Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Investigação do jornal "Público" garante que Desportivo das Aves e Benfica negociaram contratos de transferência de jogadores muito vantajosos para os encarnados e que não passariam de formas de contornar a legislação que regula os empréstimos de jogadores.

Desportivo das Aves e SL Benfica terão negociado contratos de transferências de jogadores que levantam muitas dúvidas no contexto legal, já que se tratarão apenas de "empréstimos encapotados", conforme se pode ler numa investigação do jornal "Público" publicada este sábado.

mw-1280.jpg

De acordo com o diário, a partir da data em que a empresa de capitais chineses Galaxy Believers comprou 90% da SAD do Aves, os dois clubes mantêm uma conta corrente oficiosa e o Aves chegou a dever dois milhões de euros em direitos económicos de passes de jogadores - a conta estará agora nos 786,5 mil euros de dívida.

O "Público" fala em "relações de dependência" e ainda em "adendas leoninas e sigilosas nos contratos". Contactados vários juristas, estes falam de uma forma de contornar a legislação que regula os empréstimos de jogadores - neste momento, o regulamento da Liga determina que cada clube apenas pode emprestar um jogador a um emblema do mesmo escalão e um máximo de seis a todos os clubes da mesma divisão.

A investigação coloca como exemplos os casos de Luquinhas e Ricardo Mangas, cedidos a título definitivo ao Aves mas com o Benfica a ficar com 50% dos direitos económicos e uma cláusula de recompra de 100 mil euros, que obrigaria os jogadores a assinar contrato de quatro anos com os encarnados caso estes fossem chamados de volta à Luz. O "Público" fala ainda do caso de Hamdou Elhouni.

O Aves comprou 30% dos direitos económicos deste jogador, com os restantes 70% a pertencerem ao Benfica. Mas acabou por vender a totalidade do passe, com o negócio da compra dos 70% ao Benfica a só surgir na conta corrente dos clubes quatro meses depois, a 30 de Março de 2019. O diário explica ainda que o negócio "levanta questões fiscais, contabilísticas e legais".

A Operação Mala Ciao partiu exactamente das suspeitas de que o Benfica estaria a emprestar jogadores em negócios disfarçados de transferência a título definitivo.

Ao "Público", o Benfica reagiu assumindo ter "contas correntes com todas as SAD com quem tem relações comerciais, assim como contas correntes com fornecedores e clientes". O clube da Luz escusou-se a comentar os contratos assinados com o Aves, justificando apenas que todos os contratos "estão sujeitos a regras de confidencialidade, como é normal em qualquer ramo de actividade".

Reportagem Tribuna Expresso

publicado às 16:18

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


24 comentários

Sem imagem de perfil

De Bento a 06.06.2020 às 17:18

Os clubes "pequenos" estão sempre há espera dos excedentários dos clubes grandes, e tentam arranjar fórmulas para conseguirem ter esses jogadores.

A mim parece-me uma situação normal.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 06.06.2020 às 17:21

Todas estas vantagens para o Aves sao a troco de quê? Quando todos sabemos que ninguem dà nada gratuito no futebol .
Este modus operandi no futebol é usual em clubes que procuram fazer as suas proprias regras sempre com objectivos egoistas do ganhar nao importando os meios.

Se nao é em troca de resultados desportivos será na condiçao de garantía do voto a favor ou contra nas assembleias onde se decide todo o futebol e conforme a conveniencia dos interesses do Benfica.

Um esquema ja antigo usado e abusado pelo FCPorto quando os pintos (Costa , Adriano e Lourenço) faziam o que lhes dava na real gana porque tinham sempre a garantía da maioria dos votos para aprovar ou reprovar conforme conveniencia do FCPorto.,nesse tempo 2 terços dos clubes da 1ª e 2ª divisao estavam "comprados" atraves deste tipo modus operandi.

De facto entramos nos novos capítulos da nova temporada da serie o Polvo vermelho.
Ate quando as autoridades vao continuar a permitir todas estas cozinhadas clandestinas á margen da lei da salutar concorrencia e verdade desportiva?

O Vieira de facto o chico esperto da actualidade do futebol tuga.
A ver ate quando.
Sem imagem de perfil

De João Carvalho a 06.06.2020 às 19:09

Chico esperto é quem fala sem saber apenas com má fé.

«Os contratos que o Benfica faz são totalmente legais, normais no futebol e noutras sociedades comerciais», entre as quais o Sporting, como refere uma fonte do Benfica.
Nem fazia sentido ser de outra forma já que os contratos são todos legalizados pela FPF, pelo que só se a FPF desconhecesse as leis ou as ignorasse permitiria uma irregularidade.

Quem inventou toda esta história, tentando sujar mais uma vez o nome do Benfica, são os habituais suspeitos.
O verdadeiro visado nesta história toda é o sportinguista Luís Duque. FC Porto e Pinto da Costa não querem que Luís Duque seja novamente candidato à Liga Portugal.
Luis Duque já se pronunciou quando o tentaram ligar ao assunto.

"Não tive qualquer intervenção em nenhum dos contratos relativos a atletas, não acompanhava de perto. Não me parece que haja alguma irregularidade de parte a parte, mas não era assunto que acompanhava de perto. Acho abusivo a referência ao meu nome nessa peça, só explicável pelo contexto atual no futebol, por se ter falado do meu nome a candidato à Liga", avançou Luís Duque.

Sem imagem de perfil

De Cenas Talvez a 06.06.2020 às 20:25

Luís Duque na altura conselheiro de Luiz Andrade, à data presidente da SAD do Aves.

Estaria a espera que admitisse um crime!?

Além de que já é conhecida a sua ligação ao SLB (que já o apoiou +1 vez para presidente da Liga), via Fernando Seabra com quem trabalhou na camara de Sintra.

De resto o João Carvalho quer fazer crer que esta conta corrente para encontro de contas entre 2 clubes é normal?

Geralmente tal acontece entre empresas do mesmo grupo económico se calhar é o caso e o Aves efectivamente é do SLB.
Sem imagem de perfil

De hugo gomes a 07.06.2020 às 08:55

De que clube era o presidente, que por o vitoria de setubal ter ganho, retirou os jogadores emprestados, por vinganca? A que se chama isso? Chantagem talvez?
Sem imagem de perfil

De LG a 06.06.2020 às 18:59

Fraude à lei, para através de falsa vendas manter um clube sobre a sua alçada: nada disto é novo, foi denunciado pelo footbll leaks e está em investigação. Se fosse o único, ou se não tivesse acontecido em outras épocas, seria notícia fresquinha

Mas o objetivo desta notícia (amanhã sai a parte II) é outro. O Porto e o que-perdeu-os-dentes-no-colombo, não podem atingir os reis, mandam cumprimentos aos Duques do futebol pátrio.

ah, os tempos pós corona iam ser tão diferentes...
Sem imagem de perfil

De João Carvalho a 06.06.2020 às 19:18

Outro chico esperto a falar sobre coisas que desconhece.
O Pedro Proença era “executor de penhoras” e ... teve o azar de se encontrar no Colombo com alguém que não gostou de ser penhorado e que lhe tratou da dentadura.
A Justiça tratou do caso. Mas como o agressor era adepto (ou sócio) do Benfica... Foi o alarme social como convém aos cartilheiros.

O próprio Proença disse que a agressão nada tinha a ver com o Benfica. Mas os bots gostam de passar uma narrativa mentirosa. É caso para perguntar, quem lhes paga?
Sem imagem de perfil

De LG a 06.06.2020 às 19:32

Abre os olhos, aldrabão
(Rui, desculpe pelos links)

https://sol.sapo.pt/artigo/101858/agressor-de-pedro-proenca-condenado-a-18-meses-de-prisao-com-pena-suspensa:

Depoimento feito por Pedro Proença:
"Dirigia-me para a zona da restauração quando vejo alguém alterado. Num primeiro momento não me apercebi que fosse comigo, pois eu estava ao telemóvel. Esse senhor aborda-me e chama-me de ladrão, gatuno e que roubava o Benfica e o Sporting e não o FC Porto. Disse-lhe para seguir a vida dele e que me deixasse em paz. Nessa altura, desferiu-me uma cabeçada na cara e fiquei logo a sangrar dos dentes e lábios", explicou o árbitro durante o julgamento.


https://www.dn.pt/portugal/agressor-de-arbitro-pedro-proenca-e-conhecido-da-psp-1949441.html
Sócio cativo do Benfica." Foi assim que Américo, de 32 anos, se apresentou na esquadra da PSP do Colombo, na noite de segunda-feira, depois de ter dado uma cabeçada ao árbitro Pedro Proença, em plena zona pública do segundo piso do Centro Comercial Colombo, em Benfica (Lisboa). "O gajo só roubava o Benfica!", terá dito Américo aos polícias, justificando a agressão que valeu ao árbitro um ferimento na boca e dois dentes partidos.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.06.2020 às 20:01

Links não obstante, é uma das raras ocasiões em que eu permito este tipo de linguagem, apenas e tão porque este João Carvalho é mesmo um ALDRABÃO.
Sem imagem de perfil

De João Carvalho a 06.06.2020 às 20:46

Onde é que os links negam o que eu afirmei? É pena que as afirmações de Proença em que dizia que a agressão nada teve a ver com arbitragem, foi apagada do Google. As razões foram outras, ligadas à profissão do Proença. O agressor juntou a fome com a vontade de comer.
O facto de se ter desculpado na Polícia com a arbitragem não nega nada. Foi um pretexto. Há muita desinformação.
Sem imagem de perfil

De Paulo Salcedas a 06.06.2020 às 20:13

É TUDO gente séria..... orelhas e companhia.....
Sem imagem de perfil

De Cenas Talvez a 06.06.2020 às 20:25

não "sube" nada! o que passou se?
Sem imagem de perfil

De João Gil a 06.06.2020 às 20:46

Era por está e por outras razões que dizia o presidente do SLB que estavam 10 anos à frente da concorrência e se vangloriavam (e continuam a vangloriar) da hegemonia no futebol em Portugal. Mas a relação de dependência e subserviência não é só do Aves para com o Benfica. Há outros clubes com a mesma dependência e subjugação ao mesmo clube benemérito e patrono.
Sem imagem de perfil

De João Carvalho a 06.06.2020 às 20:50

Já agora gostava que dissesse quais são "os outros clubes com a mesma dependência". Eu desconheço. Conheço apenas o Porto com o Portimonense.
Sem imagem de perfil

De Cenas Talvez a 06.06.2020 às 21:51

Existem várias formas por vezes tendo do outro lado um "treinador" amigo (Petit & Pepa), ou clubes subserviente:

- Setubal;
- Braga;
- Belenenses (antes da aproximação do FCP)

Estes 3 serão os casos mais gritantes sendo uma disparidade os números nos jogos com o SLB comparativamente com FCP e SCP.

O Tondela de outros tempos a mudança do grosso de jogadores para o Aves mudou um pouco as coisas.
Sem imagem de perfil

De João Gil a 06.06.2020 às 22:15

É público e assumido que o Benfica chegou a subsidiar o Boavista. Por exemplo. Para quê, perguntar-se-há. Mas há outros clubes que vão mantendo regimes de dependência em maior ou menor grau e que servem a uns como plataforma de negócios, de colocação de jogadores e de passagem de dinheiros. E naturalmente de projeção de poder. Isto de ganhar de cabazada a tudo quanto é adversário dá trabalho.
Quantos jogadores sonharam vestir o tal manto “sagrado” e foram sacralizar para outro lado e que só viram o estádio da luz em fotografia? São tantos ou tão poucos que se estima darem para 5 equipas completas de futebol, com suplentes e tudo. Nada que outros não tenham feito já, mas o SLB levou a prática a um expoente que não há rival que acompanhe.
Se o Público desenvolver o tema, será interessante ver até onde desenrola o novelo.
Não acha curioso que a segunda liga aceite placidamente ser terminada a troco de dinheiro?
Eu, por exemplo, acho que aceitar dinheiro para não competir tem nome. Imagine que em vez do campeonato de futebol com muitos clubes era um combate de boxe. O que é que lhe chamariam?
Dependências no nosso futebol? São mais que muitas.
SL
Sem imagem de perfil

De João Carvalho a 06.06.2020 às 22:49

Todo esse relambório mais não é do que mais um conjunto de teorias da conspiração sem qualquer relação com a realidade. A confusão é tal que até mistura a 2ª liga e a sua terminação como se o Benfica tivesse alguma coisa a ver com esse facto.
Um conjunto de opiniões não baseadas em factos, os resultados dos jogos não provam nada, desgarrados da realidade fundamentadas em frustrações pessoais.
Aconselho-o a ser mais objectivo e racional e a retirar a máscara que lhe veda os olhos.
Os sportinguistas, se querem levantar o clube, têm de começar a olhar para realidade de outra forma, como ela é e não como desejavam que fosse.
Sem imagem de perfil

De Joao Gil a 06.06.2020 às 23:12

Pelo seu comentário percebe-se que não entende com rigor o que é significado nem o que é contexto. Essa culpa não é minha. Não estamos a falar dos problemas do Sporting. Está enganado. O Sporting é que não tem nada a ver com o Desportivo das Aves. Não é dessa relação que trata a historia do Público”. Um conselho, quando for véspera de natal não se esqueça de se pôr debaixo da chaminé a olhar para cima. À meia noite vai ver o pai natal.
Saudações desportivas
Sem imagem de perfil

De João F. a 06.06.2020 às 22:46

"Já agora gostava que dissesse quais são "os outros clubes com a mesma dependência". "

O Vitória de Setúbal...
Sem imagem de perfil

De Carlinha MR a 06.06.2020 às 23:11

Sem generalizar, há Carvalhos que são umas melgas do diabo!
Sem imagem de perfil

De Rumo Certo - Ventos Favoráveis a 07.06.2020 às 15:51

O jornal o "Público", teve o mérito e coragem de investigar, mexer no vespeiro e lamaçal em que há muito está profundamente enredada uma associação criminosa que tomou conta de um clube e de uma actividade (futebolística) em Portugal, e com isso envergonhando o próprio Pais - vide reportagens na imprensa Internacional como é o exemplo do NYT.
A teia de interesses, alegadas(os) ilegalidades, tráfico de influencias, corrupção activa e passiva, violação de segredos de Justiça e Leis, num Estado de Direito, têm que ser julgados, sentenciados e punidos, na justiça desportiva, civil e criminal.
Lamentavelmente e até hoje, nenhum jornal desportivo, foi capaz, interessado, eficiente ou independente, de proceder a qualquer investigação ou denúncia de âmbito desportivo. Porquê?
Porque se alimentam de parasitas e bactérias, que infectam, corroem e destroem, o meio ambiente onde se movimentam, integram e "chafurdam".
Coragem e justiça, há muito que é clamada, pois a trafulhice, batota e logro, estão instalados e infiltrados - numa autêntica rede que tem actuado a seu bel prazer e proveito.
Estou convicto e certo, que embora aparentemente lenta, as polícias de investigação e o MP estão em campo, reunindo provas irrefutáveis e inequivocas, para que quando da conclusão e oportunidade, a BOMBA estoire.
Face ao que se sabe, aos relevantes indícios e alegações, multiplicação de processos sobre processos (ou mega processo), acervo de provas e depoimentos já produzidos, assalta-me e deixo a pergunta:
Em caso de sentença condenatória de todos estes actos e ilícitos, o cúmulo jurídico resultante, nos diversos foros, será o detonador da extinção de uma SAD e por arrasto da inevitabilidade de insolvência, expulsão e desaparecimento de um clube?
Já não é possível o recuo, porque os seus tentáculos tendem a sobreviver e esconderem-se na medida do possivel, pese embora o crime não compensar, mas o que se percepciona, é uma fuga para a frente, para o abismo, para o caos e tragédia de uma instituição, aos pés de pessoas sem escrúpulos, que apenas se servem do repasto.
SL

Sem imagem de perfil

De João Carvalho a 07.06.2020 às 18:01

Se se refere ao FCP estou de acordo consigo.
Em relação ao Benfica posso informá-lo que o Benfica tem ganho todos, sem excepção, os casos que foram julgados até agora na justiça dentro de fora de portas. E assim irá acontecer com os restantes casos.
As conspirações têm tido todas como resultado acabarem em nada nos bancos dos tribunais.

Quanto às dezenas de teorias da conspiração que enumera, deixou-me com um sorriso no rosto já que revela que possui um problema do foro psicológico que os psiquiatras chamam psicose, que se manifesta através de delírios e alucinações causadas por perturbações mentais como a esquizofrenia ou a perturbação bipolar. Não sou eu que o digo.
Já tem alguma informação sobre a investigação do Caso Cashball?
Sem imagem de perfil

De Rumo Certo - Ventos Favoráveis a 07.06.2020 às 22:08

Quanto ao embuste de denúncia, que levou à investigação e processo titulado por "cashball", tenho o grato prazer de informar V. Exa., que foi arquivado e não vai a julgamento, devido precisamente à inexistência e/ou consistência de qualquer facto alegado, prova ou matéria probatória.
Quanto ao resto, a multiplicação de casos, falam por si, são notícia interna em Portugal e externa, o que nos envergonha, em diversos órgãos sociais.
Não sou eu no particular, são entidades com competência para tal e órgãos de informação - TVs, rádios, jornais, revistas e redes sociais.
Não são teorias, nem conspirações, são alegadamente factos, provas e testemunhos que instruem os processos em investigação e outros que decorrem nos Tribunais, com acusações e julgamentos a aguardar e constituição de arguidos.
O arrasto de toda a vergonha e consequências, já atingiu a credibilidade e honorabilidade de muitas instituições e "vitimou" muitas pessoas, como bem visíveis e reais são as diversas e verificadas suspensões, demissões, exoneração de cargos, passagem a reformas compulsivas, etc..
Quem não vê ou não quer ver o óbvio e irrefutável ou quem manifestamente não dispõe de lucidez, e por conseguinte apresenta gravíssimos distúrbios do foro psicológico, será certamente V. Exa., uma vez que sem decoro e de forma grosseira, despreparada e ignorante, ousou dirigir qualificações à minha pessoa, quando não me conhece de lado nenhum.
Como se não fosse suficiente e excessivamente bastante, atente-se no comunicado da actual Administração da SAD do Desportivo das Aves, que de forma honrosa e implícita, confirma a existência de anomalias e/ou irregularidades que justificaram uma auditoria, e cautelarmente, transfere responsabilidades para terceiros que a precedeu.
Atendendo ao legado de valores de que me prezo e por não me identificar com gente da laia de V. Exa., ponho um ponto final a esta troca de argumentos.
SL






Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo