Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




img_920x518$2019_08_05_00_19_27_1585216.jpg

Frederico Varandas, para além do expectável desapontamento pela derrota sofrida no jogo da Supertaça, extensível aos incidentes verificados no final, com cadeiras a serem lançadas para o relvado, denunciou uma agressão de que foi alvo Miguel Albuquerque, dirigente leonino, que teve mesmo de receber assistência médica:

"Eu sou adepto do Sporting CP desde que nasci, é um momento muito doloroso para os sportinguistas. A estrutura sabe o que está a fazer, sabe o que é futebol e que foi injusto o que aconteceu aqui hoje. Estou triste, estou. Preocupado? Não.

Hoje esteviveram aqui os presidentes dos dois clubes, o Primeiro-Ministro e o Presidente da República e, mesmo assim, foi agredido um director do Sporting por 15 cobardes; teve de receber assistência hospitalar. Já que estiveram estas figuras todas presentes aqui, penso que é altura para banir esta gente.

É uma noite dura para todos os sportinguistas. O que se passou aqui hoje é puro futebol. É um resultado extremamente enganador, que às vezes acontece. Temos de perceber que o futebol nem sempre é justo. Se repetirmos aquilo que aconteceu até aos 60 minutos, uma delas perde-se e as outras seis ganha-se.

Por muito justo ou injusto que seja, nunca podemos perder o controlo emocional. Uma equipa profissional nunca pode perder o controlo emocional, seja em que circunstância for".

download.jpg

No que diz respeito apenas ao jogo, o Benfica começa a época 2019/20 da melhor forma, vencendo a sua oitava Supertaça de Portugal, igualando o Sporting no número de troféus nesta competição.

Foi a segunda vez que o Benfica conquistou a prova frente ao Sporting, depois das derrotas em dois anteriores encontros. O Sporting, que só tinha perdido esta prova uma vez, exactamente para o Benfica em 1980 (2-2 e triunfo por 2-1), arranca mal a época, depois de uma pré-temporada onde não venceu qualquer partida: três empates e três derrotas.

download (1).jpg

"Resultado pesa. É difícil de aceitar pelo que fizemos na primeira parte. Interpretámos bem o jogo, tivemos três ou quatro oportunidades para fazer golo e o Benfica faz golo na única oportunidade que teve na primeira parte. Depois uma sucessão de erros que não se podem cometer a este nível fomos abaixo. Depois do golo de livre do Grimaldo ficou complicado".

Luís Neto

"Os 5-0 são uma noite muito má para nós. Na primeira parte tivemos boas ocasiões, mas depois do segundo golo foi mau. Estivemos sempre à procura do golo, mesmo a perder. Estamos desapontados, é normal. Temos de olhar para a derrota e aprender. Para a semana começa o campeonato e temos de estar prontos para o arranque da Liga, vai ser uma semana muito complicada. 

O Bruno é muito importante, este resultado não muda nem prova isso. Saída? Não é uma questão para mim, mas para alguém da Direcção".

Marcel Keizer

download (2).jpg

Os adeptos do Sporting presentes no Estádio Algarve não esconderam o descontentamento com a goleada sofrida e não pouparam nos insultos aos jogadores mal soou o apito final da partida. E quando os jogadores leoninos agradeceram o apoio das bancadas houve quem tivesse arremessado cadeiras, vendo-se nessa altura também acenos com lenços brancos.

Resumindo e concluindo... resultado pesado para o Sporting, num jogo onde o Benfica foi eficaz e marcou nos momentos mais certos, aproveitando, sobretudo, os erros defensivos do adversário.

Nota: É escusado energúmenos e outros idiotas do género que apareceram aqui ontem à noite, perderem tempo com as usuais diatribes que passam por comentários, porque nada será publicado. Este alerta também serve para aqueles que incrivelmente ainda apoiam o lunático ex-presidente destituído e pretendem tirar incompreensível proveito da ocasião. 

publicado às 06:00

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


177 comentários

Imagem de perfil

De Mike Portugal a 05.08.2019 às 11:46

OP,

concordo contigo, mas ontem esteve demasiado egoísta. Seja por falta de apoio ou por opção própria, foi o que se viu em campo.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.08.2019 às 11:54

Ele tem vindo a preocupar-se mais com alvejar a baliza do que procurar colegas em melhor posição para o fazer.

Por um lado, não se quer que ele se desmotive desse foco, por outro, no entanto, não serve tanto o colectivo.

Deve ser chamado a atenção pelo treinador.
Sem imagem de perfil

De Cris Dileo a 05.08.2019 às 12:00

Raphinha é um finalizador e era assim que jogava em Guimarães. Pode vir a dar um bom extremo mas não é a sua posição natural
Sem imagem de perfil

De OP a 05.08.2019 às 12:01

Rui, estes jogos equilibrados (como este foi até aos 60 minutos) os jogadores que jogam pelas alas quando recebem a bola estão por norma muito isolados, com poucos apoios e fazem uma de duas coisas, jogam por dentro procurando apoio, ou tornam vertical o seu jogo, procurando resolver o seu jogo. O Raphinha é este tipo de jogador. Por exemplo, no Benfica, os jogadores que jogam por fora, são diferentes e completam-se, o Pizzi joga normalmente por dentro e o Rafa joga mais vertical e na fase de rotura de forma menos coletiva.
O Raphinha também é assim. O jogador dificilmente mudará a forma de jogar, o coletivo é que terá que potenciar o talento do jogador.

OP
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.08.2019 às 12:16

Compreendo esses aspectos, mas a tomada de decisão na hora "H" é importante e le terá de evoluir nesse sentido, enquadrado no colectivo, claro.
Sem imagem de perfil

De Manel a 05.08.2019 às 13:32

Alvejar a baliza...!!!
Quando e em que tempo?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.08.2019 às 14:06

Pelo seu tom, será melhor esperar sentado por uma resposta!
Sem imagem de perfil

De JG a 05.08.2019 às 15:34

Define mal ou muito mal. Ontem definiu muito mal. Perde muitos lances com esse facto a resultar em perda de bola para a equipa. Raramente consegue um cruzamento que o Dost possa aproveitar. Está numa fase má.
Por outro lado foi sempre melhor no lado esquerdo mas no Sporting, Keizer aposta nele do lado direito.
Bas Dost pode esperar sentado por um cruzamento que há-de chegar um dia.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo