Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




 

A missão é difícil, mas o Tottenham não parece disposto a desistir. Este domingo, no sempre complicado dérbi com o eterno rival Arsenal, os Spurs venceram por 2-0 e continuam a 4 pontos do líder Chelsea, isto quando faltam disputar quatro jogos até ao final da Premier League.

Um triunfo justo dos Spurs, conseguido com dois golos no espaço de três minutos, por intermédio dos 'suspeitos do costume' para os lados de White Hart Lane. Dele Alli abriu a contenda aos 55', tendo Harry Kane ampliado e fixado o resultado final aos 58', na conversão de uma grande penalidade.

 

img_770x433$2017_04_30_18_30_02_1258169.jpg

 

Este dérbi, diga-se, teve um sabor duplamente especial para os spurs, já que, para lá de terem conseguido ultrapassar o rival, também se despedem da melhor forma de White Hart Lane nesta intensa rivalidade. É que este foi o derradeiro dérbi do norte de Londres no atual reduto, que no final do ano irá ser 'abandonado' pelo Tottenham. Por outro lado, pela primeira vez em 22 anos, os Spurs conseguem terminar a Premier League à frente do Arsenal, colocando o ponto final numa sequência que há muito perdurava no futebol da capital.
 
O Tottenham regista a defesa menos batida da Premier, com apenas 22 golos sofridos nos 34 jogos realizados até ao momento. Ofensivamente, com 71 golos marcados, situa-se apenas a um do líder Chelsea.
 
Indubitável, é a valorosa contribuição de Eric Dier, que em todas as competições regista 42 jogos como titular e 2 como suplente utilizado, acumulando 3748 minutos de jogo (média de 85,2 minutos por jogo), com 2 golos marcados.
 
Exclusivamente na Liga inglesa, verificam-se 30 jogos como titular e 2 como suplente utilizado, acumulando 2701 minutos de jogo (média de 84,4 minutos por jogo), com 2 golos marcados.
 
Não surpreende minimamente que, entre outros, o Manchester United de José Mourinho esteja interessado em contratar o jovem formado no Sporting este Verão, negócio, que se vier a concretizar, nunca será por menos de 40 milhões de euros.
 

publicado às 05:31

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo