Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




istockphoto-538037534-612x612.jpg

Uma partida de futebol são noventa minutos, mais os descontos. E deve ser analisado na totalidade desse período. No jogo com o Famalicão, o Sporting foi superior. Marcou golos e desperdiçou oportunidades. Cometeu erros (dois) que não deveria cometer, mas fazem parte do jogo. Qual é a equipa que não os comete?

Em função do jogo jogado, no final, o SCP teria de ser vencedor, inequivocamente. Não foi, não pelas suas falhas, mas por factores que não controla, nem lhe compete controlar.

Os homens do apito são parte do jogo com uma função específica. São juízes para dirimir "conflitos" do jogo, com a isenção que se exige a um qualquer juiz. Mas antes disso são homens, imperfeitos e sujeitos ao erro. Para evitar naturais erros criou-se uma estrutura de apoio com base nas tecnologias avançadas. O que avançou? Pouco ou nada.

O erro pode ser realmente genuíno, mas ao mesmo tempo, voluntário, embora mascarado de involuntário. A diferença entre a desonestidade e a honestidade está nos pormenores. Os juízes do futebol que praticam a desonestidade, encontraram no VAR mais uma via para direccionar e dissimular os seus actos.

Sem qualquer calimeirismo, os factos comprovam que o Sporting está na lista negra de alguns juízes, ao serviço de outros interesses. Quando põe em causa esses interesses é preciso refreá-lo. Foi o que aconteceu em Famalicão. Toda a estrutura destes juízes, dentro e fora do campo, se uniu de uma forma arrivista. E não foi apenas um lance que esteve em causa, foi todo o jogo.

Neste mundo onde a corrupção é descarada, o Sporting não tem direito a falhar. Não basta ser superior tem de ser muito superior. O "sistema", agora com duas faces, está bem vivo. Protestar não chega. É preciso agir. Como? Essa é a minha grande dúvida..

Texto da autoria de Nação Valente

publicado às 03:33

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


17 comentários

Imagem de perfil

De Mike Portugal a 08.12.2020 às 11:37

Só há 2 formas de agir:

- usando os mesmos métodos que FCP e SLB fazem, que é a intimidação/suborno;
- via legal;

Não quero usar o 1º, se bem que estes árbitro mereciam umas boas chapadas no focinho.
É usar a via legal: mostrar as imagens da dualidade de critérios das faltas em que Pote levou amarelo e as dos jogadores do Famalicão. Mostrar a imagem do penalty claríssimo sobre o João Mário e perguntar onde andava o VAR.
Esquecer de vez o assunto do golo do Coates que só leva a discussões demasiado subjetivas. Não é esse o lance principal do jogo.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 08.12.2020 às 12:39

Mike,

Obrigado pelo contributo. Como também escrevi, não é apenas um lance que está em causa mas o jogo todo. O jornalista Rui Santos, na SIC, disse perante o ar surpreso de papa Duarte Gomes, que o VAR não devia ter feito qualquer intervenção, no lance do Coates. Ao invés, não quando o devia ter feito, não o fez. O mesmo jornalista disse que iria voltar ao assunto, no seu programa de hoje.O duplo critério nestes lances é exemplificativo da desonestidade descarada.

A apresentação de petições a decorrer, também me parece um caminho.
Sem imagem de perfil

De LG a 08.12.2020 às 12:24

a) Varandas revelar o que soube e viu na época 2015/2016 - boutade eleitoral dita para não ser cumprida;

b) Mostrar todas as incongruências dos árbitros: trabalho para o departamento de comunicação: exaustivamente demonstrar todas as incongruências dos árbitros, neste jogo e noutros, com e sem rivais;

c) Mostrar todas as incongruências dos dirigentes da arbitragem, também trabalho para o departamento de comunicação: a forma como gerem o seu silêncio e as suas intervenções mostra que têm um lado (que são dois, aliás).
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 08.12.2020 às 12:44

LG,

Se não estou errado, a questão de 2015/2016, já está incluída, nos processos do Benfica.

Quanto às outras sugestões acho que já estão a ser utilizadas pelo departamento de comunicação. Como se pode ver aqui no blog, também estão em andamento duas petições. E é fundamental que os sportinguistas se unam nestas batalhas.
Sem imagem de perfil

De LG a 08.12.2020 às 14:31

A questão de 2015/2016 não está totalmente nos processos ao Benfica, quando esta direção achou por bem não recorrer para a Relação da decisão de não pronúncia no processo e-toupeira (erro político básico que teve como derradeira consequência um acórdão do Supremo revelado pelo Expresso, acho,a semana passada, que "perdoou" ao funcionário judicial uma série de crimes, por deficiências do trabalho do MP).

As petições são conversa para entreter, ainda está para nascer uma petição pública deste género que produza algum efeito- e isto também é um sinal da inoperância do clube, quando só resta aos seus adeptos recorrer a estes meios
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 08.12.2020 às 15:11

As petições são lançadas por adeptos, e mesmo que não produzam efeitos práticos. agitam as águas.

O que gostaria de saber é o que pode mais fazer a direcção, neste caso concreto?
Sem imagem de perfil

De LG a 08.12.2020 às 15:57

De facto, a direção pouco mais pode fazer do que barafustar e lançar operações de charme.
Podia era não desfazer (tipo, depois de uma boca do A. Salvador, despedir o ex-árbitro Pedro Henriques, que estava a colaborar com o Sporting desde o mandato de BdC)

Imagem de perfil

De Naçao Valente a 08.12.2020 às 16:33

Deixe lá o tempo de BdC. Foi o que foi. Vivemos no tempo pós BdC.
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 08.12.2020 às 12:45

LG,

Esquece isso do Varandas e da época 2015/2016. Isso foi conversa eleitoral para ganhar votos e nada mais. Ele não sabe mais do que todos os que estavam no SCP naquela altura e o que sabe não pode dizer sob pena de processo criminal, pois não terá provas (se as tivesse já as tinha aprensentado).
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 08.12.2020 às 12:58

Essa é a chave da questão. Uma coisa é ter conhecimento de algo, por factual que seja, outra muito diferente é vir a público sem provas concretas.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 08.12.2020 às 13:10

Por mais razão que o Sporting tenha, parece-me ser um resultado que não será revertido. Temos é que nos concentrarmos nas lutas actuais.
Sem imagem de perfil

De Altaia a 08.12.2020 às 12:46

Como sabe que não revelou ?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 08.12.2020 às 13:01

Se o fez, foi internamente. Além do mais, se ele sabe de algo, a outra pessoa que também conhecimento é forçosamente Jorge Jesus. Nunca falou no assunto, salvo manifestar a sua incompreensão perante a não conquista do título com um recorde de pontos.
Sem imagem de perfil

De Altaia a 08.12.2020 às 16:56

Pareceu-me tão afirmativo que supus que soubesse mais algum coisa que eu não sei,publicamente já sabia que não, obrigado.
Sem imagem de perfil

De Altaia a 08.12.2020 às 16:58

ainda quanto a isto a pergunta não era para o Rui Gomes.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 08.12.2020 às 17:06

Compreendo, mas por vezes não resistimos responder.

De qualquer modo, este leitor LG já repetiu este disco 50 vezes!

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo