Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 
 

Resultado justo e até podia ter sido pior. A exemplo do que se verificou durante a pré-época, o Sporting continua a não mostrar evolução alguma do seu jogo. Uma exibição que começou a prometer muito, com um belo golo de Carrillo aos 15', a cruzamento de Jefferson, mas aos poucos a qualidade foi desaparecendo até ao ponto de se tornar totalmente displicente.

 

Marco Silva surpreendeu ao incluir Naby Sarr e Heldon no onze, mas cometeu um grande erro ao preterir de Ricardo Esgaio. Escrevi aqui no post sobre  a convocatória, que o jogador vindo da formação faria parte dos 18 a equipar porque oferecia a única alternativa para as laterais defensivas. Cédric Soares foi substituído ao intervalo - presume-se por lesão - e o treinador viu-se obrigado a recorrer a Oriol Rosell, claramente um "peixe fora da água" naquela posição. Por este motivo e pela expulsão de William Carvalho - aos 66 minutos - Paulo Oliveira entrou para a lateral direita e Rosell mudou-se para o centro do terreno, a sua natural posição.

 

O jogo criativo pelo corredor central continua ausente, mas será inútil insistir nesta tese, porque já cheguei à conclusão que somos nós adeptos que não percebemos destas coisas. Alguma criatividade e penetração surge somente através de André Carrillo, a única ameaça ofensiva da equipa, que, além do golo, foi protagonista das jogadas mais perigosas do Sporting. Por muito que se reconheça a qualidade de Fredy Montero, a sua seca de golos - desde Dezembro de 2013 - e enorme falta de confiança, estão a prejudicar a equipa, e acho que se chegou ao ponto de questionar os méritos de lhe conceder a titularidade. Heldon continua a não convencer, evidenciando-se no jogo apenas a espaços. Clara oportunidade para golo, aos 17 minutos, para rematar à figura do guarda-redes.

 

Seria injusto culpar Naby Sarr dos erros defensivos, mas é por de mais evidente que o jovem francês necessita de tempo para elevar o seu jogo. A ingrata realidade que nos confronta, neste momento, é que salvo surgir algo ou alguém, vamos sofrer muito pelo eixo defensivo, especialmente frente a equipas com melhores argumento do que esta Académica.

 

É o primeiro jogo oficial da época e não nos devemos precipitar com pessimismos, mas se se tomar em consideração que pouca se alguma melhoria se verifica após 11 jogos, acho que há justa causa para alguma preocupação.

 

Artur Soares Dias perdoou uma grande penalidade ao Sporting, aos 34 minutos, quando não assinalou mão de Jefferson na área. Aos 51 minutos houve um lance discutível, com possível falta sobre Heldon na área dos "estudantes". O primeiro cartão amaralelo de William Carvalho terá sido excessivamente rigoroso, mas o segundo deve-se somente à negligência do médio leonino.

 

 

publicado às 22:36

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


32 comentários

Sem imagem de perfil

De sergiom a 16.08.2014 às 23:21

Precisamos com urgência de um avançado possante (estilo slimani), com presença física e forte no jogo aéreo e a única maneira de responder a esta mania de jogar unicamente pelas alas e centrar.

E um extremo que saiba entrar nas zonas interiores de remate fácil.

O Rui diz que "não nos devemos precipitar com pessimismos" mas sinceramente depois do que vi hoje... eu fiquei.

SL
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.08.2014 às 23:35

Sem um criativo, vamos continuar a jogar somente pelas alas.
Imagem de perfil

De juliuscoelho a 17.08.2014 às 01:13

Sergio vi pelos menos 3 boas jogadas bem conseguidas eno nosso ataque que na diagonal dequilibramos a defesa da Académica com tremenda possibilidade de remate com exito no limite da entrada na area e para onde forma os remates?? para a bancada, um de vez em quando entende-se agora assim tantos no mesmo jogo algo nao está bem, Tem que haver horas extras a treinar aquele tipo de remate que é dos menos difíceis, tem só que ver na forma de meter o pé na bola não tão por baixo, eu por exemplo (porque a maior parte das vezes é por instinto)dizia aos meus jogadores para pensarem nesse preciso momento no poste, o instinto faz o resto com o pé e a bola ja nao levanta tanto.
Sem imagem de perfil

De Balajic a 16.08.2014 às 23:44

Rui,

Só para comentar uns pontos (porque hoje, sim, é que estou com "azia"):

1) Não se soube concretizar as oportunidades que tivemos na altura em que tivemos o domínio total do jogo.

2) Heldon foi um "tiro ao lado". Nem devia ter equipado em vez do Esgaio como o Rui disse e bem.

3) Não me parece que o lance do Jefferson seja penalty. A jogada é muito em cima e a bola vai-lhe ao braço. Se não estivesse lá o braço a bola iria bater-lhe no corpo. Se o árbitro apitasse o lance do Heldon não seria surpresa. Mas aceito que não tenha assinalado.

4) William aguenta-se uma época inteira sem ser expulso, apenas vê 8 cartões amarelos no campeonato e no primeiro jogo desta época leva logo 2 amarelos. Coincidência ou há outras formas de se fazer aquilo que o Rojo e o Slimani fizeram?

5) Receio que o Marco Silva, ao contrário dos elogios de muito e boa gente, não tenha "unhas para tocar aquela guitarra"...

6) Atendendo às exibições de Naby Sarr e de Montero, acho que houve muito boa gente que se lembrou do Rojo e do Slimani. Eu, pelo menos, lembrei-me. Espero que aqueles que se apressavam a pedir que se reconhecesse a quota parte do presidente do Sporting nos sucessos da época passada não se esqueçam que este primeiro insucesso também deve ser repartido com ele.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 17.08.2014 às 12:44

Balajic,

Penso, acima de tudo, que Marco Silva está a sentir muitas dificuldades em lidar com as pressões da sua nova casa e, a exemplo do que sucedeu na pré-época, a fazer a gestão do plantel. A inclusão de Ricardo Esgaio, por falta de alternativas no plantel, estava à vista de qualquer um. Já Heldon no onze exige explicação, mesmo que Capel não seja solução ideal.
Sem imagem de perfil

De Octavio a 16.08.2014 às 23:57

William ganhou mais uma semana de férias.
O Arsenal agradece.
Imagem de perfil

De juliuscoelho a 17.08.2014 às 00:11

Boa noite, esta equipa que vimos hoje sem Carrillo e Adrian é uma equipa vulgar e perderia hoje fácilmente em Coimbra com a Académia, doa a quem doer.
William está longe da sua forma perdendo o timing de entrada por várias vezes, sempre algo atrasado.
A equipa joga sem uma ligação natural entre sectores, sempre e só em esforço e no risco e no limite de ficar descompensada se perde a a bola.
O Marco faz um erro que ditou o empate, na expulsão do William e a ficarmos com 10 elementos tinha que sair um dos avançados NUNCA UM MÉDIO, um dos avançados que segure melhor a bola (Montero) e o outro que tenha mais velocidade e controle de bola (Carrillo) assim lógicamente tinha que sair Capel. Mas isto é um erro infantil de palmatória.
Se já tinhamos um buraco a jogar com 10 ficámos com um rombo com a saída do André Martins.
O Jovem françês obriga a melhor qualidade do Maurício , o Sarr joga(ou) encolhido muito temeroso.
Conforma já tinha ditoaqui nao se iludam tanto com o Oriol Rosell é bom jogador ( e só falo quando na sua posição 6) mas não assim tanto. Marca e fecha bem mas parece cada vez mais sem a qualidade do passe imprevisível , quando com bola tudo sai muito previsível.
É a primeira jornada estamos todos desgostosos com o resultado e pior ainda com as limitações que a equipa apresentou dá para assustar.
Haber que pasa!!
Sem imagem de perfil

De Jorge Humberto a 17.08.2014 às 00:21

Não temos plantel para a forma agressiva e ousada de jogar do Marco Silva. Centrais pesados e lentos. E jogadores sem categoria ( Heldon, Paulo Oliveira, etc), outros medianos (A Martins, Montero, etc.). E preocupante é também nenhum dos reforços ser titular. Leonardo Jardim não era treinador de top, mas percebeu as limitações do plantel e adequou a forma de jogar a isso
Imagem de perfil

De juliuscoelho a 17.08.2014 às 00:43

A unica acção positiva que se tira do Marco é a confiança que transmite ao Carrillo para jogar os 90mt era isso que lhe faltava.
O Marco está a cometer muitos (demasiados) erros esperamos que seja "dos" que aprende depressa, porque os seus erros estão e vão custar muito caro.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 17.08.2014 às 00:44

Mesmo admitindo a validade dos seus argumentos relativamente ao que descreve como a "forma agressiva e ousada de jogar do Marco Silva", mas contra esta Académica ?
Sem imagem de perfil

De Nuno a 17.08.2014 às 12:32

Monteiro passou de categoria dos melhores jogadores do plantel para jogador mediano??? Enfim ...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 17.08.2014 às 12:47

O ponta de lança existe para marcar golos e este não marca um único, nem nos jogos particulares, há 8 meses.
Imagem de perfil

De juliuscoelho a 17.08.2014 às 00:49

Nao posso deixar de dizer algo que me parece muito importante e fez tambem a diferença hoje, A Académica (Paulo Sergio) ( eu faria o mesmo) percebeu que era pelo nosso lado direito que tinha que fazer o seu jogo pela "solidão" do Jefersson nesse sector o Sarr sempre temeroso e ainda sem experiencia de fechar á esquerda para ajudar o seu lateral como tão bem fazia o Marcus Rojo.Como dizem os putos levámos baile naquela zona.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 17.08.2014 às 00:53

Sim... mas o problema é colectivo e não se limita a um ou outro sector.
Imagem de perfil

De juliuscoelho a 17.08.2014 às 01:03

Rui como todos vimos o colectivo nao funciona (ainda?) porque temos uma lacuna na ligação entre sectores Uma ligaçao que se exige natural sem transporte de bola, a própria Acadamica apresentou-se melhor na sua ligação. E quando pior temos um dos sectores que simplemente nao funciona e que obriga a ajuda de bombeiro a"outros" colegas a desposicionarem-se para apagar o foco de incendio ,mais provoca ao desiquilíbrio mesmo depois quando queremos atacar, fizemo-lo sempre mais em esforço e claro porque temos um Carrillo que no um para um fez (faz) a diferença e mantendo a bola ajudou a que a equipa recuperasse os seus posicionamentos, só que isso desgastou fisicamente mais a equipa.
O Jardim disfarçava essa lacuna com a equipa a jogar mais junta e mais em bloco.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 17.08.2014 às 01:40

Volto ao que escrevi no post, nomedamente de que após 10 jogos pré-época e este oficial, não se verifica a evolução de jogo da equipa.
Imagem de perfil

De juliuscoelho a 17.08.2014 às 01:50

Vale o que vale mas (espero que o Rui nao tenha que desenvolver um dia o tema) nao entendo os 4 anos de contrato ao treinador Marco , eu sou de opinião que se deve sempre fazer contratos de 2 em 2 anos dependendo dos resultados e o presidente atirou-se de cabeça espero que ainda nao tenha que amargar com essa decisão.
Uma outro reparo em que tudo pode ser válido até ser provado o contrário mas se houve algum plano de "alguém" (aproveitando-se da situaçao)para ficarmos sem o Slimani e o Marco na equipa já foi hoje premiado com estes 2 pontos ganhos e duvido sinceramente que tanto o Porto como o Benfica percam pontos em Coimbra.
Sem imagem de perfil

De Hmmm a 17.08.2014 às 01:24

Será que o William já está com a cabeça noutro clube, tal como o Rojo e o Slimani?

A reacção à expulsão é de quem não está minimamente "ligado" ao jogo...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 17.08.2014 às 01:38

Tudo é possível, mas o William não é indisciplinado e não é do tipo de confrontrar a arbitragem.
Imagem de perfil

De juliuscoelho a 17.08.2014 às 01:55

Conhecendo o William foi uma reação normal, ele teve a consciencia que o árbitro nao podia agir de outra forma, notou-se um leve esgar de descontentamento quando saía nao sabemos se era desapontado com os colegas pela forma como se perdeu a bola que o obrigou a ir á queima , se descontente com ele próprio por se ter precipitado no lance.(ou pelas 2 situações)
Sem imagem de perfil

De Jorge Humberto a 17.08.2014 às 01:51

Marco Silva joga com o meio campo junto e subido em pressão na zona da bola com colaboração dos alas e PL. Se a zona de pressão falha, se perdemos as divididas e duelos, fazendo pressão à queima e descoordenada cava-se um buraco nas costas do meio campo com dois centrais lentos e dois laterais rápidos mas pouco físicos. Depois o desgaste que esse tipo de pressão provoca faz partir a equipa com o decorrer do jogo se os jogadores intrinsecamente não tiverem arcaboiço físico para manter essa intensidade e compactação. Com LJ a equipa jogava com a defesa subida, mas sem bola, o meio campo e alas resguardavam-se mais e só apertavam a pressão em zonas mais recuadas. A equipa recuperava a bola mais atrás mas ficava mais fresca para jogar com bola e não se partia tanto entre os setores. A minha percepção é que temos jogadores mais para o tipo de jogo do LJ do que para o Marco Silva, gostando eu mais da ideia de jogo do MS. Hoje pareceu-me que slém disso tudo houve tb uma conjugação de más actuações, quebras físicas, ausências e falta de qualidade de alguns jogadores
Imagem de perfil

De juliuscoelho a 17.08.2014 às 02:09

Jorge Humberto tambem descrevi precisamente essa situação, mas á forma de o fazer com menos desgaste , jogando mais em bloco, as linhas mais juntas para nas falhas haver imediata compensação e alguém que sempre aparece a fechar, mas atençao para se jogar com as linhas altas tem que haver melhor sincronização entre sectores, mais passe ensaiado e menos corrida com a bola, com esforço natural e não sempre no limite do risco. O Benfica faz isso quase perfeito, O Porto já logrou fazê-lo na 2ª parte com o Marítimo.
O William é expulso precisamente por só conseguirem jogar no limite do risco com as linhas demasiado separadas e claro perdemos a bola e para matar o contraataque o William foi obrigado a ir á queima e fo.....e.´Não á treino adequado entre sectores isso já eu me dei conta nos jogos de pré-época.

Sem imagem de perfil

De A. Figueiredo a 17.08.2014 às 02:23

Ui, já percebi que isto hoje está no modo das "defesas subidas" e das "marcações à zona" etc e tal para fugirmos ao óbvio:

- e contratar jogadores de jeito já agora? Não? E se em vez de 10 medianos (para ser simpático) tivessemos contratado 2 ou 3 realmente bons? Se calhar hoje tinha dado jeito.

Muito pobrezinho. Mas ainda é cedo para depressões, foi só um jogo. Muito mau. Mas só um jogo.

SL
A. Figueiredo
https://faxverdeebranco.wordpress.com/
Sem imagem de perfil

De Balajic a 17.08.2014 às 16:16

Nem mais A. Figueiredo. Nem mais!

Mas se contratássemos 2 ou 3 realmente bons em vez de 10 me(r)dianos, havia alguém que perderia o seu "complemento salarial"...
Sem imagem de perfil

De Fernando Albuquerque a 17.08.2014 às 08:16

Prezado Amigo Rui Gomes

Já quase tudo aqui foi dito sobre o péssimo jogo que fizemos em Coimbra, principalmente a partir da segunda parte. Gostei de alguns jogadores, mas alguns estão a jogar a pensar noutras paisagens e isso é péssimo, pois arrastam-se dentro do campo.

É o primeiro jogo oficial , mas se recuarmos umas semanas a produção desta equipa deixa muito a desejar, pois faltam aqui jogadores que façam a diferença e ainda para mais com a saída (para já) de 3 jogadores importantes maior é a fragilidade demonstrada. Uma coisa temos a certeza com esta equipa vamos lutar não por aquilo que se pretende mas para sermos a segunda ou terceira equipa da tabela classificativa, o que não será nada mau.

Estamos no inicio do campeonato, temos de ter paciência, há jogadores que ainda não jogaram, faltam alguns dias para terminar as compras e não podemos entrar em exageros como aqui já li. A realidade é preocupante, mas eu vi o FCP com aqueles jogadores milionários abanar muitas vezes e só perto do final sossegaram os adeptos. Fico com um ditado antigo que é aqui bem recordado " sem ovos não se fazem omeletas " e isso é mais que provado numa equipa que falta-lhe mais soluções, ou ambições , pois só em Portugal os treinadores evitam colocar jogadores jovens a jogar, com a excepção do FCP que tem um jogador com 17 anos, que o treinador continua a insistir nele com bons resultados.

Termino chamando a atenção dos meus consócios e não só, dizendo que o Sarr não jogou assim tão mal como aqui pintam. Revejam o jogo e parece-me que estão a ser injustos., pois não vi assim tantas lacunas como apontam. É preciso que equacionemos que tem vinte anos, nunca jogou com o Mauricio , nunca foi titular no seu antigo clube, foi o primeiro jogo oficial, e aquele 1,96 m deu muito jeito naquela defesa que tão mal defende. Tem defeitos ? é evidente que tem e para isso existe um treinador para lhe apontar as lacunas existentes. Eu gostei da sua actuação e espero que estejam enganados.

Um abraço Fernando Albuquerque
Imagem de perfil

De juliuscoelho a 17.08.2014 às 12:36

Fernando A. afinal dentro das opçôes que tínhamos para o jogo e depois de perdemos 2 centrais quase de rajada com a qualidade do (Dier e Rojo, Sarr é que o que aparentou apresentar-se em melhor situaçao para este jogo para jogar ao lado do Maurício. Reparem Maurício era na época passada contestado por muitos pela qualidade dos outros centrais que tínhamos no plantel agora ninguem ousa colocá-lo em questão e passou a ser indiscutivelmente o nosso central nº1, primeira opção(Até ver). Tenho também grande e fundada esperança no Rabia.
Nao pretendi criticar a exibição de Sarr no jogo em separado, pretendi criticar que ficámos débeis num sector, Sarr fez o que pôde e naturalmente pela sua juventude e pelo salto inesperado que deu deuma equipa B de frança para o primeiro time do Sporting, acusou, jogou retraído sem se expôr e sem a obvia sincronização oleada com o Jefersson tanto nas saídas deste como nas dobras a fechar. A Académica fez grande parte do seu jogo por esse lado na evidente tentativa de exploraçao dessa falta de sincronização que descrevi.

Comentar post


Pág. 1/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo