Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Embandeirar (já) em arco

City Lion, em 07.09.16

 

img_770x433$2016_05_16_00_58_39_1102535.jpg

  

Nestas últimas férias convivi e falei com vários sportinguistas e constatei que, apesar do que nos aconteceu a época passada, já estamos outra vez eufóricos e a esfregar as mãos a dizer que desta vez é que é. Até a insistência na conversa da “onda verde” já cansa - ao menos que se mude aqui de nome para maré leonina ou coisa do género ou se guarde a expressão para momentos mais decisivos na época.

 

Eu que até sou optimista por natureza e tenho sempre bastantes esperanças no início novas épocas, não gosto nada de ver entre nós uma coisa que é mais lampiónica: festejar por antecipação / sobranceria. Aqueles “olés” no fim do jogo com o Porto são bem exemplificativos do que digo, quase ao nível da inacreditável chegada apoteótica da equipa .... antes da decisiva derrota em casa com o Benfica a época passada.

 

Já vivi este ambiente quando chegaram as célebres unhas do Jorge Gonçalves, quando fomos “roubar” o Paulo Sousa e o Pacheco ao Benfica, quando chegou o Jardel (aqui as coisas até acabaram bem nessa época) e na 1a época do Godinho Lopes com a chegada de muitos supostos craques, incluindo um que estranhamente até voltou agora depois de ter autenticamente gozado com o nosso clube (Elias) e outro que gostava muito e que julgo esteve bem perto de voltar (Insua). Eu já aprendi a lição, mas sinto-me aqui menos acompanhado em Alvalade. Nem depois da ultima época na qual fomos todos traídos por esta mesma sobranceria. 

 

Lembro que não é fácil integrar mais do que uma nova equipa que como tem sido hábito entrou agora e nem a saída de 2/3 jogadores nucleares da época passada pode justificar mais esta “revolução" que recentemente Bruno Carvalho garantiu não voltaria a ocorrer esta época. A verdade é que desde que Godinho Lopes chegou à liderança do Sporting esta rotação exagerada de jogadores tem sido repetida em Alvalade época após época, mesmo com a nossa formação a dar ainda bons frutos do que foi plantado no passado antes da chegada da dupla Godinho / Carvalho. Quem é que beneficia com isto?

 

Esta última “revolução” só foi possível porque vendemos bem o Slimani (24 milhões para nós compensam quase metade dos “flops” que chegaram pela mão de Bruno Carvalho) e o João Mário (30 milhões é bom negócio, muito semelhante ao de Nani há uns anos (aos dias de hoje os 25,5 M € desse tempo valem quase 29 M €, sendo que o mercado hoje está bem mais inflacionado, mas tenho pena que ele não tenha ficado só mais uma época, na qual não iria com certeza desvalorizar, ao contrário de Adrien que dificilmente voltará a valer os oferecidos 25+5 M €, apenas talvez em Janeiro e cuja imagem entre os sportinguistas foi vítima de mais promessas não cumpridas por quem já há muito mostrou não ser confiável. Nem quero comentar a troca de comunicados que foi má demais para ser verdade).

 

P.S: Para não me entristecer e depois de ver as capas dos jornais decidi não ler a entrevista do Jorge Jesus, nem sequer as referências à mesma aqui no Camarote Leonino - do que vi e dos comentários de amigos que recebi deu para perceber que infelizmente continua a sua lamnetável obsessão e desejo de vingança em relação ao Benfica, as suas mentiras como no caso Rafa, os auto-elogios e a arrogância e, pior que tudo, o rebaixamento do Sporting e dos que trabalhavam no futebol do clube antes da chegada dele, começando no próprio Bruno Carvalho (aqui confesso que até gostei saber que Jesus tenha arrasado a tão falada mas aparentemente inexistente estrutura) que, sabemos todos hoje, ainda mais do que no passado, está completamente refém dos humores de Jesus e não é mais do que um "elo de ligação" como Jesus lhe chamou. E éramos nós que aqui exagerávamos!?! O que seria do Bruno Carvalho se não lhe tivesse dado tudo o que Jesus lhe pediu, incluindo um brutal aumento salarial para mais de 8M€/ano? Tal desequilíbrio de forças não é saudável.

 

Em Março ao menos que se ponha no boletim eleitoral o nome de quem manda mesmo em Alvalade – seria no mínimo mais transparente e não me admirava nada que fosse Jesus pelo menos a escolher quem ele quer como Presidente (Rogério Alves?) e não ao contrário como seria normal.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:00

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


12 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 07.09.2016 às 16:38

Comentário apagado.
Imagem de perfil

De City Lion a 07.09.2016 às 17:24

lampiónico = arrogante, falta de desportivismo e malcriado e infelizmente está a fazer aqui escola em Alvalade.
Sem imagem de perfil

De Leão da Floresta a 07.09.2016 às 17:15

Eu, que sou um tipo de compreensão lenta, gostaria que me dissessem onde está descrito esse aumento brutal de mais de 8M€/ano para o treinador.

Se assim for é o 4° treinador mais bem pago do mundo, certo?
Imagem de perfil

De City Lion a 07.09.2016 às 17:24

Leão da Floresta, foi dito e ainda não desmentido pelo Rui Santos que tem relação muito proxima com o Jesus.
Sem imagem de perfil

De Leão da Floresta a 08.09.2016 às 12:40

A gazeta de lo sport hoje desmente essa afirmação. O treinador do Sporting é o 13 mais bem pago com 5M/€ ano.

As coisas são o que são.
Imagem de perfil

De City Lion a 08.09.2016 às 15:31

Leão da floresta, falam em 5M€ liquidos = 10M€ brutos. A ser verdade ainda é mais do que eu pensava.
Sem imagem de perfil

De Leão da Floresta a 09.09.2016 às 14:29

5M€ líquido = 10M€ bruto?

Bem, ou o autor do artigo é ignorante nesta matéria, ou faz de conta que não percebe.

Nem as contas de merceeiro se fazem assim.
Sem imagem de perfil

De PSousa a 07.09.2016 às 18:17

Não acho que se esteja a embandeirar em arco, mas sim a continuidade de ter confiança numa equipa que mostrou o ano passado o que pode fazer e que sem alguns factores externos pode ir mais longe!
Eu também não sou apologista dos OLÉS seja com quem for, mas uma coisa é certa é assim que nos fazem... porque não pagar na mesma moeda? Só por sermos diferentes. que não somos? - Já sei que é nesta frase que muitos vão pegar...mas é a minha opinião!!!!!
É verdade em todos os clubes entram e saem jogadores, e qual é o problema? Este ano, com as vendas, até nos podemos dar mais ao luxo que em anos passados! Será que não é bom? Ou sou eu que estou a ver mal?

Depois há sempre as comparações com vendas anteriores para minorar as excelentes vendas deste ano, porquê? Há necessidade?
Outra vez a questão do Adrien, que para mim foi um acto desportivo muito importante versus um acto financeiro. É que perder mais um jogador dos "influentes" podia deitar tudo a perder. Como já o afirmei, acredito que se JM não estivesse já com um pé no INTER quando apareceu o suposto interesse do Leicester em Adrien, o mesmo teria sido vendido e JM não!

Acho que para optimista, tem uma postura face ao nosso clube e os que lá estão no momento....MUITO POUCO OPTIMISTA!
Imagem de perfil

De City Lion a 07.09.2016 às 18:41

PSousa, a vantagem é já não estarmos deprimidos depois da frustração da época passada mas vejo nesta euforia qualquer coisa que estava habituado a ver nos nossos vizinhos e não gosto. Isso de pagar na mesma moeda so faz com que sejamos todos iguais e para isso o desporto perde grande parte da graça. Acha normal o verdadeiro rodopio de jogadores? Sabe quem beneficia com isso? Ninguém minora nada até elogio as vendas mas há que pôr as coisas na devida proporção. Ainda bem que o Adrien ficou mas dispensava o triste espetaculo causado sabemos ambos por quem. Concordo quando diz que não estou otimista com este nosso caminho de lampionização mas isso não quer dizer que não esteja otimista em relação a sucessos desportivos - só acho é que o preço a pagar é demasiado elevado: a perda da nossa identidade.
Sem imagem de perfil

De Angelo Pereira a 07.09.2016 às 19:20

Boa Tarde caro City Lion, sou o sócio6930 do nosso grande clube acompanho
a vida do mesmo desde que em 69 vi aquela fabulosa defesa do nosso saudoso
Vítor Damas contra o nosso principal rival e nos deu a vitória por um a zero.
Não sei o que ó senhor quis dizer em perder a identidade será que no tempo do
Sr. Coronel Góis Mota não tínhamos identidade? Ou quando o Sr. João
Rocha começou a sua cruzada ganhando vários inimigos em quem tinha o poder
também não tínhamos identidade ? Ou a nossa identidade para alguns é a
identidade da derrota? Estou farto disto tenho 57 anos e estou farto de sermos
comidos de cebolada. O poder desde que eu conheço o Sporting nunca foi nosso
e lembre-se disto caro amigo e seus pares o poder desde sempre da Mesopotamia
até Roma conquista-se isto é da história o resto é bla. bla. bla. É pena caro amigo mas no futebol e principalmente em Portugal quem tem um comportamento low profile não ganha nada tem que se ir á luta e eu não quero morrer sem ver omeu clube a ganhar uns tituluzitos. Muito Obrigado
Sem imagem de perfil

De Implacável a 07.09.2016 às 20:44

Caro Senhor Angelo Pereira, agradeço imenso o seu comentário!
Sou mais novo que o Senhor mas penso da mesmíssima maneira.
SL
Imagem de perfil

De City Lion a 08.09.2016 às 10:55

Bom dia Angelo Pereira, grandes memórias. O Sporting sempre teve identidade forte e eu tive o privilégio de a conhecer de perto. Acima de tudo uma elevação e desportivismo que não via nos nossos rivais. Para chegar à vitória nunca valeu tudo. Dá para ir à luta sem recorrer aos meios dos rivais. Quando formos iguais aos outros de que valem esses titulos?
Sem imagem de perfil

De Implacável a 09.09.2016 às 00:21

City, sem o querer comprar com a figura que proferiu tal afirmação - longe de mim - essa sua teoria faz-me lembrar a máxima do "orgulhosamente sós" com as consequências que ainda hoje se fazem sentir.
Essa conversa da "elevação e desportivismo que não existia nos rivais" é tão treta como a falácia do "nunca valeu tudo para ganhar" e que é claramente desmentida pela presença de um dirigente do SCP de arma em riste na cabine do árbitro...
E se assim é, pode dizer-se que foi feita a sua vontade. Nunca valeu tudo para ganhar e... não ganhamos! Nada! Mas mesmo NADA!
Traduzido dá mais algo tipo: "e um dia um ser superior descerá á Terra e purificará o futebol. Desse dia em diante, o SCP, como clube honesto, será recompensado e ganhará sistematicamente por ter equipas mais fortes do que os seus adversários" e depois o charro apaga-se!

Vá pelo Angelo Pereira! Olhe que o Homem sabe do que fala...

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D




Cristiano Ronaldo