Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

image.jpg

 

Considerações de Beto, o novo Team Manager da equipa principal do Sporting, após o desaire em Portimão:

 

"Há muito campeonato pela frente, é uma prova de regularidade, longa, não se resolve à sétima jornada. Estamos focados, unidos, para dignificar este clube. Há jogos que não correm como desejamos. Só com união e muito trabalho é que podemos melhorar e chegar ao fim na posição que nós queremos. Temos um grupo e staff fantásticos, pessoas competentes, que dão muito por este clube todos os dias.

 

É importante que toda a família sportinguista esteja unida, não haver a desunião que por vezes acontece. É importante manter a coesão. Os jogadores, o grupo, todo o staff, sozinhos não vamos conseguir conquistar muito. Até ao fim do campeonato há muitos jogos e acredito que vão estar ao nosso lado.

 

Costumo dizer que ninguém sente mais do que os jogadores quando as coisas não correm bem. Acredito que, mais cedo ou mais tarde, o fruto de todo o trabalho vai aparecer. O Sporting não pode parar, é enorme.

 

Todos os dias podemos dar mais, ser melhores. Quem está no Sporting tem de dar mais todos os dias. Para mim é muito fácil trabalhar no Sporting. Tenho uma paixão imensa por este Clube. Também é fácil trabalhar com os jogadores, com este staff à volta do grupo de trabalho. Tornou a minha tarefa e ambientação mais fácil".

 

Tags:

publicado às 05:16

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


12 comentários

Sem imagem de perfil

De Pepeu a 09.10.2018 às 09:26

E é isto...!
Balelas, mais balelas e ainda mais balelas...
Sempre a conversa parva do costume sobre união, competência, grupo fantástico, frutos do trabalho... quando acabamos de perder por 4(quatro)-2 com o último classificado.
Desde 2008 que não sofríamos tantos golos num só jogo para o campeonato.
E terá sido um acaso?
Só quem anda a dormir ou a comer gelados com a testa consegue ser capaz de achar que isto não era um cenário mais que anunciado.
O que o Sporting precisa não é de conversa mole vinda de um funcionário qualquer a apelar à facilidade que é trabalhar no clube quando recebe aquilo que recebe todos os meses do seu contrato. Precisava, isso sim, que tal funcionário e toda a estrutura técnica fizesse um acto de comiseração e encarnasse a vergonha que é ver-se a braços com uma derrota que envergonha todo e qualquer um que sinta de facto este clube e não apenas aqueles que o sentem mas com um ordenado gordo ao fim do mês.
Para tal já basta termos um boi lampião à frente da equipa que se diz não se sentir perturbado...
Pudera! Com o que ganha face àquilo que produz, deve-se sentir no melhor emprego do mundo!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 09.10.2018 às 09:32

Então o Pepeu terá sido um dos que deixou-se ficar a comer gelados com a testa quando há dois anos o Sporting foi a Portimão perder por 2-0 com o melhor treinador do planeta e arredores ao leme.

Pelo autêntico rancor das suas palavras, fica a ideia que há aqui algo que vai além de simplesmente não gostar de José Peseiro.
Sem imagem de perfil

De Pepeu a 09.10.2018 às 10:11

O meu caro vai-me desculpar mas gostaria que me fizesse referência de memória sobre qual foi a minha opinião sobre o desempenho de Jorge Jesus no Sporting desde o seu primeiro dia de trabalho.

Isto de se tirar umas pelas outras tende para o disparate.
Deixe lá o passado em paz e preocupe-se, mesmo muito, é com o presente e o futuro.

E deixe lá dessa tendência tão sportuinguista de desculpar as desgraças justificando-as pelas desgraças do passado.
Assim nunca havemos de evoluir para alguma coisa de jeito.

Um dia, se quiser, explano-lhe aqui o que eu concebo que seja ideal para o sucesso de um clube como o Sporting.

Até lá, vamos lá apagar este fogo que vai alto, não com palavras nem de união nem de crítica aos outros, mas com actos singelos de competência e determinação que tardam em surgir pela mão de uma direção do clube que já nasceu torta mesmo antes de existir.

Deixemo-nos de ser bananas porque disso temos lá muito agora pelos camarotes presidenciais...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 09.10.2018 às 13:27

Não há muitos que compreendem e se identificam melhor do que eu sobre o que se passa no futebol do Sporting.

Não sou grande fã de José Peseiro e não o teria escolhido logo à raiz, mas também compreendo que além da capacidade limitada do Clube, não há muitos técnicos dignos do nome que na altura teriam aceitado o cargo, pelas circunstâncias.

A diferença entre nós é que eu critico quando entendo que crítica é justa e não assumo posições extremas e radicais. Poderá chegar à altura de pedir a demissão de Peseiro, mas ainda não é agora, apesar do muito que me desagrada.

Assumo esta postura por reconhecer que o problema do futebol do Sporting não passa apenas pelo treinador, hoje e há muito. Mudar de treinador é fazer um remendo que até poderá resultar a curto prazo, mas a essência do problema mantém-se inalterada.
Sem imagem de perfil

De mike1906 a 09.10.2018 às 16:04

Rui, então se está bem identificado com o que se passa no futebol do Sporting, saberá certamente que, além do paupérrimo futebol apresentado, o principal problema deste treinador é, e sobretudo nas horas dificeis (e quer queiramos quer não, esta época vai ser toda muito dificil) a falta de pulso para liderar o plantel.

Isto ainda mal começou e já tivemos os problemas Matheus, Coates, Nani e pelos vistos agora Acuña.

Não vejo forma da situação caminhar para melhor assim
Sem imagem de perfil

De José Lima Curral a 09.10.2018 às 13:54

Sem esquecer os 3-1no Rio Ave também pós jornada europeia, em que estivemos a perder 3-0 ....
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 09.10.2018 às 15:13

Sim, também, mas isso não é conveniente para quem tem memória curta.
Sem imagem de perfil

De PSousa a 09.10.2018 às 10:56

Caro Beto,
Sim dirijo-me a tua pessoa, claro que devemos estar unidos, claro que devemos apoiar o SCP, claro que devemos dar tempo ao tempo, claro que o campeonato é longo e temos ainda muitos pontos por disputar.

Ó Beto, e respeito pelos adeptos? Onde fica? Como querem união, quando em campo temos jogadores a bocejar, outros que nem correm?
Nós sempre acreditamos na vitória, mas caso a mesma não apareça por este ou por aquele motivo, os jogadores, a equipa técnica tem de fazer tudo para que não fique o sentimento de que não arriscam e não dão os 100%. Respeito pelos adeptos e sócios que tanto esforço fazem para voa apoiar, SEMPRE!
Azar do caraças é que somos críticos... é a vida!
Sem imagem de perfil

De José Lima Curral a 09.10.2018 às 14:13

Não vi os 2 últimos jogos, fraquinhos a avaliar pelas críticas generalizadas. É certo que ainda não assisti a qualquer exibição do meu agrado, mas tenho apreciado o empenho e garra da equipa, que têm permitido obter resultados positivos já no final de alguns jogos. O que se passou em Portimão? Era o último e mais cedo ou mais tarde resolveríamos? Não houve recuperação pós longa viagem desde a Ucrânia? A propósito, li algures que ontem Fernando Santos só teve 14 jogadores disponíveis. Então porque tivemos que jogar domingo? Por causa dos estrangeiros, designadamente sul americanos? Já na época passada ocorreu pelo menos uma situação destas, que põe em causa a equidade e a verdade desportiva. As federações, uefa e fifa só se preocupam com o dinheiro? Não é possível organizar as jornadas europeias de modo a que não antecedam convocatórias para selecções? Os parentes pobres (liga Europa) têm que ser sempre prejudicados? Agora que somos novamente representados por gente civilizada e respeitada, há que fazer o trabalho de bastidores (liga e federação) para que esta situação não volte a repetir-se.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 09.10.2018 às 15:18

Consta que a FIFA estipulou que todos os jogadores tinham de estar disponíveis para as selecções segunda-feira.

Esta nova Liga das Nações só vem dar mais dores de cabeça para os clubes.

Mas o desgaste, embora seja factor, não explica a má exibição em Portimão.

Parece-me que o sistema de jogo da equipa, combinado com alguns activos menos produtivos e outros ausentes por lesão, não está a resultar. Compete a Peseiro reconhecer isso e tomar as respectivas medidas, dentro do possível.
Sem imagem de perfil

De mike1906 a 09.10.2018 às 16:10

Nem sabe a sorte que teve em não ver estes dois jogos...
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 09.10.2018 às 11:45

Oh Beto segura-te ao tacho , que chatice este peseiro estar a trazer-nos derrotas , assim vamos ser todos corridos nao tarda.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo