Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Estórias de Alvalade - O "derby"

Rui Gomes, em 06.02.14

 

28 de Março de 1982 - Faltavam sete jogos para o final do Campeonato. A vantagem do Sporting era larga, cinco pontos em relação ao Benfica. Aquele derby em Alvalade era, por isso, mais decisivo que a cabeça de Jardel.

O país parou para ver artistas como Meszaros, Inácio ou Jordão, contra Humberto Coelho, Chalana ou Nené. No estádio e também em casa, porque a televisão mostrou tudo em directo. Só Oliveira, com pé rodeado de gesso, não pôde jogar. Mas o duelo mais esperado travava-se entre dois Manuéis: Manuel Bento e Manuel Fernandes. No fim do jogo quem seria o "Manuel mais fraco" ?

O Benfica começou melhor. Golo de Carlos Manuel logo a abrir. O Sporting não baixou a guarda e empatou, de grande penalidade, aos 20 minutos. A segunda parte havia de trazer o sumo da história. Aos 19 minutos, Manuel Fernandes isola-se na cara de Bento. Destemido, como sempre, o guarda-redes do Benfica mergulha aos pés do «capitão» leonino e rouba-lhe a bola. Mas, ainda hoje Bento queixa-se que no meio da viagem sentiu a bota de Manuel Fernandes raspar-lhe o couro cabeludo - é preciso dizer que, uns dias antes, o guardião tinha levado 16 pontos precisamente naquela zona em consequência de uma lesão num jogo - o episódio ainda lhe estava fresco na cabeça. Possesso, o guarda-redes do Benfica levanta-se e empurra Manuel Fernandes. Inteligente, o ponta de lança do Sporting deixa-se cair no relvado. Pragmático, o árbitro Marques Pires expulsa o guarda-redes e assinala grande penalidade. Implacável, a história registou o 2-1. O Sporting havia de marcar o terceiro, no último quarto de hora do jogo. por Jordão que, de resto, assinalou os três golos leoninos. Os leões ganharam o título nessa famosa época 1981/82.

 

Do livro Estórias d'Alvalade por Luís Miguel Pereira

 

publicado às 03:25

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo