Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

 

Perante o penúltimo classificado da I Liga - 4 pontos em 6 jogos, 3 golos marcados e 9 sofridos - o Sporting realizou uma exibição muito modesta no primeiro tempo, pese o domínio de jogo, e assim continuou após o intervalo, até Slimani inaugurar o marcador, aos 69', com um bom cabeceamento a cruzamento de Jefferson.

 

A partir desse ponto, com a sua natural superioridade, tudo se tornou mais fácil. Escassos minutos antes Marco Silva fez entrar Adrien Silva e Fredy Montero, em substituição de William Carvalho e André Martins, e pouco tempo depois, Diego Capel também pisou o relvado. O Sporting começou a exibir maior dinâmica de jogo e o segundo golo do avançado argelino surgiu aos 69', a excelente passe de Cédric Soares.

 

Chegou-se, então, ao momento mais esperado: uma jogada em profundidade por Diego Capel e cruzamento rasteiro para FREDY MONTRERO empurrar a bola para dentro da baliza do Penafiel. O seu primeiro golo desde o dia 8 de Dezembro de 2013, na 12.ª jornada de 2013/14, frente ao Gil Vicente.

 

Por fim, aos 85', um soberbo pormenor técnico de Nani, a marcar o 4.º golo do Sporting. Não terei sido o único sportinguista a temer mais um empate a zero, tal a apatia do Sporting para com a baliza adversária. No todo, uma exibição muito aquém do que a equipa é capaz, mas quando se chega à hora da verdade, contam os golos e os três pontos da vitória.

 

Não assisti ao início do jogo, mas constou-me que Marco Silva fez o "favor" de equipar Tanaka. Não era de esperar que ele entrasse no jogo - mesmo quando se andava desesperadamente à procura do primeiro golo - mas é o primeiro passo na direcção certa. É expectável que até ao fim da primeira volta venha a jogar mais uns minutos.

 

publicado às 01:18

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


22 comentários

Sem imagem de perfil

De Verdoca a 04.10.2014 às 22:39

partilho da opinião...mas gostei de ver que Marco Silva também partilhou da minha visão de jogo, ou seja, William(??) e André eram os elos mais fracos...por onde andam os reforços de verão?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 04.10.2014 às 23:14

Dá para pensar que William está a precisar do banco para renovar a sua motivação e dinâmica de jogo.
Sem imagem de perfil

De Pedro51 a 04.10.2014 às 22:59

Também cheguei a pensar em mais um empate. William está em empastelar o jogo. Nunca mais está em forma. Gostei de Paulo Oliveira. Estou curioso para saber se contra o Porto continua ou não. Em relação a amarelos, não falha, ao Sporting é sempre a aviar! Nani já vai em 4! Somos uns sarrafeiros, sem dúvida.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 04.10.2014 às 23:15

Critérios muitos suspeitos por parte de Rui Costa. Pelos vistos, teremos de andar de pantufas.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 04.10.2014 às 23:25

O meu temor nao era o nulo, mas sim, o fantasma do A.Martins..
Nao batam no William. Ele foi também substituido por razoes óbvias....O amarelo e a equipa precisava de mais profundidade no ataque. Além disso, a mudanca de sistema para 4-4-2 . Nao é a primeira vez que o Marco Silva faz isso e resulta.

Na primeira parte alguém viu o A.Martins??
É difícil para os outros dois(William/J.Mário) estando constantemente em minoria no meio-campo

Desculpa André mas, está na hora de rumares a outras paragéns . Obrigado pelo que deste ao Sporting
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 04.10.2014 às 23:28

Reconheço que André Martins não esteve ao seu melhor nível, mas acho injusto apontar o dedo exclusivamente a ele, quando se verificou uma exibição muito modesta da equipa, não obstante os golos terem aparecido nos últimos 20 minutos.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 04.10.2014 às 23:37

Um futbolista tem que ter, inteligencia(Futebol), tecnica, velocidade e robustez. Ao André faltam-lhe claramente as ultimas duas opcoes e a primeira deixa muito a desejar..... O que fazer nestes casos???

Como disse, é difícil jogar em inferioridade numérica especialmente no meio-campo.. ..e o técnico do Penafiel viu bem o furo
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 04.10.2014 às 23:41

Desculpe Carlos, mas não me queira fazer acreditar que a exibição pálida se deve apenas ao André Martins.

Em última análise, é o treinador que tem que ver estas coisas. Como já referiu um leitor, e bem, por onde andam os reforços de Verão ?
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 04.10.2014 às 23:55

Claro que nao!! O Jefferson também nao esteve muito bem e logo aí nas saídas para o ataque eram dois menos no meio-campo....

Lembra-se daquele jogo, quando o J.Mário tomou o lugar do André?? Todo mundo disse : òòò !!! com o J.Mário foi outra coisa..E como ve, foi só a troca de uma unidade no meio-campo
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.10.2014 às 00:06

Mas olhe que hoje o meio campo todo não esteve bem. Além do William, o João Mário também só conseguiu pegar um pouco no jogo depois de recuar no terreno, pelas substituições.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 05.10.2014 às 00:21

A explicacao no meu entender, já a dei nos outros comentários que fiz...... e como nao quero ser desagradável, monopolizando a conversa, fico por aqui..

O que esperam os sportinguistas do William?? Ele faz e continua a fazer bem o seu trabalho....Trinco= recuperar bolas (defender) e entrega-las redondinhas (atacar) !!!!
Eu nao tenho as estadisticas dele mas, tenho a certeza que em ambos itens, está bem lá no alto...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.10.2014 às 00:35

Carlos, parte da contenda deve-se à expectativa depois da fenomenal época 2013/14.

Se formos a ver as estatísticas - e elas existem - verificará que em termos de recuperação de bolas e eficácia de passes, está muito mais abaixo da época passada.

Não deixa de ser um jogador muito importante, que é só uma questão de tempo para ele recuperar a forma total. Creio, muito mesmo, que a participação no Mundial e o sensacionalismo do Mercado, mexeu com ele. É jovem, e considerando os "tostões" que estava (estará ainda ?) a ganhar, é natural.
Sem imagem de perfil

De iorda9 a 05.10.2014 às 00:09

Não estava facil abrir as trancas da defesa do Penafiel, mas leu muito bem o jogo, Marco Silva a tirar Andre Martins e William Carvalho que mais uma vez esteve bastante abaixo daquilo que pode fazer e a fazer entrar Montero e Adrien

Montero teve aliás em grande destaque com um golo e uma assistencia - é de facto um bom jogador e espero que possa render muito mais daqui para a frente, porque para mim o grande problema dele era a falta de confiança

Por falar em falta de confiança, quem precisa também de sossegar é Sarr e acho que acabou por faze-lo mesmo que aquela paragem cerebral na primeira parte - a dupla com P. Oliveira, independetemente da qualidade dos jogadores, é uma dupla mais "normal" e espero que se mantenha.

O que falhou muito foram os cruzamentos e ao primeiro com qualidade - apareceu o golo

Jefferson apesar da assistencia, parece-me incapaz de recuperar o lugar a Jonathan Silva e aos poucos a equipa vê-se realmente reforçada com as novas aquisições
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.10.2014 às 00:17

Diversos jogadores não estiveram bem e o Penafiel, apesar de tomar certas precauções defensivas, não jogou com "autocarro".

Quanto ao Montero, além do factor "confiança", não de pode perder de vista a diferença entre o 4x3x3 e o 4x4x2 (ou variável). Ele rende mais no último, mas vou esperar sentado para ver o treinador mudar. Marco Silva, como a vasta maioria de treinadores, é teimoso, e só abdica quando se sente encostado à parede.

O resultado deste jogo é uma coisa, a outra realidade é que até ao primeiro golo a 20 minutos do fim, quase todos nós só já pensávamos no empate.
Sem imagem de perfil

De iorda9 a 05.10.2014 às 00:35

Sim, não acho que MS jogue de inicio em 4-4-2, principalmente com o aparecimento de João Mario no 11, mas o 4-3-3 de agora funciona de forma diferente - não é só bolas bombeadas para a area e creio que o bom futebol de Montero seja também importante em alguns jogos, principalmente em combinações com Nani, João Mario etc.



Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.10.2014 às 00:39

Está ligeiramente melhor, de facto, mas continuamos a depender excessivamente do jogo pelos flancos e quando os cruzamentos não são de qualidade, a ineficácia é total.

O que nos vale, também, apesar de por vezes acabarem por perder a bola, são as digressões diagonais de Carrillo e Nani, que criam alguns desequilíbrios.
Sem imagem de perfil

De Petinga a 05.10.2014 às 06:35

Foi melhor o resultado do que a exibicao no seu todo. No entanto, há algumas notas positivas a retirar.

1. Paulo Oliveira tem tudo para ganhar o lugar e ninguém terá ficado desagradado com a sua prestacao, sempre certinho e sem problemas de maior. Resta saber se consegue elevar o nível quando os adversários forem outros.

2. Jefferson mesmo estando a meu ver abaixo de Jonathan e tendo feito uma partida sofrível faz o cruzamento que desbloqueia o caminho para a vitória. Contando com Esgaio do lado oposto parece que as alas defensivas este ano possuem pelo menos concorrencia.

3. Nao há vacas sagradas no meio-campo para Marco Silva. Para além disso, certos "habituais titulares" podem por vezes ser muito úteis entrando a meio da partida (ver abaixo).

4. O regresso de Montero aos golos. Pode ser um bónus muito grande para a equipa. Se é verdade que há muita classe de Nani no 4o golo, nao o é menos que a assistencia magistral de Montero define o jogador. Note que toda a gente (defesa do Penafiel e avancados do Sporting excepto Nani) esperava uma bola pelo ar - basta ver o posicionamento e movimentacao dos jogadores. Montero parece ser dos poucos que compreende o futebol de Nani e isso ficou claro naquele lance (e no agradecimento posterior do camisola 77).

5. A confirmacao de que o treinador sabe o que faz. O jogo virou decisivamente com as mexidas de Marco porque Adrien saído do banco com menos 60 minutos nas pernas realmente dinamitou o meio-campo do Penafiel. De resto só com um bom treinador o Sporting (com todas as suas limitacoes) teria jogado como o fez contra o Porto e nos segundos 45 minutos contra o Chelsea.

De resto nota-se alguma crispacao permanente no banco até surgir o golo, resultado óbvio da exigencia de vencer e dos pontos já perdidos. A forma como, depois do primeiro golo, se abriu uma comporta de bom futebol tem tudo a ver com isso e a qualidade da equipa.
Uma última nota - em minha opiniao nao se pode criticar a falta de rotatividade da equipa e depois nao aceitar que quando jogam de início habituais suplentes o entendimento entre sectores se perde de uma certa forma (e a falta de ritmo ou a razao de serem suplentes vem naturalmente ao de cima).
Imaginemos o que pode render este Sporting com um William e um Adrien ao nível de 2013-14. Ou com um Montero a marcar e a espalhar classe...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.10.2014 às 06:52

Concordo com diversas das suas observações, mas deixo este reparo, que aliás já fiz em um outro comentário: Fredy Montero, na minha opinião, e não obstante as primeiras 12 jornadas da época passada, quando ele ainda era um desconhecido, nunca renderá ao nível desejado no 4x3x3. Como Marco Silva nunca mudará de sistema de jogo, salvo em situações pontuais quando se sente encostado à parede, Montero continuará no banco como suplente de Slimani.

Outra visão, pelas circunstâncias: imagine-se como o treinador do Sporting. Sabe que não pode perder pontos neste jogo, já só faltam pouco mais de 20 minutos e a equipa continua a demonstrar enorme dificuldade em marcar, olha à sua volta e vê todos em alto estado de nervosismo, incluindo o presidente, e pela necessidade absoluta de um golo, opta por quem ?... Pelo ponta de lança que não marca há 10 meses !!!

É tudo muito bonito quando acaba bem, mas dá para imaginar a crítica se o Sporting tivesse empatado este jogo.

Gostaria imenso de confrontar Marco Silva, em pessoa - e poderei ainda ter essa oportunidade - para ele me explicar a sua recusa em utilizar Tanaka, especialmente considerando a produção dele na pré-época e as suas características.
Sem imagem de perfil

De Petinga a 05.10.2014 às 07:00

A problemática de utilizacao de Montero é precisamente o facto de ele ser um jogador "tacticamente muito caro". É pouco intenso na transicao defensiva (factor onde Slimani lhe ganha aos pontos) e, tirando o jogo de ontem, raramente recua para pegar na bola. Se joga a "ponta-de-lanca" nem sempre tem a agressividade e a eficácia que se pretende em jogos desta natureza (que sao autenticas batalhas físicas entre ponta-de-lanca e defesas adversários); se joga a "número 10" é uma posicao no meio-campo que se perde.
O ideal para Montero seria um 4-4-2 (losango ou nao) como o do slb há uns tempos ao lado de um Cardozo ou um Lima (ou um Slimani). Imagine-se a quantidade de passes e desmarcacoes que poderia fazer... Mas isso apresenta muitos riscos defensivos para uma equipa a quem nao convém expor demasiado a sua linha mais recuada (e que já tem em Nani um jogador que recua pouco).
Penso que Tanaka tem o mesmo problema, apesar de ser bastante mais intenso no pressing. O seu faro de golo que ficou aparente na forma como ajudou a salvar o jogo com o Arouca pelos vistos nao convenceu MS...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.10.2014 às 07:10

Curiosamente, eu acho que a equipa seria mais sólida defensivamente a jogar em 4x4x2, ou melhor, 4x1x3x2, ou, se desejar, contra um Chelsea e outros do género, 4x2x3x1.

Nenhum ala do Sporting, a exemplo do que ocorreu na época passada quase todos os jogos, vai conseguir satisfazer os dois requisitos, com regularidade, no 4x3x3.
Sem imagem de perfil

De Pedro Miguel a 05.10.2014 às 22:40

Boa noite,

Foi uma boa vitória, onde também me veio o pensamento do empate. Se calhar com o penalty na 1ª parte, corresse melhor.

Quero só dizer, que apesar de a nossa época ter começado aos soluços, é lamentável que a comunicação social esqueça-se de referir que o Sporting daqui a 3 semanas podia estar a lutar pelo 1º lugar, se hoje as arbitragens não tivessem vestido outras camisolas que não as suas, penalty e cartão vermelho para maxi perdoado antes do intervalo, penalty e cartão vermelho perdoado a martins indi aos 94'.

Lamentável a mudez sobre estes casos.

SL
Imagem de perfil

De sportingsempre a 06.10.2014 às 11:40

Do que tenho visto, Marco Silva é um dos melhores treinadores que tem passado pelo Sporting, mas obviamente precisa de tempo para impor o seu estilo de jogo e melhores jogadores aqui e ali.
O Sporting continua a jogar em 4-3-3 mas de forma diferente do que com o Jardim. Defesa mais subida, jogadores mais juntos, desmarcações constantes, outro jogo interior. Outra exigência para algumas posições, como a do William que está a demorar a adaptar-se e pela falta de pré-época em condições está em baixo fisicamente. Quem paga são os centrais, sempre com adversários desmarcados a correr direito a eles. E com os erros deles, quem paga é a equipa. Dito isto, o Sarr está a precisar de algum descanso. O Paulo Oliveira lembra-me o Tonel, para melhor, está a precisar de jogar e demonstrar isso.
O André Martins sempre tem tido uma óptima imprensa mas um fraco desempenho no campo, Este ano tem sido demais. Não consegue desarmar, não consegue marcar, não acerta um livre, faz uns passes bons de vez em quando. Com ele jogamos com 10. Com João Mário com 11. Temos o Ryan Gauld na equipa B bem melhor a 10 que o André Martins.
O Tanaka deve ser concerteza um novo Liedson, mas no jogo da pré-epoca que vi mal tocou na bola, nem é extremo, nem ponta de lança, anda por lá... corre muito de um lado para outro.
O Montero já se percebeu que não é um 9 e que também não é um 10. É o tal 9 1/2 que o Jesus tanto gosta. Como o Saviola, o Rodrigo, agora o Jonas. A mim, quando vejo o Slimani e o Montero em campo, vem-me logo à lembrança o Jardel e o João Pinto. O João Pinto, saia do centro, arrastava os defesas, deslizava para uma ala, levantava a cabeça, bola no Jardel, Golo!!! Embora o Carrillo me esteja a surpreender nalguns momentos, acho que esse seria o melhor ataque, Nani-Slimani-Montero.
Finalmente nas laterais estamos bem melhor que no passado, qualquer um dos 5 Jonhatan Silva-Jefferson-Cedric-M.Lopes-Esgaio dá conta do recado. Talvez o Esgaio devesse rodar como defesa direito num clube da 1ª divisão para voltar como titular.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo