Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

image (2).jpg

 

Dias Ferreira, um homem com aspirações a ser presidente do Sporting Clube de Portugal, não reconhendo ou ignorando a sua total inaptidão para o cargo, escolheu esta altura para emitir um extenso comunicado a atacar a Comissão de Gestão, com foco na gestão de jogadores, nomeadamente aqueles oriundos da formação, e ainda acusando os elementos da Comissão de terem prestado vassalagem ao Benfica, pela sua presença na tribuna da Luz no recém-dérbi.

 

Diz ainda este pseudo-candidato que esperou até este momento de forma a não perturbar a estabilidade da equipa, tendo em conta o fecho do mercado de transferências e o jogo da 4.ª jornada frente ao Feirense.

 

Mais do que alguns factos incontestáveis, fica o registo das intenções do homem que clama condições fictícias para liderar a Instituição centenária que é o Sporting Clube de Portugal.

 

Eis o comunicado, na íntegra:

 

Após o encerramento do mercado a 31 de Agosto, aguardámos pacientemente e em nome da estabilidade da equipa principal de futebol, a realização do jogo da 4ª jornada frente ao Feirense que, para alegria de todos, terminou com uma vitória suada mas merecidíssima.

 

No entanto, não podemos mais travar a nossa indignação, tendo ficado absolutamente claro para todos os sportinguistas que a política de gestão e aquisição de jogadores terá de ser profundamente alterada, após o dia 9 de Setembro.

 

Nos últimos 6 anos, o Sporting contratou praticamente 200 jogadores para um plantel de cerca de 25 atletas, a maioria nem sequer é conhecida pelos sócios, vários nunca chegaram sequer a jogar. O que explicita a forma desequilibrada e irracional como foram geridos alguns dos investimentos realizados.

 

O Sporting não pode continuar a ser um refúgio para os empresários gerirem as suas carteiras de jogadores, sem com isso retirar benefícios. Somos um dos maiores viveiros de jogadores do mundo!

 

Precisamos de valorizar os atletas com origem na formação, rentabilizando a compra de profissionais de futebol através de uma política ponderada, em que o nosso Clube reassumirá a total liderança do processo.

 

Para esse efeito, é nossa intenção criar um departamento específico de acompanhamento dos jogadores do Sporting que não fazem parte do plantel principal cuja principal função será a de monitorizar, avaliar e projectar uma estratégia de permanente avaliação dos activos do Clube que estão ao serviço de outros clubes.

 

Estivemos atentos ao mercado e às contratações realizadas, bem como às cedências feitas pelo Sporting de valores oriundos da formação. Mais uma vez, com o nosso silêncio quisemos privilegiar, como sempre, a estabilidade no seio do actual plantel profissional de futebol.

 

No entanto, e uma vez encerrado o mercado, é muito difícil entender que o Sporting tenha deixado partir atletas da formação com grande qualidade, como são Francisco Geraldes, João Palhinha e Matheus Pereira. É, também, muito difícil não ficarmos muito tristes quando nos deparamos com mensagens de atletas como foi o caso de Fábio Coentrão, assumido Sportinguista como o demonstrou em campo na última época, sem que o Sporting tenha feito tudo o que estava ao seu alcance para o contratar. Apesar de, com todo o respeito pelos jogadores que permanecem no plantel, sermos deficitários nessa posição específica.

 

Após o dia 9 de Setembro se, como esperamos, formos a escolha dos Sportinguistas tudo faremos para dar total prioridade e atenção à evolução dos referidos jogadores no sentido de garantir, o mais rápido possível, o seu regresso ou a sua contratação.

 

O Sporting CP não pode continuar a dispensar atletas altamente qualificados quando não dispõe de melhores soluções dentro de casa.

 

Mantivemos o silêncio em prol da estabilidade da equipa mas, neste momento, também não podemos mais calar a nossa revolta, perante os sinais que a arbitragem já nos ofereceu no jogo de ontem.

 

Coincidência ou não, esse comportamento dentro das quatro linhas surge uma semana depois dos responsáveis do Sporting terem prestado vassalagem na tribuna do estádio do nosso rival com trocas de beijinhos, abraços e lembranças (esperemos que não tenham sido vouchers...), verificando-se que o Sporting se fez representar ao mais alto nível mas não foi, de todo, recebido ao mais alto nível.

 

Sem qualquer mandato para o efeito, os responsáveis do Sporting contribuíram para que se continue a branquear os comportamentos inadmissíveis e intoleráveis dos nossos rivais e as faltas de respeito para com adeptos do Sporting falecidos, dos quais os seus dirigentes nunca se demarcaram, nem apresentaram as devidas desculpas!

 

A Comissão de Gestão deve cingir a sua acção à prática de actos de gestão de necessidade inequívoca e urgente.

 

Lisboa, 2 de Setembro de 2018

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:18

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


27 comentários

Sem imagem de perfil

De Sr. Comentador a 03.09.2018 às 05:29

Creio que o apoio de um ex-dirigente do Sporting, actualmente suspenso, está a influenciar Dias Ferreira no sentido de soltar o seu brunismo adormecido durante uns meses.
Porquê este comunicado nesta altura? Diz ele que foi para não perturbar o período de transferências, mas eu diria antes que é para fazer algum barulho numa altura em que a sua campanha anda tão em baixo.
Saberá Dias Ferreira que as equipas de futebol jogam com 11 e só podem fazer 3 substituições por jogo? Entenderá ele que não dispensando ninguém o plantel teria mais de 30 jogadores, o que seria impraticável?
E quanto aos nomes dos jogadores emprestados, DF não apresenta nenhum argumento válido, o que me leva a crer que criticaria a Comissão de Gestão fossem quem fossem os dispensados. Criticar por criticar, que é o que fazem aqueles não têm nada de substancial a dizer e apenas falam alto para que olhem para eles.
Desta vez, sem as maluquices do Futre, a campanha de DF não estava a ser motivo de anedota, vai daí, sugerido por um ex-estratega de comunicação do presidente destituído que também se juntou à campanha de DF, resolveu mandar uns foguetes para ver se alguém lhe liga.
Nunca dei para o peditório de DF, um sujeito que ao longo dos anos já ganhou muito à custa do Sporting nos vários palcos de paineleirismo onde é avençado. Este comunicado, bem como o apoio mediaticamente declarado de um sócio que, por estar suspenso, nem pode votar, são apenas episódios toscos da campanha de alguém que não concorre para ganhar, apenas para se fazer notar.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 03.09.2018 às 09:44

💯 %
Palavrinha por palavrinha!!..

P. S. Este e outros como ele são os tais que fizeram estragos ao Sporting e continuam fazendo..
O Dias Ferreira deveria desaparecer da vida pública do Sporting.
Este tipo é mau demais!..
O Dias Ferreira é um taxista(tachista)

Viva o Sporting!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 03.09.2018 às 13:19

Com esta participação na campanha eleitoral, Dias Ferreira garante mais uns quantos convites no circuito de paineleiros de TV, que dá muito protagonismo e paga muito bem.
Sem imagem de perfil

De antonio a 03.09.2018 às 07:52

É preciso aparecer para que as pessoas se lembrem quem também é candidato.
Sem imagem de perfil

De ALPER a 03.09.2018 às 08:23

Um candidato que de manhã elogia a Comissão de Gestão, à tarde ataca-a e à noite dorme, que há a esperar dele??
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 03.09.2018 às 13:20

Vindo dele, nada de novo, na realidade.
Sem imagem de perfil

De ALPER a 03.09.2018 às 15:30

Sr. Rui Gomes, já agora tome nota deste nome, que muito bem deve conhecer, provávelmente muito melhor do que eu...Samuel Mendes de Almeida, futuro presidente do Sporting Clube de Portugal e num futuro não muito distante!
Vamos acompanhando o percurso leonino deste senhor!
Sem imagem de perfil

De mike1906 a 03.09.2018 às 18:33

Penso exactamente o mesmo.De todas as pessoas que temos ouvido por estes dias, entre candidatos e não candidatos, é a pessoa que mais tenho gostado de ouvir. Veremos o que o futuro nos reserva a nós e a ele.
Sem imagem de perfil

De ALPER a 03.09.2018 às 18:44

Sem imagem de perfil

De João Tavares a 03.09.2018 às 08:36

Mais brunismo, não obrigado...
Sem imagem de perfil

De Noddy a 03.09.2018 às 09:24

A sério? Brunismo?
Haja noção!
Sem imagem de perfil

De Pereira a 03.09.2018 às 08:46

Falar do Benfica para ganhar votos...
Lembra alguém...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 03.09.2018 às 13:21

Aprendeu com alguém...
Sem imagem de perfil

De João a 03.09.2018 às 09:50

Realmente a "sede" por chegar a presidente so Sporting faz muita gente perder toda e qualquer noção de bom senso, este comportamente é tipico de quem acha que vale tudo. Infelizmente acho que esta semana vai ser prodiga em barbaridades, que o dia 8 chegue depressa para que possa haver silencio e trabalhar no futuro do Sporting.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 03.09.2018 às 10:17

João

-"... para que possa haver silencio e trabalhar no futuro do Sporting." -
Eu dúvido muito que isso aconteça.
É mais, nem acredito que isso possa acontecer.
Quanto mais conheço o adepto sportinguista, mais céptico estou.
O adepto sportinguista está demasiado descrente para haver paz, num futuro próximo.
Haverá talvez algum silêncio se porventura, a equipa de futebol ganhar e ganhar e ainda assim.. Uff!.
É só ver o momento atual!.
Se não o Peseiro, é o Jefferson. Se não é o Matheus, é o Castaignos. Se não é isto, é acoloutro..
Difícil e incompreensível!!..
Para acalmar as hostes vão ter que passar alguns anos.. Ganhando!

Abrazzzo
Sem imagem de perfil

De Paulo Salcedas a 03.09.2018 às 11:20

Aqui no que é dito, não posso deixar de concordar: "Nos últimos 6 anos, o Sporting contratou praticamente 200 jogadores para um plantel de cerca de 25 atletas, a maioria nem sequer é conhecida pelos sócios, vários nunca chegaram sequer a jogar. O que explicita a forma desequilibrada e irracional como foram geridos alguns dos investimentos realizados.



O Sporting não pode continuar a ser um refúgio para os empresários gerirem as suas carteiras de jogadores, sem com isso retirar benefícios. Somos um dos maiores viveiros de jogadores do mundo!



Precisamos de valorizar os atletas com origem na formação, rentabilizando a compra de profissionais de futebol através de uma política ponderada, em que o nosso Clube reassumirá a total liderança do processo.



Para esse efeito, é nossa intenção criar um departamento específico de acompanhamento dos jogadores do Sporting que não fazem parte do plantel principal cuja principal função será a de monitorizar, avaliar e projectar uma estratégia de permanente avaliação dos activos do Clube que estão ao serviço de outros clubes.



Estivemos atentos ao mercado e às contratações realizadas, bem como às cedências feitas pelo Sporting de valores oriundos da formação. Mais uma vez, com o nosso silêncio quisemos privilegiar, como sempre, a estabilidade no seio do actual plantel profissional de futebol.



No entanto, e uma vez encerrado o mercado, é muito difícil entender que o Sporting tenha deixado partir atletas da formação com grande qualidade, como são Francisco Geraldes, João Palhinha e Matheus Pereira. É, também, muito difícil não ficarmos muito tristes quando nos deparamos com mensagens de atletas como foi o caso de Fábio Coentrão, assumido Sportinguista como o demonstrou em campo na última época, sem que o Sporting tenha feito tudo o que estava ao seu alcance para o contratar. Apesar de, com todo o respeito pelos jogadores que permanecem no plantel, sermos deficitários nessa posição específica."
"O Sporting CP não pode continuar a dispensar atletas altamente qualificados quando não dispõe de melhores soluções dentro de casa."

Para a frente é mais do mesmo, Brunismo? NÃO, OBRIGADO!

Mas no que diz respeito á gestão do plantel profissional, não posso deixar de observar que tem razão.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 03.09.2018 às 12:02

Eu estava para não escrever hoje, mais nada..
Mas, esta ultima frase incomóda!.. 😎
Especialmente, por ser o pensamento de muitos..
A meu ver incorrecto!.
E com aprovetamento cínico do Dias Ferreira
Explico: nenhum de nós sabe o que passou lá dentro..que conversações houve e logo aí não podemos opinar.
Opinar quase nada, ou nada mesmo!!.
Que todos gostariamos de ter um melhor plantel, concerteza.
Que gostariamos orgulhosamente de ter mais formação na equipa titular, concerteza.
Que gostariamos de ter contractado um ou dois craques que nos trouxessem ilusão, concerteza.
Mas, repito, nenhum de nós está em condição de opinar o quer que seja sobre o assunto.
Mas, e volto a repiter... Não sabemos a missa a metade.
Por ouvir ou ler opiniões de jogadores não podemos logo emitir opinião, a favor ou contra. Jogador defende o su interesse... Por isso, até um miúdo, desterrado por JJ que no momento não disse nada.. Engoliu, e agora blá, blâ, blà, queria ser titular sem mais.
Que o Coentrão estava à espera de.. Concerteza, ele é sportinguista e muito gostaria de voltar a lá estar mas, por alguma razão desconhecida a nós, não foi equacionado segundo o treinador.

Enquanto o Sporting estiver por cima, como está neste momento, só temos que apoiar....ser bons adeptos!..
Esta devia ser a divisa de um clube ganhador. Mas.... 😢
Para bater no ceguinho, estão os outros. Os anti-Sporting!..

Bora lá gente!
Ser bons adeptos... 😁

P. S.. Não às postas de bacalhau, Dias Ferreira. Se chegares lá, já em 8 dias, podes então mudar tudo, como desejas.
Sabemos que não chegará lá mas, as postas de bacalhau continuarão a cair em cima da mesa.
Sem imagem de perfil

De Paulo Salcedas a 03.09.2018 às 12:57

Pois não, é verdade que não sabemos da missa a metade mas acho que estava na hora da CG informar os adeptos e sócios não?
Se Peseiro acha que estamos bem servidos de defesas esquerdos para rejeitar um internacional A, jogador com muita experiência internacional e ainda por cima só tem como custo o salário? O tempo o dirá mas para mim e de certeza para muitos faz falta e muita.
Quanto aos da formação: acho que o treinador esteve bem no caso do Matheus Pereira, esteve mal a CG ao emprestar o jogador, para mim treinava umas semanas á parte para aprender, não há titulares indiscutíveis e todos têm que trabalhar para jogar.
Negócio Palhinha: mistério absoluto, o Braga afirma ter percentagem numa futura venda..... estranho para um empréstimo não? Ou foi para pagar dívidas?
Curiosamente já é destaque no Braga, titular, faz assistências e até já marcou um golo mas pelos vistos para o Sporting bom bom é o Petrovic.....
Geraldes foi uma pena, a época é muito grande, há muitos jogos, de certeza que mais tarde ou mais cedo seria muito útil á equipa....
Mas pelos vistos este Peseiro é outro Jesus, lá aposta num jovem ou outro (de vez em quando, nem sempre, na Luz acagaçou-se e meteu mais trancas em vez de lançar o miúdo Jovane) mas prefere jogadores feitos.
É por estas e por outras que ninguém me convence que o treinador certo não seria o Rui Jorge.
Apoiar sim, deixar de pensar NÃO.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 03.09.2018 às 13:15

Porquê insistir no Rui Jorge sabendo antecipadamente que nesta altura ele nunca aceitaria o cargo?

Quanto a Fábio Coentrão, parece-me que a SAD prefere não vir a público dar explicações. Tenham havido ou não contactos, as exigências salariais dele seriam sempre exorbitantes. Decerto nada parecido com o que ele terá exigido ao Rio Ave.

Haveria proveito do Francisco Geraldes na equipa agora se fosse possível jogar com alguma regularidade. Falamos muito dele mas a realidade é que no Sporting ainda nada provou.

Já João Palhinha acho que devia ter ficado, mesmo sem ser titular. Mas acredito que hajam contas atrasadas a liquidar com o Braga que motivaram o empréstimo. O Sporting só terá de indemnizar o clube minhoto se o recuperar antes do termo do empréstimo.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 03.09.2018 às 15:05

Que eu saiba não disse que deve deixar de pensar..🤔
Nem se deduz isso das minhas palavras.
Ser bom adepto, é precisamente pensar.. Saber pensar!.
Informar os adeptos de tudo como escreve, é dar informação aos adversários também.. É isso que deseja?
Nós adeptos não precisamos, nem necissitamos saber tudo.
A nossa missão é, deve ser, saber quando intervir..
Ora, é aqui que falhamos!!..
A maioria dos adeptos não querem ser só adeptos, querem sim, ser Presidentes, Diretor Desportivo, Treinadores.. e até gestores.
A missão do adepto é ser feliz com as vitórias, se não as houver sim, meter pau nos diretores. Eis a questâo!!..
Se eles tiverem a afundar financeiramente(e para isso existe periódicamente um R&C), meter pau neles.
Participar positivamente e activamente na vida do clube, é mais que a simples critica...
É isso mesmo, pensar!.
Mais simples que isto não há.. Isto, é saber ser feliz. Ser adepto na verdadeira acepcção da palavra.

Que me importa se o Jefferson, o Castaignos ou o Petrovic são uns coxos, pernetas!..
Enquanto houver vitórias até pode ser o Zé da esquina a ponta de lança.
Eu quero é ser feliz!..
Pensar sim, pensar....... 😁


P. S.. Antes do dérbi, era um ai meu deus..que não seja goleada!.
Depois do dérbi é, o camelo do Peseiro.
Que sabemos do relatório clinico do ano anterior sobre o Coentrão?... Se calhar aí está a coisa.
O Rui já ajudou nos demais esclarecimentos..

Paulo, tem a certeza que se você fosse o Presidente faria diferente??.🤔
Conhece todos os dôssier?.. E detalhes das transferencia?.. Conhece o desenlorar de conversas com jogadores, agentes e outros que tal, Etc, etc, etc....

Abrazzzo
Sem imagem de perfil

De hugo gomes a 03.09.2018 às 12:37

Bom dia
"

Sem qualquer mandato para o efeito, os responsáveis do Sporting contribuíram para que se continue a branquear os comportamentos inadmissíveis e intoleráveis dos nossos rivais e as faltas de respeito para com adeptos do Sporting falecidos, dos quais os seus dirigentes nunca se demarcaram, nem apresentaram as devidas desculpas!" Como alguém pode sequer em pensar em pedir desculpas sobre um adepto de um clube italiano que foi mais os amigos da juveleo responder a provocações com paus e barras de ferro ao estádio da luz e no meio um morreu atropelado, é o mesmo que eu ir á síria de férias,armado até aos dentes,levar um tiro dos americanos e esperar que o trump me peça desculpa. Já chega de desculpar criminosos pelos seus atos, a ida do italiano e seus amigos ao estádio da luz e os que esperavam no mesmo sítio por eles são criminosos e toda a situação foi um ato criminoso de todos os intervenientes.tentar desculpar quem quer que seja e somente baixo e revela como esses criminosos são aceites na sociedade
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 03.09.2018 às 13:16

Neste caso tem razão. Há outros casos, no entanto...
Sem imagem de perfil

De hugo gomes a 03.09.2018 às 15:19

Rui desculpe mas e irritante demais usarem este argumento,seja nas eleicoes ou em qualquer situação e ainda mais me custa que ninguem comente e ainda aceite e defenda um ato criminoso,que vai contra todas as regras de uma sociadade desenvolvida e foi um ato criminoso so com a intenção de agredir,magoar e como e evidente sem qualquer respeito pela vida humana e todos (Benfiquista e Sportinguistas) deveriam ser presos por tentativa de assassinato e passar muitos anos a ver o Sol aos quadradinhos.
Ps- E os pais do italiano podem pedir a indemnização a eles pela falta de principios e de regras da sociedade que não transmitiram ao filho.
Sem imagem de perfil

De hugo gomes a 03.09.2018 às 15:21

Como e evidente o todos ( sportinguistas e benfiquistas) é todos os intervinientes no ato barbaro
Sem imagem de perfil

De Leão da Guia a 03.09.2018 às 15:34

Uma intervenção manifestamente infeliz e inoportuna de quem se revela em estado de desespero. Absolutamente injusta para um conjunto de pessoas leais e fieis ao Sporting que (sem qualquer tipo de remuneração pessoal) tem enfrentado com rigor, sensatez e dignidade a gigantesca, complexa e ingrata tarefa de repor, em tão curto espaço de tempo, a normalidade possível no nosso Clube - merecendo, por isso, a admiração e a gratidão dos verdadeiros sportinguistas.

É de lamentar que o Dr. Dias Ferreira ainda não tenha compreendido que - apesar dos valiosos serviços prestados ao Clube - o seu tempo se esgotou. E que, a par do seu espírito contundente, a posição de apoiante do desprezível charlatão destituído, que assumiu durante um período demasiado longo, comprometeu definitivamente as suas ambições presidenciais.
Sem imagem de perfil

De Luís a 03.09.2018 às 15:42

Nada que não fosse expectável da parte de DF. Não consigo dizer que não aprecio a sua frontalidade, mas os seus exageros raiam o ridículo.
E este comunicado está eivado de questões que nada nada interessam para o apaziguamento e para o momento eleitoral.
Se noutros momentos foi oportuno e incisivo, por ora tenta capitalizar mais uns votos, mas parece-me que o tiro vai cair na água.

Comentar post


Pág. 1/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo