Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Empate emotivo no dérbi de futsal

Rui Gomes, em 28.11.20

A equipa de futsal do Sporting empatou, esta sexta-feira, com o Benfica por 3-3, em jogo referente à 11.ª jornada da Liga Placard.

Nove meses depois do último dérbi, leões e águias voltaram a encontrar-se, desta vez no Pavilhão João Rocha, num jogo que colocou frente a frente o melhor ataque e a melhor defesa do século na prova, respectivamente.

fut1_0.jpg

Ninguém melhor que Nuno Dias, treinador do Sporting CP, para reflectir num jogo muito emotivo e que não decorreu da melhor maneira para os leões, apesar de ter sido superior ao rival:

"Não considero que tenha sido o mais justo. O que foi injusto foi termos de sofrer tanto para chegar ao empate, que na minha opinião nos penaliza. Não ganhámos 1 ponto, perdemos 2. Apesar de termos marcado no último minuto, com o risco do 5 para 4, acho que pelas grandes oportunidades, algumas delas caricatas, o número de finalizações que tivemos, alguns lances de 4 para 3, nem consigo sequer dar-me por satisfeito com este resultado.

O Sporting foi superior, criou mais oportunidades, quis mais jogar, e acabou por ter de sofrer para empatar. Mas estamos na liderança do campeonato. Se o empate é justo ou injusto, será sempre um resultado que traduz o número de golos marcados.

Fico satisfeito com a exibição, atitude e garra, ainda que nem sempre com o melhor discernimento ou com os níveis de concentração que me satisfazem. Algo típico de um dérbi, que nem sempre é bem jogado, por vezes mais com coração e emoção, e isso às vezes tira qualidade ao jogo. Mas fica o empate. Parece que que é um resultado que sabe bem, mas quero dizer que não é assim e não ficamos satisfeito com ele".

publicado às 04:02

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


8 comentários

Imagem de perfil

De Greenlight a 28.11.2020 às 08:10

O Sporting teve mais oportunidades de golo, nomeadamente com uma bola no poste e outra na trave. Mas também foi pouco competente nos dois primeiros golos sofridos, especialmente no primeiro. Com a barreira de apenas um jogador via-se que o marcador do livre tinha um buraco, para rematar à baliza do Sporting.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 28.11.2020 às 14:38

Caro Greenlight,
Subscrevo integralmente o comentário.
No primeiro golo adversário, tanto a barreira como a colocação do n/ guarda redes, deixaram visivelmente e a descoberto, um ângulo muito favorável ao remate directo e quase sem oposição.
Tanto mais consentido, porque foi um "evidente" convite muito favorável a quem dispõe e usa preferencialmente o pé esquerdo, para remate.
Também no segundo golo sofrido, pese embora o mérito e força do pontapé, creio e fiquei com a ideia, que algo mais podia ter sido feito, face ao reduzido ângulo e colocação da bola, por cima da cabeça.
A espontaneidade e força, colheu de surpresa.
Acontece, nem sempre tudo corre bem, a quem com brio e profissionalismo serve a instituição que ama e representa.
No cômputo geral, fomos superiores no jogo e nas oportunidades, mas sem tradução no resultado final.
Nestes jogos, habitualmente aos erros, sucedem-se penalizações, porque o adversário tem qualidade e luta por iguais objectivos.


Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.11.2020 às 15:25

Se não se identificar, não voltará a ser publicado.
Sem imagem de perfil

De Rumo Certo - Ventos Favoráveis a 28.11.2020 às 15:55

O comentário é meu.
As minhas desculpas por algo em que não reparei.
Imagem de perfil

De Leão do Norte a 28.11.2020 às 10:43

Estou com o Nuno Dias. Pelo jogo jogado o resultado não satisfaz minimamente.
Para além das bolas ao ferro e das várias oportunidades falhadas na cara do guarda-redes, aqueles "falhanços" do Rocha e do Erick, com a baliza aberta, são incríveis.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.11.2020 às 15:27

Além do mais, cometemos duas faltas irreflectidas que deram a vantagem numérica ao adversário. Nuno Dias ficou furioso e com razão.
Sem imagem de perfil

De Paulo Salcedas a 28.11.2020 às 20:25

A época é longa e está tudo em aberto, concordo que podíamos ter feito mais e melhor mas há ainda muito para jogar e este empate nada retira em relação aos nossos objetivos.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Cristiano Ronaldo