Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Screenshot (1372).png

Considerações de Rúben Amorim, em síntese, na conferência de imprensa de antevisão ao jogo com o Marselha.

Empate é bom resultado?

"Não é um bom resultado, como o Pote disse, somos o Sporting, uma equipa grande de Portugal, estamos a crescer e queremos vencer. Este grupo pode mudar de um momento para o outro. Estamos numa má posição no campeonato e ganhar jogos na Champions ajudou-nos. É uma competição onde ganhamos dinheiro e é importante para nós. Queremos os três pontos. Espero um bom jogo dos meus jogadores, que saibam ler o jogo, mas a ideia é sempre vencer".

Interesse do Wolverhampton. Alguém falou consigo?

"É a mesma resposta de outras situações, estou no Sporting, sou muito feliz e gosto de estar aqui. Não vou falar mais nisso".

Usar Edwards para explora espaços nas costas dos alas? Paulinho com algum problema físico?

"Paulinho? Hoje em dia todos os jogadores têm uma preparação antes do jogo e passam pelo departamento médico e têm estas pequenas atenções por parte do departamento médico. Obviamente que o Paulinho vem de uma lesão, fez um excelente jogo, mas está a recuperar e é mais uma opção. Não vou dizer aqui o jogo que vamos utilizar porque muda a nossa dinâmica e da mesma forma que o Marselha é difícil de parar e que pode mudar certos jogadores e certas posições que mudam as características do seu jogo, para nós funciona da mesma forma. Jogar com o Paulinho não é a mesma coisa que jogar com o Marcus, jogar com o Marcus na ala ou no meio é diferente. Um dos dois vai jogar no meio, é a única coisa que posso dizer e vai jogar aquele que nós achamos que é melhor para desenvolver o nosso jogo amanhã".

Clubes em Portugal pensam no ranking?

"Nós em Portugal pensamos muito para o ranking, mas talvez a ideia seja diferente. Nós pensamos muito no ranking porque nós precisamos de ter mais lugares nas competições europeias, do dinheiro das competições europeias, não temos o financiamento que os clubes franceses têm, a capacidade que os clubes franceses têm e nós apostamos muito na nossa formação porque é dessa formação que nós sobrevivemos. Portanto, diria que nós olhamos muito para o ranking como em França, mas por razões diferentes. Obviamente que nós queremos sempre ganhar, porque também faz parte do nosso carácter, mesmo com dificuldades diferentes e frente a grandes clubes, mas sim. Olhamos muito para o ranking, mas por razões e objectivos diferentes".

Pode ver a conferência de imprensa completa aqui.

publicado às 04:04

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


3 comentários

Perfil Facebook

De Fúlvio Amaral a 04.10.2022 às 10:36

Eu também gosto muito que estejas aí, e nada de sequer pensar em sair
Imagem de perfil

De Leão do Norte a 04.10.2022 às 11:17

Mais do que em manifestações ou estados de espírito, confio na inteligência do Rúben Amorim.
Sem imagem de perfil

De Luis Carvalho a 04.10.2022 às 12:43

Estou convicto que Rúben Amorim tem muito claro na sua cabeça a carreira que quer fazer como treinador. RA tem contrato com o Sporting até 2024, creio que quererá cumprir o contrato e depois tentar uma oportunidade numa Liga mais forte a partir de 2024/25. Penso também que quererá um dia ser treinador do seu clube, do qual sempre foi adepto, o Benfica, ver-se-á quando. Gosto do RA, por diversas razões, em primeiro lugar porque nós deu um título de campeão que já não víamos há tanto tempo e esse título é muito da sua responsabilidade, porque é inteligente, sabe comunicar, sabe sobretudo liderar e ter o plantel unido. Mas sabemos que no futebol os “ casamentos” são cada vez menos duradouros, mesmo no sucesso( o que esta época será difícil, falo da Liga) o cansaço aparece, os adeptos nunca aceitam menos do que já tiveram( e tiveram um campeonato, etc) e quem dirige é quase obrigado a mudar e também os treinadores procuram outros projectos e maiores rendimentos. Amorim é muito querido pela maioria dos Sportinguistas, mas há amores para a vida e outros passageiros, no futebol de hoje, temos que estar preparados para rapidamente trocar de amor, mesmo nunca esquecendo alguns anteriores.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Cristiano Ronaldo