Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Covid-19

Rui Gomes, em 30.03.20

21745594_T8HlG.png

Ferrera Erbognone é uma pequena cidade da Lombardia, no norte de Itália com 1.000 habitantes. A média de idades é superior a 60 anos e, até ao momento, não houve um único habitante infectado pelo coronavírus, apesar de fazer parte da região mais afectada em Itália. 

Alguns cientistas avançam mesmo a hipótese de os habitantes terem uma imunidade ao vírus e irão fazer análises de sangue aos mesmos. Na Lombardia já morreram quase seis mil pessoas devido ao Covid-19. 

O Instituto Neurológico Mondino de Pavía já começou a testar o sangue dos habitantes para tentar perceber o exacto porquê de não haver um único caso de contágio. Para serem testados, os cidadãos deslocam-se até um laboratório local. Cientistas esperam encontrar anti-corpos no organismo dos habitantes que possam explicar esta imunidade e até ajudar no combate ao coronavírus. 

Os habitantes de Ferrera Erbognone têm uma explicação simples para o facto de ainda não terem adoecio: afinal "não estão sempre fechados em casa". Mesmo assim, continuam a cumprir as regras de reclusão e isolamento social como forma de se protegerem, explicou o autarca e médico Giovanni Fassina ao Corriere della Sera.

O número de mortes em Itália chegou este domingo aos 10.779, um aumento de 756 óbitos nas últimas 24 horas e 5.217 novos infectados, informou a Protecção Civil italiana.

O total de pessoas que se encontram infectadas é de 73.880, uma vez que já recuperaram da doença 13.030.

O número total de contagiados desde 20 de Fevereiro (dia em que se detectou o primeiro caso) é de 97.689.

Depois de surgir na China, em Dezembro, o surto espalhou-se por todo o Mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

O continente europeu, com mais de 363 mil infectados e mais de 22 mil mortos, é aquele onde está a surgir actualmente o maior número de casos, e a Itália é o país do mundo com mais vítimas mortais, com 10.779 mortos em 92.689 casos registados até hoje.

A Espanha é o segundo país com maior número de mortes, registando 6.528, entre 78.797 casos de infecção confirmados até hoje, enquanto os Estados Unidos são o que tem maior número de infectados (mais de 124 mil).

A China, sem contar com os territórios de Hong Kong e Macau, conta com 81.439 casos (mais de 75 mil recuperados) e regista 3.300 mortes. A China anunciou hoje 45 novos casos, dos quais 44 oriundos do exterior, e mais cinco mortes, numa altura em que o país suspendeu temporariamente a entrada de cidadãos estrangeiros, incluindo residentes.

Os países mais afectados a seguir a Itália, Espanha e China são o Irão, com 2.640 mortes reportadas (38.309 casos), a França, com 2.314 mortes (37.575 casos) e os Estados Unidos com 2.191 mortes. Na Alemanha existem mais de 50 mil pessoas infectadas e registaram-se 389 vítimas mortais.

O número de fatalidades no continente africano subiu para 134 com os casos acumulados a aproximarem-se dos 4.300 casos em 46 países, segundo a mais recente actualização das estatísticas sobre a pandemia.

Vários países adoptaram medidas excepcionais, incluindo o regime rígido de quarentena e o encerramento de fronteiras.

Subiu para 140 o número de fatalidades em Portugal, segundo dados esta segunda-feira revelados pelo boletim diário da Direcção-geral da Saúde (DGS), isto depois de nas últimas 24 horas se terem registado mais 21 óbitos. Ainda segundo os dados revelados pela DGS, registam-se agora 6408 casos de pessoas infectadas no nosso país, mais 446 em relação aos números divulgados na véspera.

Domingo, Portugal registava 119 mortes associadas à Covid-19, mais 19 do que no sábado, e 5.962 infectados (mais 792).

Nota: Pela minha experiência pessoal ao longo dos anos naquela parte do Mundo, sinto muita dificuldade em acreditar na totalidade de informação oriunda da China, onde a troco de propaganda avulsa não se hesita pôr em risco a vida humana. Em conversa hoje mesmo com amigos residentes em Hong Kong - onde eu também residi - o pensamento é o mesmo, até porque a imprensa é completamente controlada pelo regime comunista.

publicado às 16:30

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds