Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




“E tudo o vento levou…”

Leão Zargo, em 24.02.24

É frequente os sportinguistas enumerarem situações em que o Sporting foi severamente prejudicado pela arbitragem. Não se trata de alguma teoria da conspiração, ou coisa do género, mas de situações factuais que todos recordam. No entanto, há muitos outros casos entretanto engolidos pela voracidade do tempo. Por essa razão, para tentarmos evitar que caiam no esquecimento, o Camarote Leonino procedeu ao levantamento de situações que deram brado e foram motivo de conversa entre nós. O nosso objectivo é lutar pela verdade desportiva, que nunca existirá sem uma arbitragem livre, independente e qualificada.

O primeiro jogo da lista é o Sporting - Leixões disputado em 1972 que terminou com uma invasão de campo aos 7 minutos de jogo. Foi a primeira vez que assisti a uma partida de futebol no Estádio de Alvalade e marcou a minha memória para sempre. Depois, de se recordarem algumas situações insólitas até à década de 1990, abordam-se os últimos 20 anos e alguns casos que ficaram na memória de todos os sportinguistas. A listagem não é exaustiva, está incompleta, nem sequer são referidos jogos de “campo inclinado” desde o apito inicial, de que Artur Soares Dias e João Pinheiro serão os mais completos praticantes na actualidade.

1972-73

Sporting Leixões 29.10.1972.jpg

Sporting 0 - Leixões 1, Campeonato Nacional, em 29 de Outubro de 1972. Árbitro Carlos Lopes.

Invasão de campo aos 7 minutos depois do árbitro não ter indicado um canto a favor dos leões. No entanto, a razão foi um penálti marcado contra o Sporting minutos antes, apesar do fiscal de linha ter assinalado fora de jogo. Vítor Damas defendeu o penálti, mas Carlos Lopes mandou repetir e foi golo. O Estádio de Alvalade foi interdito por 9 jogos.

1975-76

Atlético 3 - Sporting 0, Campeonato Nacional, 21 de Setembro de 1975. Árbitro Amândio Silva.

O árbitro marcou um penálti contra o Sporting a 11 minutos do fim do jogo que estava empatado a duas bolas. Não havendo razão para falta de penálti, e por ter havido outros casos durante o jogo, verificou-se invasão de campo. A Federação estabeleceu uma derrota do Sporting por 3-0.

Porto 2 - Sporting 3 1975-76.jpg

Porto 2 - Sporting 3, Campeonato Nacional, 18 de Outubro de 1975. Árbitro Alder Dante.

Num jogo nas Antas com nevoeiro cada vez mais denso, os leões venciam por 2-1 quando um remate de Gomes levou a bola à malha lateral e um apanha bolas introduziu-a na baliza. O árbitro assinalou golo e Juca, com a sua fleuma britânica, chamou-lhe um “sonho fantástico”. Alder Dante no seu relatório reconheceu a falha, apanhou uma repreensão e o processo foi arquivado.

1980-81

Benfica 1 - Sporting 1, Campeonato Nacional, 2 de Maio de 1981. Árbitro Inácio Almeida.

O árbitro assinalou um penálti duvidoso contra o Sporting, que mandou repetir depois de Nené ter falhado. Numa outra jogada, virou as costas quando Pietra rasteirou Manuel Fernandes dentro da grande área, mandou seguir o jogo, Bento, com a pressa atrapalhou-se, largou a bola e permitiu que Jordão marcasse golo, que Inácio de Almeida anulou.

1998-99

Académica 2 - Sporting 2. Campeonato Nacional, 11 de Setembro de 1998. Árbitro António Costa.

Anulação de um golo limpo a Edmilson.

Chaves 2 - Sporting 2. Campeonato Nacional, 23 Janeiro 1999. Árbitro Jorge Coroado.

Jorge Coroado não assinalou três penáltis claros a favor da equipa sportinguista. Garantiu depois que tinha ficado cheio de azia pela sua falha.

Na sequência deste jogo, a Direcção sportinguista declarou luto desportivo em virtude da ausência de critérios uniformes no tratamento aos vários clubes. A bandeira do Clube foi colocada a meia haste e os jogadores leoninos passaram a equipar com meias pretas. Uma sondagem do painel Expresso/Euroexpansão publicado no jornal Expresso, em 4.2.1999, demostrou que o Sporting era o clube mais prejudicado pelas arbitragens.

2004-05

Benfica 1 - Sporting 0 2004-05.png

Benfica 1 - Sporting 0. Campeonato Nacional, 14 de Maio de 2005. Árbitro Paulo Paraty.

Os leões estavam no 1º lugar, mas um golo de Luisão com falta sobre Ricardo roubou-lhes a liderança.

Sporting 2-Nacional 4. Campeonato Nacional, 22 de Maio de 2005. Árbitro António Costa.

O Nacional venceu com três golos fora de jogo e o Sporting desceu ao 3º lugar.

2006-07

Sporting 0 - Paços de Ferreira 1 2006-07.jpg

Sporting 0 - Paços de Ferreira 1. Campeonato Nacional, 16 Setembro 2006. Árbitro João Ferreira.

Ronny marcou com a mão o golo da vitória pacense. O Sporting perderia o Campeonato por um ponto.

2008-09

Paulo Bento e Lucílio Batista.jpg

Sporting 1- Benfica 1 (2-3 g.p.). Taça da Liga, 21 de Março de 2009. Árbitro Lucílio Batista.

Exemplo de adulteração da verdade desportiva. O Benfica conseguiu o empate com um penálti inventado por pretensa falta de Pedro Silva. Paulo Bento fez um gesto com a mão que se tornou viral. Ficou para a história como a “Taça Lucílio Baptista”.

2011-12

Sporting 1 - Olhanense 1. Campeonato Nacional, 13 de Agosto de 2011. Árbitro Carlos Xistra.

A Direcção sportinguista contestou a arbitragem, ao que se seguiu o boicote dos árbitros ao jogo da 2ª jornada em Aveiro. João Ferreira não compareceu e a partida foi arbitrada por Fernando Martins, árbitro da II divisão distrital de Aveiro. O boicote seria levantado na jornada seguinte, no Sporting - Marítimo arbitrado por Pedro Proença.

2012-13

Benfica 2 - Sporting 0 2012-13.jpg

Benfica 2 - Sporting 0, Liga ZON Sagres, 21 de Abril de 2013. Árbitro João Capela.

Este dérbi lisboeta ficou para a história como o “jogo do Capela” pelas inúmeras decisões tendenciosas, nomeadamente na grande área do Benfica. Também ficou na memória pelo “limpinho, limpinho” de Jorge Jesus.

2013-14

Benfica 4 - Sporting 3 (a.p.). Taça de Portugal, 9 de Novembro de 2013. Árbitro Duarte Gomes.

Não foram marcados dois penáltis contra a equipa do Benfica, um deles verdadeiramente escandaloso.

2014-15

Schalke 04 4 - Sporting 3, Liga dos Campeões, 21 de Outubro de 2014. Árbitro Sergei Karasev (Rússia).

Um inacreditável penálti marcado no final do jogo (90+3 minutos) deu a vitória ao clube alemão.

2015-16

Play-off da Liga dos Campeões com o CSKA Moscovo. O Sporting foi eliminado por duas arbitragens inqualificáveis, que não marcaram dois penáltis evidentes, permitiram um golo com a mão e anularam erradamente um golo aos leões. 

Braga 4 - Sporting 3 (a. p.), Taça de Portugal, 16 de Dezembro de 2015. Árbitro Fábio Veríssimo.

Anulado um golo limpo a Slimani.

2016-17

Benfica 2 - Sporting 1, Liga NOS, 11 de Dezembro de 2016. Árbitro Jorge Sousa.

O árbitro teve um activo, perdoou dois penáltis aos benfiquistas Pizzi e Nélson Semedo. Na sequência do penálti não assinalado a Pizzi, num rápida conta-ataque o Benfica marcou o primeiro golo do jogo. Irregular, portanto.

Sporting 0 - Braga 2, Liga NOS, 18 de Dezembro de 2016. Árbitro Hugo Miguel.

O árbitro não marcou dois penáltis contra os bracarenses.

Marítimo 2 - Sporting 2, Liga NOS, 21 de Janeiro de 2017. Árbitro João Pinheiro.

Golo mal anulado a Alan Ruiz.

2018-19

22607246_zYiCP.jpeg

Setúbal 1 - Sporting 1, Liga NOS, 30 de Janeiro de 2019. Árbitro Hélder Malheiro.

Ristovski foi agredido com uma cotovelada que o deixou com grande hematoma na testa. Nos protestos, foi ele o expulso aos 54 minutos com o resultado favorável aos sadinos por 1-0.

Marítimo 0 - Sporting 0, Liga NOS, 25 de Feveiro de 2019. Árbitro Tiago Martins.

Tiago Martins faz o pleno neste jogo em matéria de expulsões. Coates aos 51 minutos, pouco depois Nélson Pereira, treinador de guarda-redes, e ainda executa um sprint de 30 metros para expulsar Marcel Keizer. Isto tudo durante uma arbitragem vergonhosamente inclinada.

2019-20

Sporting 2 - Rio Ave 3, Liga NOS, 31 de Agosto de 2019. Árbitro João Pinheiro.

João Pinheiro viu e assinalou três penáltis contra o Sporting. No entanto, ele e o VAR não viram Raphinha ser empurrado por um adversário com as duas mãos a escassos metros da linha de golo.

Braga 2 - Sporting 1. Final da Taça da Liga. 21 de Janeiro de 2020. Árbitro Nuno Almeida.

Com o resultado em 1-1, Nuno Almeida expulsa Bolasie por decisão do VAR Artur Soares Dias, depois de descarada e grosseira simulação do bracarense Willyan. Paulinho fez o 2-1, aos 90 minutos, com providencial empurrão a Mathieu.

2020-21

Famalicão 2 - Sporting 2 2020-21.jpg

Famalicão 2 - Sporting 2. Liga NOS, 5 de Dezembro de 2020. Árbitro Luís Godinho.

Expulsão de Pote aos 80 minutos e anulação de um golo limpo por Coates, que faria o 2-3, por indicação do VAR. “Onde vai um, vão todos!”, foi o grito de guerra assumido por todo o plantel e que culminaria na festa do título de campeão no Marquês.

2021-22

Sporting 1 - Porto 1 2021-22.jpg

Sporting 1 - Porto 1, Liga Portugal bwin, 11 de Setembro de 2021. Árbitro Nuno Almeida.

Pepe agrediu Coates com um murro violento na cara. Não viram, nem árbitro nem VAR!

Sporting 1 - Braga 2. Liga Portugal Bwin, 22 de Janeiro de 2022. Árbitro Hugo Miguel.

O Braga fez 1-1 com um daqueles penáltis que só se marcam contra o Sporting. O VAR João Pinheiro pressionou Hugo Miguel para o assinalar.

Porto 2 - Sporting 2. Liga Portugal Bwin, 11 de Fevereiro de 2022. Árbitro João Pinheiro.

Arbitragem caótica de João Pinheiro. Expulsões de Coates, Palhinha e Pepe, colocando o Porto em vantagem numérica, ao mesmo tempo que permitiu que Taremi abusasse das habituais simulações e de jogo perigoso.

Sporting 0 - Benfica 2. Liga Portugal Bwin, 17 de Abril de 2022. Árbitro Fábio Veríssimo.

O Sporting fez um jogo fraco, mas o árbitro perdoou um penálti claro de Otamendi sobre Coates aos 68 minutos quando o resultado estava em 1-0.

2022-23

Santa Clara 1 - Sporting 2. Liga Portugal Bwin, 8 de Outubro de 2022. Árbitro Artur Soares Dias.

Arbitragem manhosa como é habitual neste árbitro. Ele e o VAR não viram dois penáltis claros a favor do Sporting.

Porto 2 - Sporting 0. Final Allianz Cup, 28 de Janeiro de 2023. Árbitro João Pinheiro.

João Pinheiro mostrou o segundo amarelo a Paulinho, ignorando uma agressão de Otávio sobre o sportinguista. Antes já tinha ignorado uma clara agressão de Wendell a Pote.

Sporting 3 - Boavista 0. Liga Portugal Bwin, 12 de Março de 2023. Árbitro João Pinheiro.

Não foi assinalado penálti sobre Francisco Trincão, apesar de claramente carregado pelas costas.

2023-24

Casa Pia 1 - Sporting 2. Liga Portugal Bwin, 18 de Agosto de 2023. Árbitro Nuno Almeida.

Golo mal validado ao Sporting compensado por um penálti sobre Edwards perdoado aos casapianos.

Guimarães 3 - Sporting 2. Liga Portugal Bwin, 10 de Dezembro de 2023. Árbitro João Pinheiro.

Penálti inexistente contra o Sporting que permitiu o empate (1-1) nos últimos instantes da 1ª parte.

Sporting 2 - Porto 0 2023-24.jpeg

Sporting 2 - Porto 0. Liga Portugal Bwin, 18 de Dezembro de 2023. Árbitro Nuno Almeida.

Dois golos do Sporting anulados sem razão, com o falso pretexto de faltas de Quaresma e de Bragança.

Nas fotografias:

- Sporting 0 - Leixões 1, em 1972-73. Penálti mal assinalado.

- Porto 2 - Sporting 3, em 1975-76. Alder Dante e o “golo no nevoeiro”.

- Benfica 1 - Sporting 0, em 2004-05. Falta de Luisão sobre Ricardo.

- Sporting 0 - Paços de Ferreira 1, em 2006-07. “Golo” com a mão.

- Sporting 1 - Benfica 1 (2-3 g.p.), em 2008-09. O gesto de Paulo Bento.

- Benfica 2 - Sporting 0 em 2012-13. O tal jogo do “limpinho, limpinho”.

- Setúbal 1 - Sporting 1, em 2018-19. Agressão a Ristovski.

- Famalicão 2 - Sporting 2, em 2020-21. “Onde vai um, vão todos.”

- Sporting 1 - Porto 1, em 2021-22. Agressão a Coates.

- Sporting 2 - Porto 0, em 2023-24. Falta mal assinalada a Quaresma.

publicado às 02:45

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


32 comentários

Imagem de perfil

De Leão Zargo a 21.02.2024 às 20:42

Rui

Na década de 1960 o Benfica teve essa ajuda extra que foi decisiva para a hegemonia que obteve. História que em grande parte está por escrever.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D




Cristiano Ronaldo