Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

img_770x433$2014_07_30_13_01_00_890307.jpg

 

Carlos Dinis, ex-seleccionador nacional das camadas jovens, e do Sporting, comentou o clássico e deixou a observação sobre a entrada tardia de Daniel Podence, jogador que, na sua opinião, podia ter favorecido o Sporting:

 

"O FC Porto foi indiscutivelmente mais forte na primeira parte. Foi uma equipa mais compacta, teve muita atenção à primeira fase de construção, anulou o Bruno Fernandes e o Battaglia, obrigando o Sporting a construir pelas alas, conseguindo muita pressão sobre o portador da bola. Depois conseguiu circulação rápida e eficaz e chegou várias vezes à frente. O Sporting tinha mais dificuldade em ter a construção apoiada a que está habituado e ressentiu-se disso.

 

Essenciais, algumas mudanças estratégicas: William subiu e trocou com Battaglia, e procedeu-se à troca de extremos. Conseguiu ganhar mais bolas no meio-campo contrário e Gelson e Acuña deram mais profundidade com o jogo interior, apoiados com a subida dos laterais. Houve mais espaço, quer da parte do FC Porto, quer da parte do Sporting, que soube pressionar mais e melhor - foi assim, de resto, que criou a sua melhor oportunidade, pelo Bruno Fernandes.

 

O empate ajusta-se, apesar de o FC Porto ter tido mais oportunidades. Daniel Podence poderia ter agitado o jogo, nos minutos finais, se tivesse entrado mais cedo. Isso não aconteceu, entrou aos 90"... são decisões que se tomam".

 

Pouco ou nada que não se tenha já debatido aqui no Camarote Leonino. Se considerarmos que o banco do Sporting é supeito, ainda mais discutível se torna pelas opções de Jorge Jesus. No caso do clássico, tinha dois avançados no banco; o muito "triturado" Alan Ruiz e Daniel Podence, que fez entrar mesmo ao cair do pano.

 

Até admitirei que nós, treinadores de bancada, exageramos com as nossas críticas e conjecturas, mas há casos que estão bem à vista de quem quiser ver. Jorge Jesus, mais vezes não do que sim, não concorda com as nossas análises. Ou será que somos nós que não concordamos com as dele ?

 

publicado às 06:26

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds