Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




img_192x192$2015_10_12_15_23_37_1005745_im_6366770Há poucos meses, quando o Sporting se sagrou campeão nacional, os seus adeptos reagiam mal ao que consideravam ser as ‘desculpas’ dos adversários para o êxito leonino. Em boa parte, tinham razão, mas vê-se agora que não tinham toda a razão. De facto, uma coisa é jogar ao fim de semana, outra é entrar em campo a cada três dias. Uma coisa é investir muitos milhões em jogadores já feitos, outra é fazer ‘crescer’ apressadamente activos da Academia. Uma coisa é contratar profissionais com experiência e currículo internacional, outra é tentar convencer os ‘miúdos’ que, tendo também uma cabeça e duas pernas, é possível baterem-se de igual para igual com gente carregada de tarimba europeia.

Num plantel curto e ainda ‘imberbe’ não espanta que a falta de Coates e Pote se tenha feito sentir tanto, o que levou já os entusiásticos veneradores de Rúben Amorim – que fizeram o mesmo com Bruno Lage quando lhe começaram a faltar os resultados depois de ter sido campeão – a questionarem as suas opções. Caso das cedências de Eduardo Quaresma ou Sporar, como se a SAD nadasse em dinheiro e pudesse ficar com todos. Ou um treinador exigente e ponderado se tivesse transformado num irresponsável só por causa de um desaire europeu!

Rúben Amorim falou, e muito bem, das ‘dores de crescimento’ e nisso reside o cerne do problema. Não se cresce sem sofrimento. Ou os sportinguistas se convencem que poderão não ser campeões de novo este ano e se conformam com isso, dando tempo ao treinador para continuar a construir uma equipa sólida – a resposta no Estoril após o ‘desastre’ foi excelente – ou se juntam às críticas dos arrivistas, põem em causa o trabalho feito e tudo voltará ao princípio. Não existe terceira alternativa e é péssima, horrível, a recordação que os anteriores ventos de destruição deixaram em Alvalade.

Artigo da autoria de Alexandre Pais, em Record

publicado às 02:18

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


5 comentários

Imagem de perfil

De Luísa de Sousa a 21.09.2021 às 12:02


Eu acredito no treinador Rubem Amorim e vamos dar tempo para que a equipa amadureça.
Excelente artigo!

Beijinhos
Feliz Dia
Sem imagem de perfil

De RCL a 21.09.2021 às 22:07

"Poderão não ser campeões este ano"
Frase mal construída. Claro que o Sporting tanto pode ser campeão, como não, verdade do "outro". Pelo que se viu à 6ª jornada o limpinho-limpinho esta de volta , agora que o outro foi embora e vai ser substiuído pelo principe chorão. Os padres perderam o medo e voltarão a "rezar" missas cantadas.
Mas desenganem-se os mafiosos do norte e do sul, não vai ser fácil ganhar ao SCP.
Onde Vai Um Vão Todos.
SL
Sem imagem de perfil

De Profeta a 21.09.2021 às 22:38

Já são duas jornadas consecutivas disto...
Sem imagem de perfil

De Profeta a 21.09.2021 às 22:45

Queremos muito ser bicampeoes, mas se não o formos, isso não põe em causa nada. Se calhar as circunstâncias permitiram que fosse possível ultrapassar uma etapa cedo demais (ser campeão), mas estamos no bom capada sermos sempre candidatos todos os anos e lutar até ao fim. E se assim for, seremos campeões com maior regularidade.

Quanto ao plantel ser curto, embora reconheça que falta ali um lateral esquerdo e um central, de resto creio que não estamos assim tão mal. No ataque temo Paulinho (a melhorar), Sarabia, Pote, Nuno Santos e Jovane. No meio campo contratamos um internacional uruguaio (Ugarte). Na lateral direita temos o Esgaio como alternativa à Porro...

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo