Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Como Sportinguista, quero, em primeiro lugar, dizer que com o mal dos outros estamos nós bem. Pessoalmente, sempre puxei pelas equipas portuguesas, todas, mesmo aquelas que, internamente, me alegram quando perdem.

A razia que sofremos só reforça a nossa posição de menoridade futebolística no contexto europeu, apesar de termos excelentes jogadores e muitos e bons técnicos que continuam em jogo. Temos ainda quatro treinadores lusos e pelo menos um chegará aos quartos de final da Liga Europa.

Em segundo lugar, reforço o óbvio, fiquei bastante desapontado com a nossa saída da Liga Europa, depois de um jogo em Alvalade onde o resultado poderia ter sido muito dilatado, de tal maneira que o jogo da segunda mão não seria mais do que cumprir calendário e fazer turismo em Istambul.

soccer-uefa-europa-league-round-of-32-second-leg-s

Como se constatou, o jogo correu muito mal. Aliás, tudo o que podia correr mal, qual lei de Murphy, assim correu. Sofremos golos muito consentidos, demasiado cedo e, depois de marcar e ter a eliminatória na mão permitimos, mesmo a acabar o tempo regulamentar, que os turcos nos levassem para prolongamento. Como se isso não bastasse, no final do prolongamento, quando se adivinhavam os "penalties", sofremos o golo que nos afastou da Europa.

Não vou hoje discutir equipas, substituições, tácticas, qualidade de jogadores e equipas técnicas, directivas, etc, etc. Pretendo apenas refrescar algumas memórias que parecem ter uns lapsos de vez em quando. Ora, se considerarmos que por cada vitória na Europa temos 3 pontos e pelo empate 1 ponto, qual terá sido a nossa melhor prestação desde a época desportiva 2014/2015? Alguém arrisca um palpite?

Pois bem... a nossa melhor pontuação foi obtida em 2019/2020. Incrível?... Ou talvez não. Em 2015/16 fizemos 13 pontos (terceira melhor época desde 2014), em 2018/19 fizemos 14 pontos e nesta época em curso fizemos 15 pontos. Nenhum Sportinguista ficou satisfeito, evidentemente, mas convém olhar para os números e ser mais racional do que a nossa paixão nos permite. 

publicado às 03:33

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


44 comentários

Sem imagem de perfil

De Paulo CFerreira a 29.02.2020 às 08:26

Bom dia Rui,

Apenas para esclarecer que as contas nas competições europeias não se fazem dessa forma simplista existem outros critérios que tem influência na contabilização de pontos, por exemplo a competição em que a equipa se encontra e as próprias fases/eliminatorias que os clubes atingem.

No caso do Sporting, este ano o Sporting conseguiu cerca 9.88 pontos e no ano passado 10 pontos, tendo a melhor prestação dos últimos 5 anos sido em 2015/16 em que atingiu 20 pontos, porque nesse ano jogamos a Liga dos Campeões.

Este ano esteve longe de ser a pior prestação do Sporting nos últimos anos mas também esteve longe de ser a melhor prestação do Sporting em pontuação dos últimos anos.

Cumprimentos
PF
Sem imagem de perfil

De Paulo CFerreira a 29.02.2020 às 09:17

Caro Rui,

Apenas para corrigir os meus números, a melhor epoca do Sporting nos últimos 5 anos foi 2017/18 com 18.5 pontos.

Cumprimentos
PF
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.02.2020 às 09:33

Não me dei ao trabalho de verificar, mas o que me parece é que as suas contas têm a ver com a contabilização que é feita para o ranking de clubes e não pontos conquistados. Duas questões distintas.

O meu colega no post não faz referência alguma ao ranking, apenas aos pontos conquistados em competição. Quanto muito, a exemplo do que eu fiz num post de ontem sobre o registo europeu dos clubes portugueses esta época, deve-se especificar a competição em que se somou os pontos, Champions ou Liga Europa.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.02.2020 às 10:19

P.S.: A exemplo simples, em 2019/20 o Sporting participou apenas na Liga Europa, competição em que regista 8 jogos - 5 vitórias e 3 derrotas - 15 GM e 12 GS.

Na minha opinião, para efeitos comparativos e de debate entre adeptos, estes são os números que devem ser referidos, e não os que integram a contabilização do ranking, que obedece a critérios distintos.
Imagem de perfil

De Rui Pedro Barreiro a 29.02.2020 às 12:03

Obrigado Rui Gomes, isso mesmo.
Imagem de perfil

De Rui Pedro Barreiro a 29.02.2020 às 12:01

Caro Paulo, obrigado pelo seu comentário. O exercício que fiz nada tem a ver com o ranking da UEFA, ou com a forma de contabilizar os jogos da Liga dos Campeões e da Liga Europa. Serviu apenas para demonstrar que nos últimos anos a nossa prestação europeia tem sido a que sabemos e que muitas vezes ignoramos. Quis chamar a atenção para este facto. Aliás, se não houvesse aquela prestação em Linz, poderíamos ter chegado ainda mais longe. Já agora, consegue dizer-me qual foi a melhor prestação da década e quem era presidente do Sporting nessa altura?
Sem imagem de perfil

De Paulo CFerreira a 29.02.2020 às 12:37

Caro Rui,

Não tinha entendido que não se estava a referir as pontuações da UEFA por isso o meu esclarecimento.

Julgo que assim de memória terá sido o Sporting de Sá Pinto quando fomos eliminados pela Atletico de Bilbau nas meias finais da Liga Europa, julgo que seria Godinho Lopes o Presidente.
Imagem de perfil

De Rui Pedro Barreiro a 29.02.2020 às 12:43

Nem mais Paulo. E veja o que sucedeu...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.02.2020 às 12:45

Eu compreendi prontamente que o meu colega não se referia ao ranking da UEFA porque, como nós sabemos, isso envolve um processo de contabilização muito mais detalhado e complexo.

Aliás, na generalidade, o adepto comum não se preocupa com o ranking, mas sim com os resultados, ou seja, os pontos conquistados.

Mas não me dei ao trabalho de verificar se as contas do meu colega estão correctas, salvo apontar que se deve distinguir as somas de cada competição separadas, pelo respectivo grau de dificuldade.
Sem imagem de perfil

De LG a 29.02.2020 às 09:13


Comentário factualmente errado, esqueceu-se da época 17/18..

Caro Rui Barreiro, eu sei que a estatística é tramada, porque dá-nos vários ângulos para ver a coisa, mas não me parece que o seu seja o melhor ângulo.
Parece-me que o melhor ângulo nesta questão de jogos europeus será ver o que nos diz a UEFA e os seus critérios para elaborar o ranking. Em que, em primeiro lugar, as vitórias só valem 2 pontos

E pela UEFA a melhor época foi a 17/18 (que está omissa da sua análise), claro que com a majoração da qualificação para a champions. São 17 pontos para a UEFA, a que se seguem os 10 pontos das duas épocas completas de Varandas
https://kassiesa.home.xs4all.nl/bert/uefa/data/method5/trank2020.html.

Mesmo seguindo o seu critério (daí o "factualmente errado"), a melhor época foi 17/18. Faça as contas, 1 vitória e 1 empate na pré-eliminatória, 2 vitórias e 1 empate na Champions e 3 vitórias e 1 empate na UEFA League
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.02.2020 às 09:38

Tanto para tão pouco.

Já respondi ao outro leitor e digo-lhe a si que o meu colega não faz referência alguma à contabilização do ranking no seu post, consideração muito distinta.

Não comento a soma dos pontos porque não me dei ao trabalho de a verificar, mas concordo que se deve especificar a competição em que os pontos foram conquistados.
Imagem de perfil

De Rui Pedro Barreiro a 29.02.2020 às 12:12

Obrigado pelo seu comentário. De facto em 2017/ 2018 fizemos a pré-eliminatória (4 pontos na minha "contabilidade", 10 pontos na Liga Europa e 7 pontos na Liga dos Campeões). Todavia, o meu objectivo está atingido, para mostrar que esta época nem se pode considerar a pior dos últimos anos em termos europeus, apesar de todo o contexto envolvente. Já agora que vi que anda atento a números, qual a melhor época europeia da década?
Sem imagem de perfil

De Anonimus a 29.02.2020 às 10:57

Não consigo ver o copo meio cheio.
Lask, Rosenborg, PSV, basakexiqqcoisa.
Foi uma miséria.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.02.2020 às 11:56

O que é que querv dizer com isso?
Imagem de perfil

De Rui Pedro Barreiro a 29.02.2020 às 12:13

Meu caro, digo no post que não ia falar de exibições... Aliás, só faltei a este jogo na Turquia e quem esteve comigo sabe a análise que fiz. Nenhum Sportinguista pode estar satisfeito.
Sem imagem de perfil

De Anonimus a 29.02.2020 às 12:24

Miséria de resultados. As exibições, em especial em casa, até foram muito boas, então comparando com a amostra nacional, mais ainda.
Mas não consigo, olhando para a concorrência, ver algum "mérito" na melhor campanha. Havia obrigação de fazer mais.
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 29.02.2020 às 11:39

A estatística pode ser usada como se quiser e os números também. No entanto não se pode comparar pontos/jogos/golos/etc... conquistados na Champions com os da Liga Europa, pois a dificuldade das equipas não é a mesma.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.02.2020 às 11:53

O ponto é que o processo de contabilização do ranking é uma coisa e a pura soma dos pontos conquistados é outra, embora se deva de facto distiguir entre provas.
Imagem de perfil

De Rui Pedro Barreiro a 29.02.2020 às 12:14

Certo. Por isso a desgraça do nosso futebol. Aliás, a continuar assim teremos muitas dificuldades em voltar à Champions!
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 29.02.2020 às 11:51

Meu caro R Barreiro confesso que os adeptos sportinguistas estão se borrifar para essas contas de pontos na Europa quando o que conta é irmos o mais longe possível .
Os adeptos sportinguistas estão aborrecidos e desiludidos com a demonstração de falta de carácter e espírito de luta da equipa não levando a serio um jogo que com alguma facilidade nos podia manter vivos na única competição em que ainda podíamos aspirar a algo.
Tudo isso numa época que desde Dezembro já estamos arredados do titulo com um.incrível fosso de muitos pontos num campeonato em que ficamos condenados a lutar com Braga e Famalicão imagine-se pelo 3 lugar.
A derrota na Europa mas mais a forma como aconteceu trás a obrigatoriedade de tudo ser avaliado infelizmente muito pela negativa.
Também posso dizer que Porto e Benfica foram eliminados mas lutam pelo titulo e estão ambos na final da taça, o Braga foi eliminado mas esta no lugar que pertence a um dos 3 grandes da Liga.
E o Sporting ? Foi eliminado daquela forma humilhante e esta onde??
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 29.02.2020 às 12:16

Esta mais em causa a forma como perdemos e fomos eliminados é isso que abalou a naçao sportinguista.
É inaceitável e isso tem custos de rolarem cabeças .
Imagem de perfil

De Rui Pedro Barreiro a 29.02.2020 às 12:19

Infelizmente, tenho de concordar com o que diz. Não ter a noção da importância desta competição para nós conduziu-nos a este resultado. Na Aústria deveríamos ter jogado para ganhar. O empate daria a vitória no grupo e um jogo teoricamente mais fácil nesta eliminatória. Depois do resultado em Alvalade com os Turcos deveríamos ter feito o suficiente para passar e isso não aconteceu. Por razões profissionais não fui à Turquia e vi o jogo sem som, numa sala cheia de gente. Toda a gente percebeu a minha insatisfação ao longo do jogo!
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 29.02.2020 às 12:33

Os comentarios estavam a cargo de luis Vidigal que bem se esforçou para ir explicando o inexplicavel e acabou bastante trisre como todos nos.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 29.02.2020 às 12:21

Fiquei estupefacto.... 14 derrotas esta época, estamos perto do recorde negativo do clube e existem sportinguistas que exultam com a prestação europeia em que ganhámos a equipas de baixo calibre.
Isto agora é uma questão de perspectiva, o barco está a afundar mas alguns dizem que só elevou a proa, afundar mesmo é só quando bater no chão....
Imagem de perfil

De Rui Pedro Barreiro a 29.02.2020 às 12:31

Nem eu, nem nos comentários li algum Sportinguista a exultar com o que quer que seja. Infelizmente, esta época está próxima de ser das piores. O que pretendi demonstrar, como o próprio título diz, é que as nossas prestações europeias são más e esta poderia ser melhor e garantir algum orgulho Sportinguista. Números são números, não discuti no post mais."Não vou hoje discutir equipas, substituições, tácticas, qualidade de jogadores e equipas técnicas, directivas, etc, etc." chega para mostrar a minha suposta satisfação?
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 29.02.2020 às 12:53

Você diz no post que os sportinguistas não estar a ser racionais porque esta época fizemos mais pontos na Europa do que outras épocas.... isto a mim é distorcer a questão....
Analisar uma suposta boa campanha europeia em que num grupo fraquíssimo ficamos atras do Lask Linz e fomos eliminados por uma equipa que não sei escrever o nome, isto não é positivo por mais deturpação que se faça.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 29.02.2020 às 12:58

E que nas competiçoes caseiras esta a ser o desastre que todos vemos.
Nem.uma para pelo menos alegrar.
Imagem de perfil

De Rui Pedro Barreiro a 29.02.2020 às 13:10

Meu caro, quem sou eu para catalogar Sportinguistas como eu. Não digo em lado nenhum que os Sportinguistas não estão a ser racionais. Eu não fiquei. E o que eu digo é isto: "Nenhum Sportinguista ficou satisfeito, evidentemente, mas convém olhar para os números e ser mais racional do que a nossa paixão nos permite. " Agradeço que não coloque deturpação nas minhas palavras. Já agora, lembra-se do Skenderbeu, esse colosso do futebol europeu?
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 29.02.2020 às 13:26

O Sporting nesse ano fez exatamente o que fez esta época.... passou em 2 lugar mas foi elimiminado pelo Bayer Leverkusen. Não foi pior que este ano.

Já agora essa epoca foi a de 15-16.... a melhor pontuação do campeonato. Houve uma aposta fraca na Liga Europa, em linha com o habitual do JJ.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 29.02.2020 às 13:33

Parece que estamos a colecionar caro amigo , quanto mais o nome do adversario é esquisito mais dificl fica passa-los.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.02.2020 às 15:07

Está à vista que a questão fulcral nesta discussão é se o Schmeichel sabe ou não escrever o nome do adversário.

Um dilema para os intelectuais cá do burgo:)
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 29.02.2020 às 15:44

Imagem de perfil

De Rui Pedro Barreiro a 29.02.2020 às 15:24

Meu caro, leia novamente sff. Onde é que eu digo que não estamos a ser racionais?
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 29.02.2020 às 16:36

As análises "Schmeichelianas" são dignas de uma enciclopédia de má fé. Distorce sempre os factos para levar a àgua ao seu moinho, que todos sabemos qual é.

Primeiro, esta época ainda não acabou, nem sabemos como vai acabar. Em segundo lugar houve ao longo da sua história épocas muito más, e o Clube nunca foi ao fundo. Terceiro, na Direcção anterior teve épocas em que ganhou "bola" e nunca o vi preocupado. Quarto, a época anterior foi a melhor dos últimos seis anos, e nunca o vi referi-la. Quinto, mesmo que nesta época não se ganhe nenhum título, o saldo desta Direcção, duas épocas, em relação à anterior, seis épocas, ainda é melhor.

Calado é um poeta.
Imagem de perfil

De Rui Pedro Barreiro a 29.02.2020 às 18:30

Caro Nação Valente, como hoje escreve um conhecido jornalista na última página do Jornal O Jogo, por muito mal que esteja o Sporting está muito melhor sem o bdc!
Sem imagem de perfil

De RCL a 29.02.2020 às 15:20

O futebol portugues não é competitivo, as equipas quando estão a ganhar, instalam o avião lá atrás.
Quem esqueceu o célebre jogo Sporting x Benfica(2015/16) que deu o titulo ao segundo : percas de tempo, jogadores a simular lesões, bolas atiradas para o relvado do banco do Benfica para queimar tempo.
Nunca vi tal nas Ligas europeias. Ederson , ao tempo guarda-redes do Benfica, caiu 6/7 vezes ao chão, por pouco não ia parar o Hospital No Manchester City não se atira ao relvado. O adepto ingles não pactua com atitudes dessas, nem à sua equipa.
SL
Sem imagem de perfil

De ChakraIndigo a 29.02.2020 às 17:09

O caro RCL precisa urgentemente de uma cura contra o anti-benfiquismo.

Com tantos exemplos para dar, com centenas de jogos em que efectivamente o tempo de jogo é muito baixo, do que se havia de lembrar, de um Sporting-Benfica, onde o Benfica, claro, quem havia de ser, perdeu tempo.

A competitividade do futebol português não tem nada a ver com os grandes, mas sim com o grande fosso entre estes e os outros. Com uma organização miserável, e com uma arbitragem do mais fraco que se pode ver na Europa.
Imagem de perfil

De Rui Pedro Barreiro a 29.02.2020 às 18:32

A falta de competitividade tem muitas razões, mas sem dúvida que os chamados grandes são os maiores responsáveis.
Sem imagem de perfil

De ChakraIndigo a 29.02.2020 às 18:49

Caro RPB
Os grandes ainda são aqueles que puxam a locomotiva do futebol português, naquilo que interessa.

De onde saíram os grandes jogadores e treinadores portugueses que brilharam e brilham no estrangeiro?

Talvez a falta de seriedade e o excesso de individualismo, isso sim, pode contribuir para a estagnação.
Os grandes são os vampiros, mas isso é um facto histórico no nosso futebol, e do futebol no estrangeiro.

Urge mudar a estrutura que gere o futebol, para que sejam independentes, e tenham poder para impor mudanças.

De qualquer forma, o que preocupa não é ser 6º no ranking, é a posição que me parece adequada, o que deve preocupar é estas eliminatórias com ucranianos, turcos, escoceses, russos, austríacos, suíços.
Estes são aqueles que trabalham para chegar a esse 6º posto, aquele que está realisticamente ao alcance das outras federações.

Imagem de perfil

De Rui Pedro Barreiro a 29.02.2020 às 20:34

Quem elege a macro-estrutura que governa o futebol português?
Sem imagem de perfil

De ChakraIndigo a 29.02.2020 às 21:23

São os clubes na sua totalidade, da 1º e 2º Liga, que elegem os dirigentes da Liga.

Talvez a revolução tenha de começar pela independência dos pequenos clubes, face ao interesse dos grandes. O Braga e o Marítimo, salvo erro, ainda tentaram um arremedo de coligação, mas parece que não deu em nada de concreto.

Quanto à FPF, os seus elementos ou são eleitos ou são por inerência de funções.

Sabendo nós que tudo gira à volta dos grandes, o seu poder é de certa forma consentido, e a teia de influencias e de comodismo, não deixa que se façam mudanças estruturais.

Obviamente que os interesses dos grandes tem de ser acautelado, afinal estamos num País onde mais de 90% dos adeptos são de um dos grandes. Mas o universo do desporto em Portugal é imenso, e penso que é urgente criar condições para um maior equilíbrio.

Se não formos competitivos cá dentro, não o seremos lá fora.
Não me parece é que qualquer um dos grandes tenha interesse em mudar o status quo.
Imagem de perfil

De Rui Pedro Barreiro a 29.02.2020 às 21:49

Nem mais, meu caro.
Imagem de perfil

De Rui Pedro Barreiro a 29.02.2020 às 18:31

Sem dúvida. O anti-jogo é o prato do dia, por cá.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo