Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

77695-affiche-du-match-om-scp-fiche.jpg

 

Um mau começo para o Sporting neste jogo-treino com o Marselha, a sofrer um golo logo no primeiro minuto, num lance em que a falta de velocidade da defesa leonina esteve em evidência.

 

Jorge Jesus fez alinhar Pedro Silva, Piccini, Coates, Mathieu, Coentrão, Petrovic, Battaglia, Bruno Fernandes, Bruno César, Alan Ruiz e Bas Dost.

 

Será mais uma experiência do treinador, porque à primeira impressão não dá para compreender este onze, em que se verificam dois trincos - Battaglia e Petrovic -, Bruno Fernandes à frente deles, e sem extremos, salvo se considerarmos Bruno César. Alan Ruiz a jogar no espaço atrás de Bas Dost. Muita posse de bola neste primeiro período, mas falta de ideias e eficácia no último terço do terreno, sem que uma única oportunidade de golo tivesse sido criada.

 

Para começar a segunda parte entraram Jonathan Silva, Matheus Pereira, Matheus Oliveira e Daniel Podence, a substituirem Fábio Coentrão, Petrovic, Bruno César e Alan Ruiz.

 

A história repetiu-se e o Sporting sofreu o segundo golo na marca dos 50 minutos, mais uma vez com a defesa a ser batida em velocidade. Um problema, ou seja, um receio, que já referi em outras ocasiões.

 

A espaços, ainda se viu alguma produtividade do Sporting, muito pela influência de Matheus Pereira e Daniel Podence, com este a sofrer uma falta para grande penalidade, aos 70', convertida por Seydou Doumbia, que entretanto tinha entrado para o lugar de Bas Dost.

 

Gostava de ser mais simpático, mas, na realidade, continua-se a ver muito pouco deste Sporting. Não consigo apontar um único aspecto do jogo leonino que entusiasma.

 

Nota: Marcos Acuña, contrário ao que se esperava, não equipou para este jogo. A sua ausência foi comentada e leva a questionar, apesar de já estar integrado, se a sua transferência já foi oficializada. Curiosamente, a SAD ainda não emitiu um comunicado nesse sentido.

 

publicado às 20:05

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


39 comentários

Sem imagem de perfil

De j. a 18.07.2017 às 20:28

A defesa está num estado.....por este andar, teremos que continuar a comprar laterais e centrais.
Coates nas covas no primeiro golo, Matthieu a ver a bola passar no segundo.
O coentrão está também com um deficit competitivo gritante e com isto hoje para mim, Piccini foi o melhor daquela defesa.
Um meio campo com Petrovic, Battaglia, A.Ruiz , B.Cesar e B.Fernandes irá ser sempre um meio campo com 0 capacidade de mobilidade.
Que diferença quando entrou M.Pereira e Podence em campo....
Imagem de perfil

De Greenlight a 18.07.2017 às 20:28

Na primeira parte o Sporting jogou a 1o à hora, com excepção do Fábio, do Alan e do Mathieu que jogaram a 5 à hora. Salvou-se o Pedro Silva, o único da formação (JJ no seu melhor!) que é melhor que o AsbeJug.
Na segunda parte com a entrada do Podence e também do Matheus Pereira a velocidade aumentou naturalmente e o OM teve mais dificuldades. Atéo Battaglia jogou alguma coisa.
O Sporting sem o Adrien e William é muito fraco. Se saírem os 2 e não entrar ninguém a um nível aproximado dificilmente o Sporting atingirá os seus objectivos, para falar em futebolês.
Sem imagem de perfil

De nuno a 18.07.2017 às 20:52

A defesa mete dó.
Gostei apenas do Pedro Silva, Matheus Pereira e do Battaglia.
É esperar pelos internacionais portugueses, pq assim tá dificil....
Sem imagem de perfil

De J. a 18.07.2017 às 20:56

Ao ver palavras como estas, acho que restaria poucas duvidas a JJ sobre que caminho teria que seguir com este Sporting.

"Apesar da derrota frente ao Marselha, será um jogo para não esquecer para o jovem guarda-redes Pedro Silva, que pela primeira vez entrou a titular na equipa principal do Sporting "É o culminar de 10 anos de trabalho, foi muito especial para mim. Tentei manter-me calmo. Claro que há sempre algum êxtase pela estreia, mas no geral estive tranquilo. Recusei dar a camisola a muitos adeptos, esta fica para mim"

Pois é...
Sem imagem de perfil

De anonino a 18.07.2017 às 20:59

E mais um ano a ver navios co. J jesus pioramos salvo a primeira epoca a pre iliminatoria e derrota certa temos nomes mas estao velhos nao tem velocidade alem disso sao caros incluindo treinador fraco
Sem imagem de perfil

De Frederico Silva a 18.07.2017 às 21:08

Um estágio à medida do Jesus. Esta época promete.
Sem imagem de perfil

De Aracaçu a 18.07.2017 às 21:35

O Sporting de Jorge Jesus, vai piorando de ano para ano... no 1º ano eu não esperava que a nível de campeonato nacional a equipa jogasse tanto futebol... no 2º ano, quando realmente se esperava aí sim, que tivéssemos uma equipa cada vez + dominadora, pressionante e a causar enormes dificuldades aos adversários, nada disso aconteceu... e este 3º ano pela amostra, vai ainda ser pior... eu ainda não vi nada, nada mesmo de novo ou de qualidade neste Sporting 2017/2018... acho que todos já percebemos que o tempo de Jorge Jesus no Sporting já esgotou e já na temporada passada... mas há condicionantes que impedem de nos vermos livres deste treinador... e Bruno de Carvalho sabe disso.. Ele que também está "entre a espada e a parede" em termos do seu projecto desportivo... Estou mesmo muito preocupado c/ o que vai dar este Sporting 2017/2018 e das próximas temporadas..

Cumprimentos.
Sem imagem de perfil

De anonimo a 18.07.2017 às 22:01

O bruno ja esta mais arrependido de ter contratado o j jesus sao erros que se pagam caros toda a gente erra o trinador faz o presidente gastar fortunas isto tem que acabar este treinador nao serve os interesses do clube
Imagem de perfil

De PSousa a 18.07.2017 às 22:08

Não consigo comentar com tanta qualidade como os demais dado que vi o jogo e espaços e somente a 2ª parte. Gostei de ver algum entrosamento (jogadas ao 1º toque) numa dada altura do jogo, mesmo antes do penalti.
Não sou tão pessimista como os demais e acho que vamos ter equipa para lutar até ao fim... pelo titulo nacional!
Como é óbvio há muita coisa a "acertar"... só me indigna é a questão do tempo que tivemos de antecipação para poder organizar esta equipa\época\estágio e o que se vê são os erros do passado.
Não sei se são os EUROS a falar mais alto mas acho que o SCP não deveria fazer estes estágios pelo prize money mas sim pela qualidade que os mesmos possam apresentar. Gostei sempre de os ver, por exemplo, no torneio Guadiana.

Uma nota off topic: Não sei se o Rui vai abordar este tema ou não, mas já ouvi de tudo. BILHETES para o jogo de apresentação - "pornográficos" para quem é só adepto e não sócio. Isto só pode ter uma razão, tentar vender a 5000 GBox que faltam para atingir os 30.000, mas nem todos têm hipótese de ser sócios e os outros que não são sócios também têm direito de ir ao estádio. Acho que a direcção deveria de repensar nos preços dos jogos "amigáveis". Querem ou não ter um estádio cheio?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.07.2017 às 22:12

Caro PSousa,

Obriga-me a responder pela sua afirmação que não é tão pessimista como os restantes.

Pelo seu comentário, viu muito pouco deste jogo em que quase nada se aproveitou. Se é optimista depois de nada ver, não sei o que lhe diga. Deve gostar da ilusão, decerto !
Imagem de perfil

De PSousa a 18.07.2017 às 22:18

Rui,
Por ter visto tão pouco, acho que vi 10 a 15 minutos, é que disse que não tinha uma opinião tão pessimista. Estes minutos que vi no telemóvel, talvez os melhores do jogo (não sei), vi jogadas entre Matheus, Podence, Dumbia... que apreciei. Depois vi um canto onde Podence abre as pernas e à remate do número 8.
Pareceu-me, estes minutos, alguma qualidade... mas faltam os outros 80!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.07.2017 às 22:21

Eu indiquei isso no post, ao afirmar que a espaços viu-se alguma produtividade por influência de Matheus e Podence, mas foi SÓ o que se viu.
Imagem de perfil

De Greenlight a 18.07.2017 às 22:38

Não vou discorrer acerca da qualidade do JJ pois é escusado, só não vê quem não quer ver. Relendo o que escrevi concluo que não fui claro e assim tenho que dizer que o mester apenas sabe gritar, esbracejar e pouco mais. Estou portanto saturado de ouvir os comentadores da Sporting TV insistirem na falácia que o mestre retira o melhor dos jogadores e que os jogadores que entram vão aprender muito com ele, etc. Pois, o Francisco Geraldes e o Ryan Gauld têm aprendido muito...quem acho que aprendeu alguma coisa (no Rio Ave com o Luís Castro) foi o Petrovic pois está claramente melhor que há um ano atrás;mas mesmo assim mal estará o Sporting se ele for o trinco, ou 6, titular. Aliás hoje viu-se a diferença que é ter um Luís Gustavo naquele lugar ou ter um Petrovic, um Palhinha ou um Battaglia (rende mais a 8).

Comentar post


Pág. 1/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo