Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Contradições de Fernando Santos

Rui Gomes, em 28.03.15

 

ng734CE917-D11A-42F3-98EF-B18E6E0588F3.jpg

 

Há quem tenha reparado em algumas contradições nas opções técnicas de Fernando Santos. Há questões mais importantes, evidentemente, nem eu pretendo "complicar" a vida ao Seleccionador Nacional na véspera do jogo com a Sérvia, mas recorde-se das suas palavras quando assumiu o cargo:

 

A Selecção não está fechada a ninguém. Mas, para mim, há um princípio fundamental: um jogador que não está a jogar é muito difícil chegar à Selecção.

 

Decerto que esta afirmação não terá passado despercebida aos jogadores que, ficaram a saber, sem jogar nos seus clubes não deveriam esperar a chamada à equipa da quinas. Contudo, parece que não é bem assim. Ora vejamos:

 

- Ricardo Carvalho lesionou-se a 8 de Fevereiro ao serviço do Mónaco e esteve afastado dos relvados um mês (falhou seis jogos);

 

- Éder não é titular pelo SC Braga na Liga há oito jornadas, enquanto que Fábio Coentrão raramente é escolha de Carlo Ancelotti, registando apenas 8,6 jogos dos 49 realizados pelo Real Madrid esta época;

 

- E até será possível argumentar o caso de Ricardo Quaresma, que participou em apenas 19 dos 33 desafios do FC Porto.

 

Como já indiquei, há questões mais importantes, mas não deixam de ser contradições. 

 

Nota: Paulo Oliveira, Bernardo Silva e Ivan Cavaleiro, dos sub-21, foram chamados por Fernando Santos para o encontro particular com Cabo Verde.

 

publicado às 06:26

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Fernando Albuquerque a 28.03.2015 às 16:18

Prezado Amigo Rui Gomes

Constantemente se ouve dizer que o futebol é uma indústria que tem grandes receitas e como não podia deixar de ser enormes despesas, sendo estas as causadoras de muita "desgraça" encoberta. Nesta circunstância, partindo do principio que esta indústria tem as mesmas regras da sobrevivência neste caso dos clubes, torna-se necessário dar a conhecer as "pérolas" onde os mesmos poderão ir buscar as referidas receitas. Não entrando na forma pouco séria, como essa "publicidade" é feita, basta estar atento aos jornais e aos canais da TV para sabermos como se processam todos esses elogios, que se fazem aos " génios " da nossa praça., e para isso é necessário sabermos quem os promove e gere as suas carreiras desportivas.

Ainda ontem no programa da TVI , se falava de qual será a equipa de Portugal para o jogo da Sérvia, onde cada comentador tinha a sua opinião, como é normal.
O que eu acho estranho é que um comentador colocava o Rui Patrício , o Cedric , o W. Carvalho , fora da equipa porque não lhe mereciam confiança. Não prescindiu do Nani porque isso dava nas vistas e do José Mário nem falou.

No entanto, na sua cabeça vermelha, colocava o Eliseu e o Fábio Coentrão no lado esquerdo e no meio campo o André Gomes. Não havia mais jogadores da sua cor, pois os outros são estrangeiros e destes, dois já não jogam no seu clube.

Esta publicidade faz parte do marketing dos clubes ou dos agentes, pois é necessária e tantas vezes se dizem estas "verdades" que o currículo dos jogadores necessitam de ter estas presenças para serem valorizados, nem que por exemplo o Coentrão que é um jogador suplente do Real Madrid com guia de marcha já feita necessitem de um empurrão para ser vendido por bom preço. Alguém um dia escreveu que vivemos num mundo cão e o futebol certamente não fugiu deste planeta.

Um abraço Fernando Albuquerque
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.03.2015 às 22:55

Caro Amigo,

Tem razão. Infelizmente é assim que as coisas se processam um pouco por todo o lado, muito em Portugal.

Mesmo perante representação nacional, os interesses partidários assumam posição preeminente. Por isso, não surpreende, minimamente, as preferências desses comentadores que citou.

Um abraço e bom fim de semana.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds