Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Este Sporting é outra conversa

Rui Gomes, em 04.12.18

 

bcb331b7-9f4d-402d-a00c-91ff41baeec7.jpg

 

Não deixamos de reconhecer que ainda há aspectos e elementos da equipa leonina que não satisfazem totalmente, no entanto, creio que está à visto do mais crítico que este Sporting sob o comando de Marcel Keizer está a apresentar qualidade de jogo muito mais próxima do que se exige de um candidato ao título.

 

O Sporting alinhou de início com Renan; Bruno Gaspar, Coates, Mathieu, Marcus Acuña; Gudelj, Wendel, Bruno Fernandes; Diaby, Nani e Bas Dost.

 

Suplentes: Salin, Jefferson, André Pinto, Bruno César, Petrovic, Jovane e Thierry Correia.

 

No final da partida, Bruno Fernandes, entre outras considerações, afirmou que "este estilo de jogo traz o melhor de cada um dos jogadores". E quem somos nós para duvidar da palavra dele, além de que até ao momento os resultados estão à vista.

 

A um determinado ponto estava eu a "falar com os meus botões" sobre a necessidade de se contratar um guarda-redes de qualidade superior, entretanto, contudo, Renan executa três defesas de grande nível, mesmo a salvar o golo, que me deixaram a reflectir. Talvez seja necessário dar-lhe mais algum tempo.

 

Por mera coincidência, neste contexto, Marcel Keizer adiantou esta observação: ""Quando cheguei, há algumas semanas, a situação estava assim. As coisas estão a correr bem, no nosso plantel temos bons guarda-redes e bons jogadores. Neste momento está a jogar o melhor".

 

download (1).jpg

 

Destaque final para o golaço de Jovane Cabral, aos 72 minutos, pouco depois de entrar em campo em substituição de Diaby. Magnífica execução do jovem leão. Vale a pena rever aqui.

 

Com esta vitória, o Sporting mantém-se no segundo lugar da tabela classificativa, com 25 pontos, dois atrás do líder FC Porto, um à frente do terceiro classificado SC Braga, e dois do Benfica.

 

O próximo jogo está agendado para domingo, em Alvalade, às 20h00, frente ao Desportivo das Aves.

 

P.S.: No final da partida, José Gomes, treinador do Rio Ave, afirmou que "parece-me que há uma falta sobre Vinícius na área do Sporting". Nem sequer sei a que lance ele se refere, no entanto, a falar do mesmo Vinícius - o tal que ele não trocava por Bas Dost -, na minha opinião, devia ter visto o cartão vermelho e não apenas o amarelo pela entrada dura e faltosa sobre Jefferson.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:04

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


106 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 04.12.2018 às 05:01

Esta equipa que jogou em V. Conde deixou-me entusiasmado, jogou muito, circulou bem, num 4/3/3 consistente e com uma interessante dinâmica, a entrada do Wendel no onze, veio melhorar e muito as dinâmicas da equipa.

Recordo que o 1º treino de Keiser, aconteceu a 13 de novembro, nem há um mês, portanto, os jogadores adaptaram-se bem aos seus métodos, e jogam com mais alegria (o Bruno Fernandes afirmou isso mesmo), já se vislumbra uma boa ideia de jogo, mas também qualidade no futebol apresentado, e este Rio Ave já foi um teste bem sério para este Sporting, sem esquecer da longa viagem e do jogo que tivemos a meio da semana.

O onze que jogou ontem, é candidato ao título, mas o plantel que temos hoje, não é candidato ao título, portanto,, em janeiro reabre o mercado de transferências, e com certeza haverá reajustes neste plantel, com 3/4 reforços cirúrgicos poderemos mesmo sonhar

Primeiro passo emagrecê-lo com algumas saídas: Viviano, Castaignos, Misic, Petrovic, Bruno Cesar, entre outros, e depois reajustar com os tais 3/4 verdadeiros reforços: dois médios, e um avançado diferente de Dost, ou do Montero. Deixo alguns nomes, o empréstimo de Adrien (faz de 6 e 8), os regressos do Chico Geraldes e do Matheus Pereira, e ainda o empréstimo do avançado Vietto do A. Madrid, o Vietto está emprestado ao Fulham, mas tem jogado pouco, e quer sair para jogar mais Com estes 4 reforços, o plantel do Sporting ficaria muito mais forte e consistente, para atacar a 2ª parte desta temporada.

Deixo um esboço:

guarda-redes 3 Renan, Salin e Max.

laterais 4 Bruno Gaspar, Ristovski, Acuna e Jefferson.
centrais 4 Coates, Mathieu, André Pinto e Marcelo.

médios 6 Gudelj, Wendel, Bruno Fernandes, Adrien, Chico Geraldes e Miguel Luís.

avançados/extremos 8 Bas Dost, Fredy Montero, Luciano Vietto, Diaby, Nani, Raphinha, Jovane e Matheus Pereira.

Portanto, ficavamos com um plantel mais equilibrado, menos numeroso (com 25 futebolistas) , sobretudo mais forte, e com mais soluções.

7 saídas : Viviano, Lumor, Petrovic, Misic, Bruno César, Carlos Mané e Castaignos.

4 entradas: Adrien, Chico Geraldes, Matheus Pereira e Luciano Vietto, sendo que os três primeiros, seriam regressos, e não necessitariam de um processo de adaptação.


E este meu entusiasmo, faz-me recuar a 1999/00, quando no inverno do ano 2000 o Sporting se reforçou com o André Cruz, César Prates e o Mpenza, também mudamos de treinador a meio da época, e fomos campeões.

Caro Rui Gomes, peço-lhe desculpa, mas não consigo agregar no blog que o Senhor dirige superiormente o meu nome, o blog não o assume.

um grande abraço leonino,

Luís Cortez
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 04.12.2018 às 06:21

Para se identificar devidamente, siga estas instruções:

http://camaroteleonino.blogs.sapo.pt/3531015.html

Perfil Facebook

De Victor Peres a 04.12.2018 às 10:46

Por um qualquer motivo que desconheço, Kaizer parece gostar de Bruno César, para já, como suplente. Pelo menos, meteu-o já na equipa 2 vezes seguidas. Não sei se quererá que saia em Janeiro.
Sem imagem de perfil

De Ghost a 04.12.2018 às 11:24

Bruno César já não vai para novo, não vale muito dinheiro e não acredito que tenha um ordenado dos mais altos.
Como jogador não é um fora de série em nenhuma posição, no entanto, é um jogador polivalente e capaz de cumprir trabalho em várias zonas do campo.

Somente por estes motivos acho que é uma mais valia mantê-lo na equipa mais uns tempos, pelo menos até não existirem mais lacunas no plantel. Volta e meia acaba por dar jeito tê-lo no banco.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 04.12.2018 às 12:30

Até porque as opções no banco são muito limitadas.
Sem imagem de perfil

De Pedro51 a 04.12.2018 às 07:33

O lance de que o treinador fala é entre o Vinicius e o Mathieu em que este desliza na relva e o Vinicius cai por cima. Quanto ao Renan, tem que deixar de exagerar a demora da reposição da bola com os pés. É cada calafrio, que qualquer dia tenho de pôr o pacemaker... uff !
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 04.12.2018 às 12:31

Esse lance foi limpinho, limpinho, como dizia o outro.

Renan, apesar das boas defesas de ontem, ainda não me oferece confiança absoluta.
Sem imagem de perfil

De João a 04.12.2018 às 07:43

Gostei muito do jogo, principalmente a forma alegre como jogaram. Existe uma ideia de jogo que parece encaixar nos jogadores que temos.
Óbvio que há pontos a melhorar, não podemos sofrer golos em todos os jogos e o GR não convence mas é maior a esperança que o pessimismo.
E Wendel? Como é possível ninguém ter apostado nele?
Agora uma série de jogos em casa, perfeito para consolidar o processo!
Vamos Sporting
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 04.12.2018 às 12:33

O Wendel seria sempre um processo moroso pela adaptação, dado que vem de um futebol muito diferente.

Uma questão de timing, agora, com novo treinador e um outro espírito de equipa.
Sem imagem de perfil

De c piedade a 04.12.2018 às 07:43

O jesus disse que nao mandava embora o peseiro pudera eles sao iguais o primeiro e espalhafatoso tipo toupeira abdicava de seis milhoes pudera tem os bolsos cheios ha conta do ze povinho dos clubes,nasceu com o rabo para a lua
Sem imagem de perfil

De Francisco_ a 04.12.2018 às 08:05

Bom dia

A diferenca que faz ter um treinador e um forcado no banco de suplentes..
Se o Sporting no processo atacante joga como um candidato ao titulo, no processo defensivo deixa muito a desejar..a falta de um 6 de raiz expoe demasiado a equipa, principalmente na zona entre meio campo e defesa, alem de ainda deixarmos muito espaco entre sectores..claro que isto nao e so em relacao ao jogadores, mas tb ao estilo de jogo holandes, mais virado para a frente.
Mas apesar das duas/tres boas intervencoes de Renan na 2 parte, o brasileiro continua a demonstrar uma inseguranca terrivel, e se Viviano nao conta (por motivos fora futebol) ou se contrata um GR de qualidade inegavel ou se aposta no Luis Max (com todos os riscos inerentes a sua falta de experiencia)..continuar apostar em Renan/Salin nao tem nexo nenhum.
Em relacao ao resto do plantel temos varias lacunas que dificilmente serao culmatadas no mercado de janeiro:

Laterais: Bruno Gaspar e Jefferson nao convencem de todo.Lumor precisa de minutos e ristovski tem grandes lacunas no processo defensivo

Centrais: Com os centrais a ter um papel activo na construcao de jogo, nem andre pinto nem marcelo tem lugar no plantel.

Trinco- Petrovic nao conta. Batta esta lesionado. Urgente ir buscar um trinco. Eustaquio? mesmo tendo q pagar ao braga, nao punha a opcao palinha de parte.

Medios - com a possivel saida de Misic e Stuarto (q nunca chegou a entrar), regresso de FGeraldes e subida de Gudelj (q ainda nao me convenceu) ficariamos com : BFernandes, Geraldes, Gudelj, Wendel e ainda Miguel Luis.

Extremos - Diaby ainda longe de convencer e Mane sem qualquer ritmo resta Nani, Raphinha e Jovane..Talvez o regresso de Mattheus Pereira fosse algo analisar..Nakajima do Portimonense penso que ja esteja apalavrado para o fcp caso brahimi nao renove e eles o tentem vender em janeiro.

Ponta de lanca - Bas Dost e pouco mais...Montero tem dias que lembra o Montero de 13/14 outras parece um jogador a tentar fazer a transicao para futsal. Esta posicao parece ser a mais bicuda e de dificil resolucao, muito menos para resolver num mercado de inverno e sem dinheiro. Dispensar Castagnos e jogar com o que temos..eu gostaria de ver Carlos Mane testado nesse lugar (jogou muitas vezes no apoio ao ponta de lanca no passado) e o que perdemos em presenca de area ganhariamos em mobilidade, poderia ser util em alguns jogos..mas claro que isso dependeria sempre da forma como Mane se apresenta..

Nao mencionei Bruno Cesar porque apesar de nao ser um espetaculo em nenhuma posicao, e um jogador taticamente inteligente e que consegue jogar em algumas posicoes..so com uma proposta financeiramente interessante.

Cumprimentos
Sem imagem de perfil

De Paulo Salcedas a 04.12.2018 às 09:00

A equipa tem algo de positivo? Ou está tudo mal? É que com tanto negativismo ninguém vai a lado nenhum....
Sem imagem de perfil

De Francisco_ a 04.12.2018 às 10:05

Caro Paulo

Sim, muito de positivo comparando com os tempos de JP " do dia para a noite"..mesmo em nota artistica ja nao jogavamos um futebol assim desde primeira epoca de JJ (15/16), mas nao deixa de ser verdade que a falta de qualidade em alguns sectores, mesmo primeira linha, e gritante..

cumprimentos
Sem imagem de perfil

De R. Ribeiro a 04.12.2018 às 10:13

O único ponto que estou 100% de acordo é mesmo o último, Bruno César só deve sair com proposta financeira muito apetecível . Tirando isso, deve ser para ficar e garantir certas lesões que possamos vir a sentir. Foi o seguro de vida do JJ, em diversas posições, e com alguma qualidade, por isso, a sua saída nem deve ser considerada caso não exista proposta muito atraente!

De resto, acho que está a ser demasiado negativo. Talvez esteja muito habituado a ver o futebol dos tubarões da Europa e está a olhar para o Sporting nessa perspectiva.

Saudações leoninas
Sem imagem de perfil

De Francisco_ a 04.12.2018 às 11:09

Caro R.Ribeiro

Admito que tenha focado mais nos pontos negativos que nos positivos, mas nao quer dizer que ache que esteja tudo mal..em ideia de jogo e futebol jogado foi uma melhoria qualitativa substancial, o Sporting joga bem e com a recuperacao de raphinha e ristovski temos potencial para melhorar ainda mais.
Com o possivel retorno de Francisco Geraldes e Mattheus Pereira (q recuperando a forma penso que encaixam que nem uma luva neste novo esquema) colmatamos algumas dessas lacunas, mas penso que ficam a faltar outras..
Na minha opiniao penso que ficam a faltar GR, laterais (1 de cada lado), 1/2 centrais e um avancado para fazer "frente" a Bas Dost (o caso mais complicado para resolver) talvez esteja a pedir demasiado, e admito que sim...
Obviamente que sem dinheiro nao se fazem milagres, por isso em fez de andar a comprar( ou emprestimo) 4/5 jogadores de outros campeonatos no mercado de inverno, talvez fosse melhor tentar livrar de jogadores que nao contam (viviano, misic, petrovic, marcelo, castagnos, etc) e preferivel resgatar alguns dos "nossos" (aqui junto os improvaveis demiral e palhinha), tentar um ou outro jogador do nosso campeonato e/ou apostar nos jogadores de sub23 com algum potencial (daniel braganca, thierry, paulinho, etc)

Cumprimentos
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 04.12.2018 às 11:18

Com a volta do Raphinha e Montero ficamos mais fortes , se conseguirem o regresso do Matheus e Geraldes ficará a faltar um GR .
Depois do Brasileiro e porque Viviano nao conta ficamos côxos.
Em Janeiro deviamos tambem trazer o Gelson Dala .
Comprar urgente um bom 6 para o presente e futuro , para libertar o Gudelj para outras funções.
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 04.12.2018 às 11:26

As outras funções do Gudelj deveriam ser na lista de dispensas. Jogador banal.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 04.12.2018 às 12:01

vá-lá ontem nao esteve tão mal.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 04.12.2018 às 12:28

Mike,

O Gudelj pode não ser um jogador extraordinário, mas neste momento está a desempenhar um papel importante. Antes de ele sair, tem uns quantos à sua frente.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 04.12.2018 às 12:35

Não me parece que podemos esperar muito do Francisco Geraldes. Ainda não jogou esta época, pela lesão.

É um jogador muito inteligente e com bons pés, mas no que diz respeito a intensidade de jogo, ainda não me convenceu que está à altura da exigência.
Sem imagem de perfil

De Jmonteiro a 04.12.2018 às 12:04

Palhinha?! O Palhinha que desde Agosto e do jogo que perderam com o Chaves tem cerca de 20 min no campeonato?

Acho que não justifica.

Para gastar dinheiro apostemos num que possa dar em alguma coisa. O Palhinha é um jogador razoável, nada mais...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 04.12.2018 às 12:37

Sim, também me parece que ir dar 2 milhões ao SC Braga para o resgatar em Janeiro é excessivo.
Sem imagem de perfil

De Cris Dileo a 04.12.2018 às 14:42

Temos que dar 2M ao Braga para ir buscar um jogador nosso ???

Quanto é que o Braga pagou pelo emprestimo ?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 04.12.2018 às 15:21

Pelos vistos, é esse o valor da cláusula de empréstimo. Para mim, também não faz sentido, mas terá sido para evitar que o jogador saíssse a meio da época.
Sem imagem de perfil

De Cris Dileo a 04.12.2018 às 16:09

Normalmente só faria sentido uma clausula de emprestimo caso, existisse um valor inicialmente pago pelo Braga, coisa que não me parece que tenha existido.

Sem imagem de perfil

De Jmonteiro a 04.12.2018 às 16:33

Valor pago pelo Braga não constou que houvesse.
Pode haver é um valor não pago pelo Sporting...
Sem imagem de perfil

De Cris Dileo a 04.12.2018 às 16:42

Se o Sporting tinha alguma divida ao Braga e se essa divida deixou de existir, então é o mesmo que o Braga tenha pago pelo emprestimo (havendo acerto de contas) - o que muda os contornos do negocio.

Duvido no entanto que seja esse o caso
Sem imagem de perfil

De João Tavares a 04.12.2018 às 08:19

Estou completamente surpreendido pela diferença que um treinador realmente pode provocar. É que estamos a falar dos mesmos jogadores.
Ainda vemos algumas debilidades, o Rio Ave tem 2 ou 3 lances de oportunidade clara de golo, e já vi serem marcadas g penalidades por muito menos do que o lance do Mathieu.
Com este Sporting já não dá para bocejar...
Confesso que fui critico em relação à dispensa do Peseiro, mas enganei-me, e ainda bem.
E parece que quem acertou em cheio foi o nosso Presidente !!
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 04.12.2018 às 11:27

João Tavares,

A crítica à saída do Peseiro não pode ser avaliada pelos resultados do novo treinador. Era SEMPRE bom dispensar o Peseiro, que é um treinador fraco.
O que poderia não ter sido bom era a contratação de Keiser. Mas essa é independente da decisão anterior.
Perfil Facebook

De Maria Inês a 04.12.2018 às 14:05

Pois! Mas olhem que se fosse por alguns "velhos do Restelo" que por aqui andam ainda agora estávamos a mamar com o Peseiro e já devíamos ir para aí em quinto ou sexto lugar. Ainda me lembro dos que aqui defendiamos indignados a expulsao imediata do Peseiro sermos chamados de tudo e mais alguma coisa e acusados de nao perceber nada de bola. Enfim...o tempo, o tempo poe tudo no seu lugar.
TIC TAC, TIC TAC, TIC TAC
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 04.12.2018 às 15:09

Indirectas!..
Continua a não perceber nada de bola. E de ser adepta de um clube muito menos.

Não a vi defender a expulsão do Bruno!.
Pois, estariamos agora vendendo o clube ao desbarato.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 04.12.2018 às 16:05

Quinto ou sexto? Que imodéstia! Décimo primeiro..

TIC TAC, TIC TAC, TIC TAC
Sem imagem de perfil

De Cris Dileo a 04.12.2018 às 18:04

Acha que se fez bem em trocar de treinador ou não ?
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 04.12.2018 às 22:34

"Vote em Tiririca que pior não fica."

Slogan de um cidadão político brasileiro.

Um pouco mais a sério, considero que um mês depois e com três jogos não é possível fazer uma avaliação séria sobre o novo treinador. E com os quatros jogos seguintes , em casa ,de dificuldade baixa em função dos adversários, tem mais que obrigação de conseguir sete vitórias seguidas, se jogar com a melhor equipa.
Independentemente da equipa, finalmente quase completa, estar a praticar melhor futebol, apenas no fim da época me vou pronunciar. Não costumo embandeirar em arco em função de um ou dois jogos. Para mais nem sei qual será o plantel em Janeiro, e isso é importante.
Sem imagem de perfil

De João Tavares a 04.12.2018 às 17:57

Concordo. Mas confesso que não tinha o Peseiro como um fraco treinador...mas parece que me enganei, e ainda bem
SL
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 04.12.2018 às 08:32

FINALMENTE UM FIO DE JOGO

Teste dificil e passado com distinção em Vila de Conde contra uma das equipas que melhor futebol pratica na Liga portuguesa.

Gostei. Excelente atitude dos jogadores ,pressão alta no cerco ao adversário imediato á perda da bola e depois ter e manter bola no pé tika taka que provocaram mais 3 golos e varias outras oportunidades. O bom futebol voltou á equipa.
Todavia á muito a melhorar e concordo com o Keiser quando ele proprio o afirma.

Erros
1 -Golo do Rio Ave por deficiente orientação do nosso GR á barreira, ou mais um homem á direita ou toda a barreira deslocava-se uns centimetros á direita.Nao cometeu o mesmo erro num outro livre marcado na mesma zona.
2 – Jefferson fez asneira num cruzamento para a nossa area , perseguiu o Coentrão e deixou nas suas costas sosinho um adversario que quase fazia golo.
3 – Bruno Fernandes dentro da nossa area marcou Coentrão com os olhos e este quase fazia golo na parte final do jogo.
4- Keiser atrasou-se 7mt na substituição do Diaby pelo Jovane, a substituiçao devia ter acontecido aos 60 mt e nao aos 67mt.
5- Inacreditável como o arbitro e o VAR nao expulsam o Vinicius depois daquela entrada assassina ao Jefferson.

Excelente partida de Bruno Fernandes , Nani, GR, Coates, Bas Dost , Wendel e Gudelj.
Jeovane grande golo.

Conclusão , finalmente temos um fio de jogo , uma ideia na equipa e todos sentimos e os proprios jogadores que o golo pode aparecer a qualquer momento, quando conseguimos um qualquer desiquilibrio junto á area adversaria aparecem imediatamente e tambem os medios em posiçao de entrar nela , mais soluçõs de passe e mais possibilidades de ganhar a 2ª bola.

Afinal quando se tem um "treinador " até os coxos deixam de ser tão coxos.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 04.12.2018 às 10:25

Senhor Júlio, dá gosto ler o senhor falar de futebol, nota-se bem que conhece a bola, por dentro e por fora, vive e respira futebol. Os seus conhecimentos sobre futebol levam-me a pensar que o Senhor Júlio é treinador, ou está muito ligado ao futebol, verdade?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 04.12.2018 às 11:21

Se não se identificar, o seu comentário será eliminado.
Sem imagem de perfil

De João Tavares a 04.12.2018 às 08:37

Interessante análise esta:

https://tribunaexpresso.pt/diogo-faro/2018-12-04-Diogo-Faro-que-quando-viu-Bas-Dost-no-chao-agarrado-ao-ombro-comecou-aos-berros-O-VARANDAS-ENTRA-EM-CAMPO-VAI-AJUDAR-O-HOMEM

onde destaco o pânico de ver o Dost no chão, e a possibilidade de ver o Coentrão de volta em janeiro.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 04.12.2018 às 12:39

Isso é uma crónica humorística que, aliás, tenho por hábito publicar aqui ocasionalmente.
Sem imagem de perfil

De João Tavares a 04.12.2018 às 18:02

Humorística, mas ao mesmo tempo uma análise séria e verdadeira. Acho que deve ser comum a todos nós ficarmos em pânico quando vemos o Dost queixoso no chão...😁😁
SL
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 04.12.2018 às 08:44

Na foto em cima , imediatamente apos o grande golo do Jeovane .pelo olhar do arbitro até parece que ele proprio gostaria de felicitar o miudo.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 04.12.2018 às 09:25

Eu há muito tempo que não via um Sporting com tanta qualidade no passe…. parece outra equipa!!!

Um aspecto essencial é o posicionamento trocado do Wendel e do B.Fernandes…. de facto, o Keiser tem-me surpreendido pela positiva!
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 04.12.2018 às 11:30

Schmeichel,

A qualidade de passe não mudou. O que acontece é que os jogadores já não são obrigados a fazer passes de dificuldade maior agora, pois estão sempre próximos uns dos outros e há sempre, pelo menos, 2 a darem uma linha de passe.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 04.12.2018 às 12:41

Sim, mas agora existe a obrigatoriedade de fazer passes ao primeiro toque, no máximo dois, e não transportar muito a bola.

Evitar transportar a bola permite-lhes poupar energia para a pressão alta, condição muito exigente.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 04.12.2018 às 15:22

Ora aí está uma observação na mouche , exactamente , porque a bola rola mais depressa que qualquer jogador e faze-la rolar em vez de andar sempre a correr com ela nos pes.
Assim obviamente que desgasta menos a equipa e em jogos mais complicados em que os adversarios se fecham ficam com mais pulmao e descernimento para o ataque final .

Que o diga por exemplo o Nani que com este modelo ja conseguirá chegar em mais jogos ao fim dos 90 mt , no modelo anterior só tinha pilhas para 60mt.
Ainda falando de Nani , este novo modelo obriga-o a soltar a bola e deixar-se daquelas longas paragens que permitia o adversário reagrupar-se.

Este modelo de jogo bem executado deixa muitas vezes o adversario sem reação e se cai no suicídio de cheirar a bola, ao fim de 30 mt ja nao vão poder com as botas.

De todas as formas existe antidoto que os adversarios no futuro irão adoptar que é fecharem-se bem em bloco baixo deixando 2 jogadores rapidos para atacar as costas da nossa defesa .
Aí irá complicar-se mas temos Bas Dost que ajudará a resolver .
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 04.12.2018 às 15:50

O bloco baixo, ou seja, autocarro, não é novidade. Nesse enquadramento temos de ter penetração pelo miolo, para dar mais liberdade aos alas.

Neste contexto, talvez que Wendel, agora a jogar com mais confiança, com a sua capacidade de drible, possa contribuir significativamente para essa penetração.

O bloco baixo é ultrapassado, primeiro e sobretudo com as confrontações individuais no miolo, seja com dribles, como já referi, ou execução rápida de passes curtos.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 04.12.2018 às 16:27

Kaiser vai dar prioridade ao jogo de paciencia no passe curto um dois toques , isso vai desgastando a defesa e obrigá-la ao risco da falta. E como agora estamos a entrar por todos os lados e sim é um facto que Wendel faz bem com Nani e Bruno o passe curto e rapido no centro obrigando o bloco contrario a fechar-se mais nesse sector deixando assim mais espaços nas alas , vamos ter muitas vezes este tipo de movimentações.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 04.12.2018 às 16:33

Por acaso foi este modelo que treinava nas minhas equipas e que deu muito resultado mas com uma configuração diferente , num 4 2 3 2 , um dos medios defensivos avançava mais quando a equipa com bola e participava activamente na manobra do Tiki Taka com os 3 volantes e o 2 avançado mais movel obrigando o adversario a afunilar para largar espaços nas alas onde subiam os laterais , muitos vezes o golo era só encostar.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 04.12.2018 às 16:34

4 2 3 4 porque me permitia melhor garantia de equilibrio quando perdiamos a bola e ainda sobrava gente para as 2ªs bolas.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 04.12.2018 às 16:35

Desculpe , 4 2 3 2
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 04.12.2018 às 16:56

Indiana Julio,

Não conheço o 4-2-3-2, só o 4-2-3-1. Eles lá na Amazónia deixavam-vos jogar com 12? loool
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 04.12.2018 às 17:13

rsssss 4 com el arquero puesss, loooooooll . Si es claro 4231 , un 4º homem atras , 2 posição 6 , 3 volantes com um 9 adelante , un 9 movel de costas para a baliza no tiki taka um dos volantes fazia de 10 e de 2º atacante (9,5)
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 04.12.2018 às 17:15

escrever aqui e trabalhar ao mesmo tempo é no que dá , looool , por acaso dava-me a impressão que algo nao ía bem mas não sabia o quê, looooooll
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 04.12.2018 às 17:19

Mas tambem tem outra explicação o porquê de 2 elementos na posição 6 , a preparação física semi amadora/profissional não é mesma de um profissional a 100% em que nada lhe falta e bem alimentado e com o meu modelo de jogo, jogar só com um homem nessa posição era suicídio.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 04.12.2018 às 17:27

Por exemplo no modelo do kaiser na falta de 2 homens como medios defensivos um dos centrais está de olho na dobra ao 6 avançando mais , um sistema que obriga a um movimento e atençao redobrados dos centrais ora para dobrar os laterias que por vezes nem lá estão ora para dobrar o Gudelj.

Nani assim ainda fica com pulmão para vir muitas vezes atras a ajudar e Wendel faz piscinas durante 90mt .

Comentar post


Pág. 1/3





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D




Cristiano Ronaldo