Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




hqdefault.jpg

Ponto prévio: não fui apoiante de Varandas, mas tendo sido o escolhido em acto eleitoral, tem o meu apoio, enquanto gerir o Clube no âmbito dos limites impostos pelos Estatutos. Apoio este presidente, como apoiaria qualquer outro que tivesse sido eleito, porque acima de tudo sou sportinguista.

A situação presente

A nova Direcção assumiu funções há pouco mais de um ano. Encontrou o Clube numa situação extremamente difícil, insolvente e quase à beira da falência. Teve, em condições muito adversas, que lançar um empréstimo obrigacionista que já tinha vencido. Teve que hipotecar fundos do contrato com a NOS para pagar dívidas urgentes, para que o Sporting pudesse continuar a sua actividade. Está agora em andamento uma reestruturação que visa mantê-lo acima da linha de água. Veremos se serão necessárias outras operações de injecção de capital.

Em conclusão, parece-me que ninguém no seu perfeito juízo e com boa fé, possa vir a considerar que esta Direcção, no aspecto descrito, não esteja a fazer um bom trabalho. Mesmo na área desportiva o balanço no primeiro ano da Direcção, pode considerar-se positivo. Conquistaram-se dois títulos no futebol profissional, e ainda títulos nacionais e europeus nas modalidades ditas amadoras, que continuam a mostrar a sua pujança. E mau grado alguns maus resultados no início desta época, no futebol, ninguém pode afirmar com seriedade que algum objectivo está já perdido. Qual então a razão ou as razões da contestação instalada desde o início deste mandato directivo?

Responsáveis pela crise

A responsabilidade da crise, algo artificial, deve-se a todos os sportinguistas. Aos que que a geram e alimentam e aos que se deixam enredar nos seus meandros. Para clarificar a ideia passo a especificar:

A Direcção

A Direcção sujeita a uma permanente pressão desde a sua tomada de posse, sem o normal estado de graça,  actuando em função das circunstâncias encontradas, cometeu alguns erros, e por isso pôs-se a jeito. E se tem estado a arrumar a casa na área financeira, cometeu alguns pecados ,principalmente na gestão desportiva do futebol profissional. Sem ser capaz de mostrar firmeza, e de ir a reboque do som da bancada, tomou algumas decisões precipitadas, que culminaram na ausência de preparação desta época. Para quem, imitando os abutres com fome, lhe interessa acima de tudo que haja alimento, os erros apontados caíram "como sopa no mel".

As claques

As claques têm, em crescendo, vindo a receber múltiplos apoios financeiros, funcionando como grupos pagos e instrumentalizados por quem lhe dá os benefícios. Quando me refiro a claques, saliento a Juventude Leonina que viu durante o mandato da Direcção cessante aumentar os seus rendimentos e a sua influência, tornando-se num poder violento ao serviço de quem lhe deu os privilégios, e um contra-poder em relação a quem lhos tirou.

Varandas, apesar de outras tibiezas, teve a coragem de retirar benefícios financeiros à Juve Leo, e abriu a partir daí uma guerra com um grupo, que à margem dos Estatutos, tinha uma certa importância na gestão do Clube. Enquanto existir com a mesma orgânica, esta claque,composta por gente sem princípios e sem valores será um constante factor de instabilidade.

Os brunistas

Se Bruno de Carvalho saiu de cena por plena vontade da maioria dos associados, os seus seguidores apaniguados, que o vêem como um líder insubstituível, continuam activos, mais como uma seita religiosa, do que como adeptos sportinguistas. Acreditam na sua ressurreição tal e qual como o restaurador do paraíso perdido. Não é fácil tipificá-los mas distribuem-se por várias faixas etárias, com relevo para os que militam como guerreiros na Juve Leo. Vão desestabilizar até ao absurdo.

Os perdedores

A luta pelo domínio do poder no Sporting não terminou com o acto eleitoral. Logo no dia seguinte, levantaram-se várias vozes de despeito para com a Direcção eleita. É um grupo heterogéneo, com pessoas e interesses diversos, que não têm pudor em contribuir para que as coisas corram mesmo mal. José Maria Ricciardi, e os seus apoiantes, mostraram essa determinação aquando do lançamento do empréstimo obrigacionista, não abrindo portas, antes procurando fechá-las. No meio deste ninho de vespas salva-se João Benedito, que tem continuado, inteligentemente, ausente e discreto.

A comunicação social

A comunicação especialmente a televisiva, com relevo para o CMTV, utilizam o Sporting como o bombo da festa. Na CMTV, onde impera o tele-lixo, porque é o que dá maiores audiências, o Sporting ganha a primazia como tema recorrente, onde comentadores ditos sportinguistas ajudam à festa.

Nas estações de televisão em geral, a crise do Sporting é potenciada muito para além da realidade. O que se vive nesses programas supostamente desportivos, é uma realidade paralela. Salientam-se meia dúzia de tarjas, meia dúzia de "adeptos" a protestar, como em Vila das Aves, arruaceiros aos berros, os beijos do Presidente. Apesar de ser um 'fait divers' gostaria de perguntar se não há ninguém na estrutura do Sporting, que aconselhe o presidente sobre o que deve ou não dizer ou fazer em público. É que estes 'sound bites', alimentam os abutres internos e os da comunicação. 

Os adeptos 

Creio que os adeptos, tirando o desastre comunicacional e alguns erros desportivos, estão com a Direcção. Haverá um ou outro, descontente com os resultados, que se junta à oposição golpista, mas sem muito relevo. E que a oposição golpista não tome a nuvem por Juno e não embandeire em arco, insistindo, neste momento na demissão da Direcção. Quanto mais barulho fizer de forma insultuosa, mais se descredibiliza. Por este caminho não levará a água ao seu moinho. Nesta estratégia, o que falta em inteligência, sobra em estupidez.

O presente e o futuro

Esta Direcção, eleita por quatro anos, precisa de tempo. Arrumada a casa, o que está a acontecer, é preciso começar a preparar o futuro. Os sócios querem que o Clube continue a ter a maioria da SAD. Mas para que isso aconteça todos temos de remar para o mesmo lado, temos que semear para colher. Precisamente o contrário do que tem sido feito há muitos anos. Se isso não acontecer, o recurso a um investidor será uma inevitabilidade. Uma "ameaça" que paira sobre a cabeça dos grandes clubes portugueses. Mas esse é assunto para outra discussão.

publicado às 03:34

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


59 comentários

Sem imagem de perfil

De Tozé a 16.10.2019 às 03:55

Esta malta apoiante do varandas vive num mundo de unicórnios cor de rosa. Não percebem mesmo nada das razões para a contestação existente. Beijinhos

Ps: Falar de oposição golpista quando este mesmo presidente anunciou a sua candidatura sem haver eleições marcadas soa a ridículo
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 16.10.2019 às 10:52

Tozé,

Faz uma primeira confusão: não há malta apoiante do Varandas, há malta apoiante do Sporting, que é presidido por Frederico Varandas, eleito de acordo com as regras existentes. Por outro lado, não contribuí em nada para a sua eleição.

Pode parecer mas nem tudo o que parece é. A beira da estrada e a estrada da Beira, não são a mesma coisa. Continuo a considerar a oposição que pede o afastamento da Direcção como golpista, porque há normas escritas onde isso está previsto, e devem ser respeitadas. Nunca disse, nem escrevi que o comportamento que aponta a Varandas foi correcto. O que afirmo é que concorreu, legitimamente, como todos os outros e foi o escolhido. Se quer acusar alguém acuse quem o escolheu.
Imagem de perfil

De Clorophilo a 16.10.2019 às 12:26

Ó Tozé, agora a sério... Você não acha que o Sporting precisava de uma «vaga de fundo» capaz unir e mobilizar o Universo leonino em torno de um indivíduo superlativo e absolutamente consensual?

Eu só vejo uma figura capaz desse desígnio messiânico:
PINOTES BAPTISTA.

Pinotes Baptista é o (nosso!) Supracamões!
Sem imagem de perfil

De Cris Dileo a 16.10.2019 às 13:39

Ainda mais pinotes ?
Imagem de perfil

De Clorophilo a 16.10.2019 às 15:45

Bem, se calhar, pensando melhor... É possível que o Dr. Pinotes não seja o nosso supracamões, mas ainda assim...
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 16.10.2019 às 19:47

Clorophilo,
Mas é certamente um grande personagem da realidade paralela. Será que existe?
Sem imagem de perfil

De Pedro51 a 16.10.2019 às 14:00

O tal deputado do PS que foi condenado a trabalho comunitário por conduzir embriagado, mas faltou às sessões! E se salvou de ir preso com a ajuda de um membro da sua comissão política ! O testa de ferro do Ricciardi. Boa ideia!
Imagem de perfil

De Clorophilo a 16.10.2019 às 16:30

Pedro,
Ninguém é perfeito; nem mesmo o Dr. Pinotes Baptista... Mas é boa ideia não é?
Perfil Facebook

De Paulo Apolinário a 16.10.2019 às 08:45

Excelente texto, subscrevo inteiramente.
Parabéns e obrigado pela clarividência.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 16.10.2019 às 11:28

Obrigado pela apreciação.
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 16.10.2019 às 08:46

Naçao Valente,

O "ódio" e a contestação a Varandas vem muito antes de ter ganho as eleições:

1º Vem logo desde a altura em que se despediu do SCP e anunciou candidatura a presidente quando ainda nem havia eleições marcadas. Isso foi muito mal jogado da parte dele pois deu logo a ideia para fora, que estaria a decorrer o tal golpe que se fala.

2º O discurso de "eu consigo reverter as rescisões", que dispensa comentários da minha parte

3º Há uma sms atribuída a ele onde instava o pai de Rafael Leão a fazer o filho rescindir, para depois voltar quando ele ganhasse. Esta não sei se é verdade ou foi inventada. Saberemos quando o processo de Alcochete deixar de estar em segredo de justiça.

4º No programa eleitoral tem vários pontos que não cumpriu, ainda, tais como a não divulgação das declarações de rendimentos ou a publicação das transferências dos jogadores depois do período de transferências fechado (são apenas 2 exemplos, há mais, mas estes são os mais visíveis).

5º Prometeu que não expulsava BdC. Este foi onde falhou redondamente. Se não tinha poder para tomar a decisão (uma vez que atribuiu a decisão ao Concelho Fiscal e Disciplinar) então não tinha nada que fazer a promessa. Fê-la apenas por pura demagogia e para ver se ganhava votos dos "brunistas".

Se juntares estes 5 pontos (há mais alguns mas não interessa nomear mais) fica para fora a ideia de que ele fez parte duma engrenagem para meter a direção de BdC de lá para fora. E mesmo que isso não seja verdade, muitas vezes basta parecer....
Toda a desconfiança que tenho dele (e a razão para ter votado Benedito que me parecia o melhor posicionado para não ter tantos anticorpos no SCP, tal como um bom discurso de ganhador) advém destes pontos e doutros, por exemplo.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 16.10.2019 às 11:05

Mike,

Em primeiro lugar quem contribuiu para a queda da Direcção foi ela própria, pelos erros que cometeu e que culminaram em "Alcochete" e na criação de órgãos paralelos . Em segundo lugar quem demitiu a Direcção foi uma maioria elevada de associados.

Em relação ao que Varandas prometeu ou não prometeu, cumpriu ou não cumpriu, não pode servir de justificação para os que o querem demitir desde que tomou posse. Concorreu de acordo com as normas. A sua candidatura foi considerada válida. Recebeu o maior número de votos.

Se quer culpar alguém culpe os sócios que o elegeram.
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 16.10.2019 às 11:35

Nação Valente,

Se leres melhor o que escrevi não há lá nada a dizer que Varandas é o culpado seja da queda da direção.
Está a sim a dizer as razões pelas quais as pessoas desconfiam ou não gostam dele e estão a berrar contra ele. Sejam as razões válidas ou não, estão aí algumas para analisar.
Sem imagem de perfil

De J. a 16.10.2019 às 14:19

Varandas tem feito 0 esforço para unir o Sporting, tendo em conta o seu lema de campanha e temos que relembrar que na altura da sua destituição, BdC teria 29% de adeptos do Sporting a favor da sua continuidade.
Não é só fazer certas coisas, é talvez mais importante o como se fazem estas mesmas coisas.
Totalmente de acordo em retirar certos apoios ás claques e ao poder que têm e tiveram no Sporting.
Mas por outro lado, para o bem e para o mau, este grupo de adeptos são os que mais se fazem ouvir. Ignorar isso, e pensar que com o tempo esta contestação dilui-se, não é uma boa medida de gestão.
Teriamos que ter uma época desportiva muito positiva e acertar em quase todas as decisões tomadas. O que é praticamente impossível.
Por muito que esteja de acordo com Varandas quando pretende controlar regalias no clube, não posso concordar com a maneira que o está a fazer.
PS - Chegou a mandar beijos para ar no final da sua intervenção?
Sem imagem de perfil

De J. a 16.10.2019 às 14:20

*Zero esforço
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.10.2019 às 15:12

O caro J escreve muito e diz praticamente ZERO.

Primeiro, o que é que considera "fazer um esforço" para unir o Sporting?

Segundo, concorda no retirar das regalias às claques, mas não concorda como foi feito.

No lugar da Direcção, qual era o processo que o caro seguiria para retirar estas regalias?

Que importância é que tem o homem mandar beijos, num gesto obviamente cínico, para que o está a insultar de toda a maneira e feitio?

Este Sporting está cada vez pior e já cheguei à conclusão, há muito, que nunca vai chegar a lado nenhum, salvo algum sossego por uns dias se houver vitórias no futebol, a medida de existência de muitos adeptos.
Sem imagem de perfil

De Cris Dileo a 16.10.2019 às 14:58

Sim - há videos disso

E a comer amendoins durante a AG
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.10.2019 às 15:03

Ao ponto ridículo que isto chegou: "a comer amendoins na AG"...

Enfim...
Sem imagem de perfil

De Cris Dileo a 16.10.2019 às 15:18

Acha normal numa reunião magna, o presidente e outro elemento da direcção puxarem de um saco de amendoins e começar a comer ?

A sério ???
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.10.2019 às 15:22

Meu caro,

Para já, salvo a sua palavra, não sei se isso de facto aconteceu e como aconteceu.

Segundo, há pessoas com condições físicas que exigem isso. Mas não sei se é o caso.

Por fim e mais importante, a aparente preocupação com questões desta natureza. Devíamos recapitular os inúmeros incidentes invulgares em AGs ao longo dos anos...
Sem imagem de perfil

De ChakraIndigo a 16.10.2019 às 19:15

Posso afiançar que não eram amendoins, eram cajus
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 16.10.2019 às 16:09

Quando a discussão chega ao nível dos amendoins está tudo dito.
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 16.10.2019 às 16:32

Amendoins não digo mas umas castanhas marchavam agora.
Imagem de perfil

De Greenlight a 16.10.2019 às 16:58

Existe aquele aforismo anglo-saxónico: "If you pay peanuts you get monkeys" mas a usar-se no Sporting, apenas poderia referir-se às contratações de alguns jogadores, dada a sua fraca valia e não aos dirigentes pois os sócios não querem que esses sejam bem pagos. Bem pagos, são os dirigentes do Fcp, apesar do clube estar (ou ter estado) intervencionado pela Uefa. Talvez, Varandas tenha apenas "budget" para uns amendoins em vez de umas amendoas do Algarve e, muito menos, umas castanhas do Maranhão.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 16.10.2019 às 19:53

Greenlight,

Talvez Varandas quisesse mostrar que temos que nos contentar com amendoins à falta de melhor.
Sem imagem de perfil

De Cris Dileo a 16.10.2019 às 17:25

Não há nada de mal em comer amendoins, não há nada de mal em mandar beijinhos para o ar, há no entanto alturas para fazer isso e não me parece que seja numa AG da qual se é presidente.

Não acho no entanto que seja algo muito grave, é apenas (mais) um fait divers.

Quem me dera que fosse apenas essa a discussão - infelizmente não é como sabe.
Sem imagem de perfil

De Fernando Albuquerque a 16.10.2019 às 09:30

Nação Valente----------O seu texto está muito bem estruturado sobre a vida presente do nosso clube. Concordo com quase tudo o que escreveu. Mas, apenas , se me permite o seu último paragrafo sobre as claques não deveria ser tão "agressivo" quando diz " esta claque, composta por gente sem princípios e sem valores" , ou seja está a incluir todos os apoiantes no mesmo saco e como sabemos isso não é verdade, pois seria uma contestação de alguns milhares de adeptos do SCP e a realidade é bastante diferente , pois devem existir pessoas que não concordam com o assalto a Alcochete e com a sistemática critica aos Órgãos Sociais do SCP., que muitas vezes são apenas dezenas.
No capítulo dos "Perdedores", escreveu que o João Benedito "tem continuado, inteligentemente ausente e discreto " Já escrevi, que os tais Perdedores deveriam analisar a presente situação da gerência destes Órgãos Oficiais, pois pessoalmente gostaria de saber a sua opinião sobre o "estado da nação leonina", como fazem os políticos. Apenas um dos citados tem mandado uns recados na CS , sem concretizar e tentar resolver nada . Passado mais de um ano ainda não percebeu que 85% dos associados presentes nas eleições não lhe deram o poleiro. Outro , arranjou um "artista", pois tem jeito para a comédia, pois fiquei chocado ao pedir que o SCP fosse investigado no acordo com os dois bancos. Para futuros eventos é bom sabermos com quem contamos, pois de certeza que vão estar novamente na fila para chegarem à tal cadeira de sonho.
Fernando Albuquerque (SCP)

Imagem de perfil

De Naçao Valente a 16.10.2019 às 11:17

Fernando Albuquerque,

Quando me refiro a claques, refiro-me especificamente à Juve Leo, como acentuei. Na meto no mesmo saco as outras claques, que chegaram a acordo com a Direcção. Quando falo de falta de princípios e valores, digo-o genericamente. É certo que mesmo na Juve Leo existe gente bem formada. Mas pelo que tenho visto não são a maioria. E recorde-se o que se passou no lançamento de tochas sobre a baliza de Rui Patrício.
Sobre a sua proposta de congregar os concorrentes às eleições parece-me uma boa ideia, mas duvido, que os mesmos, com uma ou outra excepção, estejam interessados nesse processo. Infelizmente o Sporting parece-me um saco de gatos.
Sem imagem de perfil

De Fernando Albuquerque a 16.10.2019 às 17:48

Nação Valente----------Percebi que se estava referir á JL, pois as outras calques já tinham acordo com o SCP. Não acredito é que todos os apoiantes que fazem parte da JL estejam de acordo com os protestos a que assistimos . , O assalto á Academia, devia estar sempre presente nas suas cabeças , como um acto que prejudicou o SCP em muitos milhões de euros, que vão levar anos a repor , pois os jogadores que saíram, vendidos normalmente valiam uma fortuna, que bastante falta nos está a fazer. Só por isso não vejo ponta de moral para criticarem os actuais dirigentes. Como aqui neste blogue alguém já escreveu, a retirada do guito é que faz toda esta perturbação, Fernando Albuquerque (SCP)
Sem imagem de perfil

De Pacheco a 17.10.2019 às 02:47

Se há apoiantes/membros da claque que não estão de acordo com o seu modus operandi então devem agir em conformidade e deixá-la.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 16.10.2019 às 10:46

O comentário do Nação Valente é mais um exemplo da desculpabilização desta direcção.... a culpa de tudo o que é mau é dos adeptos, esses malditos sportinguistas que não percebem o grande presidente que é o Varandas.

Existe aqui uma grande falha que é a legitimidade do Varandas.... parece algo hipócrita dizer que esta direcção representa o universo leonino quando nem teve a maioria dos sócios votantes. Houve até um presidente eleito com 90% que foi destituído 1 ano depois, portanto existe sempre legitimidade dos sócios em criticar, bloquear ou expulsar uma direcção.... O que eu sinto desta direcção é medo dos sócios. E o que deveriamos ouvir é um discurso de tentativa de união, mas o que leio é uma tentativa de purga e expulsão dos críticos. Repito pela milésima vez, estas expulsões só vão criar mais divisão.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 16.10.2019 às 11:27

Schmeichel,

Não deturpe o que escrevo, como já é habitual. Não vê no meu texto qualquer afirmação de que Varandas é um grande Presidente. O que lá está é uma análise pessoal, e por consequência subjectiva, do que fez bem e do que fez mal.

A legitimidade de Varandas é consequência de ter recebido o maior número de votos de acordo com as regras existentes. Se não estão correctas que se alterem.

A crítica é legítima e útil. A arruaça não é crítica. A união é necessária, mas é fundamental que todas as partes estejam interessadas nesse processo.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 16.10.2019 às 11:39

Nação Valente,

É inerente a todos os presidentes serem os mais votados.... outra coisa bem diferente é dizer que o presidente representa a maioria dos sócios. O António Costa não tinha a maioria mas fez a geringonça.... o Varandas não tem a maioria mas gere como se a tivesse.

Um lider governa para todos e não somente para aqueles que representa.... não me parece ser a postura da actual direcção.... quanto à arruaça é uma questão de polícia, porque não acredito que os mais 50% dos sócios que rejeitaram o orçamento, não acredito que sejam todos arruaceiros.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 16.10.2019 às 12:41

Schmeichel,

Os romanos costumavam dizer sobre os ibéricos: um povo que não se governa, nem se deixa governar. Pode aplicar-se ao universo sportinguista.

Sobre a questão da representatividade acho que fui claro: se as regras não servem que se mudem. Nem Ricciardi, nem Dias Ferreira, e creio que nem Benedito querem, uma geringonça. Portanto comparação pouco feliz.

O Schmeichel é muito engraçado. A votação em Varandas saída de mais de dez mil associados questiona-se. Os mais de 50% de creio que menos de dois mil que rejeitaram o Relatório, enfim…

Coerência!
Sem imagem de perfil

De Jorge a 16.10.2019 às 11:45

A união que o Big Dane reclama só seria atingivel para ele e alguns outros com o regresso do destituido em ombros.

Perante tal exigência eu digo que se lixe a união.

Mas também não concordo com alguns comentadores qcomentários em que se fala de expulsar alguns sócios
Sem imagem de perfil

De Jorge a 16.10.2019 às 11:48

Desculpem, a ultima frase saiu mal.

era suposto ser:

Mas também não concordo com alguns comentadores em que se fala de expulsar alguns sócios. Não acho boa ideia que se crie um precedente destes, até porque se um dia aparece ai outro do calibre do que tivémos....
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 16.10.2019 às 12:42

Expulsar sócios? Fala-se em sanções.
Sem imagem de perfil

De Jorge a 16.10.2019 às 13:46

Pormenores técnicos.... sejam então sanções .
A lógica mantem-se.
Imagem de perfil

De Clorophilo a 16.10.2019 às 12:11

Sim, genericamente concordo com NV.
Um dia, também seria interessante abordar o problema das facções politicas (PS; PSD) que vão minando a "corte" leonina.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 16.10.2019 às 12:46

Clorophilo,

Sinceramente, essa questão das "facções políticas que minam" não entendo. Há alguma coisa que me escapa.
Imagem de perfil

De Clorophilo a 16.10.2019 às 13:01

Ó diabo! Escapa-lhe a existência de facções políticas dentro do Sporting?
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 16.10.2019 às 12:31

Comentário apagado.
Imagem de perfil

De Clorophilo a 16.10.2019 às 12:50

Nos Estados democráticos há lugar para todos, até para si!
Sem imagem de perfil

De Rumo Certo - Ventos Favoráveis a 16.10.2019 às 12:49

O Presidente do Sporting é o Dr. Frederico Varandas, logo, o dirigente institucional mais representativo do meu clube.
Eleito democraticamente com os demais membros dos O.S. para exercer mandato à luz da Lei, dos Estatutos e dos Regulamentos.
Para além destes inequívocos e clarividentes factos, apenas me interessa o Sporting Clube de Portugal, o seu sucesso desportivo e afirmação em termos individuais ou colectivos, a manutenção de estabilidade e credibilidade, o cumprimento das suas obrigações e a elevação dos seus valores, bom nome, prestígio e imagem.
Factual também é que apenas está decorrido um ano de mandato, e o balanço é reconhecidamente positivo e justamente muito bom, face às prementes necessidades de tesouraria, processos de declaração de insolvência que pendiam e dívidas por regularizar junto da Autoridade Tributária e Segurança Social, advindos e transferidos da pesada herança recebida.
Mais uma vez, vejo factos e não ilusões.
Estão dossiês complexos resolvidos e controlados, porque passou a existir responsabilidade, credibilidade, competência, trabalho e honorabilidade para a sua assunção.
Igualmente, factos, e não loas.
A tão ansiada e propalada Reestruturação Financeira foi negociada, concluída e anunciada, mas para tal, o edifício da credibilidade teve que previamente ser erigido e resposto.
Facto indelével de enorme impacto, que até merece rasgados elogios e sentimento de inveja por parte de adversários.
Tudo isto, não é pouco e muito menos é facil, todavia, e pese embora o mesmo, ainda distante do almejado nível de excelência transversal, em todos os domínios, âmbitos e objetivos que nos caracterizam e integram o ADN - mas temos rumo, estratégia, vontade inabalável, crença, coragem e tenacidade para os alcançar.
Apenas o tempo e a estabilidade o permitirão - não existe outra forma de os obter, é mais um facto.
A arrogante eloquência oratória é apenas um dom ou adorno, por vezes sobejamente utilizado numa lógica de manipulação de massas menos lúcidas ou esclarecidas.
A História mostra-nos diversos exemplos desta Verdade, e esta é filha do tempo, não da prepotência.
Prefiro a humildade, a simplicidade, a frontalidade e a coragem, como contraponto aos sinais de autoritarismo.
Nesta linha de prossecução, estou e continuarei a estar convicto que a gestão e os destinos do Sporting, estão em boas mãos.
Bem-Hajam pelos serviços prestados ao Enorme Sporting.
Força Sporting.
SL

Imagem de perfil

De Naçao Valente a 16.10.2019 às 13:10

Obrigado pela participação clara e objectiva.

SL
Sem imagem de perfil

De Rumo Certo - Ventos Favoráveis a 16.10.2019 às 14:51

Meu caro Nação Valente, grato estou eu por à boleia da correção do seu posicionamento e postura em defesa do N/ Sporting, poder neste fórum aditar, corroborar em espírito e reforçar a concordância do mesmo.
Também não votei nos atuais O.S., mas, de imediato e assumidamente passou a ser a minha Direção.
O tempo decorrido, os resultados alcançados e a credibilidade restituída, têm felizmente demonstrado que estive do lado errado e já não é a primeira vez, e provavelmente no futuro poderá não ser ainda a última.
Mas esse facto não me perturba minimamente, nem constrange, porque a Vida é uma permanente aprendizagem para quem a vive e idealiza com lastro na lealdade, no almejado aperfeiçoamento e na humildade - e já conto mais de 60 Primaveras, Verões, Outonos e Invernos.
Antes e pelo contrário, dado que verdadeiramente importante e imprescindível é o N/ clube estar bem entregue e no rumo certo - a paixão pelo Sporting Clube de Portugal tem que ser alimentada diariamente.
Os ataques soezes, as calúnias imerecidas, os desrespeitosos insultos e permanente contestação, visando pronvipalmente o Dr. Frederico Varandas e dirigida por grupelho (melhor dizendo, seita ou bando) perfeitamente identicada, mais não teve por reflexo no meu caso pessoal, ter em boa hora, passado a ser um dos seus defendores, e até mesmo nutrindo assinalável admiração pela sua coragem e estoicismo.
E porquê, não sendo eu apologista do culto da personalidade?
Porque tal como nós, sofre, vive e respira Sporting, tem carácter e simpatia, exerce o cargo de forma responsável numa conjuntura extremamente difícil e armadilhada.
Apenas lamento que no actual clima e contexto, não possamos discutir ou sugerir neste fórum, outros assuntos de capital importância para o futuro, tais como a melhor forma de optimizar os proveitos e rentabilizar as estruturas e instalações ou enriquecer o património, futura academia e expansão, parcerias estratégicas, etc..
Aceite um enorme e fraterno abraço Leonino.
Força Sporting.
SL


Imagem de perfil

De Naçao Valente a 16.10.2019 às 18:52

Caro Rumo Certo…

Colocar o Sporting acima das pessoas que transitoriamente o servem, devia ser um lema dos sportinguistas. Infelizmente para o Clube, por agendas pessoais, por interesses de vária ordem e também incapacidade de distinguir o certo do errado, o essencial do acessório, há quem coloque o Sporting nas bocas do mundo pelos piores motivos.

Às vezes as "guerras" também proporcionam período de paz e mudança. Quem sabe se estes ataques à Direcção, não permitem avançar com alterações estatutárias que alarguem a participação, na vida do Clube, a associados que vivem pelo país fora, e não apenas à minoria que habita na capital.

Considero que os assuntos que refere podem e devem ser discutidos neste espaço. O Rui Gomes costuma publicar um post, aberto à colaboração dos leitores, onde estes têm oportunidade de colocar em discussão assuntos que achem relevantes.

Todos não somos de mais para engrandecer o Sporting.

Um grande abraço Leonino
Sem imagem de perfil

De Cris Dileo a 16.10.2019 às 14:55

Se há uma pequena minoria ruidosa, o Sporting e o seu presidente que saiba ligar com ela e governar para os restantes que devem perfazer mais que 95% seguramente.

Esses 95% vão apupar ou aplaudir consoante os resultados, tendo no entanto FV pouca margem de manobra porque não tem carisma suficiente ultrapassar eventuais maus resultados.

O que me realmente me espanta foi a velocidade com que os chamados notáveis, resolveram fazer o funeral a FV até porque claramente me parecia o candidato com mais apoiantes dentro desse universo.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 16.10.2019 às 16:07

Cris Dileo,
O Presidente tem que fazer o seu trabalho. Os adeptos sejam maioria ou minoria têm que deixar trabalhar. Quem governa o Sporting, com legitimidade democrática, é a Direcção eleita e não grupos ou grupinhos. O trabalho da Direcção deve ser avaliado, globalmente, na altura certa.

Se assim não for, já escrevi e volto a escrever, mais cedo que tarde, o Clube cairá nas mãos de um investidor. Às vezes chego a pensar se não será o mais adequado. Só assim passará a haver ordem.
Sem imagem de perfil

De Cris Dileo a 16.10.2019 às 17:28

Se o clube cair nas mãos de um investidor, a responsabilidade nao será concerteza dos adeptos/sócios.

Há muito tempo que não se culpava tanto os adeptos pelo estado do clube - talvez desde 2013
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 16.10.2019 às 19:27

A questão do investidor não se coloca neste momento, nem está nos planos desta Direcção.

Não será da responsabilidade dos associados, mas da evolução do futebol como indústria capitalista.

Cabe aos adeptos apoiar o Clube para que este possa corresponder aos seus anseios. Não cabe aos adeptos insultar, com uma agenda propositada, os órgãos Sociais do seu Clube. Há formas estatutárias de proceder.

E não confundo a generalidade dos adeptos de grupos de arruaceiros.





Sem imagem de perfil

De J. Nunes a 16.10.2019 às 22:18

Referiu no seu último comentário que nunca se criticou tanto os adeptos e claques. Quem criou esta divisão entre os sócios e também um clima de ódio foi alguém que não quis respeitar ninguém Foi ele que provocou toda esta situação. pois nunca aceitou a liberdade e democracia e as decisões dos sócios. Foi alguém que destruio o clubemasnao é nada com ele. Respeitar a opinião dos outros é uma decisão democrática. Agora quando se entra no campo do insulto. no ordinário e arruaceiro fica se sem razão, A medida agora tomada já devia ter acontecido à mais tempo O Sporting não pode estar à mercê desta gente que não fazem falta. Sporting sempre Sl.
Sem imagem de perfil

De Cris Dileo a 16.10.2019 às 23:27

Já no tempo de JEB que se queria expulsar socios por desacatos e no tempo de GL, atribuia-se os maus resultados aos adeptos.

É facil atribuir a culpa a unica pessoa, arranjar um bode expiatorio, mas infelizmente a realidade é bem mais complexa que isso
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.10.2019 às 23:55

Não compreendo esse argumento, nem a sua origem criativa.

Há problemas óbvios, mas não vejo que se pretenda atribuir a culpa aos adeptos pelos maus resultados.

O Cris Dileo insiste nesta tese, para mim sem nexo.
Sem imagem de perfil

De J.Oliveira a 16.10.2019 às 16:37

Muito bom texto, Nação Valente. É uma análise exacta da situação, excelente. Fica pouca margem para comentar. Só posso dizer que cabe a nós sportinguistas sem agendas ou interesses em ir para o poleiro a qualquer custo, ou que nunca ganharam, um cêntimo à custa ou em nome do clube, de termos de defender o Sporting acima de tudo e de todos. O Sporting deve de estar acima de quaisquer interesses pessoais ou de grupo. O Sporting pertence aqueles sócios que seja qual for o presidente, o treinador, ou jogadores, querem sempre que o Sporting ganhe, e estão sempre prontos a apoiar as equipas e o clube. Em dezenas de anos de sócio, foram mais os presidentes que não gostei dos que gostei, mas sempre paguei as quotas, fui a Alvalade e pavilhões apoiar as equipas do Sporting e quando foi altura de apoiar com as Obrigações também apoiei (sei que muitos verdadeiros sportinguistas queriam ajudar mas não puderam). O Sporting está acima de qualquer pessoa. O Sporting é o meu grande amor (e de mais 4 familiares, sócios e com Gamebox).
SL
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 16.10.2019 às 19:35

J. Oliveira,

Há sempre margem para comentar como mostra neste seu texto que subscrevo. O sportinguismo demonstra-se pelo apoio ao Clube, independentemente de quem transitoriamente o dirige. O que não invalida que se critique, de forma construtiva, um outro aspecto do seu dia a dia.

SL

Comentar post


Pág. 1/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo