Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




download.jpg

Ângelo Girão, guarda-redes do Sporting CP e da Selecção Nacional, e um dos heróis de Barcelona onde Portugal conquistou o Campeonato do Mundo de hóquei em patins, falou aos jornalistas na chegada da equipa a Lisboa:

"Tive a felicidade de poder ajudar a equipa, mas é um processo colectivo. A equipa deu muito, toda a gente lutou com todas as forças que tinha. Estou agradecido a todos os portugueses pela força que me têm dado. O destaque tem de ser colectivo. É um título muito difícil de conquistar, principalmente em Espanha e com todas as condicionantes que tivemos.

O segredo para o sucesso é trabalho e o enorme espírito de união do grupo. Agora é férias e continuar a ganhar no Sporting.

Estamos nas nuvens, sabe muito bem. É uma sensação maravilhosa. Andávamos a lutar por este sonho há muito tempo. Estamos muito contentes. (...) Dedico este título a todos os portugueses".

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:01

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


2 comentários

Imagem de perfil

De Greenlight a 16.07.2019 às 12:49

Quem não percebeu porque é que Portugal venceu, embora, aparentemente, não tivesse os melhores jogadores, é ouvir as declarações dos jogadores portugueses à chegada a Lisboa. Uns, com um discurso mais eloquente, caso do capitão., João Rodrigues (jogou no Slb, eu sei) ou de Girão, mais emocional, mas todos a sublinhar a união e a força do colectivo. É assim que se constrói uma equipa.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 16.07.2019 às 15:33

Ser-se campeão do Mundo de hóquei é ganhar o torneio onde participam Portugal , Argentina , Espanha e Itália , punto , resume-se em todos os mundiais a esse quarteto.

O grande mérito nesta ultima conquista está no facto de ter sido na casa do maior rival a Espanha e termos caído no pior grupo que para ganhar a final teríamos que bater os 3 .

Com uma equipa homogénea sem craques tinha que ser com muita união e humildade que poderiam ter a sua chance e claro está, saberem que tinham a baliza tapada com um muro e isso foi a ajuda decisiva.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo