Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Estórias de Alvalade - Artur Correia

Rui Gomes, em 07.05.15

 

14392937_8hJmf.jpg

«O destino tem coisa do arco-da-velha. Então não é que, na minha primeira época no Sporting - em 1977/78 - o sorteio do campeonato ditou logo um Sporting - Benfica na primeira jornada. Tinha deixado o Benfica há poucos dias, depois de o representar sete anos consecutivos, e tinha logo que ser esse o meu primeiro adversário.

 

Nesse dia, quando subi ao relvado, fez-me muita confusão. Estava habituado a subir por aquele túnel mas pelo outro lado. Há poucos meses tinha feito aquele mesmo trajecto com a camisola encarnada. E depois era também um questão de amizade. Do outro lado estavam os meus melhores amigos. Conhecia melhor os meus adversários do que os meus próprios companheiros. Foi muito estranho.

 

Durante o jogo tentei tirar partido disso. Não foi uma nem duas vezes que gritei para o Toni, "passa a bola Toni !". Às primeiras ele ainda hesitou mas nunca foi na conversa. "Tu agora és do inimigo !",dizia ele.

 

Equipa do Sporting 1977-78 - Equipas do passado.jp

O estádio estava cheio e eu sabia que uma grande parte daqueles olhos estavam postos em mim. As pessoas tinham curiosidade em saber como é que eu reagia a jogar contra um clube que representei durante tantos anos. Por isso fui ter com o Chalana, para mim um dos melhores jogadores portugueses de todos os tempos, e avisei-o, "oh Chalana, vê lá se não vens para o meu lado com essas rabetas porque é a minha estreia e não quero passar aqui uma vergonha." Resposta dele: "ó Russo, tá descansado que isto é tudo em família, não há problema, eu não faço essas coisas aos meus amigos." Ora, na primeira jogada do encontro o sacana pega na bola, vem direito a mim e, ainda hoje não sei bem como, passou-me a bola pelo meio das pernas. Aquilo era a pior coisa que me podiam fazer. Irritei-me e fui direito a ele, "Fernando, mas afinal o que é esta merda pá ?!", estava em brasa, "É pá ó Russo desculpa, mas era o único sítio por onde a bola podia passar..." Poucos minutos depois há um canto do lado direito a favor do Benfica. A bola vem cruzada para a área e o Chalana de cabeça, pimba ! Lá para dentro.

 

(...) Depois do jogo fomos, como sempre, todos juntos comer um prego e uns "bichinhos" a uma cervejaria ali em Benfica, porque acima de tudo estava a nossa amizade. O jogo acabou empatado 1-1, golo de Fraguito.»

 

 

Do livro Estórias d'Alvalade de Luís Miguel Pereira

 

 

publicado às 04:09

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


4 comentários

Sem imagem de perfil

De PSousa a 07.05.2015 às 08:52

SL
Bonita estória!
Pois o futebol é isto mesmo, um jogo ... apenas um jogo... e é por isso que não me revejo nas pessoas que se chateiam pelo futebol e muito menos nas atitudes de "claques" (para não individualizar).
Se em cada "discussão" os intervenientes pararem e pensarem assim..."Eles ganham os milhões, fazem asneiras ou perdem jogos... e depois vão jantar/sair/beber copos todos juntos.... porque é que nós apoiantes de diferentes equipas, não vemos o jogo, brincamos com o que se passou e bebemos umas "jolas" e comemos uns "lentinhos"!

Retomando o POST.... apesar de ser do adversário... gostava muito do estilo do CHALANA!

Sporting Forever!
Sem imagem de perfil

De Pedro51 a 07.05.2015 às 11:13

Sócio assumido do SLB, não o impediu de ter sido um grande profissional também no Sporting.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 07.05.2015 às 16:15

Este mesmo Russo entrou nas minhas primeiras imagens que ficaram eternas na minha mente , no meu primeiro Benfica Sporting na Luz a rebentar pelas costuras , eu um gaiato e unico lagartixo no meio dos indios com plumas de chefes na zona dos camarote dos dirigentes vermelhos, o Sporting ja perdia por 4 -0 quando o Russo solto descaído pela esquerda e no bico da area desfere tremendo remate na direção do angulo da baliza, todo o mundo a gritar golo ...quando... num salto felino, um leão voou expectacularmente com asas invisíveis, Vitor Damas, nao só quis tocar-lhe mas conseguiu agarrar a "perseguida" com ambas as mão e caindo com estrondo no relvado sem a largar , o estádio inteiro pôs-se de pé, delirou e aplaudiu frenéticamente tal defesa impossível.
Ainda tenho esses momento tão nítido na minha mente como se tivesses sido ontem.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 07.05.2015 às 16:22

Lembro-me muito bem do Artur, mas a memória mais vincada foi num jogo em que uma equipa minha defrontou o Sporting e perdeu por 1-0. Livre directo uns metros fora da área, do lado direito do Artur, e este disparou uma autêntica bala para golo. Um lance que ficou sempre gravado na minha memória, especialmente porque eu queria vencer, não obstante ser o Sporting. Contudo, fez-se uma boa exibição.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Cristiano Ronaldo