Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Convocatória para o Belenenses

Rui Gomes, em 29.12.17

 

26165519_10154948434911555_8910132063930368983_n.j

 

Não vou adiantar muito comentário sobre esta convocatória, fundamentalmente a mesma de sempre. A gestão do plantel com Jorge Jesus é "vira o disco e toca o mesmo", Taça da Liga ou outra competição.

 

Depois, inventa no 'onze' e se as coisas não correrem à feição, reverte aos usuais. É um livro aberto este treinador!

 

Nota: Notícias de hoje avançam que já há acordo entre o Sporting e o Fluminense para a transferência a título definitivo de Wendel. O médio brasileiro irá custar cerca de 9 milhões de euros aos cofres de Alvalade e assinará contrato por cinco anos e meio.

 

publicado às 03:30

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


17 comentários

Imagem de perfil

De Julius Coelho a 29.12.2017 às 13:31

Wendel é noticia surpreendente.

Um dos jovens valores mais em foco no brasileirão da actualidade Wendel tem tudo para dar certo no Sporting , forte fisicamente é um guerreiro no meio campo fazendo constantes piscinas.
Forte num 1 para 1 e remate possante mesmo nos 30 metros.
Com 20 anos apenas tem enorme margem de progressão .

Vamos ter um plantel muito mais forte com a chegada desses 3 jogadores (Wendel , Vietto e Ruben Ribeiro) e o que nos faltava soluções de peso no banco.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.12.2017 às 14:25

Se Slimani vier, e há fortes indicações de que estará a caminho, não sei o que Jorge Jesus vai fazer com tantos avançados, especialmente porque insiste em jogar sempre com os mesmos 13/14, indiferente do tamanho do plantel.
Sem imagem de perfil

De J. a 29.12.2017 às 14:33

O Slimani vem? Só se Doumbia sair ou o Vietto não se confirmar (apareceu a noticia de que não pode jogar na Liga Europa pq tb lá está o At.Madrid).

A mim o que mais me confunde nesta convocatória é haver certos jogadores que se foi buscar há relativamente pouco tempo e nem sequer contam para este tipo de jogos. Para além da constante desvalorização da equipa B.
Ristovski, M.Oliveira, Iuri, G.Dala, Rafael Barbosa poderiam e deveriam ter uma oportunidade de jogar mais neste tipo de jogos.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.12.2017 às 14:42

Tem razão, mas é perder tempo e energia debater estas alternativas com Jorge Jesus.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 29.12.2017 às 23:13

Sinceramente nao creio que venha o Slimani colocaria em xeque o Bas Dost para vir nao é para ficar no banco para isso deixa-se estar onde está.
Rui o treinador tem feito os jogos com base em 13/14 jogadores mas em quem pode mais apostar,?
A exigencia dos jogos tem eliminado varias das tentativas do treinador por isto ou por aquilo falta-lhes ainda.
Tomara o treinador ter mais possibilidades de escolha mas esprimido a qualidade que se exige resume a esses 14/15.

Nao será por acaso e face aos erros do passado que os nomes que se fala que podem vir a reforçar a equipa agora em Janeiro é de jogadores de qualidade reconhecida e demonstrada.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.12.2017 às 23:31

Quantas contratações já foram feitas, e muitas por recomendação dele, desde que chegou ao Sporting ?... Nunca um treinador na história centenária do Clube teve tantos reforços à sua disposição.

Se não há qualidade suficiente no plantel, deve-se olhar ao espelho e para o presidente, porque são eles dois que decidem tudo.

Ele não tem desculpas algumas!
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 29.12.2017 às 23:45

Rui é uma discuçao legitima de ser feita e que temos metralhado todos os dias destes ultimos anos.

Dou uma dica
JJ cometeu e insistentemente no mesmo erro julgar-se melhor treinador do que na verdade é e com isso convenceu diga-se com alguma facilidade Bruno de Carvalho que faria grandes jogadores de pernas de Pau baratos em 10 faria 7 ou 8 e a realidade tem sido bem diferente.
Esta epoca ja deu para ver outro tipo de estrategia arriscando menos e investindo mais na consagraçao (qualidade reconhecida)
Sem imagem de perfil

De José Sousa a 29.12.2017 às 14:42

Não acredito que Slimani venha!
Penso que vão sair Alan Ruiz, Iuri, Brian Ruiz e Doumbia.
Com as entradas de Vietto, R. Ribeiro e Wendel, penso que virá um extremo e o plantel fica fechado.
Wendel é para ser trabalhado para ser aposta para a próxima temporada, pois William Carvalho vai dar o salto para outro desafio.
O SCP está agressivo na abordagem ao mercado, aproveitando oportunidades de negócio.
Os valores das transferências não me assustam porque no SCP estavamos mal, muito mal habituados a receber sempre entulho para enganar tolinhos que ficavam a pensar que iamos lutar pelo título...como Vitor, Cristiano e outros que mais.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.12.2017 às 14:46

Não devemos minimizar os custos, não só das contratações mas também da folha salarial que nem dá para imaginar o que é hoje em dia.

Esperamos que o "balão" não venha a rebentar!
Sem imagem de perfil

De J. a 29.12.2017 às 14:52

Acho que faz um certo sentido investir mais agora por uma serie de razões:

1) só o campeao e o 2ºclassificado (pré-eliminatória) vão á Champions. Financeiramente há que ficar obrigatoriamente nestes dois lugares.

2) Para comecar já a precaver eventuais saidas no mercado de Verão (W.Carvalho) e ir preparando/trabalhando certos jogadores para assumir maior responsabilidades no futuro;

3)Ao mesmo tempo, aproveitar para libertar refugo que esta a ganhar $ e pouco ou nada faz na equipa (A.Ruiz, B.Ruiz, Petrovic, Douglas,...) tentanto também assim fazer algum dinheiro ou não desvalorizar ainda mais estes jogadores
Sem imagem de perfil

De José Sousa a 29.12.2017 às 14:53

Percebo o que diz, mas a qualidade tem um preço.
Podemos comprar um carro e fingir que é um Ferrari e vivemos na ilusão...ou compramos mesmo um Ferrari e para isso temos que abrir os cordões à bolsa.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.12.2017 às 15:02

Meus caros José Sousa e J,

Como na vida, o que é verdadeiramente bom é invariavelmente caro, disso não há e nunca houve dúvidas.

O que eu questiono - talvez por falta de informação - é a nossa capacidade de o fazer. As receitas base são bem conhecidas, será que continuamos a antecipar verbas dos direitos televisivos ?

Confesso que a folha salarial preocupa-me imenso. Como a informação não é divulgada, ficamos no escuro, mas deve ser um "peso" medonho.
Sem imagem de perfil

De J. a 29.12.2017 às 15:12

Mas sim que está divulgada, aliás no ultimo relatório trimestral é já vem visivel o acréscimo de custos:
http://cdn.sporting.digitaljump.xyz/sites/default/files/documentos/relatoriocontas1t201718_0.pdf

No ponto 5 - Gastos com Pessoal já se vem um acréscimo de mais de 30% em relação ao ano passado ( 19 milhões euros/trimeste em 2017/2018 enquanto que no ano passado era de 15 milhões "apenas")
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.12.2017 às 15:17

Eu nunca consulto Relatórios. Esses gastos com "pessoal" têm a ver apenas com a equipa principal, nomeadamente jogadores, técnicos e dirigentes ?

De qualquer modo, os números que indica são preocupantes. Na minha opinião.
Sem imagem de perfil

De Diogo a 29.12.2017 às 16:06

Caro J,

Sobre a rubrica de gastos com pessoal, deve-se apenas enquadrar dois pontos: mais de um milhão "extra" diz respeito a prémios (logo, não repetível nos outros trimestres) e 800.000 dizem respeito a jogadores que saíram no final de Agosto de 2017 (também sem seguimento nos trimestres seguintes).

Quanto à Taça da Liga, tendo em conta que Sporting, Benfica e Porto jogaram no dia 20/21 e depois só jogam no dia 3, acho normal que os três grandes acabem por meter vários titulares a jogar (para não perder ritmo).

SL
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.12.2017 às 23:21

Caro Diogo,

Os valores que refere no primeiro parágrafo do seu comentários são muito "modestos" na computação global dos referidos gastos com pessoal.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.12.2017 às 15:13

Apareceu aqui um outro comentário - eliminado pela linguagem - a querer comparar o que Jorge Jesus faz agora com o que Inácio fez em 1999/2000.

Primeiro e sobretudo, não se pode/deve comparar épocas com quase 20 anos de diferença. Tanto o futebol praticado como as circunstâncias, na generalidade, bem distintos.

Além disso, em 1999/2000, realizámos 44 jogos, em todas as competições. Na época em curso já vamos com 36 e ainda nem sequer atingimos meio caminho.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo