Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Debate livre (74)

Rui Gomes, em 28.05.15

 

media_p18nb6eri38jcf7ifqb1mb814bd3.jpg

 

O espaço onde o leitor pode abordar qualquer temática do seu maior interesse. Eis algumas sugestões para esta quinta-feira:

 

- Nani é tema de conversa entre Benfica e Manchester United nas negociações por Gaitán.

 

- Daniel Carriço, ao serviço do Sevilha, conquistou a segunda Liga Europa consecutiva. O formado do Sporting jogou o jogo completo na vitória dos espanhóis sobre os ucranianos do Dnipro, por 3-2. Segundo as novas regras da UEFA, Sevilha entra directamente na fase de grupos da Champions, na próxima época.

 

- Avança «O Jogo» que um administrador da SAD está em Londres para negociar a transferência de Bryan Ruiz com o Fulham.

 

4139_67634c52174ca857a755248114e6b2c6.pngng4279019.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:56

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


27 comentários

Sem imagem de perfil

De PSousa a 28.05.2015 às 10:37

Rui,
Eu se tivesse disponibilidade, e se tivesse essa sorte... bem que estaria a ganhar os 60 mil ano (limpos) e ganharia consoante a performance desportiva do clube. Uma coisa é certa... o meu clube teria-me MESMO 24 h por dia.
Mas se também quiserem pagar menos, por um "part-time" em que eu só lá vou depois das 19h até às 23h + Fim de semanas... eu também dou uma perninha no clube!

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.05.2015 às 10:54

Meu caro,

É tudo muito relativo. Já contei esta história, mas quando em 1993 estive reunido com o Sousa Cintra visando o meu ingresso no Sporting como director-técnico do futebol, era o que mais o preocupava: o meu salário. Não o conhecia intimamente, mas já éramos conhecidos há meia dúzia de anos e ele sabia o suficiente de mim para se preocupar com o que ele esperava que eu exigiria de salário.

A realidade era que eu abdicaria de muito para poder realizar o meu então sonho de me envolver no futebol do Sporting e, de acordo, eu disse ao Cintra que o Sporting não me podia pagar o que eu ganhava, nem perto, e que eu aceitava o ordenado mínimo, que era na altura, salvo erro, 300 contos. O que eu queria e exigi em termos do poderes estipulados no contrato é que foi a causa da não concretização de acordo. Isto, porque o Cintra queria ser o único a dispor do futebol seu bel-prazer, e eu nunca consentiria isso.

Mas isto foi uma situação excepcional. Em termos gerais, nunca aceitaria 60 mil euros/ano, nem verba alguma próxima disso.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo