Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Cuidado com o "gigante adormecido"

Rui Gomes, em 14.08.17

 

DGdBdZOW0AA1FRY.jpg

  

O Sporting estreia-se na terça-feira, em Alvalade, nas competições europeias em 2017/18, na primeira mão do ‘play-off’ da Liga dos Campeões, contra os romenos do Steaua, que já venceram a competição em 1986.

 

Depois da entrada vencedora na I Liga, com vitórias frente ao Desportivo das Aves (2-0) e com o Vitória de Setúbal (1-0), o Sporting procura dar continuidade ao bom arranque na primeira mão, sabendo que venceu sempre em casa e nunca venceu na Roménia em jogos europeus.

 

As duas equipas nunca se defrontaram, mas o Sporting já encontrou várias formações romenas, contra as quais venceu sempre em casa e perdeu sempre fora – foi assim com o Timisoara (1990), Dínamo Bucareste (1991) e Vaslui (2011).

 

Por sua vez, o Steaua já defrontou quatro vezes o Benfica, com duas derrotas em Lisboa e dois empates caseiros, em 1988 e 1994, e o Rio Ave, que venceu em casa e com quem empatou em Vila do Conde em 2014/15.

 

A equipa leonina vai apresentar-se ainda sem o reforço Ristovski, cedido pelo Rijeka, que já jogou nas eliminatórias pelos campeões croatas, sendo que tem apenas Alan Ruiz em dúvida para o encontro contra um ‘gigante adormecido’, campeão europeu em 1986, ponto alto de várias décadas de bons resultados nas competições da UEFA, que vive nos últimos anos um período de menor fulgor, ainda que continue a ser o clube mais titulado da Roménia.

 

Vice-campeão da liga romena, atrás do surpreendente Viitorul Constanta, que se sagrou campeão pela primeira vez, conta nas suas fileiras com o veterano Filipe Teixeira. O português, contratado esta época ao Astra Giorgiu, já apontou dois golos nas eliminatórias, frente aos checos do Plzen, e é um dos destaques da equipa, a par do marfinense Harlem Gnohéré, contratado em Janeiro aos ‘rivais’ Dínamo, tornando-se no primeiro estrangeiro a alinhar em ambos os clubes, e do ‘capitão’ Denis Alibec. O plantel às ordens de Nicolae Dica, de resto, passou por uma autêntica ‘revolução’, com quase duas dezenas de entradas e igual número de saídas.

 

A eliminatória, a última ‘barreira’ antes da fase de grupos da Liga dos Campeões, é um ‘teste de fogo’ à temporada do Sporting, que procura manter-se entre a elite do futebol europeu e assegurar o encaixe financeiro que essa fase proporciona.

 

A segunda mão deste play-off, marcada para a Arena Nacional, em Bucareste, irá realizar-se a 23 de Agosto.

 

publicado às 09:20

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 14.08.2017 às 11:46

O jogo + complicado nesta eliminatória será o de amanha, esta equipa do Steua é + perigosa fora de portas, em casa empatou 4 dos 5 jogos realizados esta época fora ganhou os todos (3 jogos).

Ainda assim a responsabilidade está toda do nosso lado.

Espero que jogue o Adrien a 6 e o BF a 8 :)

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo