

De Riskos a 18.03.2016 às 12:02

Concordo, mas não quis generalizar a valorização ao factor JJ mas também à protecção efectuada que garante estabilidade e capacidade decisão sobre eventuais vendas. Ou seja contratos com média duração acompanhados com aquisição de percentagem sobre passes que estava "perdida".

Obviamente nem todo foram vitorias, perdemos Carrillo e isso não é um pormenor de pouca importância.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 18.03.2016 às 10:20

Vou fazer também a minha consideração do dia: A não renovação do Carrillo permitiu mais oportunidades ao Gelson e ao Matheus.... partindo dessa lógica, então foi bom a não renovação do Carrillo?!

Um treinador quando fica privado de um determinado jogador tem de arranjar soluções dentro do plantel. No caso dos extremos, que era evidente a nossa falta de soluções com provas dadas, Bruno César parece-me uma boa contratação, já que tem experiência competitiva e tem algumas características únicas no nosso plantel, tais como a qualidade no remate (que se vê nos 3 golos marcados em apenas 420 minutos de jogo).

Dou razão ao Rui Gomes num aspecto.... as constantes invenções de JJ (com constantes alterações no 11 titular) não foram positivas para a criação de mecanismos tácticos, o que poderá explicar alguma oscilação exibicional.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.03.2016 às 10:26

Nunca pode ser bom ficar privado de um jogador ao nível que Carrillo tinha vindo a exibir de há uns tempos a esta parte. Nunca é um positivo. Para atenuar esse negativo, surge, de facto, oportunidades para outros, mas no curto prazo nunca pode compensar.

O que mais me tem desapontado sobre Bruno César é ele ter vindo rotulado de rematador e estar a fazer muito pouco disso. Claro, e já pensei nisto várias vezes, também pode ser precipitado pelo sistema de jogo do treinador e a sua disposição táctica da equipa.
Sem imagem de perfil

De js1974 a 18.03.2016 às 10:21

Volto a dizer o que já disse várias vezes, JJ é conhecido e ele próprio gosta de se reconhecer como um treinador que potencia jogadores, estarão certamente recordados que disse que WC ia jogar o dobro com ele. WC chegou supervalorizado do europeu de sub-21, ainda vale o mesmo? Ou o dobro?
Posto isto pergunto eu: Quantos jogadores potenciou ele este ano?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.03.2016 às 10:27

Nem um, especialmente se nos estamos a referir a jogadores da "casa".
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 18.03.2016 às 10:29

js1974,

O WC veio lesionado do Europeu e perdeu o comboio da pré-época.... já se nota a evolução nos últimos jogos, aliás com o Estoril, considero o WC um dos melhores em campo.

Quanto à argumentação da potencialização de jogadores.... Adrien a médio defensivo, João Mário a extremo, Ruben Semedo e Slimani são claros exemplos de evolução!!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.03.2016 às 10:33

Schemeichel,

Todos estes casos que cita são evoluções naturais que se ficam dever a mais do que treinador.

O caso de Rúben Semedo não tem quase nada a ver com Jorge Jesus, salvo por o ter chamado do V. Setúbal (quando até a lógica indica que não o deveria ter feito).
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 18.03.2016 às 11:12

Quanto ao Ruben Semedo, relembro alguns factos:

- jogou e bem no jogo de pré-época do Leonardo jardim contra a Fiorentina, chegando a marcar um golo.

- na época de Marco Silva não houve aposta no jogador.

- na época de JJ, relembro que o Rúben Semedo jogou na Supertaça, tendo JJ chegado a treinar o jogador para o meio campo. Dizer que JJ não tem nada a haver na evolução do jogador, é no mínimo discutível.... já que foi ele que pediu o seu regresso do Setúbal!
Sem imagem de perfil

De js1974 a 18.03.2016 às 10:45

WC tem melhorado claro fruto dessa lesão, mas joga o dobro? Valorizou o dobro?

Adrien e João Mário são muito melhores que o ano passado? Ruben Semedo fez 15 jogos pelo vitória e 6 pelo Sporting é preciso dizer mais? Slimani para mim foi o único que se valorizou, mas aqui eu tenho uma teoria do óbvio, JJ gosta e sempre gostará de avançados possantes fisicamente, iria sempre apostar em Slimani em detrimento de Montero, basta ver que contratou Barcos jogador à imagem de Slimani e se quisermos à imagem de Cardozo que com ele jogou no águias de carnide.

Eu quando falo em valorizar jogadores são aqueles que ninguém conhece e de repente JJ faz deles um jogador com bastante valor de mercado. quanto a esses temos nenhum.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 18.03.2016 às 11:29

Não, não valorizou o dobro.... mas repito, com esta lesão seria quase impossível!

Se Adrien e J.Mário são muito melhores? hoje eles são jogadores mais completos... por exemplo o Adrien hoje defende muito melhor e é mais agressivo. O J.Mário hoje faz combinações nas faixas que nunca tinha visto fazer no tempo de MS, e na minha opinião isso fá-los serem melhores! No caso do R.Semedo deixei a minha opinião na resposta acima.

JJ já valorizou dezenas de jogadores ao longo da sua carreira, mas reconheço que ele é mais conhecido por ganhar títulos, e para se ganhar títulos não é a apostar em jovens de 18 anos... que são (retirando do seu texto) "...aqueles que ninguém conhece..." e apenas com esses não se ganha títulos.
Sem imagem de perfil

De SMCM a 18.03.2016 às 21:37

Se o SCP não aproveita esta equipa, com RP, Jefferson, WC, Adrien, JM, Slimani, Mane ja com 3 anos na equipa principal para lançar dois jovens, não sei quando o vai fazer..
Bom do outro lado da 2a circular está um treinador, não campeão, a arriscar-se a se-lo pela 1a vez com, renato sanches no meio, lindeloff a central, Nelson semedo a defesa direito e Gonçalo guedes na ala... puxa, será possível?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.03.2016 às 10:30

P.S. Reconheço-lhe mérito, no entanto, pela decisão de dar a "braçadeira" a Adrien. Esse mero acto fez um melhor jogador dele e tem sido de facto um líder.
Sem imagem de perfil

De js1974 a 18.03.2016 às 10:47

JJ acha que o capitão tem de ser jogador de campo e não um GR, torna-se mais fácil o diálogo com o árbitro. Coisa que também eu concordo.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.03.2016 às 11:53

Há muito que argumento isto. Nas minhas equipas ao longo dos anos, nunca permite que o capitão fosse o guarda-redes. O caso do Sporting ainda é mais acentuado, porque Rui Patrício não tem esse perfil, como homem.
Sem imagem de perfil

De PSousa a 18.03.2016 às 12:14

SL
A minha humilde opinião.

1) JJ, e nós já o sabíamos, não aposta muito nos "jovens"
2) Bruno César não veio dar assim tanta mais valia ao plantel, mas é uma aposta do treinador.
3) A Gelson falta-lhe ser mais simples! A Matheus um pouco mais de garra!

No entanto acho que os dois, bem como Mané deveriam estar sempre presentes nos convocados e mesmo que estejam no "banco" devem entrar quando por exemplo estamos a ser ultrapassados pelas equipas adversárias em "velocidade".
Se eu fosse, mas não sou, treinador do SCP... Gelson e Matheus seriam indiscutivelmente os meus dois alas para irem à linha e cruzarem para Slimani e Bryan Ruiz. Depois teria Mané no banco para ir trocando com BR que por vezes me parece cansado, mas que o seu perfume não deixa transpirar o cansaço em campo.
Sei que vão questionar que eu tiraria de campo para colocar os dois... em casa, contra equipas que nós temos/devemos ganhar a minha equipa seria:
Patricio, Jefferson, Coates, Paulo Oliveira, J Pereira, Adrien, J Mário, Gelson Matheus, Bryan Ruiz e Slimani.
Esta minha "line-up" vai já levantar muitas questões... LOL
Abraço e amanhã AROUCA neles!
Sem imagem de perfil

De Bruno da Cunha a 18.03.2016 às 13:04

JJ não gosta de apostar em jovens e eu continuo com a minha ideia de que apenas apostou nesses 2 porque não tinha o Carrillo e não havia mais ninguém tal como no benfica apostou no Ivan Cavaleiro quanto tinha Sálvio, Markovic e mais um lesionado que agora não me lembro ou com o Gonçalo Guedes o ano passado quando só tinha o Gaitan como extremo puro...

Fora isso ele não gosta de apostar nesses jogadores e a prova é que assim que Bruno César chegou encostou-os... para não falar que o Mané que era decisivo até ao ano passado com ele quase não calça...

Não lhe tiro mérito e para mim é o melhor treinador em Portugal de momento mas isto é o que ele faz e o Tobias é outro que com o Marco Silva tinha grande margem de progressão e minutos para jogar e toda a gente viu a classe do miúdo e JJ queimou-o e foi buscar Naldo que a meu ver não é jogador para o Sporting tal como Ewerton...

É o que temos mas vai contra aquilo que sempre foi a política do Sporting desde que me lembro e que orgulhosamente podíamos afirmar que éramos os melhores em formação e parte era por lhe darmos oportunidades quando chegavam a este nível e JJ mudou isso e para quem é Sportinguista isto não é algo que se aprecie... Só BdC é que não vê isto que está cego de amores pelo JJ... Sim porque com tudo o resto cego já ele provou que é...
Sem imagem de perfil

De antonio a 18.03.2016 às 15:36

Jesus tem na sua política jogar sempre com os melhores e jogar sempre com os jogadores que ele mandou vir.

No Benfica Bruno César fez talvez dois jogos bons e teve inúmeras oportunidades. Como nunca correspondeu, foi vendido assim que apareceu a oportunidade, mesmo que Jorge Jesus o quisesse.

Aqui passa-se o mesmo. Se é mau? Nao sei, sei é que Bruno César nao rende e acaba por tirar espaco a este smiudos
Sem imagem de perfil

De SMCM a 18.03.2016 às 21:44

É por causa disso que eu sou contra a que sejam os treinadores a escolher os jogadores. É ver o exemplo recente do FCP, lopetegui teve os que quis, qd não renderam, os outros, os preteridos/não escolhidos pelo técnico, minaram o plantel e lopetegui ferro-se. Isto é tudo mto giro quando começa a correr bem..

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo