Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Dores que ainda Doyen

Rampante, em 05.03.19

 

21373257_fU1fV.jpeg

 

Publicado o Relatório Semestral, tem esta direção sido questionada por algumas questões, nomeadamente acerca do negócio Rui Patrício e suposta divida à Gestifute.

 

Vamos a factos.

 

Antes de 2013, o Sporting encetou uma série de negociações e renovações com jogadores, utilizando para isso 3ªs empresas que investiram dinheiro em proporções que o Sporting não conseguia. Podemos agora questionar a ética por trás da intervenção destas empresas, mas temos de ter plena consciência de que à época este era um procedimento legal e comummente utilizado por aqueles clubes que não tinham dinheiro para investir e num momento em que a banca tinha fechado as torneiras do crédito.

 

Assim, os clubes viram nestas empresas o acesso viabilizado a dinheiros que não tinham e as empresas viram aqui oportunidades de negócio milionários.

 

Os saudosistas pela Direcção de BdC, gostam de abanar a bandeira a dizer que foi ele que liderou uma guerra contra os Fundos e Empresas 3ªs, no entanto não dizem que BdC apenas se tornou contra os Fundos quando tentou “passar a perna” a um desses Fundos, numa ação que custou milhões ao SCP. Falo aqui da Doyen e na sacanice que a direcção de BdC fez (ou tentou fazer).

 

Para além da situação com a Doyen Sports, aquando das renovações de Adrien Silva e Rui Patrício em 2016, o Sporting (ou BdC) tentou afastar a Gestifute do processo de forma unilateral, excluindo-a dos seus direitos como se nada fosse. Foi utilizada a exacta mesma estratégia que para com a Doyen, com consequências que podiam ter sido semelhantes.

 

Esta distinta “sacanice” foi feita à vista de todos e ainda hoje me pergunto como é que as autoridades fiscalizadoras, bem como a PWC que audita as contas do SCP, nunca se referiu ao seguinte facto:

 

Até 31-12-2015 o SCP indicava que possuía 65% dos direitos económicos de Rui Patrício e 50% dos de Adrien Silva. No 1º semestre de 2016, por via das renovações de contrato, o Sporting adquiriu a percentagem que cada um detinha (17,5% e 30% respectivamente) e anunciou o Sporting à CMVM que passou a deter 82,5% dos direitos económicos de Rui Patrício e 80% de Adrien Silva (o restante dos passes dos 2 jogadores seriam da Gestifute).

 

Acerca dos dois referidos jogadores, nunca mais houve comunicações à CMVM, nem foi feita referência em qualquer relatório e contas, NO ENTANTO, após Junho de 2016 o SCP passou a reflectir nos seus documentos que detinha 100% dos direitos económicos destes dois jogadores SEM evidenciar qualquer contingência a favor da Gestifute pelos direitos que a mesma detinha. Incrível esta “contabilidade” criativa…

 

No Mundo do “faz de conta” em que BdC vivia, tudo isto era muito bonito, até ao dia em que a realidade lhe bateu à porta e esse dia foi aquando da negociação de Rui Patrício. Nesse dia a Gestifute terá pedido um acerto de contas que consistiria em 20% de 29,5M€ da venda de Adrien Silva e 17,5% da venda de Rui Patrício, o que daria 9,05M€ (5,9M€ + 3,15M€), mais de metade do valor a que estava a ser vendido Rui Patrício.

 

Com a saída de Bruno de Carvalho do Clube, as negociações tornaram-se mais “simples” e Rui Patrício, à semelhança do que Adrien já havia feito, abdicou de valores que tinha a receber do Sporting por forma a facilitar as negociações e a Gestifute, por forma a não se envolver em litígios aceitou receber 4.459K€ ao invés dos pouco mais de 9M€ a que tinha direito.

 

Ao contrário do que os “alucinados” pela anterior Direcção querem fazer crer, as dividas à Gestifute eram evidentes e mesuráveis e este foi MAIS UM problema que BdC deixou para os outros resolverem...

 

...no entanto a Direcção de Varandas também não está a conseguir sair com a imagem “limpa”, pois segundo este relatório semestral existe um valor de 1,5M€ (e não 2M€ como tem sido divulgado) por justificar. Zenha, com visível embaraço, disse que este valor era referente a um protocolo com o Wolves para o Sporting entrar no mercado Chinês. Uma justificação que além de não ser convincente, levanta mais questões do que deu respostas e se Varandas não quer começar a deixar “pontas soltas” é bom que ele ou alguém da sua Direcção venha a publico clarificar esta situação sob pena de perder já a transparência que tanto apregoou durante a sua campanha eleitoral.

 

Nota final:

 

Porquê o título “Dores que ainda Doyen”?

 

É uma simples alusão ao facto de que um processo infantil, liderado por mentes infantis, pode fazer sofrer o Sporting muito para além do tempo expectável… Toda esta confusão com a Gestifute arrastou-se no tempo por causa do processo Doyen… e mais… à custa da infantilidade de BdC, o SCP ainda tem neste momento mais de 2M€ penhorados na UEFA, dinheiro que neste momento faz imensa falta à tesouraria de Alvalade. Os “alucinados” podem não querer acreditar, mas o Sporting CP vai demorar muito tempo até recuperar definitivamente do efeito Bruno de Carvalho.

 

publicado às 03:19

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


79 comentários

Sem imagem de perfil

De Hugo Boss a 05.03.2019 às 09:11

Bom dia caro Rampante, como é que a Gestifute pedia 5,9M por 20% do passe do Adrien, se o passe foi vendido por 20M(+5M por objectivos)??
Atingindo os objectivos, no máximo são 5M!
PS: A venda do passe do Adrien, ilustra bem a imagem do post, -4+20=24
Imagem de perfil

De Rampante a 05.03.2019 às 11:55

Caro Hugo Boss,

à semelhança do que a Doyen fez, em caso de litígio, a Gestifute iria obviamente sempre atirar-se para o valor mais alto que lhe daria mais direitos... esse valor obviamente inclui todos os preponderantes, incluindo os objectivos.

Aliás, no próprio comunicado que o SCP enviou à CMVM, o mesmo diz no seu ponto 1:
"1. A cedência, a título definitivo, ao Leicester City Football Club dos direitos desportivos e económicos do jogador profissional de futebol ADRIEN SILVA, permitiu à Sociedade um encaixe global de até 29.500.000 (vinte e nove milhões e quinhentos mil euros)..."

Caríssimo Hugo Boss, não ando aqui a escrever posts a atirar "postas de pescada ao ar" ou a ajustar interpretações à minha conveniência. Falo de factos, comprováveis por documentação publica.
Tenho todo o gosto em esclarecer questões, duvidas e debater os assuntos do Sporting... já não tenho tanto prazer em evidenciar a ignorância de alguns leitores como aquela que demonstrou no seu PS. Abra os olhos e acorde para a realidade meu caro...

Cumprimentos
Rampante
Sem imagem de perfil

De Hugo Boss a 05.03.2019 às 12:20

Caro Rampante, postas pescada para o ar, não é para mim de certeza, e também falo de factos por documentação publica da Sad do Sporting enviado à CMVM no dia 28/02/2019, às 20:44, na pagina 29... Só consegui ler, porque "Abri" os olhos e realidade diz: "A venda do jogador Adrien Silva foi efectuada por 20.000 milhares de euros fixos, 5.000 milhares de euros
variáveis dependentes da performance do jogador e cerca de 4.500 milhares de euros de renúncia de
direitos de crédito que se encontravam registados como passivos e passivos contingentes"
Mas se existe outra realidade, "só" eu é que vejo...
Cumprimentos.
Imagem de perfil

De Rampante a 05.03.2019 às 16:51

Caro Hugo Boss,

se conseguiu encontrar essa informação (na página 28 e não na 29 como por lapso referiu), então o seu problema será outro que não o "saber ler"...

Ora, se tem um comunicado à CMVM de 07Set2017 onde o SCP claramente indica que vendeu o jogador por 29,5M€.
Ora, se tem plasmado nos diversos R&C esse mesmo valor, incluindo no R&C semestral de 25Fev2019.

Como quer que lhe explique aquilo que está à frente dos seus olhos e que vc não consegue ver???
Infelizmente não tenho o dom de clarificar a mente daqueles que, mesmo com a informação à sua frente, visionam uma realidade paralela...

Mas se é feliz nessa realidade, então viva-a com um sorriso... mas lembre-se que se essa sua realidade fosse real, então a Direcção de BdC tinha mentido na comunicação à CMVM, bem como tinha mentido nos diversos R&C... problema? é que nessa sua realidade o BdC não mente... ai, ai... e agora???
Bom, espero que nesse choque de realidades paralelas onde a sua mente vive, não faça o "tilt"... pelo bem da sua saúde...

Rampante
Sem imagem de perfil

De Hugo Boss a 05.03.2019 às 17:22

Pode dizer dizer o que quiser, ser o supra sumo da língua portuguesa! Eu digo: BdC e sua direcção, mentiu quando disse isso que afirma, ponto!!! Procure por este: 30/09/2018 - Relatório e Contas. 1º Trimestre 2018, pagina 26, que diz exactamente o mesmo que afirmei!!! Não preciso de entrar pelo caminho da ofensa pessoal, porque por esse caminho é muito fácil, e também, vivo bem com a "realidade" sportinguista, porque na realidade é que o caro Rampante não consegue desmentir que está escrito que foi vendido por 20M...
Tenho o dito!!
Imagem de perfil

De Rampante a 05.03.2019 às 18:05

Hoje estou com paciência por isso, vamos lá falar a sério.

Existe o valor da venda e existe o valor recebido.
Idealmente os dois valores são iguais.
No mundo dos negócios, raramente o são, principalmente quando falamos de negócios complexos, como o são o futebol.

O SCP vendeu o jogador por:
20M€ imediatos
4,5M€ em créditos renunciados pelo jogador
5M€ em objectivos futuros

Desconstruindo:
Se o jogador não tivesse renunciado os créditos, o Sporting teria a receber 24,5M€ imediatos (dos quais pagaria 4,5M€ ao jogador) e posteriormente poderia receber até 5M€ em objectivos.
Neste caso, para facilitar o negócio o jogador prescindiu de receber no imediato 4,5M€, acreditando eu que em troca, recebeu um salário superior aquele que lhe teria sido oferecido inicialmente. Assim, o SCP recebeu os 20M€ que queria e o clube comprador não foi no imediato além dos 20M€ que tinha estabelecido. Pese embora a troca financeira seja de 20M€, os 4,5M€ têm de ser obrigatoriamente contabilizados, até porque legalmente tem de haver uma justificação para a liquidação da contingência que estava registada nas contas do SCP.

Numa analogia:
O caro amigo se for ao mercado comprar uma garrafa de vinho de 15€ e à mesma tiver sido aplicado um desconto de 50% por ser amigo do dono, apesar da troca financeira ser de apenas 7,5€, o valor de venda/mercado da garrafa continua a ser de 15€.

Penso que neste momento lhe seja claro perceber que o valor de venda está em 24,5M€ + 5M€ por objectivos, certo?

Agora, quanto à Gestifute:
A Gestifute considera que teria a receber 20% de uma transferência futura.
A Gestifute não foi "perdida nem achada" durante a negociação, por isso para eles, existe a receber 20% do valor da venda.

Dado que ao dia da venda o valor do negócio foi no limite 24,5M€ + 5M€, então logicamente para a Gestifute há a receber 20% de 29,5M€.

Mais uma analogia:
Eu recebo à comissão de 10%.
Faço uma venda de 100€.
O clt reclama com a empresa que o produto vinha danificado. Entram em acordo e fazem um desconto ao cliente de 50%.
O clt só paga 50€.
Independentemente do que aconteceu, eu tenho a receber à mesma uma comissão de 10% de 100€ e não 10% de 50€.
Penso que isto seja lógico e claro.

Com a Gestifute foi o mesmo... como eles não entraram na negociação, eles não querem saber os termos do acordo, nem das formas de pagamento... apenas querem receber 20% do valor de venda do jogador... se o SCP recebeu em créditos, em euros ou em chupa-chupas, para eles é indiferente. Querem é 20% do valor do negocio.

Caro Hugo Boss, se assim não percebe, ou não quer perceber, infelizmente mais não consigo ajudar... no entanto penso que esta explicação que dei com toda a paciência, qualquer um consegue entender.

Sem imagem de perfil

De João Carvalho a 05.03.2019 às 18:52

para o Rampante. Brilhante!!
Sem imagem de perfil

De Hugo Boss a 05.03.2019 às 19:16

Caro Rampante,
Por mim está questão fica por aqui, porque é fácil fazer analogias que nos dá mais jeito, vendo a casa por 100mil, devo ao banco 10mil, o banco perdoa a divida, logo vendi a casa por...a escritura diz que foi vendido por....não vale apena, fico por aqui.
Imagem de perfil

De Rampante a 05.03.2019 às 22:12

Caro Hugo Boss,

por acaso não foi muito feliz nessa analogia, com ela apenas me dá razão, pois no caso que retrata a escritura evidenciaria que teria vendido a casa por 100K... e mais, o IMT seria pago sobre os 100K.

mas valeu a tentativa
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 05.03.2019 às 09:49

Este post retrata bem o modus operandi desta nova direcção do Sporting…. Foram eleitos com o pressuposto de respeitar e continuar o que era as boas directivas da anterior direcção (pelo menos foi assim que o Varandas se apresentou aos sócios nas eleições…. e pelos vistos não cumprir o que foi dito aos sócios, agora é um pormenor sem importância…. O importante é fazer um ataque aos brunistas, contrariando a rectórica do presidente eleito).

Quem é que fez alienação dos passes dos jogadores?!? Não li nenhuma critica a este respeito…. A titulo de exemplo quanto é que foi recuperado pela anterior direcção? Não li nada neste post a este respeito…. A recuperação p.ex do passe do João Mário é revelador da estratégia da anterior direcção…. Não li nada neste post a este respeito….

Depois não li nenhuma critica à razão principal de não se pagar a pronto à Doyen….. portanto é contra a construção do pavilhão? Não se devia ter construído, é isso?

Outro aspecto é….fazer um alarido com os 2M€ pendentes na Uefa…. E por outro lado, saber dos condicionalismos financeiros actuais e mandar esse mesmo valor para a China…. Perde toda a credibilidade esta critica….
Imagem de perfil

De Rampante a 05.03.2019 às 12:15

Caro Schmeichel,
é verdade que tenho andado ausente deste espaço, no entanto visito-o diariamente mesmo não publicando.
Confesso que algo que tenho estranhado é a radicalização do caro amigo, algo que julgava já ultrapassado... a resposta a este meu post, prova-o isso mesmo... gostava de ter o "velho" Schmeichel de volta, aquele que era racional e com quem era prazerozo debater, mesmo tendo opiniões diferentes.

Meu caro:
1 - O seu 1º paragrafo está completamente fora de contexto... simplesmente não o entendo, nem o relaciono com o assunto em causa.

2 - Eu evidencio que as negociações foram feitas antes de 2013... podemos não concordar na maneira como foram feitas (eu não concordo) mas à data os factos eram diferentes e o SCP à semelhança de outros clubes necessitava de dinheiro e socorreu-se do que havia legalmente no mercado. Note-se no entanto que a estratégia de "dar" uma pequena parte dos passes aos próprios jogadores a troco de não terem aumentos salariais até pode ser considerado uma boa estratégia, pois faz com que queiram valorizar-se ao máximo,com o incentivo de virem a receber mais no futuro. Note-se no entanto que quer Rui Patrício quer Adrien Silva, acabaram por abdicar desses montantes com claro prejuízo financeiro para os mesmos... e não estamos aqui a falar de apenas 1 ou 2 milhões como bem sabe.

3- Qual a razão de não se pagar à Doyen??? que eu saiba, a Direcção do SCP pela boca do seu presidente, pelos comunicados emitidos e por todas as "cartilhas" lançadas, sempre disse que não pagava porque não era devido... nunca disseram que era para construir o pavilhão ou por dificuldades de tesouraria...

4 - Recomendo que lei-a novamente o meu texto, porque o seu ultimo paragrafo mostra bem que, ou não leu com atenção, ou simplesmente decidiu ignororar partes do que escrevi.

Que volte depressa o "velho" Schmeichel
Rampante
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 05.03.2019 às 16:04

O velho Schmeichel é o mesmo.... eu votei no programa do BdC, eu e 90% dos sócios do Sporting.... a destituição nada teve a haver com o seu programa, mas sim com uma loucura que foi necessário retira-lo do cargo.... outra coisa bem distinta é o que defendo para o Sporting que está em linha com o 1° mandato do BdC que repito há 1 ano teve 90% de apoio.... eu não mudei!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.03.2019 às 16:10

Sim, lamentavelmente, o Schmeichel não mudou. Está bem à vista!!!
Sem imagem de perfil

De LG a 05.03.2019 às 10:21

Mas onde estavam esses "9 milhões a que a Gestifute tinha direito"?
Se esse dinheiro era tão certo, líquido e exigível como defende, porque é que a Gestifute não fez como a Doyen e foi para tribunal?


Os negócios de Godinho Lopes e antecessores com fundos não eram pouco éticos, eram ilegais. Ou alguém acredita que a FIFA proibisse a TPO por causa de uma questão ética. A possibilidade de serem terceiro a controlar diretamente os destinos e jogadores não é somente uma questão ética, era ilegal pelo menos desde 2007.
Leia isto
https://leiemcampo.com.br/a-proibicao-do-tpo-no-futebol-e-o-direito-da-uniao-europeia/


E sabe porque é que o R&C muda de dezembro de 2015 para junho de 2016?
Por ter sido em maio de 2016 que acabou o período transitório dos TPO
https://www.fifa.com/mm/document/affederation/footballgovernance/02/59/55/80/third-partyownershipofplayerseconomicrights-backgroundinformation_neutral.pdf

Outra curiosidade:este artigo de opinião, https://sol.sapo.pt/artigo/491213/o-caso-doyen-e-a-validade-dos-tpo, assinado por um advogado da MGRA, a (agora) infame sociedade que cobrou 1,7 milhões de euros ao Sporting de Bruno de Carvalho. Se calhar não é difícil descobrir onde foi gasto esse dinheiro...
Imagem de perfil

De Rampante a 05.03.2019 às 12:37

Bom dia LG,

Porque a Gestifute não foi para tribunal? Porque eles são espertos...
Ora, se a Doyen andava a gastar fortunas em tribunais, em advogados e recursos, para que é que a Gestifute ia fazer o mesmo??? deitar dinheiro fora??

A Gestifute obviamente deixou o tempo correr para ver se a razão era dada à Doyen ou ao SCP, até porque a Gestifute, tinha o tempo e a "posição forte" do lado dela...

E mais... para quê gastar dinheiro em tribunais, recursos e exposição mediática negativa, etc... se no plantel do SCP a Gestifute tinha ainda um activo (Rui Patrício) que sabia que lhe podia servir de acerto de contas?

Quem está à frente da Gestifute não são amadores... São tubarões que investem milhões nestas estratégias... têm as costas bem largas...


Os negócios de Godinho Lopes com os Fundos não eram ilegais... passaram a ser ilegais posteriormente quando a FIFA proibiu os TPO.
Se amanhã o governo lançar uma lei a dizer que a velocidade máxima numa autoestrada é de 80Km/h, isso não faz com que quem hoje ande a 120Km/h ande ilegalmente...


Quanto à alteração nos R&C de 2015 para 2016, eu sei que coincidiu com o fim dos TPO, tanto mais que se ler com atenção verá que eu escrevi que "não evidenciava contingências", ou seja, o R&C simplesmente "apagou" as percentagens detidas por entidades 3ªs e transferiu-as para si... no entanto, não evidenciou nenhuma negociação, nenhuma contingência, nada... simplesmente "apoderou-se" dos montantes como se nada fosse.
Desafio-o a ler os R&C de outros clubes, em Portugal e pela Europa, que tinham jogadores sob contratos TPO, e a indicar-me quantos e quais trataram deste assunto como o Sporting fez... hum... já sei... esqueci-me... BdC é o génio que vê mais claro, que vê o que os outros não veem, supra-sumo das finanças, a luz que guia todos os perdidos nas "matranhas" dos negócios do futebol... os tribunais (incluindo o TAD) só não lhe dão razão porque existe uma conspiração mundial contra ele.

Cumprimentos
Rampante
Sem imagem de perfil

De LG a 05.03.2019 às 14:07

"Quem está à frente da Gestifute não são amadores... São tubarões que investem milhões nestas estratégias... têm as costas bem largas..."
Não duvido, conseguem sempre fazer as coisas por outro lado, como parece ter acontecido após Alcochete (todos os que rescindiram foram para clubes ligados a Mendes)

"Os negócios de Godinho Lopes com os Fundos não eram ilegais... passaram a ser ilegais posteriormente quando a FIFA proibiu os TPO".
O negócio não era ilegal, mas tinha cláusulas que à luz dos Regulamentos da FIFA eram ilegais desde 2007. Quando a FIFA percebeu que não era suficiente estabelecer que os contratos TPO não poderiam ter cláusulas que dessem aos terceiros o poder de decidir o destino dos jogadores, não lhe restou alternativa senão proibir os TPO, É esta a diferença entre 2007 e 2015.
Lembre-se que a Doyen exigia que o Rojo fosse transferido para Manchester
Daqui a uns anos a FIFA vai acordar para a realidade dos clubes-fundo, a forma como os fundos responderam à alteração de 2015.

" já sei... esqueci-me... BdC é o génio que vê mais claro, que vê o que os outros não veem, supra-sumo das finanças, a luz que guia todos os perdidos nas "matranhas" dos negócios do futebol... os tribunais (incluindo o TAD) só não lhe dão razão porque existe uma conspiração mundial contra ele."
Não desconverse. Se é para desconversar também posso dizer que agora vamos voltar aos tempos do pré-2103, com fundos milagrosos a "salvar" o Sporting (cobrando uma taxa de juro simbólica inferior a dois dígitos - portanto entre 1 e 9%), com as assistências a descer 30% e com resultados desportivos no futebol a acompanhar. Menos militância, menos dinheiro. E se o Apollo vai emprestar dinheiro (ou comprar ações da SAD?, pergunto), fá-lo porque tem um contrato feito pelo aquele-que-não-se-pode-dizer-o-nome a garanti-lo
Imagem de perfil

De Rampante a 05.03.2019 às 14:56

Caro LG,

o que o caro fala acerca dos Fundos é factual, dai eu ter dito, e bem, que o que Godinho fez não era ilegal (embora eu considere eticamente questionável).

Por outro lado, temos de nos saber também colocar no lado de quem investiu (fundos)... Se fosse eu a investir milhões num jogador e ao fim de X tempo tivesse eu a possibilidade de recuperar o investimento com lucro, que me permitiria investir noutros jogadores e obviamente ganhar mais dinheiro, também quereria ter um "ai" a dizer no que toca a vender esse jogador... não deixaria a decisão apenas com o clube que "apenas" estava a lucrar desportivamente sem ter investido €€€ no jogador.... parece-me lógico.... no entanto admito que isto levante muitas questões por interesses obscuros, dai eu defender que a FIFA agiu tarde ao proibir os TPO.

Quanto aos clubes-fundo... a FIFA poderá agir, mas dada a "máfia" que anda no futebol, tenho a certeza que já outras "soluções" foram engendradas por quem neste desporto tem ganho milhões...

Relativamente ao ultimo ponto... dou-lhe razão... desconversei e não o devia ter feito consigo (talvez com outros que aqui andam...). Quanto ás questões que levanta... irei certamente escrever sobre elas, assim que tenha informação factual e não apenas "títulos de jornal".

Cumprimentos
Rampante
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 05.03.2019 às 19:21

Vou meter o bedelho na discussão entre o Rampante e o LG só para acrescentar um pormenor. O BdC usou a tentativa que a Doyen fez de proibir o Rojo de jogar (aliás o jogador não jogou mesmo durante alguns jogos) para tentar "rasgar o contrato".

Eu concordo a 100% com a motivação de BdC na altura, pois um fundo não tem nada que mandar num jogador cujos direitos desportivos pertencem ao clube. E essa tentativa (conseguida) de influência representa tudo o que há de podre do futebol de hoje.

O que eu não concordo foi a maneira como BdC "rasgou" o contrato. Não foi esperto ao fazer daquela maneira e perdeu o caso por causa disso. Tivesse sido bem aconselhado jurídicamente não tenho dúvida que teria feito as coisas de forma á Doyen ter tido um "castigo".
Imagem de perfil

De Rampante a 05.03.2019 às 20:13

Caro Mike Portugal, coloque o bedelho onde quiser... isto é uma discussão e todas as opiniões poderão ser uma mais valia (dentro do respeito, claro!).

Se bem me lembro, a questão foi/começou num jogo de pré-época na Corunha, onde na eminência da transferência para o Man. United, a Doyen terá alegadamente pedido para o jogador não jogar. Facto que realmente ocorreu...

A interferência na fundos na gestão desportiva dos jogadores é sempre criticável, mas neste caso em concreto BdC entrou numa guerra que ele queria provocar, pois precisava desesperadamente do dinheiro...

Pois vejamos, qual a necessidade de utilizar um jogador num jogo de pré-época que está a ser negociado??? Ainda para mais um jogador que valeria entre 20 e 30 M€... é normal um clube estar a negociar o seu melhor activo e mesmo assim utiliza-lo em jogos de pré-época? ambos sabemos que não, pois nenhum clube arrisca uma lesão, no seu melhor activo, num jogo a feijões, estando a sua venda em fase avançada.
Esta "historia" foi a narrativa/desculpa para BdC rasgar o contrato com a Doyen e assim colocar as unhas no dinheiro da venda.

Quanto à interferência da Doyen... apesar de ser censurável, é normal que na eminência da venda eles quisessem preservar o jogador (provavelmente até o Man. United "exigia" isso)... afinal de contas estamos a falar de um jogo amigável e em caso de lesão a Doyen perderia 75% do valor, ao passo que o SCP "apenas" perderia 25%.
Volto a dizer que é censurável a alegada pressão da Doyen, no entanto num clube normal, existiria convergência com os seus parceiros e não uma guerra aberta que se sabia à partida, perdida.
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 05.03.2019 às 20:38

Rampante,

A questão não é bem assim.
A Doyen exigiu que o jogador ficasse de fora quando as negociações nem sequer estavam feitas.

Claro que BdC se quis aproveitar da situação, mas a Doyen quis fazer crer que por ter 75% dos direitos económicos, tinha uma palavra a dizer sobre os jogos que o jogador pode fazer. E, na altura, Marco Silva foi contra o presidente e não pôs o jogador a jogar (essa foi uma das histórias contadas por BdC no livro e uma das que o fez ponderar despedir Marco Silva logo na pré-época.).
Sem imagem de perfil

De Fernando Albuquerque a 05.03.2019 às 10:29

Prezado Rui Gomes. Grande trapalhada esta das contas aqui apresentadas. Sempre desejei, que no meu clube tudo tivesse uma clara transparência. Pelo que leio durante a vigência do destituído as contas mais parecem as de uma mercearia do que um clube que está sujeito a regras para cumprir.

Costumamos dizer que quando mais mexemos na porcaria mais ela cheira mal.
De facto ainda ontem, no final do programa "dia seguinte" foi divulgado que o Bruno Fernandes recebeu 1,6 milhões ( que acho pouco) para o mesmo regressar depois da rescisão, que não percebi se houve ou não. Inclusive colocaram a reportagem onde ele afirmava, que não receberia um cêntimo para regressar ao SCP. Não quero mentir mas na altura falou-se neste valor que seria para dar ao agente do referido jogador, ou seja seria uma exigência que me pareceu estranha, mas como não voltaram ao assunto fiquei sem saber o que se tinha passado.
O Presidente Varandas (em quem votei) tem de explicar o que de facto aconteceu, pois tudo tem de ser transparente. Se lhe deram 1,6 milhões de euros, o que acho pouco para o valor que tem e a classe que em todos os jogos
nos brinda, não percebo tanta confusão neste assunto. Igualmente o assunto dos 2 milhões tem de ser explicado a não ser que tenham feito um negócio com os chineses que nos traga grandes vantagens que não devem ser noticiadas.
Boa semana Fernando Albuquerque
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.03.2019 às 11:55

Este post não é meu, caro Fernando Albuquerque.
Imagem de perfil

De Rampante a 05.03.2019 às 12:44

Bom dia caro Fernando Albuquerque,

As contas do SCP, são tão pantanosas como a da generalidade dos clubes em Portugal e como a generalidade das grandes empresas...
Portugal ainda vive muito num "real compadrio" e não numa "real competência"...

O que se passa é que hoje em dia é tudo mais visível e os assuntos são trazidos à praça publica.
Eu pessoalmente, gosto de discutir estes assuntos, mas só e apenas, quando já tenho evidências acerca dos mesmos... não gosto de contribuir para o "diz que disse"... dai só agora vir falar neste assunto...

Quanto ao negócio do Bruno Fernandes, e mesmo destes 1,5 milhões com o Wolves, neste momento existe um silêncio ensurdecedor que apenas "queima" Varandas... no entanto é algo que mais tarde ou mais cedo se saberá, pois as contas evidenciarão isso mesmo... nesse momento cá estarei...

Abraço
Rampante
Sem imagem de perfil

De Fernando Albuquerque a 05.03.2019 às 15:50

Rampante. Se estava a leste do paraíso nestes assuntos do Bruno Fernandes e do clube Inglês, fiquei na mesma, pois tratam-se de casos muito intrigantes segundo percebi do seu esclarecimento, o que não me agrada nada..

Entretanto, numa notícia divulgada no jornal vermelho o Bruno Fernandes já reagiu a esta acusação do funcionário da SIC, dizendo que o seu gestor de conta pode esclarecer para onde foi parar o dinheiro em questão. !!!!

Temos de chamar o Ventoinhas para esclarecer estes assuntos.

Entretanto, a famosa Academia do Dubai, hoje em Alcochete, perdeu mais um jogo, que os jornais ainda não tiveram tempo de colocar a notícia no ar..

Agradecimentos e cumprimentos

Fernando Albuquerque
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.03.2019 às 15:53

Desculpe caro Fernando Albuquerque, mas não é verdade.

O jornal Record deu o jogo em directo e eu já publiquei um post, muito assente nessa reportagem.
Sem imagem de perfil

De Fernando Albuquerque a 05.03.2019 às 16:22

Rui Gomes Não vi o jogo e sabia que tinha começado ás 11 horas, salvo erro. Quando procurei o resultado vi vários locais na NET e não o encontrei. Não me recordo se vi o Record e segundo me diz deram o jogo em directo, falha minha que assumo. Só depois do almoço é que vi que tínhamos ganho mais um jogo à melhor formação do Dubai, que sem percebermos vai perdendo uns jogos com os "humildes " jogadores que o SCP forma em Alcochete.

Bom carnaval Fernando Albuquerque
Sem imagem de perfil

De Pacheco a 05.03.2019 às 16:37

Parabéns ao Sporting.

Formação do Dubai? É com cada um! Deseja-se que todos os clubes tenham boa formação, é melhor pra Selecção e pra saúde financeira do futebol em Portugal.

Esta mentalidade da minha é maior que a tua, enfim...
Sem imagem de perfil

De Fernando Albuquerque a 05.03.2019 às 17:35

Sr. Pacheco como sabe a formação do Seixal e tal como a do SCP são excelentes academias para formar jogadores de futebol. Haverá no mundo outras que segundo são divulgadas melhores que as nossas.
O que a mim me faz confusão é a sua (?) Academia ser considerada no Dubai a melhor do mundo. Não fui eu que mandei publicar a notícia e nem fui a primeira pessoa que disse ser a formação do Dubai. Sobre os proveitos não me pronuncio, pois parece-me conversa fiada.
Quanto á minha mentalidade peço desculpa, mas não lhe não acho competência para me analisar a minha forma de estar no mundo. Posso dizer-lhe que nunca tive reclamações em relação ao tamanho da minha.

Fernando Albuquerque
Imagem de perfil

De Greenlight a 05.03.2019 às 10:51

O negócio com a Doyen terá sido mal feito por Godinho Lopes e seus adjuntos. Foi, realmente, uma gestão incompetente.
Quando o Sr.Bruno decide não cumprir o contrato e não pagar à Doyen, o que era devido pela transferência de Rojo para o ManUn, inventando pretextos esfarrapados e mentirosos para enganar os sócios, foi por uma única e simples razão, o Sporting não tinha dinheiro pois o dinheiro que os investidores Russos, que o Sr.Bruno, tinha prometido, durante a campanha eleitoral, nunca apareceu e por uma única e simples razão: Tinha sido uma mentira,mais uma, grande especialidade do Sr.Bruno. O dinheiro da Doyen era o que estava mais à mão. O Sr.Bruno logo aproveitou para anunciar que o dinheiro da transferência de Rojo, que ele sabia que não pertencia ao Sporting ( ou talvez os advogados do Alexandre Godinho e do Sogro tivessem dito que pertencia) seria para pagar a construção do pavilhão mas, logo a seguir, veio dizer que não chegava, seriam necessárias as contribuições dos sócios. Ou o dinheiro dos sócios era necessário para pagar os prémios de gestão ( pelos segundos e terceiros lugares da equipa de futebol),as restantes mordomias do Sr.Bruno, o BMW 7, a promoção da Joana, os honorários da firma do Alexandre Godinho, as batucadas, etc? E, depois, o Sporting, perdeu o caso com a Doyen e teve que pagar juros e mais juros, mas a Sporting SAD alcançou lucros com a contabilização da venda do Rojo. Mas que Grande Aldrabão, o Sr.Bruno! E ainda andamos a perder tempo com as aldrabices desse indivíduo, sem classificação.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 05.03.2019 às 11:21

Quanto é que o Sporting teve de pagar a mais por ter incumprido o pagamento à Doyen? Quanto é que custaria comparativamente um empréstimo no mesmo valor?

A sua análise branqueia os custos necessários à construção do novo pavilhão e ao reforço do plantel na época do Marco Silva…. época essa que competíamos depois de 7 anos passados na Champions League…. o dinheiro da Doyen serviu para isso mesmo, e valorizou o nosso plantel, como se viu nas posteriores vendas do Slimani por 30M e do João Mário por 40M..... o Sporting no fim de contas, ganhou e muito com ter adiado o pagamento à Doyen!
Imagem de perfil

De Greenlight a 05.03.2019 às 11:37

O Schmeichel continua a defender esse incumprimento contratual por parte de BdC, ou seja, por aquilo que diz, está implícito que BdC sabia que o dinheiro era da Doyen de acordo com o contrato (mal feito) existente com o Sporting mas não pagou porque o Sporting precisava de dinheiro, não tinha, os investidores russos (essa mentira de Bruno o Scmeichel não comenta, obviamente). Em relação à sua pergunta, acerca dos juros, o BdC deve saber responder, melhor que eu, por causa das dívidas que tem (ou tinha) ao fisco mas é óbvio que os juros (compensatórios e moratórios) são sempre mais elevados que os juros comerciais. Claro que estes últimos sobem quando os mutuantes se apercebem que os mutuários não cumprem os contratos.
Quanto ao reforço do plantel, então o BdC não disse que os reforços estavam na equipa B? Já não se lembra? Nessa época os reforços, ou melhor, as contratações, foram uma dúzia de pernas de pau, com o olho técnico de Inácio, também já não se lembra?
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 05.03.2019 às 11:48

Você não respondeu a nada do que lhe perguntei…. porque a resposta é óbvia…. o Sporting beneficiou e muito por ter adiado o pagamento à Doyen…. como teríamos capacidade financeira para pagar aquela valor à Doyen?! era impossível….

Quanto às suas perguntas…. o BdC não cumpriu integralmente o que tinha prometido….. mas se o Greenlight for sério, concordará que na primeira época do Leonardo Jardim, deve ter sido a época com maior aposta na formação do Sporting de sempre…. o problema foi após a entrada do JJ, que destruiu o réstio de aposta na formação que existia.

Mas o tema era a Doyen…. não era os pernas de pau…. e relembro que o Rojo recusou-se a treinar, obrigando o Sporting a ter de vender o jogador…. Não lhe choca um fundo obrigar um clube a ter de vender um jogador?! mesmo que o Sporting não lucrasse nada nessa venda?! fica a pergunta….
Imagem de perfil

De Greenlight a 05.03.2019 às 15:01

Não respondi a nada que me perguntou? Disse que os juros compensatórios + moratórios são sempre mais elevados que os juros comerciais. Mas se não percebeu vou desenvolver:
Os juros que o Sporting teve que pagar à Doyen foram obviamente mais elevados do que se tivesse obtido um empréstimo de instituições de crédito tradicionais (reconheço que era difícil ou mesmo impossível), de outras instituições de crédito, por exemplo factoring mas provavelmente não havia, ao tempo, créditos para descontar, de outros mutuantes, vulgo investidores (os tais Russos ou outros) ou finalmente por empréstimo obrigacionista. Mas não, BdC e a sua equipa sem credibilidade ( poderia dizer sem crédito) resolveram "pregar o calote" ( aí,BdC já tinha experiênica) à Doyen. Dizer que este acto de gestão foi brilhante é uma falácia (mais uma ds gestão brunista). Entre o primeiro momento de "default" no pagamento da dívida e a decisão final do tribunal contra o Sporting (o BdC tem um vasto curriuculum de derrotas nos tribunais) houve oprtunidades para angariar fundos e pagar à Doyen e poupar nos juros mas não BdC e Cia continuaram a persistir na disputa judicial para perderem em toda a linha. Foi incompetência ou mesmo gestão danosa.
Por fim haverá ainda o dano reputacional do Sporting, o de não cumprir contratos, mas, obviamente, que esse é muito pequeno face a todas as patifarias que BdC veio a fazer ou provocar, mais tarde, enlameando o nome do Sporting.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.03.2019 às 15:48

O Schmeichel não procura respostas concretas e certeiras, o jogo dele é o argumento radical assente na sua intratável veneração por um mero mito.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 05.03.2019 às 16:09

Você voltou a não explicar como é que o Sporting poderia manter ou mesmo contratar jogadores na época do Marco Silva.... não sei se sabe mas o orçamento de 2013/14 foi o mais baixo dos últimos anos..... portanto sem acesso a credito teriamos de vender a baixo custo jogadores que mais tarde foram campeões da europa.... se é isso que defende, o Greenlight tem toda a razão!
Imagem de perfil

De Greenlight a 05.03.2019 às 17:46

O Schmeichel está a "refinar" os comentários pois já diz "...como é que o Sporting poderia manter ou mesmo contratar jogadores". Manter será a palavra chave pois as contratações desse ano foram muitas mas pouco ou nada se aproveitou. O Marco Silva (não simpatizo particularmente com a personagem) ainda estrebuchou mas o Presidente mandou-o "reforçar-se" na equipa B. Mas o Schmeichel via mais longe e diz "...portanto sem acesso a crédito..." Isso não é inteiramente verdadeiro pois na realidade o acesso a crédito dos Bancos tinha sido vedado mas não apenas ao Sporting e sim a todos as SAD. Então depois de uma boa época em que ficámos em segundo lugar com uma equipa sem vedetas mas com o extraordinário Leonardo Jardim, ganhando o acesso directo à Champions, continuávamos sem acesso a crédito? Sublinho a outro crédito que não o dos bancos. Essa história está mal contada. Sim, a treta do investimento dos Russos não se tinha (obviamente) verificado mas haveria, concerteza, outras fontes. A realidade nua e crua é que tinhamos uma equipa dirigente muito impreparada e sem credibilidade, com um Presidente especialista em falência de empresas de vão de escada, o Vieira contabilista e o outro que não sei se tinha alguma especialidade. Há, havia o outro que era jurista mas que diexou de ser, logo que a sua firma de advogados foi contratada para assessorar (ou seria acessorar de acessório?) o Presidente. O Sporting não estava "...sem acesso a crédito" tinha era uma equipa de Dirigentes sem crédito.
Sem imagem de perfil

De Alberto a 05.03.2019 às 12:45

Já agora, por meter o pavilhão ao barulho, recordo que o Sr. Bruno disse e repetiu por diversas vezes e até durante uma campanha de fundos, que "o pavilhão está pago". Explique-me porque é que estando pago apareceram 2 empresas a exigirem 5 milhões relativos à construção do dito.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.03.2019 às 15:50

Esta questão deve ser dirigida ao Schmeichel, dado que ele é o perito em tudo que se relaciona com os feitos inqualificáveis do lunático destituído.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 05.03.2019 às 16:11

Eu prefiro estar a dever esse valor e ter o pavilhão construído.... o que defendem vocês?! São contra a construção do pavilhão?! Esclareçam a vossa posição.....
Sem imagem de perfil

De E-mocho a 05.03.2019 às 20:17

Boa!
De calote em calote até ao resultado atual. Os fins justificam os meios.
Ainda bem que se confirma que o Sporting é um clube diferente.

O caro Schmeichel é uma verdadeira jóia da coroa! Já não se precisavam de grandes provas, mas este vosso pequeno diálogo pôs bem a nu o que pensa e como é.
Sem imagem de perfil

De hugo gomes a 06.03.2019 às 07:53

Schmeichel o Sporting com o caso da doyen e com o caso do Pavilhão perdeu credibilidade e decerteza que fez aumentar os juros de qualquer empréstimo nos proximos anos pois a taxa de risco subiu e voce ainda continua a defender essas posicoes?
Sem imagem de perfil

De Alberto a 06.03.2019 às 13:30

Mas o homem não disse que o pavilhão estava pago? Então para onde foram os 5 milhões que agora são exigidos ao clube? Só posso deduzir que o homem ou é mentiroso compulsivo, como já foi apelidado, ou então... alguém se abotoou com os tais milhões, ... o que não quero crer.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 05.03.2019 às 11:53

Olá, bom dia sportinguistas!

Ultimamente, vejo o sportinguismo outra vez numa guerra sem nexo, barricado e caótico. Nas acções e nos comentários. Ninguém se entende.
Leio e ouço muito adjetivo..
Será que não podem criticar sem esse "floreado"??. 🤔
Leio e ouço muito sobre o Bruno e anteriores.
Será que isso ajuda alguma coisa o Sporting?.. 😳
Nem uma nem outra são bons conselheiros!

Meus senhores.. Quando se elege uma novo conselho directivo, presidencial ou não, todos sabem que as dificuldades em todos os aspectos são inerentes aos cargos.
Quem seja o eleito já sabe ao que está exposto. (Falta de euros, resultados e caos.)
Queixumes, queixinhas e adjetivos afastam os euros e os resultados. Sim, isto mesmo!
Como tal, devem trabalhar e propor novos caminhos de sucesso. O passado ninguém altera. O passadao veio para ficar.
Só o presente interessa....!!
Pois então, é a partir deste principio que se deve organizar, trabalhar.
Queixumes, queixinhas e adjedivos, só trazem mais problemas.

Nota:.. Não tenho a certeza que este meu comentário esteja bem colocado neste "post" mas,...desejo ver uma reflexão de cada um.
De todos..!
Sem união mas, um objectivo!.
Parar!.. Olhar!.. Escutar!!..
Pensar!..Analisar!..Botar faladura!!.
Sem imagem de perfil

De Paulo Marques a 05.03.2019 às 12:04

"Sacanice" foi o que estas empresas fizeram ao Sporting, mas num blog que cumpre a agenda do inimigos do clube tudo é válido, incluindo inverter papéis, no final que f*** é o Sporting.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 05.03.2019 às 12:23

Uff!!..
O Paulo não leu bem o meu comentário ou fui eu que não soube explicar.

P. S. Criticar sim, (liberdade)
Floreaar, adjectivar não! (libertinagem)
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.03.2019 às 12:30

Paulo Marques,

Que o caro é um pobre de espírito que anda por aqui, já nós sabemos pelos seus vários comentários (quase todos apagados), mas custa a compreender o prazer que sente em o demonstrar.

Essa do " blog que cumpre a agenda dos inimigos do clube" é uma pérola para o almanaque da parvoíce.
Sem imagem de perfil

De hugo gomes a 05.03.2019 às 13:25

Senhor Paulo Marques foi o sporting que precisou e procurou estas empresas e já o que elas eram, é o mesmo que num casino vosse ir pedir dinheiro a um agiota e depois queixar se das conseqüências de não ter pago
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 05.03.2019 às 13:02

Comentário apagado.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 05.03.2019 às 13:14

Excepcional comentário!..
Ajudou e muito a reflexão.. Parabéns!

Leia, analise e comente!
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 05.03.2019 às 13:50

Extraordinário!
Uma beleza, digo eu..
Em dois comentários/resposta ao meu comentário ficou demonstrado o caótico sportinguismo..
Um é visível o outro, anónimo foi apagado!..
Um prá cá, outro prà acolá!.. 😁

P. S...Para alguns.. Aqueles que não sabem ler e ordenar ideias.
O meu comentário nem é a favor ou contra de ninguém..
É simplesmente Pró-Sporting!..
Eu entendo que discutir passado na praça pública em nada ajuda. Isso deve ser sempre interno.
Eu entendo que responder com adjetivação é tentar humilhar.. A humilhação produz guerra inecessária..
O adepto necessita ser feliz.
Se o adepto é feliz, os patrocinios, os resultados aparecem..

P. S.S.. Desculpem o desabafo!
Que trabalhareira ter que explicar o que deveria ser entendïvel em qualquer sociedade culta.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 05.03.2019 às 13:59

Aclarando...
-"Eu entendo que discutir passado na praça pública em nada ajuda. Isso deve ser sempre interno."-
Isto é em referência à, às Direcções!

Um Blog, o adepto, tem todo o direito e é salutar equacionar e ser critico..

P. S.. Gostei pouco dos colchões e ainda menos da guerra fraticída dos letais, leais ao não sei o que.




Imagem de perfil

De Rampante a 05.03.2019 às 15:12

Grande Carlos N.T.

infelizmente a realidade vai-nos obrigando a "puxar a fita atrás" e obriga-nos a falar daquilo que já devia estar enterrado...

O caso Rui Patrício é algo que pensava eu, ultrapassado, mas por via "aselhice" comunicacional desta Direcção o assunto voltou aos holofotes e com ele tem havido demasiada poluição a tentar "ocultar" o passado e o que levou a este desfecho.
Assim, senti-me motivado a escrever este texto (e outros que deverei escrever no futuro), onde para explicar o presente, enquadrarei sempre o caminho desde o inicio, para que não se perca nada...

Algo que também me motivou (e deu origem ao titulo), foi a surpresa de ver que o SCP ainda possui mais de 2M€ retidos na UEFA por factos que ocorreram há 5 anos (Doyen)... é surreal...
...mas são casos como este, que justifica esta Direcção tentar por via normal negociar as rescisões, ao invés de ir para tribunal que poderia demorar mesmo 10 anos a concluir uma situação como esta... e sejamos sinceros, nem SCP, nem jogador, nem clubes compradores querem isso (à excepção do A. Madrid). Financeiramente, esse tempo seria muito prejudicial para o SCP, como acabou por ser o caso Doyen.

Cumps
Rampante
Sem imagem de perfil

De Pepeu a 05.03.2019 às 12:20

Bom dia Rampante
Agradeço o seu post que levanta aí algumas questões passadas e presentes interessantes.
Antes de mais, as considerações.
É bom relembrar e deixar bem patente o desastre que foi a gestão de Godinho que, pura e simplesmente, arrasou o património do clube.
Quase tão mau como um grupo de jogadores resolver alegar justa causa para rescindir...
Godinho não teve dificuldades de financiamento à altura, antes criou-as ele mesmo através de uma gestão desportiva absolutamente horrível que levou à necessidade de andar a alienar percentagens de passes de miúdos valorosos para comprar e pagar os salários astronômicos das “estrelas” que se sentavam no banco a ver os mesmos miúdos jogar e ir tentado resolver os jogos que os outros não conseguiam!
Carvalho terá tido inúmeros erros relevantes na sua gestão mas tentar recuperar passes de jogadores, disputar judicialmente direitos sobre estes, independentemente de ganhar ou não processos e finalmente defender até às últimas consequências o direito de prescindir da obrigatoriedade de pagamentos a terceiros não é necessariamente um erro de lesa-clube, antes pelo contrário...
Outros haverão sim, naturalmente!...
Já nem vale a pena aqui discutir aquilo que é do conhecimento de qualquer mentecapto: os 22 milhões para a Doyen foram a mola ideal para o reforço de uma equipa muito competitiva e a construção de um pavilhão que a todos nos orgulha.

Ficam agora questões, de facto.
E eu deixo duas: Primeiro, por que carga de água prescinde Mendes de um valor acima de 50% daquilo que alegadamente reclamaria do clube nesta negociata de Adrien e Patrício?
Segundo: Depois de ouvir Zenha e ficar esclarecido de absolutamente nada sobre o assunto, como é possível desaparecerem 2 milhões (número dito da boca dele!) deste negócio para um estranhíssima “entrada no mercado chinês” logo depois do banzé que p’raí criaram com os 300 mil do Batuque...?!

Sabemos todos bem das dificuldades de oratória do presidente que deixa sempre a sensação de não perceber patavina do que faz mas nem precisava dizer, bastava um comunicado escrito... em nome da transparência que apregoa.
Caso contrário, isto mais parece um “circo” mas onde os palhaços se sentam na plateia...
Sem imagem de perfil

De Paulo Marques a 05.03.2019 às 14:08

Não tarda vai ser adjetivado de pobre de espírito, ou de defensor do lunático ou de cumprir uma agenda diferente da do autor do post e do blog ( e quanto a isso ninguém tem dúvidas) quando está à vista quem são os divisionistas do clube.
Sem imagem de perfil

De Paulo Marques a 05.03.2019 às 14:11

Apague se isso lhe dá prazer, se eu quisesse que o juiz não apagasse, insultava e ofendia diariamente os que de uma outra forma vem aqui, sujeitos à censura, demonstrar o muito que houve de bom no 5 anos e meio de Bruno de Carvalho.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.03.2019 às 15:24

Se não tem nada de construtivo para contribuir ao debate, seria aconselhável evidenciar-se pelo seu silêncio.
Sem imagem de perfil

De Pepeu a 05.03.2019 às 14:57

Espero que não! Enfim...
De todo o modo, já estou mais que habituado a que por ter opinião própria e não alinhar com o mainstream tal me coloque sempre do lado da barricada onde habitam os proscritos.
E tal não é mais do que um sintoma da pobreza, isso sim, do estado de espírito que se vive neste clube há muitos anos ou mesmo décadas...
Ainda assim, da forma como era tratado no ForumSCP por criticar algumas coisas de Bruno de Carvalho ao longo dos seus mandatos, por aqui tais ataques agora ao contrário são “para meninos”...
Ainda bem!
Se não for sinal de mais bom senso, pelo menos é sinal de outra educação.
Acima de tudo, o que mais dói perceber é que seja dum lado, seja do outro, o facto de haver quem não alinhe com eles seja sintoma de anti-sportinguismo... na mesmíssima medida da dificuldade em que este clube tende em evoluir por não haver alguma vez espaço a novas ideias e alternativas.
O Sporting está feito um autêntico clube da TINA!...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.03.2019 às 15:32

Vem aqui com esse "disco" usado e riscado, para convencer quem do quê ???

Em todos os seus comentários, invariavelmente autênticos livros, temos de recorrer os textos à lupa para encontrar uma única palavra de positivo. Tudo, para si, é alvo de crítica severa.

E depois reage quase como uma virgem ofendida, caso haja alguém que não partilhe das mesmas ideias.

Neste blogue não há censura, mas sim moderação de comentários para permitir um espaço agradável para debate livre, indiferente das opiniões.

E estando nós numa sociedade livre, cada um pode decidir por si próprio quanto à sua participação.

Com tudo isto, há muitos anos que aprendi que é impossível agradar a gregos e troianos e, na realidade, nem sequer tento.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.03.2019 às 15:33

Perdão... pretendia dizer "percorrer os textos à lupa".
Imagem de perfil

De Rampante a 05.03.2019 às 16:06

Caro Pepeu,

opiniões próprias é o que se quer e temos vários leitores que com opiniões contrárias às dos autores conseguem manter uma discussão saudável...

No entanto, muitas vezes o que ocorre é uma defesa impossível do indefensável e isso ocorre apenas por teimosia e "seguidismo" e sejamos honestos... isso tira qualquer um do sério... Eu próprio, tento calmamente dialogar com todos, mesmo com quem se mostra fanático de uma personagem e não de um ideal ou clube, mas confesso que é fácil perder a paciência com quem está irredutível na sua ideia, mesmo quando confrontado com provas evidentes... aliás, sobre isto, na TVI24 ouvi um excerto do Pina que fazia uma comparação entre os actuais defensores de BdC com aqueles que defendem que a Terra é plana e devo dizer que a comparação é certeira...
Imagem de perfil

De Rampante a 05.03.2019 às 16:16

Caro Paulo Marques,

depois de um comentário como aquele que teceu, como não quer ser considerado "pobre de espírito"?
Se aquilo que mostra é estúpido, como depois não quer ser apelidado como tal?

Mas bom, queira ser interessante e diga aqui qual a agenda do autor deste post. Estou curioso para saber o que vai dizer...

E quanto a divisionismos, não queria eu "puxar demasiado a fita" ao passado, no entanto é inevitável relembrar que houve um Presidente do SCP que elaborou uma lista onde separou os sportinguistas em 2 categorias e nessa lista este blog e seus redactores foram marginalizados da nação sportinguista... tem mesmo a certeza que quer falar sobre divisionismo???
Sem imagem de perfil

De Paulo Marques a 05.03.2019 às 16:23

Estúpido? Não sabe qual é a agenda? Quer uma ajuda?
É só ver de quem são os postais.
Imagem de perfil

De Rampante a 05.03.2019 às 17:22

Paulo Marques,

"Estúpido"
para não se sentir ofendido, lembro-lhe que o significado de estúpido é: Que não tem ou não desperta interesse. Aborrecido, chato, enfadonho.
Nesse sentido o seu comentário é/foi estúpido.

Quanto à agenda... foi vcs mesmo que disse que o autor deste post tinha uma. Ora sendo eu o autor deste post, tenho muita curiosidade em saber que raio de agenda tenho eu, que desconheço, por isso sim, quero uma ajuda.

Quanto aos postais... bom, não percebo a referência, nem sequer estou a perceber qual o "assunto escondido" nessa sua afirmação, pelo que, também aqui lhe peço ajuda, para me elucidar/clarificar.


Por fim, relembro que outro significado de estúpido é: Que não tem razão de ser; que não faz sentido. Absurdo, disparatado; por isso veja lá bem o que vai dizer na sua resposta à minha suposta agenda, senão ainda demonstrará que o caro tem grande dificuldade em compreender, julgar ou discernir por falta de inteligência, o que por sinal é igualmente um significado de estúpido.

Cumprimentos
Rampante
Imagem de perfil

De Rampante a 05.03.2019 às 15:56

Boa tarde caro Pepeu,

Que a gestão de Godinho Lopes foi um desastre financeiro, penso que não existem duvidas... no entanto eu sou daqueles que considera que esse desastre se deveu por incompetência do próprio e não por qualquer agenda escondida ao serviço de interesses obscuros. Perante dificuldades evidentes, Godinho resolveu ir pelo caminho mais fácil, que se verificou mais tarde ser o pior caminho para o SCP.

Quanto à recuperação de passes dos jogadores, fui e sou a favor... mas não nos moldes exactos que BdC fez... Note-se que o que ele fez foi transformar partes de passes que pertenciam aos jogadores em "contingências" futuras - Um acto que considero bem feito... o problema é que o restante "passe" foi adquirido unilateralmente, sem negociação para com aqueles que a bem ou mal, tinham negociado com o SCP. Neste caso, BdC devia ter-se sentado à mesa com Doyen, Gestifute, etc... e negociado contingenciais futuras, tal como fez com os jogadores... Num momento em que os TPO estavam "debaixo de fogo", teria sido fácil para BdC negociar essas contingências, aliás, tal como se fez em todos os clubes que conheço, e com isso ter-se-ia evitado toda esta embrulhada que apenas lesou o SCP, apenas e só, por capricho de um presidente que numa infantilidade se achou mais esperto que os outros.

Quanto às questões que levantou:
O que levou o Mendes/Gestifute a aceitar perder 50% do valor, não sei... apenas sei que no mundo dos negócios "não existem almoços grátis"... no entanto podemos tentar ver o seguinte:
Com esta decisão, Mendes fechou 2 dossiers complicados, de forma lucrativa, sem ter de perder tempo em tribunais e em desgaste de imagem publica, ainda mais num momento em que ele próprio está sob os holofotes pelos negócios que faz... Quanto vale fechar já 2 assuntos destes, sem chatices e colocando já o dinheiro ao bolso??? não sei... mas para o Mendes pode bem valer meia dúzia de milhões de euros...

Vou-lhe dar um exemplo pessoal real:
Há uns anos tive um clt que tinha uma divida grande para comigo e estive para ir para tribunal... entretanto soube que ele estava a fechar alguns negócios bastante lucrativos... Eu ao invés de o forçar a pagar o que me era devido, propus que me pagasse apenas 50% em prestações até que ele concluísse os seus negócios, com a condicionante de ele continuar a ser meu cliente no futuro... podem-me perguntar porque abdiquei de 50% do valor e eu respondo sem problema, que foi a maneira de ajudar um cliente e com isso garantir negócios futuros que me levariam a ganhar bem mais que os 50% que ali "investi".
Não sei se foi esse o pensamento de Mendes, mas esta pode ser uma justificação que para mim é bem plausível...

Quanto à 2ª questão... eu próprio referi isso no post e aguardarei por esclarecimentos.

Cumps
Rampante
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.03.2019 às 16:07

Caro Rampante,

A história que relatou da sua vida, no contexto do que pode ter sido o raciocínio de Mendes, faz-me lembrar as palavras de um grande jogador de poker.

Disse ele que um bom jogador deixa-se perder por vezes com uma mão ganhadora, para ganhar posteriormente muito mais com uma mão menos avantajada. (Palavras para o efeito)

Uma analogia que mesmo não sendo cem por cento certeira, passa a mensagem.
Imagem de perfil

De Rampante a 05.03.2019 às 19:02

É exactamente isso caro amigo Rui Gomes,

pena que as pessoas por vezes tenham tanta dificuldade em ver o óbvio e prefiram acreditar em novelas elaboradas, com enredos rebuscados...

Grande abraço
Rampante
Sem imagem de perfil

De Cantona a 05.03.2019 às 12:58

O clube está financeiramente estrangulado, diz-se com pompa e circunstância que está tudo por fazer, não há Champions, vão ser antecipadas largas dezenas de milhões, e aparece o responsável das finanças a afirmar que acabou de pagar 2 milhões "para entrar no mercado chinês", dias depois de criticar um protocolo com o Batuque. Isto não é má comunicação, mas gozar com os adeptos.

Nestas eleições houve, pela enésima vez, uma oportunidade de introduzir uma nova mentalidade no futebol português, que permitisse marcar a diferença pela positiva, mas parece que ainda não é desta. Como disse noutro comentário, se Varandas tivesse entrado a seguir a Bettencourt ninguém notava a diferença. Equívocos atrás de equívocos.
Imagem de perfil

De Rampante a 05.03.2019 às 16:28

Caro Cantona,

pessoalmente acho que Varandas e a sua equipa até têm trabalhado bem no interior do clube, o problema é que para o exterior tem sido um desastre...

Acredito que exista uma justificação bem ponderada para o 1,5M€ de investimento que, e apesar das palavras do Zenha, duvido que tenha sido como ele disse (cedeu à pressão de uma questão inesperada)... e é aqui que reside o problema... esta Direcção não está a conseguir comunicar, pese embora se viva um momento em que a comunicação é essencial.

Resumindo, não acredito que esta Direcção esteja a tomar decisões de lesa o clube, mas infelizmente é evidente que não estão a conseguir transmitir essas mesmas decisões e o porquê das mesmas e é aqui que eles estão a falhar... em comunicar...

Cumps
Rampante
Sem imagem de perfil

De Pelisca a 05.03.2019 às 13:17

Bom dia, comentar este post tão extenso iria ter me alongar muito.
Por isso vou ficar por 2 tópicos mais ligeiros.

1° Se bem me lembro a guerra com a Doyen começa por causa de Rojo o fundo tinha, uma grande % do passe e perante a proposta do MU quis obrigar o SCP a vender. E BDC tentou evitar que isso viesse a acontecer. Acho que BDC sabia muito bem que tinha que pagar ao fundo quis foi ganhar tempo porque não havia dinheiro.

2 ° Acho que está a vista de todos o desastre do reinado GL ,porque o SCP não tinha grande % sobre parte dos passes. E isso também limitou o antigo CD.Agora a maneira como BDC tentou "resolver" as coisas à sua maneira prejudicou muito o clube.

SL
Imagem de perfil

De Rampante a 05.03.2019 às 16:30

Boa tarde Pelisca,

Excelente resumo.

Cumps
Rampante
Sem imagem de perfil

De Cris Dileo a 05.03.2019 às 15:07

Boa Tarde, caro Rampante

Não sei se os negocios da era GL eram ilegais ou imorais, mas uma coisa já todos percebemos - eram terriveis para o Sporting. Chegar a um ponto em que tinhamos, 50%, 30%, 15% do passe dos nossos jogadores mais vendáveis era ter o futuro completamente condicionado.

Aparecer uma personagem armado em "chico esperto" como BC, a tentar inverter essa situação é obviamente eticamente discutivel, mas de certa forma acho que se entende.

Agora mesmo sendo os TPO ilegais, parece que voltamos aos tempos de GL, onde se paga 2M para entrar num mercado onde já temos por exemplo uma academia ou por exemplo se diz que se paga 1,6M a um jogador e o mesmo vem desmentir o facto nas redes sociais.

Parece que é a nossa sina - andamos sempre entre o 8 e 80 e não encontramos um meio termo.
Imagem de perfil

De Rampante a 05.03.2019 às 16:34

Olá Cris Dileo,

começando pelo fim... a sina do Sporting é realmente incrível... desafio qualquer psicólogo a traçar um perfil à nação sportinguista... tenho a certeza que as tendências suicidas iriam estar bem presentes nesse perfil...

Quanto ao resto, partilho mais ou menos da sua opinião.

Cumprimentos
Rampante
Sem imagem de perfil

De Cris Dileo a 05.03.2019 às 18:01

Já agora no assunto Adrien - o maximo que eu acho que se pode falar é de 25M, já que os objectivos não foram atingidos.

A questão do pagamento ou não das comissões, pelo que percebo a versão de BC centrava-se no facto de se extinguirem os TPO's e renovando o contratos dos jogadores - a Gestifute perdia automaticamente essas % - não tenho conhecimentos para saber se teria ou não razão, mas como disse admira-me que a Gestifute abdique de uma comissão choruda por causa das custas processuais - aliás dá o exemplo da Doyen, mas o que é certo é que foi atraves desses processos que eles receberam o dinheiro.

Já agora parece-me quase pornografico um agente ou empresa meter ao bolso quase 10M pela transfrencia de 2 jogadores.

Todos os custos e riscos estão do lado dos clubes - já o lucro é sempre diluido para mal das finanças dos clubes
Imagem de perfil

De Rampante a 05.03.2019 às 18:33

Relativamente ao valor do negócio do Adrien, percebo perfeitamente "a confusão"... acabei de publicar uma resposta ao Hugo Boss onde explano o porquê de 29,5M€.
Neste mundo de negócios de milhões, ninguém atira valores ao ar sem haver justificação (excepto os jornalistas, mas isso é outra conversa)...

Quanto à Doyen e Gestifute... não se está a falar de comissões, mas sim de percentagens de venda de jogadores, o que são coisas diferentes... As comissões de intermediação ainda são legais, já a partilha de passes (direitos económicos) é que não.

Simplificando:
O SCP queria o jogador A, mas não tinha dinheiro.
A empresa XPTO, comprou o jogador (investiu) e colocou-o no SCP.
O jogador desperta interesse e é vendido.
Acho natural que o valor da venda seja para a empresa XPTO que investiu nele. Note-se igualmente que se o jogador fosse um flop, era a empresa que perdia o dinheiro investido e não o SCP.

Com o fim dos TPO, o SCP considerou que não tinha de ressarcir a empresa XPTO, apoderando-se unilateralmente assim do activo.
Logicamente os tribunais deram razão à empresa XPTO.

Não tenho conhecimento de outro clube na Europa que se tenha apoderado unilateralmente do passe dos jogadores com o fim dos TPO's. Os que conheço, negociaram contingências com os fundos. Aliás, negociar contingências foi o que fez BdC com os jogadores na % do passe que eles detinham, pois ele era "doido", mas não ao ponto de entrar em guerra com os jogadores naquela altura.

Quanto aos valores serem ou não pornográficos, relembro que nestes casos, não era por comissões de intermediação (onde ai sim, seriam valores exagerados), mas sim por compensação de % de passe que esta empresa detinha nos jogadores (a empresa tinha investido nos jogadores).

Sem imagem de perfil

De Cris Dileo a 05.03.2019 às 21:02

Neste caso (comissões ou % ) vai dar quase ao mesmo.

Repare que Adrien e Rui eram jogadores do Sporting - oferecer 20% para poderem continuar a ser jogadores do Sporting é a meu ver um péssimo negócio para o clube.

Uma coisa é não ter ou não querer investir 5M num sul americano - outra é querer renovar com os jogadores que já são da casa há muitos anos.
Imagem de perfil

De Rampante a 05.03.2019 às 22:24

Cris Dileo, aqui vou ter de discordar do amigo,

comissões e % de passe são diferentes.

Nas comissões o agente/fundo ganha pelo serviço de facilitar o negócio (na minha opinião deve ser pago num valor residual).

% de passe, significa que aquele agente/fundo, investiu no jogador, logo deve receber pela mesma medida (%) em que investiu.
Por exemplo eu não aceitaria investir 10% numa empresa e depois, em caso de sucesso, receber proveitos inferiores a essa percentagem.

Relativamente aos jogadores, por acaso até acho que os mesmos podiam ter % dos seus próprios passes, já que eles são os principais interessados em se auto-valorizar... se assim fosse, provavelmente até seria mais fácil para clubes financeiramente mais frágeis, manter alguns activos... tal como o Sporting fez em 2012...
Actualmente se um jogador tiver uma proposta de melhor salário do que aquela que usufrui, ele irá querer sair, já que apenas tem a ganhar... no entanto se o clube actual lhe pudesse dizer "não temos €€ para aumentar o teu salário, mas se ficares damos-te x% do teu passe", então esse jogador poderia ponderar ficar e lutar por se valorizar por forma a ganhar mais numa futura transferência do que no eventual aumento de salário. Acredito que clubes mais pequenos até seriam mais competitivos...

Mas claro, isto são apenas opiniões!
Sem imagem de perfil

De Cris Dileo a 05.03.2019 às 23:30

Obviamente que percebo a diferença, mas diga-me de que forma ficou a Gestifute com os 20% do passe do Adrien ? e que contrapartida recebeu o Sporting para perder esses 20% ?

Comentar post


Pág. 1/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo